1. Spirit Fanfics >
  2. The Flower Boy. >
  3. O que você se tornou?

História The Flower Boy. - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - O que você se tornou?


Chegamos à festa exatamente 22:30h, a frente da casa de Hyunjin estava lotada, parecia que toda a população terrestre havia resolvido frequentar o mesmo local que Yeonjun e Soobin. Os garotos adentraram a casa após um suspiro pesado de medo por não estarem num ambiente comum aos que eles costumavam ir, mas Soobin tentava convencer Yeonjun de que essa noite seria boa. O mais novo puxou o mais velho pela mão e o arrastou casa adentro até que eles pudessem encontrar rostos mais familiares, no caso, os garotos do coral. Os mesmos estavam reunidos no sofá conversando até que percebem os dois mais velhos parados em frente a eles com um sorriso no rosto, no caso de Yeonjun..o sorriso era forçado.

- Então Yeonjun, não vai me apresentar seus amigos? - Soobin disse animado

- Bom, esses são Hueningkai, Taehyun e Beomgyu

Os garotos acenaram de volta pra Soobin e pareceram se dar bem, seria bom para o garoto de cabelos pretos finalmente se enturmar com outras pessoas além de Yeonjun e ficar mais presente na vida dele já que ultimamente eles pareciam estar tão desconectados. 

Quando Yeonjun ia iniciar um assunto para fazer os garotos conversarem, ele sentiu uma presença passar a mão pelo pescoço de Soobin que logo pulou de susto.

- Hyunjin? 

- Pensei que não fosse chegar, meu bem 

A satisfação que Hyunjin nem fez questão de esconder ao ver Soobin, deixou Yeonjun extremamente irritado, ele já estava sentindo o arrependimento percorrer o seu corpo mas sabia que não deveria ceder às provocações do mais novo porque era exatamente isso que ele queria. Hyunjin puxou Soobin para perto do seu grupo de amigos enquanto o mais novo apenas avisava que não demoraria muito, enquanto isso Yeonjun olhava Hyunjin fixamente como se seus olhos pudessem queimá-lo e como se nada mais importasse, ele gostaria de ver Hyunjin virar pó naquele instante. Os três mais novos perceberam o que estava acontecendo e logo puxaram o mais velho para sentar com eles e começaram o assunto mais aleatório que poderiam naquele momento. 

- Eu amo suco de uva... - Huening tentou apaziguar a situação com a primeira frase que veio à sua cabeça

Yeonjun não conseguiu se conter e soltou uma gargalhada, fazendo os mais novos suspirarem de alívio ao perceber que ele estava mais calmo. Após 30 minutos de papos sem pé nem cabeça, eles notam que Soobin havia chegado com bebidas e levemente alterado, assustando os quatro que estavam presentes ali.

- Vocês não vão acreditar! Hyunjin me deu vodca, isso é horrível mas é tão bom! Eu nunca tinha bebido tanto na vida! 

- Soobin, como assim? Você não tá bem! - Yeonjun exclama e levanta preocupado do sofá pegando na mão do mais novo

- Yeonjun! Relaxa...eu tô bem, não vê? Eu tô vivendo! 

- Se essa é sua melhor forma de viver, não conte comigo para cuidar de você depois! - Yeonjun se irrita e saí batendo os pés em direção à piscina que se encontrava no quintal da casa

Taehyun e Beomgyu vão atrás dele, enquanto pedem à Huening que vigie Soobin. Os garotos encontram Yeonjun sentado na beirada da piscina fazendo movimentos na água com seus dedos.

- Ei, você está bem? - Beomgyu pergunta

- Vou ficar...

- Eu acho que Soobin está apenas procurando validação, ele parece estar se forçando a fazer coisas assim, não sei... - Taehyun tenta consolar Yeonjun

- Eu sei que ele está curioso para experimentar coisas novas e tem todo direito de fazer isso, mas ele está passando dos limites...Sabe, eu sinto falta quando eu e ele nos contentávamos com as coisas bobas que fazíamos e isso parecia ser suficiente, agora ele só quer saber do crush idiota dele no Hyunjin e "viver a adolescência ao limite" 

- Eu entendo, mas olha...talvez ele precise se decepcionar pra entender que não tem que agir assim, confie em mim ok? - as mãos de Taehyun fizeram uma leve bagunça no cabelo azul de Yeonjun, o deixando sem graça 

- São 23h, vamos? Já iremos nos apresentar agora - Beomgyu levanta depressa parecendo extremamente nervoso e animado

- Vamos - Yeonjun respira fundo e se direciona com os outros dois ao palco onde está sendo aguardado por Hueningkai, encontrando uma multidão aguardando a música começar

Yeonjun logo percebeu Soobin parado observando atentamente o mais velho se preparando para cantar, ao lado dele estava Hyunjin, com um sorriso provocar no rosto como se quisesse que o pior acontecesse. O garoto fechou os olhos e começou:

"We found each other, I helped you out of a broken place

You gave me comfort, but falling for you was my mistake" 

Os versos da música perfuravam o peito de Yeonjun junto com flashes de momentos vividos por ele e Soobin, ele sentia cada melodia e palavra como se elas pudessem envenená-lo aos poucos. Soobin parecia estar perdido nos seus próprios pensamentos, ele sabia o quanto os dois amavam aquela música, sabia o quanto os dois estavam machucados um com o outro, sabia também que aquilo era sua culpa. Sabia que apesar de parecer egoísmo de sua parte, ele queria matar sua curiosidade e viver como sempre quis. 

Logo tudo que podia se ouvir eram os aplausos, a música havia acabado, os garotos agradeciam à quem estava assistindo e desceram do palco em direção ao sofá novamente.

- Vocês foram incríveis, incríveis de verdade - Soobin os elogiou sem graça 

- Obrigada, estamos tão felizes que as pessoas gostaram do que ouviram - Hueningkai não conseguiu conter sua alegria ao finalmente se apresentar com seus amigos, ele sonhava com isso há anos

Uma risada ecoou no fundo junto com aplausos lentos

- Ora ora! Bravo! Foi esplêndido e Yeonjun...eu não sabia que você cantava com tanta emoção - Hyunjin debochou uma risada leve

- Eu preciso de uma bebida - Foram as únicas palavras de Yeonjun antes de sair fumaçando em direção ao bar 

- Hmmm...o esquentadinho não sabe lidar com brincadeiras 

- Hyunjin, deixa ele - Soobin o olhou de lado

- Vamos, Soobin - Hyunjin puxou o garoto enquanto acenava para os mais novos que ficaram no silêncio desconfortável deixado ali

- Eu odeio esse cara... - Huening fala baixinho 

- Então...nós vamos deixar o Yeonjun encher a cara ou vamos até ele? 

Os três logo se levantaram e se direcionaram ao bar onde o mais velho estava sentado bebendo o terceiro copo de álcool que havia recebido. Enquanto os mais novos tentavam convencer o mais velho a parar de beber, Soobin e Hyunjin se direcionavam para o quintal localizado no fundo da casa.

- Hmm...onde exatamente estamos indo? - o mais novo ainda afetado pelo efeito da bebida estava confuso demais para pensar, então apenas seguiu Hyunjin

- Nós vamos para um lugar especial...Eu e você, meu bem

Após chegarem na adega dos pais de Hyunjin, Soobin se apoiou na estante que tinha atrás dele. Podia sentir seu corpo cada vez mais dormente, sua cabeça não parava de girar e as palavras de Hyunjin ecoavam em forma de dor. 

- Meu bem, eu devo dizer que você está tão lindo hoje - Hyunjin disse se aproximando cada vez mais de Soobin

- Obrigada... 

- Sabe, é um desperdício que você esteja tão bonito assim e eu não possa fazer nada com você - Hyunjin havia chegado o mais próximo possível de Soobin, o agarrando pela cintura.

- O que você tá fazendo? 

- Calma, confia em mim... - Hyunjin inclinou sua mão para alcançar o zíper da calça de Soobin

O garoto sentiu um tapa na sua mão e logo percebeu que Soobin estava tentando se desviar.

- Para, Hyunjin, é sério - Soobin dizia enquanto tentava manter o restante de controle que havia no seu corpo

- Qual é, Soobin! Eu sei que você me quer, eu sei sobre suas curiosidades e eu estou aqui para matá-las! 

- Eu não quero nada, Hyujin, para! 

- Você quer sim! Para de negar! 

Soobin usa o restante de força que tem para empurrar Hyunjin e corre para fora da adega, rapidamente adentrando a casa à procura de seus amigos. 

Yeonjun logo percebe o mais novo ofegante e arregala seus olhos sem entender o que está acontecendo. Soobin se senta no banquinho ao lado dos garotos.

- Ele...ele tentou me forçar a..

- Quem? Quem tentou te forçar a o que, Soobin? - Yeonjun segurou a mão gélida do mais novo

- Tentou me forçar a transar com ele, mas eu não quis, eu não quis e o empurrei

- Ele o quê!? - Naquele momento Yeonjun conseguia sentir o sangue quente percorrer pelo seu corpo, conseguia sentir a raiva de forma que nunca havia sentido antes.

- Por favor não faça nada, Yeonjun! - Soobin o olha com os olhos marejados enquanto implora para que seu amigo não se meta em confusão 

- Observe. - Yeonjun fala rispidamente e corre em direção à adega da casa.

Beomgyu, Taehyun, Hueningkai e Soobin correm atrás dele tentando evitar que isso se torne uma confusão ainda maior. A multidão logo percebe a correria e se direcionam também à adega.

Yeonjun puxa Hyujin firmemente  pela gola da sua camisa.

- Diz o que você estava tentando fazer com ele! Diga! 

- Eu estava fazendo o que ele queria - Hyujin riu 

E foi naquele milésimo de segundo que o garoto de cabelo azul percebeu que não iria se conter. Ele nunca foi de se meter em brigas, mas entendia que uma hora ou outra aquilo iria acontecer e seria agora. Ele fechou o punho e socou Hyunjin, o derrubando no chão e o socando cada vez mais. 

- Yeonjun para! Por favor para! - Soobin gritava sentado num banco, pois não conseguia mais ficar de pé, enquanto Huening limpava as lágrimas dele. Beomgyu e Taehyun correram para separar os dois, tarefa mais impossível não havia. Hyunjin deferia socos no rosto de Yeonjun e os dois rolavam pelo chão da adega como se fossem cão e gato. 

Rapidamente a festa havia se transformado num pesadelo, ninguém conseguia pensar direito, tudo aconteceu muito rápido. As cenas aconteciam em flashes, nem em um milhão de anos Yeonjun poderia prever que se meteria numa briga e Soobin também não imaginaria que estaria sendo pivô disso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...