História The Fox - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alice Longbottom, Alvo Dumbledore, Andromeda Tonks, Bellatrix Lestrange, Dorcas Meadowes, Franco Longbottom, Horácio Slughorn, Lílian Evans, Lord Voldemort, Marlene Mckinnon, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Pedro Pettigrew, Personagens Originais, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Regulus Black, Remo Lupin, Rúbeo Hagrid, Severo Snape, Sirius Black, Tiago Potter
Tags Animago, Harry Potter, James Potter, Lilían Evans, Lily Evans, Marauders, Marotos, Patrono, Raposa, Remo Lupin, Remus Lupin, Sirius Black, Tiago Potter
Visualizações 126
Palavras 2.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeiramente, não se assustem com o título, ainda não é o final da fic. Segundamente, OI, GENTE, QUANTO TEMPO NÉ? Pois é, a moça aqui passou pelo PIOR bloqueio criativo de todos. Gente, nada do que eu escrevia parecia estar bom, eu mal conseguia fazer uma frase sem apagar tudo. E quando me dei conta, já havia passado mais de dois meses que eu não atualizava e isso me destruiu. Então eu me cerquei de inspiração e me esforcei o máximo que pude para trazer esse capítulo. Eu agradeço de coração TODOS os comentários que recebi no último capítulo, me deixaram muito feliz e emocionada, então eu me senti culpada demais pela demora. Eu prometo que farei o possível para atualizar a fic o mais rápido que puder. Enfim, conversaremos mais nas notas finais.

Capítulo 25 - Capitulo 25 - Bem Vindos ao Fim


Fanfic / Fanfiction The Fox - Capítulo 25 - Capitulo 25 - Bem Vindos ao Fim

As semanas seguintes não podiam ter sido melhores. Eu nunca tive férias daquele jeito e me sentia até triste de pensar que seria uma ocasião única já que estava indo para o último ano em Hogwarts.

Eu fiquei mais tempo na casa da Pandora do que na minha própria casa. Por sorte meus pais entediam a situação e não reclamavam do meu sumiço durante as férias, até mesmo porque eles acreditavam que ela precisaria de todo auxílio possível para se adaptar. Surpreendentemente, não foi tudo isso. Apesar de ter vindo de uma família bruxa muito rica, Pandora conseguia se virar muito bem sozinha.

- Acho que nasci para isso! – Pandora falava animadamente enquanto controlava quatro panelas em seu fogão – É divertido!

- Acredite, não é tão divertido assim quando se é trouxa. – eu ri a observando agitar a varinha para todos os lados.

Ela estava sendo muito independente, fiquei realmente surpresa em ver um lado seu que ainda não conhecia. Um lado ainda mais forte. Eu nem me imaginava em estar na mesma situação que ela algum dia, do nada me ver sozinha no mundo e sendo tão nova.

Claro que a presença constante dos garotos foi muito influente nisso. Ter eles fazendo brincadeiras o tempo todo nem nos dava tempo de raciocinar a situação direito.

Por falar neles, devo acrescentar que, sem nenhuma surpresa, Sirius e Pandora começaram a ter um tipo de relacionamento antes mesmo de voltarmos para a escola.

Remus e eu estávamos na janela do meu quarto, ele estava me ajudando a pendurar algumas luzes decorativas pela parede quando vimos os dois andando pelo pequeno quintal.

Sirius parou próximo à mesa que ficava lá e se encostou nela, colocando as mãos nos bolsos. Pandora parou de frente para ele, ouvindo atentamente o que ele estava falando.

Nós não podíamos ouvir o que eles conversavam, mas parecia algo sério pela expressão surpresa da loira. Sirius abaixou a cabeça, deixando os cabelos caírem na frente do rosto. Pandora se aproximou lentamente dele, erguendo o rosto dele lentamente.

- Remus... – o puxei pelo casaco. Ele estava em cima de uma cadeira pendurando umas coisas e quase caiu.

- O quê? – ele veio tropeçando para o meu lado e olhou na mesma direção que eu.

Pandora segurou o rosto de Sirius e o se esticou na ponta dos pés para beijá-lo. No primeiro momento o Black ficou surpreso e sem reação, então ele a abraçou pela cintura e a puxou mais para perto retribuindo o beijo.

- E parece que eu ganhei a aposta. – Remus cruzou os braços e me encarou sorrindo.

- Quê? Não! – eu olhei para ele – Você disse que ele iria conseguir ela antes do ano letivo começar e eu disse que ela o beijaria...

- Em uma semana! Já passou bem mais que isso. – ele franziu o cenho.

- Mesmo assim, você não ganhou. – cruzei os braços também.

- Então os dois perderam?

- Eu prefiro achar que os dois ganharam. – dei um meio sorriso – Assim todos saímos na vantagem.

Remus balançou a cabeça negativamente e então aceitou meu ponto de vista. Nós deixamos para decidir o que cada um ganharia depois, porque ambos não tinham ideia do que escolher naquele momento.

 

Nossas cartas chegaram no mesmo instante aquele ano, quando estávamos tomando café da manhã na minha casa antes de sairmos. Foi uma loucura ter sete corujas entrando no apartamento de uma só vez.

- Johnny! Feche as janelas antes que os vizinhos vejam! – minha mãe correu até a sala de estar desesperadamente.

- Desculpe por isso, senhora Cooper! – James falou tentando segurar a risada – Não lembrávamos que as corujas seriam enviadas hoje.

- O que houve, Lupin? – Sirius perguntou e só então notei que Remus estava com uma expressão confusa para sua carta, além de procurar algo dentro do envelope.

- Eu não vou ser Monitor Chefe... – ele falou um pouco decepcionado – Não tem o distintivo.

- É porque ele está com o James. – Peter falou animadamente, apontando o Potter do outro lado da mesa – James será Monitor Chefe.

- Mas isso não faz muito sentido... – Pandora riu levemente – Digo, Remus é claramente mais responsável.

- Acho que os professores e os diretores estão desesperados para que o James tenha essa mesma noção de responsabilidade. – eu acrescentei rindo.

- Tudo bem por você, Aluado? – James olhou receoso para o amigo e Remus sorriu na mesma hora.

- Mas é claro! – ele deu de ombros – Eu não andava fazendo um bom trabalho mesmo... Sem falar que agora você tem uma desculpa a mais para ficar perto da Evans.

- Verdade! – eu bati palmas – Você teve progresso no ano passado, não estrague isso.

- Eu não vou! – ele ergueu a mão direita em sinal de promessa.

 

Todo o clima divertido das férias acabou repentinamente no dia 2 de setembro daquele ano. Havia aurores por toda parte, as pessoas pareciam ainda mais assustadas e tristes. Meus pais obviamente notaram o clima pesado, mas naquela altura eu já havia conversado com eles sobre o básico da situação do mundo bruxo, não tinha mais como esconder.

Pandora foi com minha família para a estação, nós fomos juntas colocar as malas no bagageiro e encontramos os garotos lá.

- Olha só quem chegou... – James sorriu ao nos ver – E juntas? Acabou aquele negócio de esconder a amizade?

- Todo mundo já sabe mesmo, aquele trasgo nojento já contou para todos... – Pandora falou com desprezo se referindo à Lucy – Então estamos aqui só aceitando as consequências.

- Ótimo! – Sirius passou o braço ao redor dos ombros da Pandora e deu um meio sorriso para ela – Vamos lá, loirinha. Vamos provocar as cobras um pouco mais...

Sirius fez menção de beijá-la, mas ela recuou o rosto e ergueu uma mão para pará-lo.

- Não exagere, Black. Você gosta da polêmica, mas eu não.

Nós rimos da cara de pateta que Sirius fez ao ser rejeitado. Depois que guardamos nossas malas e nos despedimos da nossa família, entramos no trem. Meu irmão já estava lá dentro com seus amigos e nós seguimos para a cabine de sempre.

- Ei, Remus. – James o chamou enquanto ainda estávamos no meio do corredor – O que eu devo fazer?

- Ah, você tem que ir no vagão dos monitores receber as instruções...

- Oi, gente! – Lily veio até nós, ela já estava com as vestes de Hogwarts e o distintivo de monitora perfeitamente colocado – Remus, por que ainda não está vestido?

- Eu não sou mais monitor, Lily. O James é. – Lupin sorriu apontando o amigo.

- Como? – a Evans questionou um pouco chocada – Mas por quê? O que houve?

- Eu sou tão ruim assim, Evans? – James franziu o cenho.

- Não! – ela respondeu prontamente – É só que... Eu não esperava por isso. – Lily se recompôs rapidamente – Nesse caso, me acompanhará, Potter?

- Claro, Evans. – ele abriu seu sorriso presunçoso e deu espaço para que ela passasse.

James a seguiu em direção à cabine dos monitores e o resto de nós seguiu em direção à nossa cabine.

- Esse grupo está ficando grande demais para essa cabine... – Pandora comentou sorrindo.

Nós duas sentamos nos lugares de sempre, uma de frente para a outra no canto da janela. Eu adorava as idas e vindas no expresso por causa desses momentos familiares, e, naquele momento, eu estava me sentindo especialmente nostálgica por ser a última vez que estávamos pegando aquele caminho.

- Estava lembrando a primeira vez que sentamos aqui... – eu falei para ela.

- Tão ingênuas. – Pandora sorriu mas seus olhos estavam tristes – Parece que faz décadas... Era tudo tão diferente.

- Nós mal entramos no trem e vocês já estão sensíveis assim? – Sirius questionou sentando ao lado da Travers e ela revirou os olhos.

- Ei, alguém viu o Peter? – Remus colocou a cabeça para fora da cabine – Eu tenho certeza que ele embarcou logo atrás de nós.

- Eu não o vi desde que estávamos no bagageiro. – olhei para o lado de fora, tentando encontrar o Pettigrew – Talvez tenha entrado em outra cabine para falar com alguém.

Sim, ele tinha feito exatamente isso, só não sabíamos na época.

- Acho que ele aparece depois... – Remus fechou a porta e sentou ao meu lado, se virando para deitar a cabeça no meu colo – Eu vou dormir um pouco...

- Nenhuma novidade nisso. – comecei a mexer em seu cabelo e ele sorriu agradavelmente.

- Ah, eu ainda não contei a novidade para a Liv! – Sirius falou de repente – Eu me mudei da casa dos Potters!

- Hã?

- Meu tio, Alphard, me deixou uma boa herança... Ele simpatizava comigo. – explicou brevemente e todo animado – E eu não podia ficar incomodando os Potters para sempre, mesmo eles tendo me tratado melhor que minha própria família durante todos esses anos... É bem legal ter essa independência. Eu posso comprar uma moto!

- Essa sua obsessão com essa vassoura com rodas trouxa é muito esquisita, Sirius... – Pandora comentou – Eu vi naquele negócio de notícias da televisão que muita gente morre em acidentes nessas coisas.

Eu ri do comentário de Pandora. Toda vez que ela comentava algo do mundo trouxa era engraçado, porque ela viveu tanto tempo entre os bruxos que não sabia bem como se expressar.

- É verdade. – concordei ainda rindo – Mas acho que o número de vítimas fatais entre os bruxos deve ser bem baixo.

Nós continuamos conversando, até que James finalmente apareceu na cabine, ainda por cima trazendo alguns lanches. Remus dormiu o caminho todo e Peter sequer apareceu. Os garotos ficaram inquietos com o sumiço dele, mas sossegaram ao vê-lo na estação de Hogsmeade assim que descemos.

- Onde é que você se meteu? – James perguntou.

- Eu.. Er... Estava em outra cabine... – ele balbuciou nervoso – Sabia que acabaria ficando sem espaço para mim na de vocês, então acabei me reunindo com outras pessoas.

- Qual é, Peter? Nós poderíamos ter ficado em outra cabine. – Remus falou – Não precisa se isolar.

- Eu não queria incomodar.

- Que bobagem, Rabicho! – Sirius deu um tapa de leve na cabeça do amigo – Da próxima vez ao menos fale com a gente, você é nosso irmão, não queremos que fique de lado.

Apesar de não ir nem um pouco com a cara do Peter, eu admirava a amizade dos quatro. Pelo menos, naquele momento ela me parecia ser perfeita.

Como era tradição, a turma do último ano em Hogwarts foi para o castelo do mesmo modo que a turma do primeiro. Nos barcos atravessando o Lago Negro. Foi então que a Nostalgia bateu ainda mais forte.

Pandora e eu sentamos lado a lado, assim como no primeiro ano. Seus olhos estavam marejados, enquanto ela observava o castelo de longe. Eu segurei sua mão e apertei, ela me olhou e deu um sorriso.

Minha vida mudou completamente no momento que eu descobri que era uma bruxa, nada antes fazia sentido. Eu me sentia perdida antes mesmo de entender esse sentimento, mas desde o meu primeiro contato com aquele mundo, tudo mudou, eu sentia que havia encontrado meu lar. E minha melhor amiga era responsável por metade daquele sentimento.

Nós passamos por tantas coisa juntas, que eu não conseguia nem imaginar minha vida sem ela ao meu lado, não parecia certo.

Descemos do barcos e seguimos Hagrid em direção ao castelo, paramos na porta enquanto ele procurava em seu molho de chaves a certa para abrir os portões.

- Uma última vez, Cooper... – ela sussurrou.

- Uma última vez, Travers. – eu assenti e senti um nó se formar em minha garganta com aquela afirmação.

Não era por tristeza, mas sim por ansiedade de saber que logo enfrentaríamos situações desconhecidas, que não teríamos aquela possibilidade de errar e consertar nossos erros, que seria tudo por nossa conta e risco... Naquele mundo, em meio a uma guerra.

Mas estávamos juntas. E superaríamos tudo aquilo. E dessa vez não seríamos nós duas contra o mundo, havia pessoas confiáveis e importantes ao nosso lado.

Eu olhei para trás e vi James, Sirius, Remus e Peter conversando entre si e rindo de alguma bobagem que o Black falou e aquela imagem aqueceu meu coração.

Saber que eu estava cercada daquelas pessoas me deu determinação para seguir com meus planos de fazer alguma diferença no mundo bruxo.

- Bem-vindos, alunos... – a professora Minerva nos recebeu na entrada do Salão Principal – Ao seu último ano em Hogwarts.


Notas Finais


PÁ! Olha esse drama na última frase do capítulo! Gosto assim!
Então gente, o que acharam? Pandora e Sirius? James e Lily se resolvendo aos poucos? Peter Pettigrew a maior naja traidora que nós conhecemos? Comentem aí me dizendo que acharam!
Ah, só para informar, há um bom tempo eu postei um extra no tumblr sobre a seleção de casas da Liv, vou deixar o link aqui caso queiram conferir.
https://thefox-fic.tumblr.com/post/174679932475/extra-sele%C3%A7%C3%A3o-da-olivia
Eu estou realmente passando por um momento difícil relacionado à escrita, não só com essa fic, mas também com vários outros projetos meus, por isso eu quero agradecer muito o apoio de todos que comentam, isso me deixa realmente determinada a escrever e melhorar sempre para vocês. Bom, como eu disse lá em cima, espero estar atualizando a fic o mais rápido possível. Beijos e até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...