História The Forgotten Girl - Second Season - Capítulo 18


Escrita por: ~ e ~edudiangelo

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, Teen Wolf, The Vampire Diaries
Personagens Alan Deaton, Alaric Saltzman, Alice Cullen, Bella Swan, Bonnie Bennett, Carlisle Cullen, Caroline Forbes, Charlie Swan, Chris Argent, Cora Hale, Damon Salvatore, Derek Hale, Edward Cullen, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Emmett Cullen, Enzo, Esme Cullen, Jasper Hale, Klaus Mikaelson, Lydia Martin, Malachai "Kai" Parker, Malia Tate, Matt Donovan, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Rebekah Mikaelson, Rosalie Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stefan Salvatore, Theo Raeken, Tyler Lockwood
Visualizações 80
Palavras 1.833
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey guys, tudo bem vocês?
Eu estava louca pra postar esse capítulo, então está aí um capítulo que eu tenho certeza que vocês vão adorar!
Obrigada pelos comentários no último capítulo ❤
Espero muito que vocês gostem!!
Vamos ao capítulo?

Capítulo 18 - Chapter Eighteen - Farewell Tape


Fanfic / Fanfiction The Forgotten Girl - Second Season - Capítulo 18 - Chapter Eighteen - Farewell Tape

Anteriormente...

— Toma, bebe isso. - Klaus me pegou nos braços e me deu um líquido vermelho que provavelmente era o sangue de Hope. - Você vai se curar.

Foi a última coisa que eu ouvi, depois Klaus quebrou meu pescoço e eu apaguei... Eu estava oficialmente morta.

The Forgotten Girl... 


Quando eu acordei eu estava de volta ao meu quarto, sozinha. Meu pescoço estava totalmente dolorido e o sol que entrava entre as fechas da janela paraceia quimar meus olhos, e graças ao neus dois irmãos vampiros eu sabia que era meu corpo pedindo sangue, querendo que eu completasse a transição. Me levantei da cama e fui até a porta nos passos mais silenciosos possíveis, e quando eu cruzei a porta, Seth estava lá encostado na parede.

— Seth? - O chamei e ele se virou rapidamente pra mim, pude ver seus olhos vermelhos - Você ainda esta aqui...

— Você acordou! - Ele exclamou e me abraçou.

— Seth, calma. - Eu me afastei, tampando a respiração - Eu estou em transição, tudo bem? Sua clavícula ficar perto de mim agora não é uma boa idéia.

— Transição? - Seth perguntou confuso, e eu suspirei.

— Na espécie do Klaus... Minha espécie, pra se transformar em híbrido ou vampiro, primeiro se toma sangue de vampiro, depois morre e depois... Se alimenta de sangue humano. - Eu expliquei - Não sei se vou conseguir me controlar.

— E vai completar a transição quando?

— Antes que eu morra... Se eu não completar a transição, eu vou morrer. - Seth desviou o olhar para o chão enquanto eu falava - Mas... Não quero né alimentar de alguém diretamente da veia.

— Você é uma híbrida e não quer se alimentar direto da veia? - Ele perguntou sarcástico e eu revirei os olhos.

— Meus irmãos só se alimentam de bolsas de sangue. - Respondi com acidez e comecei a ir direto para a escada.

— Ei, calma. - Seth puxou meu braço, me fazendo olhar pra ele - Sobre o imprinting...

— Seth, tudo bem. - Garanti, dando um meio sorriso - Sei que você não tem controle sobre isso. Mas... Antes de nos termos essa conversa eu preciso estar alimentada, e sem perigo de acontecer uma briga entre uma híbrida e lobisomem aqui. - Theo riu, e eu beijei a bochecha dele - Edward está lá em baixo?

— Está lá em baixo...

— Obrigada. - Agradeci e desci as escadas, quando cheguei a sala, Edward e Bella estavam la. - Será que tem uma bolsa de sangue pra nova híbrida aqui?

— Finalmente. - Edward exclamou se levantou juntamente com Bella, vindo até mim - Damon me mataria se você não voltasse.

— Damon? - Perguntei confusa - O que ele tem a ver com isso?

— Não importa agora. - Bella me empurrou para o sofá - Klaus disse que você do tem 24 horas pra completar a transição, é melhor fazer isso logo.

— Mas... Ele já foi? - gaguejei - Eu achei que ele ia esperar eu acordar.

— Ele falou que tinha um compromisso em Nova Orleans. - Edward se sentou ao meu lado e tinha um tocador de fitas e um red fone nas mãos. - Olha... Damon tinha me dito pra te dar isso somente quando estivesse realmente no momento certo e bom... Você está se tornando uma híbrida... Acredito que essa é a hora.

— Como assim? Uma fita? Estamos em que ano? - Perguntei e ele não me respondeu só me entregou o o tocador e os fones, e em seguida saiu da sala junto com Bella.

Eu suspirei e observei aquele tocador por alguns minutos, eu não conseguia imaginar o porque Damon faria aquilo. Ele sempre tinha me falado que não importava o que fosse, se ele tivesse algo para me contar, ele sentaria comigo e conversaria. E mesmo se isso não acontecesse, do Damon eu no máximo esperaria uma carta. Coloquei os fones e respirei fundo, apertando o botão do tocador de fitas, comecei a ouvir a voz de Damon.

"Hey... Eu, eu não tenho certeza se isso é o certo a fazer, mas eu sei que não conseguiria falar isso pra você pessoalmente - E fez uma pausa curta - Eu... Na verdade, a Bonnie acabou de encontrar o feitiço para trazer Stefan e Katherine de volta... Quando ela me disse a primeira coisa que eu queria fazer era ligar pra você, mas eu sabia que você não aprovaria se eu te contasse como tudo ia ser feito. Bonnie precisava de pontos de ligações, pessoas, lugares, objetos... Qualquer coisa que tivesse uma ligação forte o suficiente com eles. A ligação com Katherine foi a tumba, todos os vampiros que ela transformou ficaram um século lá, e era totalmente possível que funcionasse. Já com o Stefan... Nos não sabíamos o que poderia ser o ponto de ligação entre o outro lado o mundo dos vivos com ele até que Caroline concluiu que não tinha outras coisas ou pessoas que não tivessem uma ligação mais forte com ele do que ela, Elena, eu e você. - Ele fez outra pausa, acredito que estava editando o que estava falando - Mas... Quem a Bonnie canalizar, pode morrer. Eu nunca deixaria você, Caroline ou Elena fazerem isso. Stefan é meu irmão! Nosso irmão... Sei que você precisa dele, sei que você precisa do Stefan e por isso eu vou fazer isso. Eu não contei a Elena, então acredito que Stefan já vai estar vivo quando Edward te der essa fita, então, cuide dela pra mim tudo bem? Eu te amo, e se você matar alguém e acabar indo para o outro lado, a gente se vê."

Eu estava paralisada, não conseguia falar ou me mexer aquilo estava mesmo acontecendo? Damon achava mesmo que eu preferia ter ele morto só para ter Stefan de volta? Eu tinha mesmo um irmão idiota. Me levantei do sofá jogando o tocador no sofá e vi que Edward estava lá.

— Pode me arrumar uma bolsa de sangue? - Perguntei enquanto subia as escadas e ouvi ele vindo atrás de mim - Fica tranquilo, não vou tomar aqui.

— O que vai fazer? - Edward perguntou ignorando minha pergunta.

— Preciso parar meu irmão. - Eu peguei meu celular e disquei o número de Elena - Onde ele estava com a cabeça quando pensou que eu concordaria com isso.

— Ele achou que... Achou que Stefan seria melhor pra te ajudar a se controlar agora.

— Que? - Eu o olhei chocada - Do que está falando?

— Eu li sua mente... Sabia do seu plano e contei pro Damon. - Ele parecia arrependido enquanto explicava - E então decidiu que era melhor o Stefan ficar com você.

— Damon está totalmente maluco! - Eu estava irritada, e voltei a minha atenção para o telefone, e começou a chamar - Atende Elena... Atende.

— Maira? - A voz de Elena soou calma do outro lado da linha - Tá tudo bem?

— Elena, cadê o Damon? - Perguntei e comecei a pegar algumas roupas e jogar dentro de uma mochila

— Ele não está aí? Disse que passaria essa semana com você.

— Elena, da um jeito de achar o Damon. - Eu estava desesperada - Ele vai tentar ajudar a Bonnie pra trazer o Stefan de volta, e ele pode morrer. Você tem que achar eles, Elena!

— Tudo, tudo bem. - Ela gaguejou e eu ouvi Caroline gritar alguma coisa para ela.

— Olha, eu vou completar a transição e vou pra Mystic Falls o mais rápido possível.

— Transição? - Agora com certeza era a voz de Caroline - Transição?

— Olha, longa história. Basicamente, eu estou em transição pra híbrida.

— Com dezesseis anos? - Caroline gritou e eu revirei os olhos.

— Sem crise, Caro. - Eu a cortei - Chego aí no mais tardar amanhã, tudo bem? Não deixem meu irmão fazer besteira, e não matem ele, deixem isso comigo.

Eu desliguei o celular e quando me virei para porta Seth estava lá, com uma bolsa de sangue nas mãos e com um meio sorriso.

— Eu posso ir com você? - Ele pediu, gentilmente.

— Não precisa fazer isso...

— Não quero mais que você vá sozinha. - Seth me interrompeu, e me entregou o sangue - Posso?

— Vamos. - Eu sorri e nos saímos do quarto, indo diretamente pro meu carro.

[...]

Quando finalmente chegamos no aeroporto de Mystic Falls, eu já tinha completado a transição, e estava me concentrando ao máximo em Damon pra não atacar Seth ou qualquer pessoa que estava a minha volta. Eu podia ter certeza que Bonnie tinha começado a fazer o feitiço, a tempestade que estava tendo era terrível e nada natural. Quando chegamos na floresta o silêncio foi quebrado por Seth.

— Tem certeza que é seguro ficar andando nessa floresta com essa tempestade? - Ele perguntou quase gritando para eu conseguir ouvir.

— O único caminho pra tumba é por aqui. - Expliquei, também falando alto - Bonnie deve estar canalizando essa tempestade.

— Está muito longe? - Ele perguntou ofegante, provavelmente a chuva forte não estava facilitando nada.

— Ali. - Apontei a tumba e corri até ela, quando entrei vi Elena sentada no chão com o rosto molhado. - Elena? Cadê ele?

— Não conseguimos entrar. - Ela murmurou, e eu vi a outra entrada da tumba. - Esta selada.

— Não, não, não, não! - Eu fui até a entrada, já chorando - Damon! Você precisa vir aqui agora, tudo bem? Você prometeu que nunca me deixaria, lembra? Não pode fazer isso comigo, não pode!

— Nos já tentamos... Eles não respodem - Elena disse entre soluços.

— Ele tem que me ouvir, ele não pode fazer isso! - Eu gritei e me joguei contra aquele parede, o estrondo foi grande, mas não aconteceu nada - Eu não posso perder ele, Elena. Não posso perder meu irmão! Não importa se eu vou ter que ficar me chocando contra essa parede pelo próximo século - Quando eu ia me chocar contra a parede de novo eu bati contra um corpo, reconheci o cheiro imediatamente, era o Damon, ele ainda estava vivo.

— Você não vai querer passar seu primeiro século aqui, não é? - Damon me abraçou e percebi que ele estav sorrindo - Tem... Tem uma pessoa que quer muito te ver.

— Eu sabia que você ia ficar mais linda ainda quando se tornasse metade vampira. - Eu me desfiz do abraço e vi Stefan atrás de Damon, sorrindo - Sentiu minha falta?

— Aí meu Deus, Stefan! - Eu corri e o abracei, aquilo tudo podia realmente ser um sonho, e se fosse eu não queria que acabasse. - Você tá aqui, você tá vivo! Como você tá? Você está bem?

— Eu estou bem. - Eu sussurou me apertando mais em seus braços. - Eu estou bem.


“Irmãos e irmãs estão tão perto como mãos e pés.”

Provérbio Vietnamita


The Forgotten Girl... 


Notas Finais


Eai, o que acharam?
Finalmente, Tefinho e Kath de volta!!
Espero muito que vocês tenham gostado, de coração ❤
Eu queria avisar que só temos mais dois capítulos para o fim dessa temporada, espero que curtam essa reta final ❤
Até loguinhoo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...