História By chance. ( Imagine Jung Hoseok) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - LembracAs


Fanfic / Fanfiction By chance. ( Imagine Jung Hoseok) - Capítulo 1 - LembracAs

A barra de notificação preenche uma parte do meu celular, é um dos meus chefes. Suspiro, não consigo entender esse homem, eu fiz tudo o que ele me pediu e ele me despediu. Franzo o cenho indignada.

É difícil, assim vai ficar bem mais difícil eu ganhar dinheiro pra minha faculdade, faculdadade que minha mãe cursava. Todos os dias eu tento arrumar um jeito de conseguir mais dinheiro e trabalhos pra ter a quantidade certa pra faculdade que eu tanto quero, apesar de muitos obstáculos eu sou forte e vou até o fim, pelo menos eu quero chegar até o fim, eu não quero perder essa esperança que está acessa dentro do de mim, de fazer essa bendita faculdade e o mesmo curso.

 Minha falecida mãe, minha morreu de um acidente no apartamento, ele começou a pegar fogo, os polícias disseram para o meu pai que foi uma butija que estava aberta, saindo todo o gás e por fim com o fogo ligado ao mesmo tempo ocorreu a explosão, parece que foi assim. Há 11 anos atras, é triste não é mesmo? Penso bastante sobre isso. Minha mãe por agora está no céu, morando com os anjos e a soberanidade, ela cuida de mim, eu sei que cuida porque eu sinto ela em cada canto do meu corpo e posso sentir sua presença quando eu preciso muito dela — eu sinto tanto a sua falta, meu coração amolece só de pensar nela e a sua morte trágica. As vezes eu penso como seria se ela não tivesse naquele apartamento, na hora que começou a pegar fogo, que ela não estivesse no momento que ocorreu a explosão e que toda essa angústia que eu sinto fosse embora. 

— Senhorita? — Me assustei. Eu estava viajando olhando aquele balcão de alumínio. — Você pode passar as minha compras? 

— M-me perdoe. — Abri gradativamente meu olhos e olhei para o homem a minha frente. — Eu estava destraida, me desculpe. — Me referenciei.

— Sim, eu percebi. — Que cara estranho, ele nem me deu bronca por ser cliente e está esperando até agora. 

Passei a sua dúzia de cerveja junto aos pacotes de lamén de diferentes sabores e o chiclete de hortelã. Ele deu um sorriso gentil e foi embora.

— Parece que ele foi o último de hoje. — Suspirei e bati nas minha próprias costas. — Ah, eu estou morta.


      {...}

Cansada e muito exausta do meu dia, eu vou me arrastando pelo extenso corredor até chegar na porta do nosso apartamento. Hoje foi dificil mais amanhã vai ser bem melhor. Entrei no apartamento e olhei em volta e estava tudo acesso, acho que ele ainda não tinha ido pra cama.

— Bok Nam? — Disse bem baixinho para não acorda os vizinhos nessa hora da noite. 

Sorri ao ver a imagem fofa do meu melhor amigo esparramado na mesa com vários livros abertos e ele deitado em um deles de boca aberta, tadinho hoje ele ficou estudando sem parar. Desde que Bom Nam entrou pra faculdade de Engenharia de Seul ele se enterra em todos esses livros de Matemática e geometria e tudo que for livros de exatas ou o que encolva números, ele é bom nisso, ssmpre me ajudou quando éramos mais novos, mas ele já está passando dos limites! Pra tudo tem tempo, e ele não percebe isso.

— Aigo! 

Levantei sua cabeça e botei ele normal sentando na cadeira e com muita força conseguir puxa-lo e equilibrei seu braço em cima no meu pescoço e levei ele até o seu quarto deixando ele na sua cama, cubro ele com edredom e delisguei a luz e fui para o meu quarto fazer a mesma coisa.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...