1. Spirit Fanfics >
  2. The Gift of Life >
  3. Avó Mary

História The Gift of Life - Capítulo 75


Escrita por:


Notas do Autor


Eu não sei com quantas palavras Ficou, mas acho que foram bastante.

Boa leitura.

Ah, vcs viram qua estão cancelando a Sina. Por que ela falou a " palavra proibida"?

E o Igor Saringer ( acho oq é esse o sobrenome dele mas eu n Tenho certeza) que falo umas do Josh?

Que ridículo.

Capítulo 75 - Avó Mary


Sina Pov

Eu vou casar!!! Mano, meu deus. Caramba.

Eu estou surtando.

Saby: Sinazinha, quem vão ser suas madrinhas? - ela pergunta apontando discretamente para ela mesma.

Diarra: É, quem?

Any: Eu sou sua cunhada. Vai ser eu, né?

Sofya: E eu sou sua irmã. E te escolhi opara ser madrinha do meu casamento.

Shiv: Eu sou sua amiga desde que a Summer tinha menos de um ano. - ela fala isso e acaba começando uma pequena briga.

Estávamos na minha casa e TODAS elas vieram para me irritar.

Summer está na casa do Noah brincando com o Jack.

Eu acho muito lindo isso, não sei se eu já disse alguma outra vez. Mas é muito fofo, eles se tratarem como irmãos. Até na escola eles dizem que são irmãos por parte de pai.

Lembra que eu disse que quando o Noah foi embora, as crianças da escola da Sun, faziam tipo Bullying com ela, porque os dois pais que ela tinha a abandonaram? Então, agora, a maioria das meninas e alguns meninos vivem querendo ser amigos dela por causa do Noah. Eu já expliquei para ela que isso é apenas interesse, e quando essas crianças vem falar isso, Sun responde que se eles não queriam ser amigos dela antes não é agira que eles vão ser.

Eu sei que não deveria ensinar isso para ela, mas me irrita.

Tipo, a Angel e o Henrique são melhores amigos. Sun virou amiga do Henrique antes de começar a chamar o Noah de pai. E a Angel começou a ser amiga dela antes de saber que o Noah era "pai" da Sun. Logo, minha conclusão é que eles são amigos de verdade.

Nós pedimos uma pizza e depois de comer todas elas foram embora. 

Eu nem lembro mais como é estar sozinha, e nem gosto desse sentimento de solidão. Então, fui para falando Noah, onde está o meu noivo, minha filha e o filho do meu noivo. 

Ficou confuso mas vocês entenderam.

Eles estavam jogando um jogo chamado Pizzaria Maluca. E o objetivo era montar a pizza. 

No fim Jack ganhou. 

Logo depois Sadie chegou para buscá-lo.

Sadie: Muito obrigada por cuidar dele para mim. Meu pai ainda não suporta a ideia de que eu engravidei na adolescência. Mas o Jack foi a melhor coisa que me aconteceu. Sem ele, acho que minha vida não teria muita graça. E não vai ser meu pai que vai fazer eu mudar de ideia. Você acredita que ele ainda quer que eu coloque o menino num orfanato?

- Credo. Se um dia você fizer isso, eu mesma vou até o orfanato e adoto ele. - ela ri.

Jack: Tchau Sun. - eles se abraçam. - Tchau pai e tchau tia Sina. - ele abraça cada um de nós.

Noah: Tchau campeão. E parabéns pela vitória. 

Summer: Tchau tia Sadie.

Sadie: Tchau docinho.

Sadie é meio maluquinha. Mas é divertida.

- E então como foi o dia de vocês?

Summer: Nós brincamos na piscina, assistimos vários filmes, jogamos aquele jogo da pizza e comemos sorvete.

- Que legal. O dia de vocês foi melhor que o meu.

Noah: Por que?

- Porque eu tive que ficar ouvindo as meninas brigarem para saber quem vão ser as madrinhas do casamento.

Summer: Mamãe, sobre o casamento de vocês, você vai convidar a bisa Lara? - ela pergunta.

- A bisa Lara e o biso Joaquim. 

Noah: Quem são?

- Os meus avós maternos.

Noah: E os paternos?

- Nem me lembre deles. Na verdade, meu avô morreu e minha avó é meio chata. - abaixo a cabeça.

Eu odeio ter que falar sobre ela. 

Noah: Não precisa falar sobre ela se não quiser.

- Eu posso falar sobre ela outro dia?

Noah: Você não precisa falar sobre ela nunca. Se não quiser.

- Te amo.

Noah: Eu te amo.

Nos beijamos. 

Alguns dias depois...

Eu fui limpar o sótão, que estava imundo e achei uma caixa com fotos de quando a Sun era pequena e da minha família.

Chamei Josh, Sofy, Minha mãe e o Noah para verem.

Para falar a verdade, eu não precisei convidar o Noah, já que ele já estava aqui. Sabe... Ontem a noite foi boa. Se é que vocês me entendem.

Josh: Por que eu tô aqui? Lembra que eu tenho uma grávida para cuidar?

- 1° A grávida que você tem que cuidar está ali na cozinha brincando com a Sun. E 2° eu achei essa caixa nostálgica no sótão.

Alex: São fotos de alguns anos atrás. Eu lembro da caixa, mas não lembro das fotos.

Noah: Isso não deveria ser aberto em família? Tipo só vocês? - ele pergunta e vai se levantando.

Sofya: Pode grudar esse cu aqui no sofá de novo. Você É da família, jumento.- Ela fala doce como um cavalo. 

Noah: Eu vou ficar, mas só porque eu tenho muito medo da Sofya. - Ele diz se sentando novamente. E eu fiquei rindo.

Sofya: É para ter medo mesmo. Sabe os 100 dólares que você me deu? Então, eu comprei uma faca.

Alex: Que 100 dólares? E porque você comprou uma faca?

- O maluco do Noah, comprou 10 minutos do casamento da Sofya, para cantar aquela música.

Alex: A única pessoa normal nessa família é a Sun. 

- Gente. Voltando a caixa. Eu não queria abrir sozinha. Por que devem ter várias fotos vergonhosas aqui. De todos nós.

Noah: Essa não foi a caixa que você guardou aquela música?

Josh: Música?

- Eu escrevi uma música quando o Billy fez o que fez.

Alex: Eu quero ver.

- Não mesmo, ficou ruim.

Noah: Qual é a definição de ruim para você?

- Ta, todo mundo vai ver a música. Agora vamos abrir a caixa.

Abro a tampa e tiro de lá a letra da música. Entrego para minha mãe.

- Leia depois. 

Alex: Ok.

Mano, tem muitas fotos de nós com uns 4 anos. 

- Olha essa foto do Josh! 

Josh: Quem foi que tirou isso?

A foto era do Josh nu, na piscina. 

Alex: Não sei. Acho que seu pai. - ela diz rindo.

Sofya: Da aqui. - ela pega a foto e começa a dar gargalhadas. 

Any: Do que vocês estão rindo?

Sofya: Dessa foto do seu namorado. - ela da a foto.

Any: Meu deus. - ela começa a rir também.

Summer: Eu posso ver. 

- Não. Mas eu posso fazer você rir. - começo a fazer cócegas nela.

Summer: Para mamãe. - ela diz rindo.

- Tá bom.

A solto e ela volta para a cozinha. Não sei o que ela e a Any estão fazendo mas acho que estão desenhando, por que pegaram várias folhas e lápis de cor.

- Próxima foto. É uma foto do papai. - digo triste. 

Eu não lembro muito do meu pai, mas lembro de que ele era uma pessoa muito boa, diferente da minha avó, a mãe dele.

- Alguém vai querer ver ela?

Alex: Eu! - ela pega a foto e vejo seus olhos lacrimejando.

- Mãe... - a abraço. 

Josh: Eu não quero ver. Não quero lembrar dele. - ele diz quase chorando.

Josh, por ser o mais velho, É o que mais se lembra dele. 

Sofya: Eu nem lembro como ele era. Eu quero ver. - ela diz meio triste por não conseguir se lembrar dele. 

Noah vem até mim e me abraça. 

Noah: Não fica assim, ele está observando vocês do céu. E com certeza está muito orgulhoso do que os filhos se tornaram.

Sorrio fraco para ele.

- Acho melhor você ficar com a foto, mãe. - ela sorri e assente.

Vimos altas fotos aleatórias, tipo nossa casa na Alemanha, meu aniversário de 8 anos, que o tema era joaninha. Foi bem ridículo. Mas é a vida né.

Daí eu vi uma foto da minha família paterna, tipo os meus avós, eu, minha mãe e meu pai, Josh e Sofya. Estavamos felizes na foto, eu tinha uns 9 anos.

Minha feição de riso muda para uma cara triste e uma vontade enorme de chorar vem.

Josh: Tá tudo bem, Sina? - ele pergunta vindo até mim. 

Ele vê a foto e toma da minha mão com raiva e tristeza.

Sofya: O que que tem nessa foto, para vocês ficarem assim? - ela vê a foto. - Ata.

Noah: O que?

- A minha avó, a Sra. Mary.

Josh: Acho que vamos ter que contar para ele.

- Noah, você sabe que eu engravidei adolescente, né?

Noah: Sim.

- Então, ela ficou muito brava por eu ter ficado grávida antes do casamento e ainda o pai da criança ter me abandonado. Ela xingou a Sun, que ainda não tinha nem nascido ainda, e disse que se eu fosse inteligente, eu colocaria essa criança no orfanato. Até porque bela não era uma "presente de Deus".

Sofya: Nossa avó, é extremamente religiosa, e não gostou nadinha, desse fato. Então, nós falamos que não entramos mais da família dela. 

Noah: Nossa, eu sinto muito. Eu acho.

- Não precisa. Ela continua acreditando que a Sun, está num Orfanato. Mas ninguém aqui tem coragem de contar para ela que a Sun está com a gente.

Noah: Hum. - ele diz.

- Acho melhor parar de ver as fotos. - digo.

Sento do lado de Noah e deito minha cabeça em seu ombro.

Any: Nos fizemos um cartaz para você e para o Noah. Na verdade, a Sun fez.

Ela entra na sala segurando uma folha maior que ela. 

Summer: Eu fiz para vocês dois.

Era um desenho de nós três. De mãos dadas e ela no meio. Eu vou chorar mais. 

Sim, eu comecei a chorar.

Summer: Por que você tá chorando? - ela senta no meu colo.

- Porque... Porque... Eu nem sei o porquê. - ri.

Noah: Que lindo Sun. Posso colocar num quadro? Eu tenho a moldura que vai caber lá em casa. 

Summer: Pode! - ela se anima.

Eles vão para casa do Noah.

- Eu sempre tentei dar o melhor para ela, mãe. A única coisa que eu NUNCA consegui lhe proporcionar foi um pai. E agora, ela tem tudo. - começo a chorar de novo. Minha mãe vem me abraçar. 

Alex: Eu sei, eu sei. 

Any: Eu espero ser uma mãe tão boa quanto você é Sina. - ela diz me abraçando.

- Você vai ser. E Joshua, se você ser um pai ruim. Eu te castro e quebro seu pescoço.

Josh: Sim senhora. - ele faz a continência.

Sofya: Acho que é melhor eu ir para cada. Bye people. - ela manda um beijinho para nós.

- Tchau Sofy. 

Sofya: Ah, me dá aquela foto do Josh? Eu vou guardar e mostrar para o filho de vocês. - ela ri.

Entrego a foto para ela.

Essa Sofya, ela tem problemas kkkkkkk 

Dia seguinte...

Eu sei que está bem cedo para isso, mas eu acho oque quanto antes melhor.

Eu vou escolher os convidados. É bastante gente. E eu e o Noah decidimos que vamos deixar três fãs entrarem. É um sorteio do Instagram. 

Noah: Então, quem você vai convidar?

- Acho que minha família, meus avós maternos. 

Noah: Eu voi convidar meus pais, meus avós maternos e paternos.

- E os nossos amigos.

Noah: Hum... Podemos convidar a mãe e o pai da Angel, para Summer poder brincar com ela.

- Sim. Os fãs. E o povo da gravadora. Menos a Nath.

Noah: Não sou tão maluco e idiota a esse ponto.

- Ainda não acredito que nos vamos casar.

Noah: E você está feliz?

- Muito. - o beijo.

Bom, nós ainda não falamos para os fãs dele que três deles poderiam ir ao nosso casamento. Se forem crianças poderão ter o acompanhante.  Vamos anunciar em uma live agora.

Noah: Posso ligar?

- Uhum. Pera! Sun! Quer participar?

Summer: Não, eu tenho vergonha.

- Tá bom. 

Noah: E ligado. Oi gente, eu e a minha belíssima noiva, a Sina, temos uma notícia que muitos de vocês vão querer saber. Teria essa honra, Sina?

- Ok, eu e ele, resolvemos que três de vocês fãs do Noah, irão poder participar do nosso casamento.

Muitas pessoas começaram a comentar coisas como: como faz para poder ir? E talz.

Noah: Vocês vão ter que ir até a publicação que tem uma foto minha, da Sina e da Sun, no meu Instagram. E comentar " Quero ir no Casamento". Entre os primeiros 10 comentários, nós vamos sortear 3. E está valendo .

Muitas pessoas saíram da live, para comentar, de certo.

Desligamos a live. O celular do Noah começou a pipocar.

Summer: Melhor você colocar no silencioso papai.

Noah: Boa ideia. 

Uma coisa passa na minha cabeça e vou beber água na cozinha.

Noah: O que foi?

- E se eu convidar a minha avó, Mary?

Noah: Não sei, se é uma boa ideia.

- Além dela ser minha avó, seria uma boa ideia de fazer ela gostar da Summer.

Noah: A decisão é sua. 

- Vou pensar.











Notas Finais


Desculpem os erros kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...