1. Spirit Fanfics >
  2. The Fifth Wall >
  3. Talking the lead

História The Fifth Wall - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Então...Preparados pro capítulo?
Boa leituraaaa 💛

Capítulo 19 - Talking the lead


Fanfic / Fanfiction The Fifth Wall - Capítulo 19 - Talking the lead

O último dia antes da Gala foi uma correria.

Lizzy estava acordada antes do alarme,gritando animada sobre o café da manhã e patos do berço.

MOMMY!_Kara fez uma careta,apertando a mão de Lena que estava em sua cintura._IZZY,FOME!MAMÃE!

-Ela realmente tem seu estômago...

-Mataria ela dormir depois do nascer do sol?_Kara resmungou nos travesseiros,tendo certeza que se não a pegasse logo a garotinha arrumaria um jeito nada legal de fugir do berço.

Elas mudaram de posição durante a noite,depois que Kara chegou do DEO novamente,quase amanhecendo,ela não se aconchegou na morena,não querendo acorda-lá,mas Lena percebeu a presença da loira,e rolou na cama se aconchegando atrás dela.

-Bem-vinda à maternidade._Lena murmurou preguiçosamente,aproximando-se mais antes de dar um beijo na nuca de Kara,que fez mais para acordá-la do que meia dúzia de crianças gritando._Volte a dormir por alguns minutos.Eu vou buscá-la.

-Não, fique ..._Kara tentou girar para a alcançar,mas Lena já havia se soltado e saído da cama._Ugh ...Você é muito rápida.

-Isso é da mulher que pode desviar de balas?_Lena levantou uma sombrancelha enquanto passava os dedos pelos cabelos despenteados do sono e o puxava para um nó confuso.

Kara fez beicinho,se erguendo um pouco para admirar a morena.

Como que ela conseguia ser tão linda assim pelas manhãs?

-As balas são fáceis.

-Bem._Sorriu maliciosa,inclinando-se sobre ela._Se você não estiver cansada demais quando voltar para casa hoje à noite, poderá descobrir que,quando se trata de uma certa super-heroina..._Aproximou mais ainda,e a outra engoliu em seco quando Lena sussurrou em seu ouvido,a voz baixa e áspera._Eu também sou.

Rao!

Ela piscou enquanto se endireitava, Kara sentiu seu rosto corar furiosamente.

-Não é justo!_Resmungou com os olhos ainda fechados.

Lena deu de ombros.

-Se você quisesse justo,não deveria ter se casado com uma Luthor._Piscou.

-E-u não...V-você...Você..._Kara gaguejou atrás dela,mas Lena já tinha ido embora,a voz infantil de Lizzy a cumprimentando no quarto do outro lado do corredor.

Essa mulher...céus!

Kara gemeu e puxou os cobertores sobre a cabeça.

Se ela não estava pronta antes,estava definitivamente pronta agora.

Hormônios estúpidos.

Trabalho estúpido.

No geral,não era a maneira mais confortável de começar uma manhã.

A kryptoniana ficou inquieta e nervosa durante toda a sua reunião na Cat-Co,até James estava lhe dando olhares estranhos.

Snapper não percebeu,ou não se importou,provavelmente o último, mas isso não o impediu de criticá-la pela falta de progresso em sua história.

Ser instruída por seu chefe,no entanto,acabou sendo um amortecedor bastante eficaz para outros pensamentos menos produtivos,e Kara estava se sentindo um pouco mais concentrada quando voou para o DEO para conversar com Alex.

-Por favor,me diga que você conseguiu algo com esse cara._Perguntou quando encontrou J'onn na sala de observação,olhando Alex interrogar o alienígena que ainda era a única pessoa que eles tinham que estava dispostos a falar.

Ele não parecia perigoso,era pequeno e magro,com uma palidez acinzentada na pele que poderia ter sido tanto por causa da saúde e nutrição precárias quanto por sua espécie.

J'onn assentiu.

-Encontramos um tradutor._Indicou a outra mulher sentada à mesa com Alex.Esta era azul brilhante,com um par extra de olhos e dentes pontudos._Ela não é fluente, mas seus planetas estavam em sistemas solares vizinhos.Ela já ouviu o idioma antes.

-Então, o que ele está dizendo?

-Ele está dizendo muito,mas não tenho certeza do quanto estamos realmente entendendo.Alex poderá lhe contar mais,eu acho que ela está quase acabando hoje.

J'onn estava certo.

Depois de mais alguns minutos,Alex chamou os guardas para levar o alienígena de volta a sua cela e agradeceu a tradutora,enviando-a para casa com outro agente como acompanhante.

Ela se juntou a eles na sala de observação parecendo cansada,mas satisfeita.

-Alguma coisa que possamos usar?_Perguntou J'onn.

-Acho que sim.Ei, Kara!_Ela passou o tablet para ele e deu um abraço rápido em Kara._Essa é a transcrição completa._Acrescentou,voltando ao modo profissional._Há muitas repetições e não tenho certeza da tradução,mas parece que estávamos certos. Os alienígenas desonestos estão procurando o talismã,mas não para eles próprios.

-Caçadores de recompensa?

-Eu acho que sim.

-Hmm ..._J'onn percorreu a transcrição._Faz sentido.Não há muitos seres neste ou em qualquer outro universo que se arriscariam com os truques da Quinta Dimensão... Só estou surpreso que não tenhamos mais deles à nossa porta.

-Aparentemente,Supergirl tem sido uma espécie de impedimento._Alex tinha um sorriso orgulhoso para sua irmã._Esse cara veio aqui pela recompensa,mas quando percebeu que havia uma kryptoniana envolvida,ele começou a procurar a passagem de volta.

-Mas ainda estamos segurando ele?_Kara perguntou,não totalmente confortável com a idéia de encarcerar alguém que só queria ir para casa.

Alex levantou as mãos.

-É para sua própria proteção!Uma vez que ele concordou em conversar,ele sabia que seria um alvo,mas ele diz que preferia ter um planeta cheio de caçadores de recompensas como seu inimigo do que Supergirl com um Levande Begarem. 

É o quê?

-Levande Begaren?_J'onn perguntou,olhando por cima do tablet.

-É como ele chama o talismã._Explicou a agente._Embora, aparentemente,se traduza mais de perto como Bright Wish,e há um gesto que ele usa com isso que deve significar pequeno,eu acho.

-Como eles sabiam onde encontrá-lo?_A loira tinha uma careta curiosa.

-Ele insiste que o cliente só lhes deu um planeta e uma cidade,mas não conseguiu explicar como eles estão rastreando,ou por que eles estão procurando no mesmo tipo de lugares que estamos.E ele continuou repetindo uma frase que a tradutora não conseguia entender.Aqui ... _Alex apontou para o tablet._A tradutora disse que parecia um provérbio,algo sobre procurar por um entre muitos.

J'onn esfregou o queixo pensativo.

-Isso significa que eles sabem que o talismã está em pedaços?

-Talvez?_Alex deu de ombros._Vou continuar trabalhando e enviarei uma gravação do que temos para M'gann.Ela está tentando encontrar um tradutor melhor para mim,porém a maioria de sua clientela não está interessada em trabalhar com o DEO,por isso ela pode ter melhor sorte sozinha.

Kara somente observava o diálogo,pensando em como esse problema ainda era uma preocupação na sua vida.

A kryptoniana só queria a filha segura em seus braços.

Ela queria resolver tudo isso o mais rápido possível 

-Boa idéia._ J'onn devolveu o tablet._Quanto mais soubermos,melhor poderemos lidar com as coisas assim que tivermos todas as oito peças sob nossa custódia.Kara?_Acrescentou chamando a atenção da loira que parecia estar em outro planeta._Alex me disse que estamos adicionando outro membro à família.Como isso está indo até agora?

-Honestamente?_A loira abre um sorriso enorme._Eu nunca fui tão feliz...Ou tão exausta!A maternidade é sempre assim?

J'onn sorriu.

-Espere até terem dois.

Supergirl abriu bem os olhos.

-Oh não._Balançou a cabeça._Uma é mais que suficiente,obrigada.

A Danvers mais velha solta uma gargalhada da irmã.

-Lizzy não quer um irmãozinho ou irmãzinha?_Provocou.

-Ela quer um tigre._Kara apontou arrancando uma risada de J'onn._Irmãos nem estão no radar dela.

-Nunca se sabe ...

-Que tal um primo?_Kara sugeriu,sorrindo com o repentino olhar de pânico de Alex._Maggie gosta de crianças, certo?

-E-Eu ..._J'onn tentou esconder uma risada atrás da mão,e Alex se virou para encará-lo._Do que você está rindo,vovô?Espere até pedirmos para você tomar conta!

-Vovô?_O tom de J'onn era leve,mas havia algo vulnerável sob a provocação.

-Claro!_Kara afirmou como se fosse óbvio._Se estamos fazendo isso,você também está.A menos que ..._Ela parou de repente,preocupada por ter ultrapassado algum limite._Quero dizer,se você não qui...

J'onn a abraçou antes que ela pudesse terminar.

-Eu ficaria honrado._Estendeu a mão para Alex._Você também.

Alex pegou e o deixou puxá-la para o abraço triplo.

-Isso não significa que estou tendo filhos.

-Como quiser,Alex._Kara disse com um sorriso.

Ela não poderia estar mais feliz e emocionada.

Todos que amavam aceitaram sua nova família e a apoiaram acima de tudo,e até estavam entrando nessa loucura,apenas para salvar sua filha.

Sua filha...

-Aww,abraço em grupo!_Winn gritou da porta,estendendo os braços dele,mas aparentemente J'onn já havia expressado sua cota emocional para o dia.

-Você não, Sr.Schott._Rosnou,dando um último tapinha no ombro de Kara antes de soltar ela e Alex.

-Ei,não deixe de ser adorável por minha conta._Disse Winn._Adoro um bom momento da família espacial, mas,sério, você precisa parar, porque temos outro ataque alienígena.

-Onde?

-Museu de História Natural,e este realmente tem um pedaço do talismã,então... Podemos querer nos apressar.

Não...Não,não ... Isso foi ruim.

Isso foi muito ruim.

-Não é onde você vai fazer a gala amanhã à noite?_Alex perguntou,ecoando os pensamentos de Kara,ambas já em movimento, J'onn se separando para ir para a sala de controle e reunir uma equipe.

-Sim,e Jess vai me matar.

-Jess?Secretária da Lena?_Ergue as sombrancelhas.

-Sim,Lena fez ela me ajudar a terminar o planejamento da festa,e ela é meio mandona e perfeccionista, tenho certeza que ela não gosta de mim,então estou tentando ser mais gentil,mas se alguma coisa estragar porque não estou lá para impedir isso,nunca vou conquistá-la. 

-Espere,então a secretária de Lena sabe que você também é Supergirl?_Cruza os braços lançando aquele olhar assassino._Kara!

-Me desculpe! Não é minha culpa,ela é realmente inteligente.

-Ugh,tudo bem,vou enviar Winn com um NDA amanhã._Chegaram ao arsenal e Alex se vestiu._Muito bem,vamos salvar sua festa.

Kara suspira aliviada.

Aquela mulher me assusta!

Supergirl não podia voar tão rápido com um passageiro,mas o museu não estava longe e ela ficou agradecida pelo apoio.

Maggie e a Divisão de Ciências já estavam lá,só que estavam presas na entrada,incapazes de passar pela multidão em pânico correndo pelas portas e descendo os degraus em segurança.

Kara mergulhou,segurando Alex perto enquanto deslizava sobre suas cabeças pela porta da frente.Ela colocou Alex no chão quando finalmente estavam dentro.

-Está lá!_Gritou um dos seguranças, apontando para sala dos dinossauro.

Ele estava com o rosto branco,mas permanecia firme,fazendo o possível para impedir que a multidão se tornasse uma debandada.

Kara assentiu para mostrar que o ouviu e voou pelo saguão em direção à exposição,Alex logo atrás dela.

Felizmente,não foi uma grande luta.

Elas encontraram o alienígena,um réptil de quatro braços com dentes impressionantes e uma longa cauda de chicote,na parte de trás do salão,onde ele havia encurralado um grupo de crianças em idade escolar e seus professores.

Kara só podia supor que ele estava procurando reféns,em vez de uma refeição,já que ninguém se machucou,porém os rostos assustados das crianças deram aos instintos de proteção naturais de Supergirl um impulso adicional,então ela atingiu o alienígena com um pouco mais de força do que ela provavelmente precisava,nocauteando-o com um soco.

As crianças aplaudiram animadas quando ele caiu,com Alex o algemando.

Ele mudou de forma quando perdeu a consciência,perdendo a cauda e alguns dentes até parecer mais um cara grande com uma condição de pele,do que um alienigena.Os braços extras meio que o entregavam,mas ele poderia escondê-los.

-Ei,acho que o conheço._Maggie aponta o dedo juntando-se a elas quando a multidão diminuiu._Nós o escolhemos como suspeito em um pequeno ataque na semana passada, mas não ficou.Ele é um dos seus talismãs?

-Caçador de recompensas._Kara corrige a cunhada,enquanto Alex ligava para J'onn para que ele soubesse que tinham o estrangeiro sob custódia._O que você sabe sobre ele?

-Não muito._Respondeu Maggie quando Alex se juntou a elas._Ele não está registrado,só que isso não é crime.Ele não nos deu um nome ou endereço,mas testemunhas disseram ter visto ele e uma gangue de amigos em um condenado prédio em Wilson.  Estávamos esperando um mandado de busca quando a vítima retirou as acusações.

-Você está pensando o que eu estou pensando?_Alex perguntou a sua irmã com um sorriso travesso.

Ah não...Por favor não!Não hoje.

Kara conhecia aquele sorriso.

-Não...Não,nada vigias,Alex!Não tenho tempo para isso.

Sem mencionar que tinha aquela promessa de Lena,que a atormentou o dia todo.

De jeito nenhum que vou!

-Oh,vamos lá!_Tentou fazer sua melhor cara de tristeza._Nós pegamos esse cara sem danificar nada,Jess está ajudando com a festa,e você também tem a mamãe...Não temos uma vigilância de irmãs há séculos!E ..._Adicionou quando viu que Kara parecia irredutível._É para Lizzy!Você não quer salvar sua filha?

Ela não fez isso...Ah Alex!

Maggie negou com a cabeça,mas estava rindo da lamentação de Alex.

-Isso é baixo,Danvers._Deu um soquinho no ombro da namorada.

Kara suspirou,relutantemente,despedindo-se de sua noite com Lena.

Pela sua filha Kara...Pela sua filha.

-Tudo bem!_Rolou os olhos deixando os ombros caírem._Vamos fazer uma vigilância,você leva os lanches!

No caminho de volta para Cat-Co,ela ligou derrotada pra Lena,contando que ficaria mais uma madrugada fora.

Lena ficou chateada,até mencionar Lizzy,e então a CEO ficou surpresa que Kara tivesse sequer considerado dizer não.

-Se Alex acha que isso vai ajudar,é claro que você deve ir!_Exclamou do outro lado da linha._Lizzy e eu ficaremos bem sozinhas esta noite.

-É só que..._Kara lutou contra um rubor,mesmo a essa altitude._Tínhamos planos...

-Eu estava apenas brincando, Kara._Lena assegurou com um pouco de divertimento na voz._Não que..._Murmuro baixo,seu coração acelerando um pouco pelo celular._...Que eu não estivesse esperando...mas não vou pressionar você.Eu prometi.

Mas oh Rao...Eu quero!

-Eu sei._Kara se apressou em dizer._Você nunca iria,mas ...Acho que,se você estiver pronta,então acho que..._Ela correu para falar,com medo de perder a coragem se não o fizesse rápido._Eu estou pronta.

Okay,isso foi uma surpresa para morena,que quase deixou cair o celular da orelha,o segurando firmemente a tempo.

Okay!Respira...Respira!Nada de pânico Lena,é só a Kara...A Kara finalmente admitindo que está pronta pra entrar em um relacionamento...Comigo...Relacionamento comigo!MEU DEUS PORRA...Calma!CALMA!

-Kara..._Lena responde depois de uma longa pausa,a voz tensa e um pouco estrangulada._Querida,eu estou pronta desde muito antes de acordarmos juntas na cama, mas você tinha que me dizer isso antes de uma reunião do conselho?Como exatamente devo me concentrar no orçamento de publicidade da L-Corp agora?

-Oh,Ha!_A super-heroina comemora com um sorriso vingativo no rosto._Agora,quem é o gênio do mal?_Brincou,dando voltas no ar,ao pensar que Lena era a que estava desesperadamente excitada no trabalho dessa vez.

Kara...Kara...

-Ainda sou eu!_ Se recuperou rapidamente,se levantando de sua mesa,para então parar de pé,em frente de sua parede de vidro com o sorriso mais vingativo do mundo._Porque enquanto você estiver assistindo um prédio vazio a noite toda,eu vou estar em casa,sozinha na cama..._Kara jurou que podia ouvir Lena mordendo o lábio._Eu me pergunto como vou passar o tempo...

Ela acabou de ...?Oh,Rao!

Atordoada com a implicação e a imagem mental,Kara quase voou diretamente de cara com um prédio.

Ela desviou-se,apenas para dar com a cara em uma árvore,largando o celular no ar com o impacto.

-Oush!_Colocou a mão na testa,mesmo que não estivesse realmente doendo,e mergulhou para pegar o aparelho antes que atingisse o chão.

Que Alex nem Lena fiquem sabendo disso,ou vou ser zuada o resto da vida.

Até então ela já havia perdido a vantagem nas provocações.

Lena ainda estava rindo quando Kara colocou o celular de volta no ouvido.

-Por que me disse isso?!

-Tenha uma noite de vigilância feliz,querida._Disse Lena docemente._Eu tenho que correr.

Kara resmungou um adeus contrariada e colocou o celular de volta na bota.

É pela sua filha...Pela Lizzy!

Desta vez,até Snapper notou que ela estava fora de si,e deu-lhe um amplo espaço.

Kara escreveu sua história,apenas quebrando um teclado no processo,o que a deixou constrangida o suficiente para que conseguisse acalmar a situação e terminar sem mais incidentes.

Ela tinha certeza que essa provocação das duas um dia resultaria em sérios problemas.

Tipo minha morte...

Alex manteve sua parte do acordo,aparecendo com uma verdadeira montanha de lanches que ajudaram muito a acalmar os sentimentos de Kara sobre a coisa toda.

E daí que tive que fazer duas viagens para colocar Alex e os lanches no telhado?

Estava escuro o suficiente para ninguém as verem.

-Isso é divertido._Alex parecia animada quando se estabeleceram,depois de montar todos os seus aparelhos favoritos.Agora elas dividiam a primeira sacola de Cheetos._Quero dizer,é trabalho,mas também é divertido,certo?

-Sim ..._Kara teve que admitir, recostando-se na porta de manutenção.

Pela primeira vez em séculos,ela estava sentada quieta,sem nada para fazer,a não ser brigar por suas comidas favoritas com sua pessoa favorita e falar sobre nada.

Tinha todos os seus super-sentidos em sintonia com o prédio abaixo delas e com as ruas ao redor,mas até agora não havia nada de interessante acontecendo.

Ela sentia falta de Lena e Lizzy,é claro,mas era bom,de uma maneira estranha,sentir falta delas, sabendo que elas estariam lá quando chegasse em casa.

E a kryptoniana nem estava deliberadamente pensando no que Lena poderia estar fazendo enquanto estivesse fora.

Não mesmo...Até parece!Nunca,nunquinha.

Okay,eu estava.

-Faz um tempo desde que saímos,né?_Franze o nariz quando a ruiva acena com a cabeça._Mesmo que não prendemos o cara,fico feliz por estarmos aqui.

-Eu também...Embora,tive a sensação de que você tinha outros planos ..._Ela pausou sugestivamente.

Oh,ela percebeu!Que vergonha.

Kara jogou uma bala em sua cabeça.

-Ei!_Alex riu, pegando._Eu não tenho permissão para perguntar como isso está indo?

-Não!

-Oh,vamos lá!Por favor? 

-Não._Kara estava resoluta.

-Por que não?

-Porque você é o motivo pelo qual não está indo a lugar nenhum nesse momento!_Kara tentou ser séria, mas a terrível tentativa de fazer beicinho de Alex estava fazendo-a rir.

-Ah, sério?_Alex sorriu.

Kara suspirou,cedendo ao inevitável.

-Quanto você sabe?

Alex rasgou uma sacola de Fini e pegou uma garrafa de coca-cola,pronta para uma sessão de fofocas.

-Eu sei que minha irmãzinha gosta de garotas, mas Lena se recusou a me dar mais detalhes._A loira fica da cor de sua capa _Então desembucha.Você já a beijou?

-A bochecha conta?

-Na verdade não.

-Então não._Kara admitiu,de má vontade.

-Por que não?!_Alex quase berrou.

-Eu não sei!_Ergueu os braços._Coisas continuam acontecendo ... Como ser vigia de surpresa.

Alex encolheu os ombros.

-Você poderia ter dito não.

-Você usou minha filha!

-Eu fiz,me desculpe._Alex realmente parecia um pouco arrependida._Mas,eu senti sua falta ... eu mal a vejo desde que tudo isso começou.

-Sim,bem...Você também esteve ocupada com Maggie.

-Eu sei._Alex comeu um pedaço da bala comprida e azeda._Nós vamos ficar bem, certo?_Perguntou depois de deixar o silêncio descansar por um minuto._Quero dizer,mesmo que Maggie e eu tenhamos filhos,e você e Lena tenham mais filhos,e nossas vidas sejam loucas,ainda sim daremos tempo uma a outra?

-É claro que vamos!_A Danvers menor ficou horrorizada com a idéia de que algo ou alguém pudesse ocupar o lugar de Alex em sua vida._Alex,você sempre será minha irmã,e sempre terei tempo para você,mesmo que eu tenha uma dúzia de filhos,o que não vou,porque Rao,esta é o suficiente!

Alex riu tentando esconder a emoção.

-O mesmo aqui...Faremos com que Lena e Maggie assistam nossas duas dúzias de crianças enquanto comemos junk food no topo de edifícios pelo menos uma vez por semana.

-Pinkie promise?_Kara perguntou, estendendo a mão.

-Pinkie promise._Alex concordou,prendendo solenemente o dedo mindinho de Kara com o seu._Agora me entregue aqueles Oreos!

-Sem chance!_Kara segurou o saco para fora de alcance._Esses são meus!

-Você realmente não quer mais filhos?_Alex perguntou,alguns minutos depois de negociar com êxito uma troca de reféns,seis Oreos por um saco de vermes gomosos fini.

Eu quero ter mais filhos?

-Eu não sei ..._Kara girou e puxou um verme gomoso vermelho e verde entre os dedos.

Era verdade que Lizzy tinha virado suas vidas de cabeça para baixo e ela realmente estava exausta,tipo o tempo todo,mas momentos como esse a lembrava da sorte de ter uma irmã.

Ela queria que Lizzy também tivesse isso,e se híbridos humano/kryptonianos fossem possíveis fora da intromissão da quinta dimensão,ela não devia ao seu povo essa chance de viver?

Eu acho que eu realmente quero isso.

Na verdade a loira nem tinha consciência desse desejo antes do questionamento de sua irmã,ela nunca nem imaginou que poderia ter essa vida de casada com a responsabilidade de ser a Supergirl.

Ser mãe então?

Oh...Com certeza não passava pela sua cabeça,não que não quisesse,mas sim porque achou que não poderia se dar esse luxo.

Até...Uma pequena garotinha arteira e inteligente com seus olhos e aparencia de Lena,cair como um presente em sua vida,provando que ela podia sim ser mãe.

Lizzy sem dúvida tornava sua vida mais colorida,agitada e divertida,ela podia ser criança com a filha,assistir os desenhos que gostava sem ser escondido...E ao mesmo tempo,ser mãe,ensinar sobre as coisas que sabia,contar histórias sobre o seu planeta,responder as milhares de perguntas diárias...

Era uma vida nova cheia de novas descobertas.

Uma vida que não trocaria por nada,então ela tinha muito medo de Lizzy simplesmente sumir.

Muitas vezes sem a morena saber,Kara levantava no meio da noite somente para ver se Lizzy ainda estava dormindo no berço.

Ela chegava a ficar incontáveis minutos apoiada na grade do berço,somente monitorando os batimentos cardíacos da pequena.

Agora,quando tudo isso acabar,e ela e Lena finalmente poderem respirar aliviadas...Quem sabe não aumentariam a família?

A loira podia ver essa vida para si perfeitamente,uma casa grande com um balanço na varanda e um quintal...Talvez um cachorro.Lena gostaria de algo moderno,mas Kara tinha certeza de que poderia convencê-la a fazer um investimento em uma casa histórica com anos de lembranças e caráter.

Ela podia imaginá-las criando uma família lá,e a idéia a encheu de terror,mas também ...

Desejo?

-Eu nunca pensei sobre isso._Admitiu com o pensamento bem longe dali._Não até Lizzy aparecer.Eu acho que não seria tão ruim,ter mais alguns kryptonianos correndo por aí.

Alex sorriu.

-Apenas imagine as manchetes._A ruiva estica as mãos a frente._Lena Luthor,mãe dos estrangeiros...Lillian teria um ataque!

Oh meu...Tem Lillian ainda!

-Oh, Rao ..._Kara juntou dois e dois._Acabei de perceber que a chefe da Cadmus também é minha sogra!Você acha que ela me odeia mais ou menos do que quando eu era apenas prima do Super-Homem?

Definitivamente mais._Riu da cara assustada da irmã._Mas,olhando pelo lado positivo ela provavelmente vai parar de tentar conquistar Lena para o lado sombrio.

-Existe isso...

Como vigilância,foi um fracasso total.  Nenhum dos amigos do réptil apareceu e elas não obtiveram nenhuma informação nova,mas Kara ainda se sentiu mais leve depois de deixar Alex no apartamento dela e voltar para casa logo antes do amanhecer.

Passando no quarto da filha,antes de ir para o seu próprio e se aconchegar na esposa.

Se o dia anterior à gala foi um turbilhão,o dia da gala foi um furacão.

A partir do momento em que Eliza pegou Lizzy,o tempo parecia estar se movendo mais rápido do que Kara podia acompanhar.

Ela passou a manhã na Cat-Co, mantendo as aparências com Snapper.

A história dela sobre o ataque ao museu o apazigou,mas ele ainda queria ver mais na imagem maior de Aliens e Humanos vivendo lado a lado.

Ele não tinha nenhum interesse em sua Gala de aniversário de casamento,ou por que ela queria tirar uma folga de seu trabalho real.Kara ficou tentada a ressaltar que era uma celebração de uma humana real, vivendo ao lado de uma alienígena real,o que a tornava bastante relevante,mas a kryptoniana não estava pronta para que sua identidade estivesse na capa da revista Cat-Co.

Isso era um dos motivos dela sentir tanta falta de sua antiga chefe.

Cat tinha discrição.

Snapper não.

As vezes dava vontade de jogar Snapper no espaço...Não que vou fazer isso...Mas queria,não nego.

Então,sem a folga só restou fazer ligações frenéticas enquanto o chefe não estava olhando,respondendo as perguntas e demandas dos fornecedores,da banda, dos decoradores e da equipe do museu que queriam garantias de que nenhum outro alienígena estaria atacando seus convidados.

Aparentemente,usar Supergirl como fonte algumas vezes fez de Kara sua guardiã aos olhos do público,e ela se viu prometendo que a heroina estaria lá.

O que era verdade...

Mas esperava fervorosamente que não houvesse necessidade de seu alter ego assumir a noite

Jess ligou duas vezes.

Uma vez gritou com ela por interferir e,em seguida,uma segunda vez para agradecê-la de má vontade por convencer o museu a não exigir que contratassem uma segunda empresa de segurança no último minuto.

A secretária estava se mostrando inestimável,era os olhos e ouvidos de Kara até que Snapper finalmente a deixou ir ao meio-dia.

Kara levou o almoço para Lena,já que Jess não estava no escritório para se certificar de que ela comesse,e a deixou.A CEO estava no telefone quando chegou lá, mas ela agradeceu rapidamente,seu sorriso fez Kara querer ficar,mas ainda havia muito o que fazer.

Ela passou a tarde no museu,espantando Jess para uma pausa muito necessária,tinha certeza de que a secretária costumava verificar Lena,mas isso não era da sua conta.

Às quatro,tudo estava finalmente pronto ou seria feito a tempo sem a ajuda dela,então foi para casa se vestir.

Lena tinha sido encarregada das roupas.

A morena insistiu e Kara não discutiu com ela.Tinha aprendido muito com Cat sobre moda,mas das duas,Lena ainda era a especialista.

Kara e Lizzy foram medidas no início da semana na loja de roupas favorita de Lena.  Tinham experimentados meia dúzia de vestidos cada uma,Kara aguardando desajeitadamente de pé as fotos que ela supôs terem sido enviadas para Lena, já que a CEO não tinha conseguido se afastar do trabalho para o compromisso.Lizzy gostou de se vestir por cerca de meia hora e depois disso eles designaram uma equipe para segui-la pela loja e mantê-la longe de problemas.

Eles conseguiram encontrar o vestido,Kara soube depois que lhe entregaram o aviso de que ficaria pronto em uma semana assim que saíram da loja.

Então a loira não tinha ideia do que ela realmente estaria vestindo.

O vestido estava pendurado em uma bolsa de roupas em seu armário a dois dias,mas não havia tempo para sequer olhar para ele,muito menos experimentá-lo.

Tinha também uma equipe de cabeleireiros e maquiadores chegando às cinco.

Lizzy,elas arrumariam juntas,pouco antes de partirem,para que ela não tivesse tempo de rasgar ou manchar nada.Eliza a estava alimentando antes de trazê-la para se vestir,e então a levaria para casa às oito,o que significava que precisaria ficar apresentável por cerca de duas horas.

Kara levou o vestido ao banheiro para experimentá-lo.

Era azul,o mesmo azul de seu traje,com mangas nos ombros,um corpete modestamente ajustado e uma saia comprida até o chão.Cristais de prata brilhavam em volta da cintura,espalhando-se pelo corpete e descendo pela saia como pequenas estrelas que brilhavam quando ela se mexia.

A loira parecia o céu noturno ganhando vida,tanto sedutor quanto inocente.

-É perfeito._ Lena disse com um sorriso,assustando Kara,que estava muito envolvida em seu reflexo para perceber que não estava mais sozinha.

A kryptoniana corou,alisando a saia do vestido nervosamente.

-Você escolheu bem.

-Você usa bem._Rebateu entrando no banheiro,virando Kara de volta para o espelho.Ela ficou bem atrás dela, passando os braços em volta da cintura e aproveitando os pés descalços de Kara para descansar o queixo em seu ombro._O vestido é lindo,mas você,Kara Danvers,é perfeita!

Kara recostou-se nela,absorvendo o calor de Lena e suas palavras.

-Você realmente acha?

-Sempre._Sorriu admirando o quanto o reflexo das duas juntas no espelho se combinavam._Só que se eu ficar aqui te admirando,nunca vamos chegar à nossa festa.

-E isso é ruim?_A loira arfou jogando a cabeça para trás nos ombros de Lena.

-Isso é ruim._Com um breve beijo em seu ombro nu que fez Kara estremecer,Lena a soltou._Você gostaria de vir ajudar com o meu vestido?_Perguntou maliciosamente da porta.

Meu Rao,Lena!

-Se eu fizer isso,realmente não chegaremos à festa._Kara murmurou a contra gosto,afastando-a._Vá se vestir,você tem dez minutos.

Lena suspirou,mas ela foi.

Os estilistas,graças a Rao,chegaram na hora certa e Eliza e Lizzy estavam logo atrás deles,então Kara não teve o luxo de dizer o que realmente pensava do vestido de Lena quando finalmente o viu,mas tinha certeza de que sua expressão estupefata disse tudo.

Perfeita era pouco pra dizer.

Lena escolheu algo um pouco mais ousado para si mesma,era verde e sem mangas,com um decote quase indecente,abraçava suas curvas até o meio da coxa antes de girar para uma saia transparente e fina que se arrastava  até o chão com uma fenda na frente,que era quase tão ousada quanto o decote.

Os cristais de prata que combinavam com o de Kara adicionaram um pouco de brilho.Um par de saltos perigosamente altos que garantiam que ela seria quase tão alta quanto Kara em seus saltos muito mais razoáveis.

A loira tinha a boca entreaberta,os olhos inquietos sem saber para onde olhar exatamente,porque tudo se encaixava estupidamente bem naquele corpo perfeito.

-Vocês estão maravilhosas._ Eliza elogiou._Agora eu vou lutar com essa garotinha com suas roupas enquanto vocês duas arrumam o cabelo._Ela deu um abraço em Lena e deixou a garotinha beijar as mães antes de a levar para o quarto.

-Você gosta?_Lena perguntou, quase timidamente,sua postura anterior aparentemente esquecida.

Kara só conseguia acenar com a cabeça que nem idiota,mas Lena sorriu como se fosse uma crítica elogiosa,submetendo mais ou menos humildemente à mulher atormentada que tentava fazê-la se sentar para que pudesse fazer alguma coisa com o cabelo.

-Solto ou preso?_A mulher perguntou,já brandindo seus pentes,cremes e géis.

-Solto!_Kara respondeu pela morena imediatamente,corando quando Lena e a cabelereira se viraram para levantar uma sobrancelha para ela._Umm ...E-Eu gosto dele solto...Ela explicou,nervosa._Mas você pode fazer o que quiser!

O que eu quiser hum?

Lena sorriu,lenta e perigosa,e Kara tinha certeza de que ela realmente se derreteu,pelo menos por dentro.

-Solto então._Disse Lena à moça com um sorriso.

A mulher bufou.

-Preso combina melhor com este vestido ..._Resmungou,mas não discutiu,só começou a trabalhar.

-Você vai prender o seu, certo?_Lena perguntou para loira ainda vermelha._Seria uma pena desperdiçar esses ombros ...

-Eu acho que sim?_Kara se contorceu um pouco sob seu olhar quente.

-Ótimo._ Lena piscou e o cabeleireiro  de Kara murmurou algo sobre a temperatura na sala,o que a fez corar mais forte,e realmente a coisa toda foi completamente vergonhosa,mas Lena ainda estava sorrindo para ela, então talvez valesse a pena  .

Talvez.

De alguma forma,elas passaram pelos últimos preparativos e pela limusine até a Gala,sem Kara espontaneamente entrar em combustão.

Ter Lizzy lá ajudou.

Ela era uma pequena bolinha de tule turquesa e raiva impotente quando as fivelas dos sapatos eram demais para os dedos de uma criança.

O vestido dela era uma mistura perfeita do azul de Kara e do verde de Lena,com uma cintura império simples e uma saia rodada e cintilante.A pequena tinha adorado o vestido no cabide,mas odiava quando estava vestida nele.

Só desta vez,Kara subornou-a com um biscoito para ficar quieta e arrumar o cabelo,jogando uma toalha sobre o vestido para mantê-lo limpo.

A guloseima a aquietou,até que ela descobriu que não podia tirar os sapatos.Era tudo o que Lena e Kara podiam fazer para mantê-la apresentável até que parassem no museu.

Uma vez lá dentro,Lizzy esqueceu tudo sobre o vestido e os sapatos, brilhando sob toda a atenção que teve.

Alex e Maggie a roubaram depois de alguns minutos, levando-a para o buffet e deixando Kara e Lena sozinhas por meio segundo antes de Annie encontrá-las.

-Sra.Luthor!_Annie gritou,arrastando a namorada._Muito obrigada!Essa é a Emily.Emily,essa é a Sra e Sra.Luthor-Danvers!Vocês estão tão incríveis!_Falou tudo sem nem respirar tamanha empolgação.

-Olá._Comprimentou Emily,mais calmamente,embora seu sorriso fosse genuíno.Ela ofereceu a cada uma delas um aperto de mão firme._Estamos muito agradecidos por esta noite,Annie não falou de mais nada a semana toda.Mais nada!_Rolou os olhos,porém seu tom era carinhoso._Você pode ser a pessoa favorita dela no mundo agora.

-Ei!_Annie deu uma cotovelada nela,mas Lena apenas sorriu.

-Vocês são mais que bem-vindas._Olhou carinhosa para loira,dando um pequeno aperto nas mãos juntas._Kara e eu estamos felizes em ter vocês aqui e adorariamos ver seus currículos na minha mesa quando se formarem.

Annie sorriu mais largo ainda.

-Posso te abraçar?Eu vou te abraçar._Ela adaptou ações às palavras,abraçando Kara e Lena por sua vez.

Os agradecimentos de Emily foram menos efusivos,mas não menos genuínos,e ela finalmente conseguiu levar a namorada embora para que Lena e Kara pudessem se misturar com os outros convidados.

Kara apertou mais mãos do que em toda a sua vida e sorriu até suas bochechas doerem.Estava acostumada com as festas de Cat,mas Cat nunca esperava que ela fosse anfitriã de nada.Esta foi uma nova experiência.

Lena, é claro, estava em seu elemento.

Ela brilhava um pouco mais com cada palavra gentil e sorriso sincero,sua habitual fachada profissional derretendo diante de uma recepção tão inequívoca.

-Eles gostam de você._Kara disse em uma breve pausa entre os convidados,quase explodindo de alegria ao ver Lena tão feliz.

A morena merecia ser vista pelas pessoas com o coração doce que sempre teve.

E isso estava acontecendo.

-Eu continuo esperando a piada ..._Lena admitiu,mas seus olhos estavam brilhando,uma música calma se iniciava no ambiente._Você está bem?Ou você precisa de uma pausa dos convidados?

When I look into your eyes

Quando eu olho em seus olhos

It's like watching the night sky

É como observar o céu à noite

 

-Na verdade...

 

Or a beautiful sunrise

Ou um belo nascer do sol

There's so much they hold

Eles carregam tanta coisa

 

Os olhos azuis se desviaram para a pista de dança onde os casais estavam apenas começando a se reunir.

Eu devo?

And just like them old stars

E assim como as antigas estrelas

I see that you've come so far

Vejo de quão longe você veio

 

Vamos lá Kara!

-Você gostaria de dançar comigo?_Ela estendeu a mão que mal tremia.

To be right where you are

Para chegar exatamente onde está.

How old is your soul?

Qual a idade da sua alma?

 

Lena inalou bruscamente,as bochechas empalidecendo e depois corando levemente.

-Eu adoraria._Respondeu suavemente,apesar de sua surpresa óbvia,colocando a mão na de Kara e permitindo que ela as conduzisse através multidão.

I won't give up on us
             Eu não vou desistir de nós

Even if the skies get rough

Mesmo que os céus fiquem agitados

 

Kara não tinha certeza do que estava pensando,exceto que ela só precisava ter Lena sozinha por pelo menos alguns minutos. Ela estava sofrendo com a necessidade de tocá-la,mesmo sabendo que tocar só iria piorar as coisas.

I'm giving you all my love

Estou te dando todo meu amor

I'm still looking up

Ainda estou melhorando

 

Lena parecia muito ansiosa,entrando nos braços de Kara sem qualquer hesitação.

Houve um momento embaraçoso quando as duas tentaram liderar,mas Lena concordou com uma risada.

And when you're needing your space

E quando você precisar do seu espaço

To do some navigating.

Para fazer suas descobertas

 

-Só porque você foi corajosa o suficiente para perguntar._Ela respirou contra a mandíbula de Kara,os braços já em volta do pescoço._Mas eu lidero a próxima.

I'll be here patiently waiting

Estarei aqui esperando pacientemente

To see what you find

Para ver o que você descobriu

 

-Eu não tenho certeza se vou conseguir passar por isso._Kara admitiu trêmula,sorrindo pela irônia da música que encaixava perfeitamente._Você tem certeza que temos que ficar a festa toda?

-Não me provoque._Lena a avisou, enroscando os dedos nos cabelos loiros da nuca da mulher, as duas balançavam no ritmo da música.

-Não provoca você?_Kara estava incrédula._Você é quem...

-Quem tem estado esperando desesperadamente que você me beijasse? _Lena terminou por ela, calando Kara calmamente._Estou tentando ser paciente, mas você está tornando muito difícil.

Cause even the stars they burn

Porque até as estrelas queimam

Some even fall to the earth

Algumas até caem sobre a terra

 

-Eu,hum ..._Kara gaguejou surpresa,olhando para os lados._Aqui?Na frente de todas essas pessoas?O que eles vão pensar?

We've got a lot to learn

Temos muito a aprender

God knows we're worth it

Deus sabe que merecemos

No I won't give up

Não,não vou desistir

 

Lena suspirou,inclinando-se para trás para dar a Kara um olhar cem por cento feito com o que os outros pensavam.

-Que somos um casal feliz comemorando seu terceiro aniversário?

I don't wanna be someone who walks away so easily

Eu não quero ser alguém que vai embora tão facilmente

I'm here to stay and make the difference that I can make

Estou aqui para ficar e fazer a diferença que eu puder

 

-Oh.. Certo ..._Ela quase esqueceu essa parte.

Our differences they do a lot to teach us how to use

Nossas diferenças fazem muito para nos ensinar como usar

The tools and gifts we got yeah, we got a lot at stake.

As ferramentas e os dons que temos, sim,temos muita coisa em jogo

 

-E então?_A morena se aproximou um pouco mais,levando a kryptoniana a engolir seco.

-Mas...é o nosso primeiro beijo, não deveria ser especial?

And in the end, you're still my friend at least we did intend

E no fim, você ainda é minha amiga, pelo menos,tínhamos a intenção

For us to work we didn't break, we didn't burn

Para funcionarmos,não quebramos, não queimamos

 

-Meu amor._Lena murmura a centímetros de distância,o coração de Kara se acelerando pelo que a morena a chamou._Estamos em uma pista de dança,realizando nossa primeira dança em um museu que foi alugado apenas para nós,usando vestidos que custam uma pequena fortuna e estamos cercados por todos os nossos amigos e familiares não criminosos.Quanto mais especial pode ficar?

We had to learn how to bend without the world caving in

Tivemos de aprender a ceder sem ceder à pressão do mundo

Ela tinha razão,mas ainda assim ... 

-Você tem certeza?E se ...

I had to learn what I've got,and what I'm not

Tive que aprender o que tenho e o que não sou

And who I am

E quem eu sou

 

-Kara._O tom de Lena foi um aviso._Eu vou te beijar agora.Alguma objeção?

Kara balançou rapidamente a cabeça negando.

-Ótimo!

I won't give up on us

Não vou desistir de nós

Even if the skies get rough.

Mesmo que os céus fiquem agitados

 

Ela enterrou as duas mãos no cabelo de Kara,provavelmente bagunçando todo o trabalho duro do cabelereiro, mas Kara não conseguiu se importar e puxou-a para mais perto.

I'm giving you all my love

Estou te dando todo meu amor

I'm still looking up

Ainda estou melhorando

 

Lena se esticou um pouquinho da ponta dos pés porque os saltos,por mais devastadores que fossem,não foram suficientes.

I won't give up on us

Eu não vou desistir de nós

Even if the skies get rough

Mesmo que os céus fiquem agitados

 

Kara a firmou com as mãos nos quadris,fechando os olhos quando seus lábios se encontraram pela primeira vez.

Os corações disparados batendo furiosamente no mesmo ritmo.

I'm giving you all my love

Estou te dando todo meu amor

I'm still looking up

Ainda estou melhorando

 

Então o mundo desapareceu,tudo em sua volta se silenciando.

Foi tão macio.

Essa foi a primeira impressão de Kara.

Não que também não queimasse como fogo líquido lambendo sua garganta e sua barriga,se espalhando por ela como uma névoa de euforia e admiração,mas era uma chama suave,quente em vez de selvagem.

Acabou antes que ela estivesse pronta,e Kara se viu perseguindo um segundo beijo,as mãos deslizando pelas costas de Lena para trazê-la para mais perto.

Lena quase choramingou em sua boca, apenas se afastando para recuperar o fôlego. 

Oh céus,não acredito que esta acontecendo!

-Continue assim,e as pessoas vão falar._Ela murmurou,os olhos verdes vidrados nos azuis.

A loira continuava sem palavras,os olhos completamente inquietos e indecisos,entre a boca vermelho sangue e os verdes acinzentados.

Oh meu Rao!O que foi isso?

A música estava acabando,e os casais ao redor delas estavam mudando,alguns ficando,outros saindo e novos dançarinos tomando seu lugar.

Era uma oportunidade de escapar sem ser vista,e Kara a aproveitou,puxando Lena atrás dela para fora do salão principal e para dentro das exposições.

-Para onde estamos indo?_Lena perguntou, mas ela seguiu prontamente,ainda ágil sobre os saltos,embora os joelhos de Kara parecessem água.

-Confie em mim._Disse Kara,conduzindo-a ao redor da corda de veludo que estava isolando o salão da sala dos dinossauros.

Estava quase escuro entre os fósseis silenciosos,apenas o brilho fraco das luzes de emergência salvando da escuridão completa.

Uma vez que elas estavam fora de vista,Kara girou pegando Lena pela cintura rápido demais para dar tempo da morena sequer pensar,quando viu já estava com as costas em uma vitrine,a loira pegando seus lábios em um terceiro e quarto beijo antes de levantá-la no colo e pisar entre os joelhos para beijá-la com desejo.

-Kara...Danvers..._Lena arfou quando Kara se afastou para pressionar beijos trêmulos em sua garganta,tirando proveito daquela fenda tão tentadora na frente do vestido,arrastando as mãos ansiosas dos joelhos,pelas coxas e apertando centimetros abaixo da bunda._Ah!_Arfou tombando a cabeça no vidro._E-Estou surpresa com você ...Excitada._Acrescentou,ofegando quando Kara chupou a pele sobre seu ponto de pulso._M-mas surpresa.

Ela imaginava que a pegada da loira seria gostosa,mas foi mais que isso.

Céus...Me ajude!

-A culpa é sua._Kara choramingou, descansando a testa no ombro de Lena,lutando para recuperar o fôlego._Rao,também estou surpresa comigo...Quero dizer,eu já beijei outras pessoas antes e foi bom._Suspirou levantando a cabeça para encarar a morena,os olhos verdes faiscavam._Mas você ...Esquece voar,esta é a melhor sensação do mundo!

-Porra, Kara ..._Lena a puxou para outro beijo,este mais feroz e profundo

Kara finalmente se vingou,pegando o lábio inferior de Lena entre os próprios dentes,o calor faiscando através dela com o gemido afiado da morena.

Ela não sabia exatamente até que ponto elas teriam ido se seus ouvidos super sensíveis não tivessem captado o leve ruído de um sapato no chão encerado atrás delas.

-Desculpe,desculpe!_Winn se apressou em se desculpar,já se afastando quando Kara se virou colocando uma Lena descabelada no chão._Lizzy encontrou você._Disse ele,puxando a menina atrás dele,uma mão firmemente sobre os olhos da garotinha.

Mamãe,beija mommy!_Lizzy deu uma risadinha,puxando a mão dele de seus olhos._Izzy beija também!

-Não é esse tipo de beijo,garota beijoqueira._Um Winn nervoso tentava puxar ela de volta para festa._Mamãe e mommy precisam de um pouco de privacidade,vamos ver tia Alex e dizer a ela que não conseguimos encontrá-las.Eu sei que ela é assustadora,mas ela não consegue disparar lasers dos olhos,e sua mommy consegue,então ...

-Está tudo bem, Winn._Lena chamou o rapaz por cima do ombro de Kara._Nós já vamos pra lá.

-Nós precisamos?_Kara perguntou, recostando-se nos braços de Lena.

-Há um buffet ...

O estômago de Kara roncou.

Traidor!

Lena riu dando-lhe um pequeno empurrão.

-Vamos querida,me arrume para que possamos ficar mais apresentável.

-Tudo bem ...Kara a ajudou,rindo quando Lena balançou um pouco antes de encontrar seu equilíbrio.

Elas arrumaram o cabelo uma da outra,e Kara alisou o vestido de Lena.

Lizzy correu para as duas quando Winn a soltou,Lena a pegou,passando por Winn sem um pingo de vergonha.

Winn não conseguiu esconder o sorriso quando Kara a seguiu com os olhos.

-Desossando entre os ossos._Provocou uma vez que Lena estava fora do alcance da voz._Legal!_Ofereceu a ela um toque no ar,mas Kara deu um tapa nele._Oush!Cuidado ai mulher de aço,eu sou delicado!

-Nós não estávamos fazendo isso!_Kara ajeitou o óculos torto no rosto.

-Sim,só porque você foi pega primeiro!_Winn cantarolou._Mas sério,como foi?Bom?Porque parecia bom.

Oh Rao!

-Winn!_Kara teria batido nele novamente,mas ele correu para fora de alcance._Eu te odeio._Fez um beicinho.

-Você me ama._Se gabou._E...Você ama Lena...

-Eu vou adorar chutar sua bunda!_Kara tentou rosnar,mas ela já estava rindo,incapaz de ficar brava quando estava quase transbordando com os efeitos do êxtase puro com que Lena a intoxicou.

Winn escapou sem ferimentos e Kara o soltou,seguindo-o mais lentamente de volta para a festa.

A loira sorria grande trocando olhares com a morena,conversava um pouco e atacava o bufê usando a filha como cúmplice,mas interiormente contava as horas e os minutos até que pudesse levar Lena para casa.

Hoje definitivamente seria minha morte!


Notas Finais


É isso mesmo gente,BEIJO SAIUUU.
Espero q tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...