História The Girl on The Yellow Bicycle -ChaeLisa- -BLACKPINK- - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXID, K.A.R.D, Red Velvet
Personagens Hani, Hyerin, Irene, J.Seph, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jiwoo, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), LE, Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Somin, Wendy, Yeri
Tags Blackpink, Bts, Chaelisa, Exid, Jikook Shipp, Kard, Lesbian, Redvelvet, Vhope
Visualizações 191
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Orange, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem tá aqui denovo!!!!! Eu mesma rsrsrs, digamos que está tudo di bua e vocês como estão? O dia de vocês foi bom? Como anda a vida? ♡

Hoje no Cap veremos as coisas através do Hobi isso mesmo... spoiler kkk sorry~

É isso espero que gostem!
Boa leitura♡

Capítulo 4 - Hospital


Fanfic / Fanfiction The Girl on The Yellow Bicycle -ChaeLisa- -BLACKPINK- - Capítulo 4 - Hospital

- Ooh maninha! -disse ela me afastando meu copos do dela segurou cada lado do meu rosto, a olho nos olhos- Calma, eu te desculpo só se você me perdoa, você não teve culpa eu que fui chata por insistir em uma coisa... -disse me olhando nos olhos- 


- Eu daria um tudo pra ser como você sabia! -digo-


- Não fale isso... Você é linda, inteligente, gentil, lerda, comilona, chata, irritante e tem um parafuso a menos... -a corto-


- Ooohul sem ofender tá! -digo- Chata é você... -completo-


- Você logo vai saber oque fazer com tudo, todos ao seu redor... -a olho- Sei que é difícil de assumir -franzo o celho  (do que ela tá falando)- Mas logo você vai perceber -sorri soprado- Até porque passa três meses com a foto de uma garota ruiva na tela do celular é paixonite aguda não é Joohyun? -mal percebi que minha cunhada tava aqui- 


- Aahn oi Joo-Unnie! -digo sorrindo-


- Oie -falou sorrindo (minha irmã teve sorte de ter encontrado alguém que ajuda com tudo minha irmã, tanto quando fisicamente (a: hehe), mentalmente, emocionante e ai minha irmã me ajuda por que não é fácil sinto falta dos meus pais eu os perdi quando eu tinha 04 anos e minha irmã 19 e ela já estava namorando escondido com a Joohyun dês do primeiro do colegial, eles morreram um ano depois da minha irmã ter levado a Joohyun em casa, apresenta-la como namorada, elas são felizes juntas e isso me deixa feliz)-


- Park Chaeyoung que espécie de roupa é essa? -putz- VAI PRA DENTRO AGORA GAROTA RETARDADA! -grita e eu corro me jogando no sofá, logo Joohyun senta do meu lado e minha irmã grita da cozinha-


- PIPOCA MOZONA -fala de lá-


- SIIIIIM -ela ama pipoca-


- PORQUE NÃO COMEU O LANCHE ROSÉ -gritou-


- TO INDO -me levanto, quando estou chegando na cozinha a campainha toca- Eu atendo! -digo e vou na direção da porta, assim que a abro- HOSEOK? -o mesmo está todo ensanguentado, as roupas rasgadas, todo machucado- 


- O...oo Ta...Tae -desmaia, me desespero-


- CHEIYOUJI CORRE -Joohyun grita, minha irmã vem correndo-


- LÍRIS CORRE! -grito em seguida-


- Nossa até parece que morreu algué... -se desespera e pega as chaves do corro- Acha que consegue me ajuda Joohyun? -a mesma acente- Rosé to pega as chaves e abre o carro e fecha a casa -acento e faço oque manda, assim que estamos todos no carro partimos para o hospital mas próximo-

Rosé Off

[...]


Hoseok On


- Anh~ -Vejo uma luz forte, estou deitado em algo macio, olho ao redor vejo algumas maquinas minha visão ta turva... só me lembro de ter ido até a casa da Rosé e depois tudo tava escuro- TAE? -levanto em um pulo, vejo devo está em um quarto de hospital-


- Finalmente acordo -a professora de inglês vulgo irmã da Rosé- 


- Professora... -suspiro- 


- Agora me explica oque houve pra você ter que para aqui num hospital? -pergunta-


- Bom...


Flashback On 


 - Não Tae me dá é meu! -odeio quando esse idiota da isso aah ódio, ele pego meu salgadinho-


 - É tão bom... -diz enchendo a boca, eu arranco o pacote dele-


 - Puta que te pariu Taehyung! -esbravejo- Você comeu tudo aaaaigo! -ele é uma criança mesmo-


 - Calma amor eu compro outro! -diz me dando um beijo na testa- Agora vamos temos que passa na casa da Rosé- -seguimos indo, ao entrarmos num "atalho" um beco atrás da casa da Rosé, dois caras vem vindo atrás Tae olha de relance e apressamos os passos mas três entram na nossa frente, Tae imediatamente coloca o braço a frente do meu tórax- Fica atrás -sussura-


 - Para onde as princesinhas vão? -um dos garotos diz-


 - Não queremos encrenca -Tae diz-


 - Oh! A bichinha não quer encrenca olha só isso meninos hahahaha! -logo todos os outros começam a rir, sinto mãos me puxando tento segura na blusa do Tae mais inútil-


 - Soltei ele -Tae tenta me segura mais acaba sendo agarrado também- Covardes -diz alterado-


 - Esse aqui tem raiva -um dos garotos dizem-


 - SOLTEI AGENTE -grito- ALGUÉM AJUDA! -um deles vem até mim e segura meu queixo-


 - Cala a boca viadinho de merda! -diz cuspindo- Qual de vocês é o que da o cu? -entercala o olhar em mim e no Tae- 


 - Falem oque querem logo -Tae diz, me olha e diz fazendo mímica "vai fica tudo bem" acento, sinto as lágrimas querendo saírem mas seguro-


 - Oque queremos? Bom... nada de mais! -diz um deles-


 - SOLTEI AGEN... -levo um soco no rosto, tudo fica embasado, escuto Tae grita não- 


 - A próxima vez que grita comigo seu merda han você não vai mas nei vê seu namoradinho! -diz me dando vários socos na minha barriga me fazendo geme de dor, Tae grita vários "não façam isso", "Deixem ele em paz" mas obviamente não adianta nada e derrepente ele para, me dando um último soco na boca o gosto de sangue vem em meu paladar- Agora vai aprender que só homens de verdade podem grita com pessoas como você... -o mesmo aproxima o rosto rente ao meu- Viadinho de merd... -cuspo na sua cara-


 - VAI PRO INFERNO ARROMBADO -grito-


 - Pode ter certeza que vou te ver lá só que não hoje -sorri de canto, o vejo tirar uma faca debaixo da blusa-


 - NÃO~ -Tae grita, sinto algo perfura minha barriga e à rasgando, a ardência me faz geme de dor a visão começa a fica turva assim que caio no chão vejo que Tae estava batendo no garoto que me esfaqueou e tudo fica escuro-


 Flashback Off


- Quando acordei Tae já não estava mais lá apenas o celular a carteira dele... -as lágrimas escorrem no meus olhos, a professora ainda me olha assustada sem acredita aparentemente-


- Animais por Deus! -anda de um lado pro outro no quarto com os braços cruzados- Pra onde será que levaram o garoto? -faz a pergunta pra si mesma aparentemente-


- ... -suspiro pesadamente- 


- Darei queixa na Polícia e pedirei para recolher seu depoimento... -se aproxima de mim, se sentndo na cama acaricia meu cabelo- Descanse! -diz-


- Mas quero ajuda! -digo- 


- Desse jeito que você tá só vai atrapalhar... -fala, ela tem razão-


- Vai dar tudo certo Okay? Agora é melhor eu deixa aquela escandalosa da Rosé entra se não ela surta -da uma piscadela para mim e ri junto a mim, se levanta e sai-


- Vou achar você Tae... -digo sozinho pra mim mesmo- Te prometo!


















Continua....?


Notas Finais


Até o próximo espero mesmo que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...