1. Spirit Fanfics >
  2. The Fugitives >
  3. Capítulo XVI

História The Fugitives - Capítulo 16


Escrita por: e Starlilu0222


Notas do Autor


Oi amores, mais um cap, espero que gostem




BOA LEITURA!!!!!

Capítulo 16 - Capítulo XVI


Fanfic / Fanfiction The Fugitives - Capítulo 16 - Capítulo XVI

Pov. Sasuke

A cena em minha frente era hilária, os olhos perolado arregalados, a boca aberta, eram digna de um filme de comédia, eu sabia que causaria uma susto em Hinata quando contasse sobre meus planos de abandonar a vida que levamos, e ir conhecer o mundo, mas não imaginei que ela ficaria tão surpresa assim.

- Hinata- a chamei, ela piscou os olhos, parecendo voltar a si.

- Sasuke diz que eu tive um devaneio por causa da minha nova condição, porque eu acho que estou louca! – ele disse ainda aérea, me fazendo ri.

- Não Hina, você não teve um devaneio, eu realmente disse que vou deixar a vida de assassino de aluguel, e vou viajar! - eu disse calmo.

- Você por acaso está maluco? Eu vou contar a Kakashi que você voltou a beber! - ela disse me fazendo rir alto.

- Hina...- eu comecei, mas ela me interrompeu.

- Você não pode ir embora, como você pode ter pensado numa ideia dessa? Ir embora e me deixar sozinha? – ela disse.

- Hinata, sério mesmo? Você sozinha? Ora me poupe né! - eu falei revirando os olhos.

- Sim, eu sozinha! Se você for embora eu vou ficar com quem? – ela perguntou fazendo um bico de choro.

- Hina você é uma mulher casada, está grávida e logo terá sua família! E eu não estou contando nenhuma novidade, você mesma acabou de dizer que está querendo deixar a vida de assassina, para levar uma vida normal, com seu marido e filho, até disse que ele vai comprar uma lugar para vocês, eu vou largar essa vida também, mas quero conhecer o mundo, sair de Konoha, conhecer gente nova, coisas novas, culturas diferentes… - eu falei simples.

- Mas...Mas…. Mas você prometeu! A mim e a Itachi! Que cuidaria de mim, se você se for eu vou ficar desprotegida- ela disse triste.

- Nem adianta fazer essa carinha de gatinho pidão, esse truque eu já conheço, é só a gente se aproximar e a leoa ataca! Nessa eu não caiu não! - eu falei, e ela logo fez bico de emburrada, me fazendo ri. - Maninha, você não vai está desprotegida, terá seu marido, que apesar de ser um idiota, às vezes, é louco e apaixonado por você, fará o possível e o impossível por você! E além disso você não é mais uma menininha indefesa, é uma mulher, forte e independente, que sabe muito bem se defender, já pôs muitos brutamontes, debaixo do seu salto fino!  Literalmente... Sei que ficará bem. E quanto a promessa que fiz a Itachi, eu cumpri! Te protegi com a minha vida, e não me arrependo nenhum pouco, faria tudo de novo, e se tivesse que ter morrido, morreria feliz por saber que você ficou bem, você é e sempre vai ser minha irmãzinha, e vai estar sempre comigo! - eu falei, vendo ela segurar para não perder a cara de emburrada.

- Vou mandar Itachi puxar seu pé! - ela falou emburrada, me fazendo ri alto.

- Ele não faria isso, primeiro você ainda não tem esse poder, e do jeito que ele era medroso, é capaz de fugir do seu próprio fantasma! - eu disse divertido vendo ela sorri, ela veio até mim, me abraçando, a envolvi em meus braços.

- Promete que volta um dia para me ver? – ela disse com o rosto enterrado em meu peito.

- Claro que volto, tenho que ver meu sobrinho, ou sobrinhos- eu falei fazendo carinho em seus cabelos.

- E você e Sakura não vão me dar sobrinhos, não? – ela perguntou.

- Agora não, quem sabe mais para frente- eu falei, continuamos abraçados, e sei que ela assim como eu lembrava de tudo que vivemos juntos, e sabendo que nossa parceria sempre estará intacta.

- EIIII, que palhaçada é essa? – a voz de Naruto soou, nós viramos para o loiro, depois olhamos um para o outro, revirando os olhos juntos, nos fazendo rir.

- O que é baka? – eu perguntei.

- Você agarrando minha mulher- o loiro disse.

- Naruto calado, eu o abraço a hora que eu quiser! - Hinata disse, agarrando meu braço.

- Tudo bem, agora até eu estou com ciúmes! - Sakura chegou, atrás do irmão, olhamos um para o outro começando a cair na gargalhada.

- Contou a ela amor? – Sakura caminhou até mim.

- Sim, e você contou? – eu perguntei lhe dando um selinho.

- Sim, ele fez um drama, mas já está bem! - a rosada disse rindo.

- Hina também, são dois dramáticos! - eu disse.

- EIIIII, não somos dramáticos! - Hinata e Naruto disseram juntos, fazendo eu e Sakura rimos alto.

- Só não queremos que vocês fossem embora- Hinata disse.

- Ora vocês são bem crescidinhos para saberem se cuidar sozinhos! - eu falei.

- Não vejo motivo para vocês irem embora- Naruto disse emburrado.

- Eu não vou explicar de novo, já cansei- Sakura falou com a cara fechada.

- Vem amor, deixa esses dois aí, afinal eu acho que Hinata tem uma coisa muito importante para contar para o marido! - eu falei vendo minha prima corar, e me olhar feio.

- O que é? – loiro perguntou curioso.

- Agora fiquei curiosa! - Sakura disse.

- Vem que eu te conto enquanto Hina fala com seu irmão! - eu disse, segurando a mão da rosada, fomos para a colina, deixando os dois sozinhos, assim que chegamos me sentei na grama próximo a uma árvore, puxei Sakura para sentar no meu colo.

- Amor, o que de tão importante Hinata tinha para contar que ela ficou vermelha? - Sakura disse fazendo carinho em meus cabelos.

- Ela está grávida- eu disse simples.

- Sério? – ela perguntou.

- Sim, por isso ela fez drama quando disse que iríamos embora- eu falei.

- Acha que eles vão ficar bem? Porque nós vamos viajar, e Kakashi também! - Sakura ponderou

- Eles vão saber se virar, mas acho que hoje será um longo dia, principalmente quando eles descobrirem que Kakashi também vai embora- eu disse, beijando seu pescoço.

- Vai ser um longo dia de dramas e mais drama- ela falou divertida.

- Sim, mas agora vamos deixar eles para lá, eu quero namorar minha esposa! - eu falei sorrindo de canto, ela sorriu, colamos nossos lábios em um beijo calmo, deixando nossas línguas se entrelaçarem, segurei sua cintura a puxando ainda mais para mim, ela emaranhou os dedos em meus cabelos, aprofundando nosso beijo, ela se ajeitou em meu colo, deixando uma perna de cada lado meu corpo, desci os beijos para seu pescoço, ouvindo ela arfar cada vez mais alto.

- Amor, aqui não- ela disse manhosa, levantei o rosto fixando nossos olhares.

- Amor, não vem ninguém aqui, não teremos problemas! - eu disse, ela pareceu pensar um pouco, voltou a me olhar, sorrindo maliciosa, rebolando de leve em meu colo, eu grunhir rouco, voltando a colar nossos lábios, em um beijo forte, a puxei ainda mais para mim, desci os beijos para seu pescoço, beijando e mordiscando, quando ia descer a alça do seu vestido ouvimos a voz de Naruto.

- Eii, querem parar com essa sem-vergonhice - o loiro disse, levantei o rosto vendo-o e Hinata ali olhando para o outro lado.

- Vocês não têm mais nada pra fazer não? – perguntei irritado.

- Temos, mas é muito mais legal atrapalhar vocês! - Hinata falou divertida, eu revirei os olhos.

- O que querem? – Sakura perguntou.

- Viemos contar a novidade- o loiro disse abraçando a esposa.

- Que novidade? Que Hinata está grávida? – eu perguntei vendo o loiro me olhar assustado.

- Como você sabia? – ele perguntou.

- Porque ela me contou? Mas eu saberia, eu ainda sou irmão mais velho dela, quem mais seria o primeiro a saber? - eu falei simples.

- Eu que sou o marido e o pai- ele disse óbvio.

- Naruto, Hinata devia estar desesperada com a notícia, ela precisava desabafar com alguém que passasse força a ela, se fosse eu, contaria primeiro a você depois a Sasuke- Sakura disse se levantando do meu colo, o loiro olhou para Hinata, que assentiu, ele respirou fundo.

- Tá tudo bem, eu sei que vocês têm uma relação muito próxima, mas acho estranho- o loiro falou fazendo careta.

- Faça assim, quando não entender, pense na sua relação com Sakura- eu disse.

- Certo, certo, vamos contar para Kakashi, ele vai fica super feliz, já imagino ele nos ajudando com essa garotão- Naruto disse colocando a mão no ventre de Hinata, olhei para Sakura que sorriu levemente, eu fiz o mesmo, Naruto e Hinata foram na frente, eu entrelacei minha mão na da rosada, seguindo os dois.

- Eles vão ficar loucos quando souberem- ela disse.

- Sim, estou indo pronto para ver o show- eu falei, e ela riu, seguimos caminhando até em casa, entramos e fomos para a cozinha, encontrando o grisalho fazendo o jantar.

- Kakashi temos uma novidade! - Naruto começou.

- Contem, que enrascada vocês se meteram? – ele perguntou.

- Credo pensa muito mal de nós! - eu disse fingindo estar ofendido, ele riu negando com a cabeça.

- Nós não fizemos nada, quer dizer Naruto e Hinata fizeram! - Sakura falou, o grisalho olhou para a morena que sorriu.

- Kakashi, eu...Eu estou grávida! - Hinata disse um pouco emocionada, o grisalho ficou sério, mas logo seu sorriso foi perceptível por trás da máscara, ele caminhou até Hinata, a abraçando.

- Está feliz pequena? – ele perguntou.

- Sim, muito, muito feliz! - ela disse sorrindo.

- Que bom, fico muito aliviado em saber que você está crescida, e está feliz, você merece toda essa felicidade- ele disse segurando o rosto dela.

- Kakashi a gente queria perguntar se você aceita ser o padrinho? - Naruto falou.

- Era para ser o Sasuke, mas ele vai embora! - Hinata disse emburrada me olhando, eu sorri, negando com a cabeça.

-Então, o que diz? – o loiro perguntou.

- Eu também tenho uma coisa para contar- Kakashi começou.

- Se você disser que vai embora também, eu vou matar todo mundo! - Hinata falou

-Bom, então é, melhor pegar sua arma, porque eu estou me arrumando para viajar- Kakashi falou.

- Vocês vão me deixar sozinha? – a morena falou.

- Hinata, você não está sozinha, tem seu marido, e daqui um tempo terá seu filho, formara uma família de verdade, assim como Sasuke vai fazer com Sakura- o grisalho explicou.

- Você sabia que Sasuke iria embora? – Hinata perguntou.

- Sasuke veio conversar comigo que estava querendo deixar a vida de assassino de aluguel, e que queria ir conhecer o mundo junto com a esposa, e eu disse que se era o que eles queriam, teria meu apoio, já ganhamos muito dinheiro com essa vida, e depois da morte de Danzou, não tem motivos para ficarem nessa vida, e agora que cada um de vocês já estão casados, não precisam mais de mim, e cada um pode seguir o seu caminho- Kakashi explicou.

- Hina, sei que está chateada, mas pense que agora você terá sua própria família, e nenhum de nós está indo embora em definitivo, voltaremos um dia- eu falei me aproximando da morena.

- Prometem? – ela perguntou, eu, Sakura e Kakashi concordamos. - Tudo bem, eu aceito, mas se vocês não voltarem eu vou caçar vocês nem que seja no inferno- ela disse, e nós rimos.

- A gente volta pequena, queremos ver se você não matou seu marido- eu falei brincalhão, fazendo todos rirem, menos Naruto.

- Ela nunca faria isso- ele disse.

- Nunca se iluda querido, me irrita ao extremo para você ver- Hinata disse, e todos rimos vendo a cara de emburrado do loiro.

- Tá bom, vamos parar, venham me ajudar no jantar, ainda falta um tempo até irmos embora, só vamos depois que vocês estiverem acomodados na fazenda nova de vocês – Kakashi disse olhando para Hinata e Naruto.

- Na verdade, a fazenda seria nossa, eu e Naruto queríamos que vocês tivessem parte nela também- Hinata falou.

- A fazenda é bem grande, e queríamos vocês com parte nela também, afinal só estamos aqui por vocês! - o loiro explicou.

- Tem certeza disso? – Sakura perguntou.

- Claro que temos- Hinata disse.

- Será como desejam! - Kakashi disse sorrindo, depois disso fomos ajudar a fazer o jantar, depois de pronto comemos, arrumamos a cozinha, fomos para a frente da casa, conversar, quando já era tarde da noite fomos nos deitar, eu e Sakura fomos para nosso quarto, eu fui tomar meu banho primeiro, quando sair, ela entrou, me vesti e me deitei, a rosada não demorou a sair do banheiro, se vestiu, e veio deitar, a puxei para meu corpo, ela se aninhou a mim, apoiando a cabeça em meu peitoral, e eu comecei a fazer carinho em seus cabelos.

- Amor- Sakura chamou.

- Hum- respondi.

- Acha que Naruto e Hinata vão sobreviver sem nós? – ela perguntou, me fazendo ri levemente.

- Hina eu sei que vai saber se virar, agora Naruto eu não sei- eu disse divertido, ela riu. - Mas falando sério, talvez no início eles tenham um pouco de dificuldades, talvez por causa do bebê, mas logo iram se adaptar, Naruto apesar de tudo e muito responsável e acima de tudo ama a Hina, e fará de tudo para protegê la, ela e o filho, e mesmo sobre instinto ele fará tudo certo- eu falei.

- Você tem razão! - ela disse fazendo desenho em minha pele. - Nem acredito que terei um sobrinho, quem diria que o pateta do meu irmão teria um filho- ela disse rindo baixinho.

- E com Hinata, ele tem muito mérito por ter conseguido domar a fera! - eu falei rindo. - Amor você não quer mesmo esperar o bebê nascer? Podemos viajar depois, e seu sobrinho….- eu falei, ela levantou o rosto olhando em meus olhos.

- Não amor, eu sei que se ficar, vou me apegar, e não vou sair de Konoha nunca, e eu quero conhecer o mundo, sair dessa cidade, ver tantos lugares lindos que vi em livros, e quero viver isso com você- ela declarou, eu sorri, colando nossos lábios em um beijo calmo.

- Eu amo você- eu falei assim que nos separamos.

- Eu amo muito você- ela disse sorrindo, me deu um selinho, voltando à posição anterior, continuei os carinhos em seus cabelos, e logo senti ela adormecer e eu não demorei a dormir também.

Os próximos dias seguiram, com a compra da fazenda, eu e Sakura decidimos só viajar quando tudo estivesse pronto, e assim ficamos até Hinata completar cinco meses de gravidez, Kakashi decidiu esperar o bebê nascer, afinal não havia nada que ele conseguisse negar a Hina, quando ela fazia cara de criança pidona, e se eu não já não fosse vacinado contra isso, teria cedido aos seus pedidos, mas eu resisti, hoje eu e Sakura viajamos para nosso primeiro destino, começamos com países próximos da América do norte, e depois veríamos para onde iriamos.

- As malas estão todas prontas- a voz de Sakura me tirou dos meus devaneios, estava na varanda da sede da fazenda, me virei para a rosada.

- Hina ainda está trancada no quarto? – eu perguntei, e ela assentiu, eu respirei fundo, hoje Hinata havia acordada disposta a nos fazer desistir de ir embora, está trancada no quarto, dizendo que não vai comer.

- Naruto está para ter um troço, você acha que ela vai mesmo fazer greve de fome? – Sakura perguntou.

- Do jeito que ela anda comendo depois da gravidez, duvido muito! - eu falei.

- Eu estou começando a me preocupar com a Hime! - Naruto chegou dizendo.

- Calma Naruto! Ela vai sair de lá! - eu disse.

- Sasuke ela não escuta nem a mim, e olha que eu já implorei! - ele disse.

- Eu vou lá, fiquem aqui- eu disse, entrando na casa.

- Se ele não conseguir ninguém conseguir, ninguém consegue- ainda ouvi a voz de Sakura, caminhei pelo corredor, até o quarto de Hinata, bati na porta.

- Vai embora- ela gritou, eu revirei os olhos.

- Hina abra a porta- eu disse.

- Não, só saio daqui quando você disser que não vai mais embora- ela disse.

- Hinata, eu só vou chamar uma vez! - eu disse.

- Não- ela falou, respirei fundo.

- Hinata Hyüga Uzumaki, saia agora, o eu vou arrombar essa porta- eu disse sério.

- Você não teria coragem- ela disse, eu sorri de canto, sabendo que ela fazia o mesmo.

- Quer apostar? – eu perguntei, empurrei a porta um pouco mais forte, e esperei, logo ouvi a fechadura, e a porta foi aberta.

-  Eu odeio você! - ela disse emburrada.

- Eu sei, eu também te odeio- eu falei sorrindo de canto, ela me olhou, começando a rir, e eu a acompanhei. - Pequena, por favor facilita vai, não é fácil eu sei, mas vamos tentar fazer isso da melhor maneira possível, eu vou porque sei que você vai ficar bem, e protegida, e vai ser feliz- eu disse.

- Eu não queria me separar de você- ela disse.

- Eu sei, mas isso não é um adeus definitivo, e só um até logo- eu falei calmo.

- Promete? – perguntou.

- Eu já perdi as contas de quantas vezes eu prometi- eu falei rindo, ela me deu um tapa no ombro. - Mas eu prometo, se você prometer, se cuidar, e desse meninão aqui- eu disse apontando para seu ventre inchado, ela assentiu.

- EIIII, já disse que vai ser uma menina! - a voz de Naruto soou.

- Pode esquecer, vai ser menino, eu sei- Hinata disse ao meu lado, eu sorri de canto para o loiro.

- Eu também acho que é menino! - Kakashi chegou dizendo.

- Eu estou com Naruto, é menina! - Sakura falou ao lado do irmão.

- Bom são três a dois, então nós ganhamos, e quando ELE, nascer, eu ou esfregar isso na sua cara- Hinata disse, nos fazendo rir.

- Sasuke, Sakura não está na hora de vocês irem- Tsunade apareceu falando, e nós assentimos, levamos as malas para o carro, Kakashi nos levaria para o aeroporto, depois das malas arrumadas começaram as despedidas.

- Se cuida pequena, não se esqueça que te amo, minha irmãzinha- eu disse abraçado a Hinata.

- Eu vou sentir sua falta, manda notícias, por favor, tenha cuidado, e não esquece que te amo, meu irmão! - ela disse.

- Eu vou mandar notícia a cada lugar que for- e falei, deixei um beijo em sua testa, nos separamos, ela foi se despedir de Sakura. - Cuida dela- eu disse ao lado de Naruto.

-Eu vou cuidar com minha vida se for preciso, pode confiar! - o loiro disse.

- Eu confio, por isso vou viajar, sei que fará qualquer coisa por ela! - eu disse.

- E você cuida da Sakura! - ele disse.

- Eu vou, com minha vida- eu falei, nos despedimos, depois de nos despedimos de todos, Kakashi nos levou para o aeroporto, eu e Sakura nos despedimos dele, e embarcamos, para nossa primeira viagem, já dentro do avião, Sakura segurou minha mão, me fazendo olhar para ela, fixamos nossos olhares.

- Pronto meu amor? – ela perguntou.

- Com você para tudo minha vida- eu disse sorrindo, lhe dando um beijo na testa, ela apoiou a cabeça em meu ombro, e logo o avião levantou voo.


Notas Finais


E ai gostaram? me contem, espero que sim


Até a próxima, bjsss 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...