História The Game of Seduction ( Shawn Mendes and Nash Grier ) - Capítulo 2


Escrita por: e BabiLennox

Postado
Categorias Katherine McNamara, Nash Grier, Shawn Mendes
Personagens Nash Grier, Shawn Mendes
Tags Aposta, Fanfic, Magcon, Nash Grier, Shawn Mendes
Visualizações 38
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção Adolescente
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIE GENTE!! Aqui é a Babi e eu estou em uma parceria com a @Grierpqsim. O prólogo foi betado então eu aconselho vocês a dar uma olhadinha antes. Espero que vocês gostem
Aproveitem o capítulo ;)

Xoxo

Capítulo 2 - O primeiro passo


Fanfic / Fanfiction The Game of Seduction ( Shawn Mendes and Nash Grier ) - Capítulo 2 - O primeiro passo

 Alice Santorini

Los Angeles

Passo o casaco de couro vermelho pelos meus braços finos e ajeito meu cabelo ruivo em um rabo de cavalo alto. Apanho um caderno e uma caneta; logo em seguida me sento na cama e suspiro alto pensando no que escrever.

As garotas estavam no andar de baixo tomando café, deu estava aliviada por não estarem aqui me enchendo o saco sobre a aposta idiota que fizemos ontem.

"As vezes eu paro e penso se as escolhas que eu tomo são as melhores. Um voz no fundo da minha cabeça diz que eu não deveria ter aceitado a aposta de seduzir alguém que eu tinha o mínimo interesse. E eu também podia ouvir uma no fundo do meu coração dizendo que eu não deveria ter deixado você ir, mas seria egoísmo da minha parte. Talvez eu devesse mesmo seguir meu caminho assim como você fez..."

— Alice! – Lexy gritou meu nome despertando me

Balancei a cabeça e voltei a escrever

"Mas isso não significa que eu vá deixar de te amar. Você foi meu primeiro amor Shawn, e o primeiro amor nunca se esquece.

Até qualquer dia. Com amor, da sua Alice."

Arranquei a folha e drobrei delicadamente pondo junto com as outras cartas na gaveta. Apanhei minha mochila e sai do quarto indo pra cozinha, tratando de por um sorriso nos lábios.

                                 ⚜

— Olha ele ali amiga. – Carol puxou meu braço cochichando no meu ouvido — Vai lá falar com ele.

Enrruguei no nariz

— Não é melhor esperar a Lexy e a Meg?

— Elas não vão se importa, vai logo! – a loira me deu um empurrãozinho 

Gruni nervosa e caminhei nervosamente até ele que estava sentado em baixo de uma árvore lendo um livro qualquer.

Ao chegar perto dele, coçei a garganta chamando sua atenção.

— Er...Oi! – forcei um sorriso nervoso — Eu sou Alice, você deve ser o aluno novo, Nash, certo?

— Eu sei quem você é. – ele sorriu — E sim, sou eu.

Me sentei ao seu lado e olhei em direção a Carol, ela fez um joinha com a mão me incentivando.

— Então, o que você tá lendo? – apontei para o livro em suas mãos

— A culpa é das estrelas. – ele virou a capa em minha direção e eu arqueei as sobrancelhas ligeiramente surpresa

— Ow, não é todo dia que se encontra um garoto que goste de lê pelo Campus, quanto mais um romance açucarado como esse.

— E isso é bom? – questionou

— Sim!  – respondi rapidamente — Talvez você seja a salvação do sexo masculino.

— Eu não sou tão diferente assim.

— Mas eu gostei de você.

Sorrimos um para o outro, e por um momento eu me perdi no mar azul dos seus olhos.

Formos forçados a quebrar o contato visual por conta do sinal que soou estridente, fazendo com que eu sentisse uma pontada na cabeça.

— Você está bem? – Nash, perguntou ajudando-me a levantar do chão

Forcei um sorriso pra ele e recolhi minha mão.

— Por que não estaria?

Nash assentiu lentamente murmurando algo que eu não consegui decifrar e então seguimos pras nossas respectivas aulas.

— Ele foi gentil? – Carol me cutucou com a ponta da caneta e eu a olhei por cima dos ombros

— Até parece que você se importa.

— Tem razão. – riu alto – Eu não dou a mínima mas você acha que consegue levar ele pra cama também?

— Achei que a aposta fosse apenas fazer com que ele se apaixonasse por mim e não transar com ele. – resmunguei cruzando os braços

— O sexo vai ser apenas um dos prêmios por está cumprindo a aposta. – piscou pra mim e eu revirei os olhos voltando a encarar o quadro

Assim que as aulas acabaram nós nos encontramos no refeitório, as garotas não paravam de tagarelar por um segundo enquanto eu me mantia presa em meus pensamentos.

— Ei Aly, aquele ali não é o Nash? – Meg me cutucou tirando-me dos meus pensamentos

— Oh, sim. – pisquei lentamente vendo que ele parecia perdido

— Chama ele pra sentar com a gente. – sugeriu Lexy

— Porque eu faria isso? – arqueei as sombrancelhas

— Aí meu Deus você é mesmo uma lesada Alice! – Megan bateu na proporia testa — Se aproximar dele é o primeiro passo para...

Antes que ela pudesse terminar, eu peguei meu lanche e caminhei em direção a Nash, quando o mesmo me viu, sorriu.

— Você me parece perdido.

— Não imagina o quanto. – concordou

— Quer sentar lá fora? – ele assentiu e nos caminhamos até uma árvore qualquer e nos sentamos em baixo da mesma

— Então...de onde você é? – perguntei abocanhando meu sanduíche de peito de peru

— Canadá. – deu de ombros sorrindo

Enquanto comiamos, ele me contava sobre sua infância e tudo mais sobre sua vida; o quanto sentia saudades dos seus amigos que deixará para trás mas ao mesmo tempo estava feliz de estar em Los Angeles.

Teríamos aula de Francês juntos e foi muito divertido. No final, marcamos de sairmos juntos no final de semana.

Nash era um cara legal, talvez não fosse tão mal assim me aproximar dele. Mas era só uma aposta, no final eu voltaria pra minha vida amorosa totalmente acabada. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...