História The Forbidden is Tastier- Imagine Jimin-Incesto - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Bts, Incesto, J-hope, Jimin, Jungkook, Suga
Visualizações 1.002
Palavras 1.287
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Concerns


Acordei um pouco assustada.Peguei meu celular e vi que eram 16:00 da tarde. Nossa,não acredito que dormi tanto.

Me virei para o lado,me lembrando que Jimin havia dormido comigo,mas ele não estava mais deitado do meu lado.Será que tudo não passou apenas de um sonho? Aaish.

Me sentei na cama e percebi que estava nua.

Não,não foi um sonho,isso realmente tinha acontecido.Deixei um sorriso escapar do meu rosto,mas que logo desapareceu quando me lembrei que meu irmão não estava aqui comigo.Poxa,o que será que deu nele para me deixar aqui com cara de trouxa? Vou matar aquele idiot...

-Pensando em mim maninha? – Jimin disse saindo do banheiro com uma tolha na cintura e o corpo ainda molhado.

-Caralho garoto,que susto!! – revirei os olhos

-Vou encarar isso como um ‘sim’ – ele sorriu e me deu um selinho

Ele se virou e abriu a porta da sacada do meu quarto indo na pequena varanda.

-Vai me contar em que estava pensando? – ele disse ainda de costas se espreguiçando

-Vai tirar essa toalha e colocar um shorts ou vai ficar aí se exibindo para os vizinhos? – cruzei os braços me levantando e indo para o banheiro

Apoiei minhas mãos na pia e fiquei me encarando no espelho,reparando nas marcas de chupões espalhadas pelo meu corpo,que Jimin havia deixado,o que me fez relembrar os acontecidos dessa manhã.

Estava com meus pensamentos bem longe.

-E você? Precisa de ajuda para tomar um banho e vestir sua roupa? – Jimin sussurrou no meu ouvido me fazendo voltar a realidade.Sua voz estava rouca,o que fez com que eu me arrepiasse novamente.Malditos hormônios.

Ele colocou meus cabelos para o lado e encarou meu pescoço cheio de roxos e logo em seguida me olhou e sorriu safado.

-Feliz? – perguntei o olhando ainda pelo espelho

-Não imagina como. E você? Parece arrependida.– ele riu fraco

-Não é isso..é só.. – Respirei fundo – Nada,esquece.

Jimin franziu a testa e logo pareceu me entender.Ele segurou no meu braço direito e me virou de frente pra ele me prendendo contra a pia.

-Tá achando que eu não gostei? – ele me encarou – É com isso que está preocupada? – ele soltou uma risada baixa e soltou meu braço.

Abaixei minha cabeça e encarei o chão por alguns segundos em silêncio.Ele ergueu minha cabeça com calma fazendo olhar em seus olhos.

-Essa manhã,foi a melhor da minha existência. – ele sorriu – Não se preocupe,você foi perfeita.

Eu sorri e o abracei,não me importando se estava nua.

-Me desculp..-fui interrompida

-Shhhi..-ele colocou seu dedo na minha boca- Você não tem porque se desculpar. – ele sorriu novamente – Agora vem,vamos tomar um banho.- ele disse trancando a porta do banheiro.

-Mas Oppa..você acabou de sair do banho – eu ri

-Não tem problema,eu posso tomar outro. – ele tirou sua toalha,me puxou para dentro do box e fechou.

Abri o chuveiro e a água estava maravilhosa.Puxei Jimin para debaixo da água deixando seu corpo colado com o meu.

Ele desceu seu olhar para minha boca e logo deixou um selar demorado,que aos poucos se transformou em um beijo um pouco mais quente que a água que caía em nossos corpos.Ele pediu passagem com a língua e eu cedi. Minhas mãos estava entrelaçadas em seus cabelos enquanto as suas,passeavam pelo meu corpo.Jimin me deu impulso,e entrelaçou minhas pernas em sua cintura,encostando minhas costas na parede gelada,me fazendo soltar um gemido abafado.

Ele desceu sua boca pelo meu pescoço,novamente me chupando.

Puta que pariu,eu estava ferrada para esconder essas marcas depois.Mas estava muito bom,nenhum de nós queríamos ser atrapalhados.

Mas parece que Deus não escutou nossas preces e resolveu nos interromper.

-Filha?? – minha mãe bateu na porta- Está tomando banho? – ela gritou do outro lado da porta

Olhei para Jimin assustada,e o mesmo começou a rir da minha cara.Coloquei a mão na sua boca para abafar os risos,descendo do seu colo.

-Estou sim mãe! Algum problema? – gritei de volta

-Não..eu só fui dispensada do meu trabalho mais cedo hoje.Queria conversar com você – ela disse forçando a porta.

Meu Deus,como foi que essa louca entrou no meu quarto? Aah,claro..a chave extra!! Merda.

Jimin me prensou na parede gelada novamente e começou a chupar meus seios.

-AAAI – gritei depois de sentir a parede gelada nas minhas costas novamente. Senti Jimin rir entre meus seios.

-O que foi filha? – minha mãe gritou

-Nada não.Me espera lá em baixo,já desço lá – Deitei minha cabeça na parede sentindo os toques de Jimin.

-Tudo bem então! Não demora! – ela disse

-Ok ... AAAAH – deixei escapar um gemido,Jimin estava chupando minha intimidade agora.Tentei tapar minha boca,mas já era tarde de mais.

-Filha? Tem certeza que está tudo bem? – ela voltou a forçar a porta,mas dessa vez ela destrancou com aquela maldita chave extra. – To entrando.

O box para minha infelicidade era transparente.Fudeu.

Sem pensar duas vezes,Jimin se levantou e ficou atrás de mim.Puxei uma toalha,que não sei como,tampava nós dois,mas minha mae não reparou.

-Tá doida mãe? To tomando banho,já disse. – fechei a cara

-Não precisa tampar seu corpo,já te vi pelada antes – ela ignorou minha pergunta e se sentou em cima do vaso.

-MÃÃE!! DÁ PRA ME DEIXAR TOMAR MEU BANHO EM PAZ ?– gritei e ela se assustou

Sentia a respiração de Jimin nas minhas costas,eu conseguia sentir minha intimidade totalmente molhada.Aquilo tava me deixando desesperada por ele.

-Credo!! Tá de TPM? – ela me encarou e eu a fuzilei com os olhos – Ok Ok..to saindo! – ela disse fechando a porta.

-E vê se para de me explorar assim!! Vou mandar o Appa jogar todas essas chaves fora,que merda!! – Escutei ela bufar e trancar a porta.Esperei alguns segundos e me descobri,pendurando a toalha.

Jimin se levantou e riu.

-Fala pra Omma que não é TPM- ele me prensou na parede – É só vontade de foder com seu irmão mais velho – ele sussurrou no meu ouvido e sem esperar mais, entrelaçou minhas pernas na sua cintura e me penetrou com força.

-Aaain..J-Jimin – gemi com sua atitude.

Ele apertou meu bumbum e aumentou a velocidade,me levando a loucura.

Tudo que se ouvia,era nossos gemidos e a água batendo contra o chão.

Com mais algumas estocadas,senti meu corpo ficar completamente mole me fazendo desequilibrar.Jimin me segurou mais forte,sem parar com as estocadas.Cheguei ao meu ápice e ele logo depois de mim,gozando no chão,que logo se misturou com a água.

Não consegui descer do seu colo,apenas o abracei para recuperar meu fôlego.Eu estava fraca,quase nem conseguia parar em pé.Ele desligou o chuveiro comigo ainda no colo,abriu o box e me sentou em cima do vaso se ajoelhando na minha frente.

-Sabe que uma hora ou outra eles vão acabar descobrindo né? – Jimin fez uma cara de preocupado

-Eu sei..- abaixei a cabeça mas ele a ergueu em seguida

-Não se preocupe,estamos juntos nessa. –Ele sorriu e me deu um selinho- Afinal..nos amamos!

‘Afinal..nos amamos’,’Afinal..nos amamos’...

Aquela frase ecoou pelo banheiro e na minha cabeça.Meu coração acelerou.Eu não me continha de tanta felicidade,abri um sorriso enorme.

-Me ama? – perguntei sorrindo e passando meus braços pelo seu pescoço

-Ainda tem duvidas? – ele sorriu ainda mais e me puxou para um beijo calmo e demorado.

-Quebra de tempo –

Jimin tinha ído para seu quarto e eu estava terminando de secar meu cabelo.

Assim que acabei,guardei o secador e desci as escadas,encontrando minha mãe sentada no sofá.

Eu estava tão feliz,que nada poderia acabar com a minha felicidade.

-O que queria me dizer de tão importante?? – perguntei me sentando do seu lado.

-Assim? Direto? – ela perguntou meio sem graça

-Sim Omma!! – disse a encarando

Ela respirou fundo

-Seu pai estará vindo embora esse fim de semana! – ela disse esperando uma resposta.

Eu me calei,sinceramente não sabia nem o que responder.Meu pai mal deixava Jimin me abraçar.Agora fudeu de vez .

-Como?? – Jimin disse assustado encostado na parede


Notas Finais


Até o próximo! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...