1. Spirit Fanfics >
  2. THE FIRST LOVE >
  3. O começo - parte I

História THE FIRST LOVE - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá galerinha do bem, então, faz muito tempo que eu não escrevo fanfic, pode ser que está fique uma merda ou fique muito boa (não sei). Mas de qualquer forma, eu espero que vocês gostem. Boa leitura!

Capítulo 1 - O começo - parte I



O relógio marcava exatamente às 7 (sete) horas da manhã, Min estava ajeitando sua blusa em frente ao espelho enquanto cantarolava uma música qualquer. Terminou de ajeitar a blusa e deu uma última olhada em seu reflexo, a calça preta dava um 'tcham' no corpo da garota, e ela gostava disso. 

Pegou sua mochila e um livro que estava lendo, e fora em rumo à sala de estar, onde estaria sua mãe e sua irmã mais velha. Passou por alguns corredores até chegar ao cômodo desejado. Na sala estava apenas sua irmã digitando algo no celular, e a televisão ligada em um jornal que sempre passava ao mesmo horário pela manhã. 

— Minha mãe já saiu? - A garota perguntou adentrando o local e indo até a televisão e a desligando- 

— Sim! Ela disse que tinha um compromisso urgente e por isso não pôde fazer suas panquecas para o café da manhã. -Respondeu sua irmã mais velha-

Min Soo suspirou e foi em direção à saída da casa. Olhou para trás antes de fechar a porta e ir para a faculdade;

— Você não vem? - perguntou para Hyuna, sua irmã.-  

— Não, Hoseok vem me buscar. 

Após receber a resposta, a mais nova fechou a porta e seguiu rumo para a parada de ônibus mais próxima de sua residência. 

Alguns minutos de caminhada foram o suficiente para que a garota chegasse a tal parada e se sentasse no banco, esperando o ônibus passar. 

p.o.v Min Soo on

Em pensar que aquele idiota metido a besta do Hoseok namorava minha irmã, me dava uma ânsia de vômito inexplicável. Eu queria que ela pudesse enxergar que o príncipe encantado dela, não era tão encantado assim... 

p.o.v Min Soo off 

O barulho do ônibus havia despertado a garota de seus pensamentos. Por fim, a mesma pediu para parar o ônibus e entrou no mesmo, passou pela catraca e acabou tendo que ficar em pé por conta da quantidade de pessoa que estava no automóvel. 

[...]

Ao ver a fachada de sua faculdade, Soo deu o sinal e logo o veículo parou em uma parada próxima a entrada da mesma. A garota desceu e ajeitou sua mochila e vestes assim que pisou no chão. A quantidade de pessoas que estavam lá dentro acabaram bagunçando a roupa de Min, e fora também um dos fatores para uma mancha de café aparecer em sua blusa branca. 

Ela odiava pegar ônibus, odiava mesmo, mas era necessário, já que sua mãe não estava em casa e ela não era muito fã do namorado rico de sua irmã. 

p.o.v Min Soo on 

Caminhei até o portão principal à procura de uma das únicas pessoas que eu gostava dentro daquele campus, Park Jimin. Eu e ele somos amigos desde que nos éramos pequenos, a mãe dele é melhor amiga da minha então dentro dessa amizade, nasceu a nossa amizade. 

Não demorou muito para que eu pudesse ver o loiro no meio daquelas pessoas. O mesmo vinha ao meu encontro em passos rápidos e parecia ansioso para me contar algo. 

— Preciso te contar uma coisa IMPORTANTÍSSIMA! - Jimin enfatizou aquela palavra de um jeito que eu nem saberia explicar- 

— Bom dia pra você também! - Dito isso, começo a andar até os corredores daquele Campus, mas logo sou parada pelo garoto se posicionando a minha frente- 

— É sério! - sua feição estava séria enquanto o mesmo dizia tais palavras, então presumir que era muito importante mesmo- 

— Então diga logo! 

— Por que você é sempre tão ignorante comigo? - Jimin dramatizou toda uma cena fazendo-me rir fraco daquilo, mas logo dei uma encarada séria para ele- 

— EU CONSEGUI! - O loiro praticamente gritou e fez com que alguns alunos que estavam ali nos olhassem.- 

— Do que você está falando Jimin? - perguntei um pouco curiosa do que o mesmo estaria dizendo- 

— Eu fiquei com aquele boy lindo da festa da minha prima, lembra que eu te contei sobre ele? 

Ah, então todo o escândalo era apenas para isso? Eu devia esperar algo assim do Park. 

— Sim lembro, mas isso precisava de toda essa... cena? - Perguntei um pouco incrédula pelo teatrinho feito ali, Jimin bufou e logo se posicionou ao meu lado, passando assim o braço por meu pescoço- 

— Você é tão chata, que as vezes me lembra a minha vó. - Indagou brincalhão, lancei uma olhada sinistra para o mais novo ao meu lado e lhe dei um soco fraco na parte de baixo do braço, quase perto da axila, por fim soltei uma risada- 

Jimin é uma pessoa muito importante para mim, eu conto tudo, tudo mesmo, que acontece comigo e ele faz a mesma coisa comigo. Fui a primeira pessoa para quem ele assumiu a sexualidade, e eu o aceitei do jeitinho que ele é, já seus país foram um pouco filhos da puta e acabaram o expulsando de casa. Hoje ele vive junto com um dos veteranos do prédio de fotografia, se eu não me engano, ele se chama Jeon Jungkook. Apesar do garoto ser o tipo ideal do Park, ele jura de pé junto que nunca tentou alguma coisa a mais com ele. 

— Bem, estava lembrando de uma coisa, como vai as coisas com seu parceiro de apartamento? - Perguntei e senti a atenção do garoto sobre mim, ele sabia que a pergunta tinha um pouco de malícia no tom- 

— Pode parar com isso - Jimin me deu um fraco cascudo e voltou a falar sobre- Jungkook é bem organizado então não tenho problemas com ele em questão de organização, mas aquele garoto gosta de dar festa... 

— E você já não gosta de festa né?! - Falei um pouco sarcástica, afinal, Jimin adorava festas, ainda mais quando elas nem precisavam sair de casa. O garoto deu uma risada fraca e parou de andar assim que chegamos na porta de sua dala- 

— Toda sexta feira ele dá uma festa, ou seja, hoje tem festinha... - Indagou animado, e me deu algumas cutucadas na barriga- e, eu, quero, que, você, vá, para, está, festa. 

— Você sabe que as chances de eu ir pra essa festa é zero né? 

— Por favor! Vai ser legal, eu te prometo! - Ele praticamente implorava para que eu fosse para essa tal festa. Mas eu sabia como era esse tipo de evento, e vai por mim, sempre terminava de um jeito não muito agradável- 

— Vou pensar nisso, no intervalo eu te dou a resposta! - Respondi às suas preces e observei o garoto fazer um 'ok' com os dedos- 

Me despedi do loiro e fui em rumo à minha sala.

P.o.v Min Soo off

A garota caminhava animada pelo extenso corredor da Ala B, quando seus olhos pararam sobre uma figura alta e bastante atraente. E então tudo começou a ficar em câmera lenta, era até estranho aquilo, parecia aquelas cenas de filmes de romance, mas não era, era real. Seus passos foram desacelerando, e quando a mesma se deu conta, já estava parada no meio do corredor que nem uma boba.

O garoto ia se aproximando cada vez mais. A alma de Min ja havia saído do seu corpo por alguns míseros segundos, assim examinando a cena que aconteceria ali. Ela tentava fazer com que seu corpo se movesse e assim evitasse todo aquele romance, mas já era tarde de mais. 

Quando Soo já se deu conta, estava atirada no chão, junto com sua mochila e seu livro. Aquele belo rosto se aproximando, e a voz com uma pergunta padrão ecoando em sua mente...

Eu tenho que me alimentar mais vezes ao dia, essa falta de alimento está me fazendo ficar louca...




Notas Finais


Se eu continuasse aqui, iria ficar um capítulo gigante, então dividi ele em duas partes. espero que tenham gostado! Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...