História The girl who wanted to be loved - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Insinuação de sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Dr.Stefan


Fanfic / Fanfiction The girl who wanted to be loved - Capítulo 3 - Dr.Stefan

Após morte de Lisa, toda a gente andava desorientada com o que acontecera. Mas ainda havia o mistério... O que tinha atacado Lisa?!

Várias questões sobre o ocorrido se levantaram, então fui até ao hospital ter com aquele médico que tratou de Lisa para tentar descobrir mais coisas sobre o o que realmente tinha acontecido.

Andei pelos corredores daquele hospital à procura do tal médico, até que passei por um consultório cujo tinha o nome que não me era estranho.Por meu espanto lá estava aquele nome que tivera visto naquela noite da sepultura, Stefan Salvatore.
Será que era uma mera coincidência?

__________________/ /_________________

Aproximei-me do consultório e empurrei ligeiramente a porta, foi aí que para meu espanto vi aquele médico que nos atendera no dia em Lisa morreu.

-Toc ! Toc ! (bati à porta)

-É o Dr. Stefan?

- Sim, precisa de alguma coisa ?!

( será que foi da minha cabeça ou ele perguntou me aquilo com um ar travesso?!)

- Na verdade sim, eu estive cá no dia em que aquela adolescente, Lisa, morreu... 

- Sim, eu lembro me de ti, não me esqueço facilmente de uma cara, especialmente de uma cara bonita.. 

( aquele ambiente já estava a começar a ficar intenso)

- Bem, eu queria saber se têm alguma informação sobre o que terá atacado Lisa naquela tarde..

- Entra , poderemos falar mais à vontade.

À medida que ia entrando naquele consultório ia sentindo um clima intenso.

Sentamo nos um em frente do outro , enquanto esperava algumas palavras vindas dele reparava como ele me olhava intensamente.

- Quando Lisa chegou ao nosso hospital, analisei aqueles ferimentos no pescoço dela e pode ter sido qualquer tipo de animal...

Acenei com a  cabeça com o ar de que não havia mais nada a fazer e despedi me do Dr.

- Este é o meu número, se precisares de algo já sabes a quem podes ligar.

Enquanto nos olhávamos nos olhos conseguia sentir aquela intensa chama que nos conectava de alguma forma.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...