História The Goddess Neko:the Hentai Story - Capítulo 56


Escrita por: e jurubebys

Visualizações 70
Palavras 1.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 56 - Para de ser tão protetora Nion!


-Pensamentos de Kyouta-Aparentemente os dois eram amigos, deviam estar sofrendo muito nesse confronto, no final os dois fizeram escolhas diferentes, me pergunto se eu aguentaria ter o peso de carregar a morte de alguém importante para mim, eu entraria em colapso se fosse forçado a matar tal pessoa...a vida é dolorosa de diversas formas, é como uma faca prestes a te perfurar sem que você espere.-

 Kyouta ~ Pensando dessa forma eu não sei o caminho que vou rumar, eu estou tentando proteger pessoas, me vingar, ou os dois? vai saber...tsk, eu sou mesmo um grande poço de merda. - suspirou enquanto caminhava sem que percebesse trombando em alguém. 

Kyouta:Ahh droga. - o mesmo cai no chão atordoado.

 Kei:Não olha por onde anda plebeu? - olhou para Kyou caído no chão irritado.

Kyouta:Des-Desculpe, eu não estava olhando. - parecia meio plerplexo. 

 - Kei se agachou cheirando Kyouta. 

 Kei:Você tem um cheiro peculiar plebeu...similar a algo que conheço, mas tanto faz-eu não posso permitir que um verme como você trombe em mim e ainda saia impune. - sorriu. 

Dairui:Esqueça isso Kei, vejo algo bem mais justo e interessante. - disse puxando Zethe.

Dairui:Vamos botar esse cara para brigar com o Zethe, se vence-lo Zethe lhe aceitaremos como parte do grupo. - disse botando os braços por trás da nuca de ambos os abraçando.

 Zethe:E-Eu!!?

Kei:Pode ser...mas eu queria muito testar minha força em alguém. - suspirou.

 Dairui:Tenha calma, você pode fazer isso em outro momento. - sorriu. 

-Pensamentos de Kyouta-Droga, agora fudeo...eu não queria chamar atenção.- 

 Kyouta:E se eu rejeitar? - Kyou parecia tenso.

Dairui:Não é como se você pudesse escolher, de uma forma ou outra você vai ter que lutar...ou aqui de forma forçada ou na arena de forma legal, e então oque escolhe? - disse focando aqueles grandes olhos vermelhos em Kyou. 

 - Kyouta suspirou refletindo.

 -Pensamentos de Kyouta-Mesmo eu não querendo chamar atenção, não quer dizer que não queira testar minha força...desculpe Nion.- 

 Kyouta:Certo, eu aceito mas com uma condição... -matinha um olhar sério e determinado.

Kei:Você acha mesmo que tem o direito de negociar nessa atual situação?

 Kyouta:Não, mas ou vocês aceitam isso ou eu deixo que me matem aqui sem levantar nenhum dedo. - suspirou. 

-Pensamentos de Kyouta-Eu não tenho nada a perder mesmo...eu gosto da Nion, talvez algum dia até mesmo a ame, mas preciso correr riscos para sobreviver aqui.-

 Kei:Tsk...

Dairui:Diga oque desejas então plebeu? - olhou sorrindo.

 Kyouta:Não é nada demais, é que eu estou com uma amiga e preciso avisa-la entende. - estava sério. 

 Kei:E nesse meio periodo fugir também não é? não deixarei que- ele é interrompido por Dairui. 

 Dairui:Tudo bém, pode ir. - ele parecia ter plena confiança em Kyouta. 

Kei:Oque você está dizendo Dairui! é óbvio que ele vai fugir. - confuso. 

Dairui:Tenha calma Kei eu confio que ele não fará isso...além do mais eu posso ver que há verdade em seus olhos, os olhos de uma pessoa nunca mentém. - olhava com um sorriso desconfortante para Kyouta.

 Kei: ...droga, você e essa maldita percepção, vão acabar tirando vantagem disso. 

 Dairui:Talvez mas tudo bém eu estou preparado para as enventualidades. 

 Dairui:Você pode ir plebeu, mas esteja aqui quando o sol estiver pleno, lembre-se disso, espero que você não desperdisse a confiança que estou pondo sobre você. - disse dando as costas para Kyouta e caminhando para longe acompanhado de Kei que parecia irritado, e Zethe que estava confiante. 

Kei ~ Teve sorte garoto..teve sorte... - sussurrou nervoso.

Zethe ~ Essa é minha oportunidade, só basta vencer esse cara..vai ser fá-fácil. - disse respirando fundo.

 Enquanto isso... 

AzumaMaldita Keno...fui derrotado nova-novamente, que humilhação, eu não consigo sequer vingar meus parentes, minha-minha irmã.

 Azuma:DROGA!!! - gritou deitado em um gramado cheio de lixo logo ele respirou fundo.

Azuma:Preciso sair dessa merda e voltar para a casa re-rever meus planos, desde o inicio...isso nunca vai acabar Nion, nunca!!! somente quando um de nós morrer, droga! - ele parecia estar prestes a chorar.

 - Kyouta mal chegou perto da estalagem e já estava sendo supreendido com um abraço apertado e caloroso de Nion.

 Nion:IDIOTA! aonde você foi?!? eu estava preocupada!! - dizia o apertando com ainda mais força prestes a chorar. 

Kyouta:Eu-Eu só fui dar uma volta e olhar esse lugar, não precisava ficar assim, você é a baka aqui. - suspirou achando a reação exagerada. 

Nion:Como não!!? é perigoso, se algo acontecesse eu não me perdoaria você sabe disso! eu-eu só quero que você fique bem. - disse repousando sua cabeça sobre o ombro do garoto. 

Kyouta:Droga, você é muito emotiva e sensivel. - disse apertando a cintura de Nion a deixando corada, todos próximos olhavam os dois. 

Kyouta ~ Acho melhor entrarmos. - sussurou no ouvido da gata.  

Nion:H-Hum certo... - olhou corada ainda o abraçando.

 - Logo eles entraram na estalagem indo até o quarto.

 Nion:E então vai me explicar oque aconteceu? - disse se sentando na cama olhando séria para Kyouta. 

Kyouta:Desculpe, eu queria apenas olhar por ai...e- ele foi interrompido. 

Nion:Eu não te avisei para não sair sozinho por ai!? é perigoso! você não entende que é tudo pelo seu próprio bem? - disse um tanto brava.  

Kyouta:Eu-Eu entendo...eu sei muito bem disso, não é como se fossem tentar me matar só de andar por ai, eu somente queria... - ele ficou um pouco corado e gaguejou.

 Nion:Queria oque Kyouta!!? - gritou irritada.

 Kyouta:Eu-eu também tinha como objetivo comprar alguma coisa para você. - suspirou corado.

 - Tudo ficou em silêncio, Nion estava surpresa praticamente sem fala. 

Nion:P-Para mim? - corada. 

Kyouta:Sim.. - disse retirando um colar do bolso, ele possuia um brilho forte, logo ele botou o colar no pescoço da gata.

 Kyouta:Desculpe, é só uma bugiganga, comparado com as joias que você deve receber isso não é nada, eu nem sei se é um produto de qualidade, bem, mas-mas foi dado de coração. - disse coçando a cabeça corado.

Nion:Oque você está dizendo?! ele-ele é perfeito, eu-eu adorei! realmente obrigada! - disse segurando o colar o olhando com um lindo sorriso no rosto extremamente feliz.

 -Pensamentos de Nion-Eu nunca pensei que receberia um presente do Kyou, pelo menos não agora..é algo realmente importante, ele deu com o coração!- 

 Kyouta:Di-dinada ~ mesmo não sendo lá grande coisa. - disse um pouco envergonhado. 

 - Nion o olhou respirando fundo. 

Nion:Não ache que vai fugir da bronca por conta disso... - olhou séria para Kyouta. 

Kyouta:Eu-Eu sei. - disse tentando se manter sério e tirar o vermelho do rosto.

 Nion:Mas... - disse pulando em cima de Kyouta o jogando contra a cama. 

 Nion:Por enquanto eu irei te perdoar. - sorriu rindo logo aproximando seus lábios até se chocarem.

 Nion:Niuh! - soltou esse barulho anormal quando Kyouta precionou sua língua contra a boca da gata. 

Kyouta:Ahh eu te adoro sabia? - disse com um olhar pervertido focado na gata. 

 - Kyouta se aproximou do rosto de Nion beijando os lábios dela, fazendo a mesma começar a mostrar um pouco os seus pequenos caninos de uma forma sensual, a mesma logo o virou contra a cama invertendo as posições roçando com o seu corpo no dele, parando de o beijar.

 Nion:Eu serei bem má com você dessa vez como punição. - disse com a voz bem calma e doce observando o garoto. - Nion se movimentou lentamente ficando de costas para Kyouta, logo sentou sobre o membro, fazendo o mesmo gemer, então começou a acelerar os movimentos sentindo ele dentro de si. 

Kyouta:Eu vou gozar caralho!! - disse com certa dificuldade sentindo o seu corpo ser esmagado pelo interior da gata. 

 - Ela começou a acelerar o movimento quicando indo pra cima e pra baixo, logo também movimentou indo para os lados e em circular, fazendo o garoto gemer segurando em sua cintura, com a gata estando também a gemer.

 Nion:Que gostoso não é? Vou fazer que você goze logo. - disse com a voz maliciosa com a língua para fora, soltando um sorriso bem aberto e malicioso. 

 - A gata começou a quicar estando em cima de Kyouta, observando as expressões dele enquanto sentia o membro do mesmo ir fundo em sua buceta, aquilo era o suficiente para deixar ela mais excitada com os seus olhos ficando em fendas, logo Nion acelerou mais o movimento gemendo junto com ele.

 Nion:Eu vou gozar assim nesta velocidade! - disse com a língua para fora observando seu Kyou gemer como nunca.

 - Kyouta já estava em seu máximo e assim virou Nion contra a cama, invertendo as posições novamente começando a meter nela sem dó alguma, enquanto a mesma continuava a gemer, então agarrou o seio esquerdo da mesma com a mão esquerda começando a chupar o outro. 

Nion:N-n-não muito f-f-forte. - disse com a voz um pouco melosa e bem ofegante enquanto gemia alto com o movimento do garoto.

 - Kyouta logo inseriu dois dedos na vagina de Nion junto ao seu pênis a deixando cada vez mais louca de tesão ao ponto de explodir, logo os dois gozaram liberando os sentimentos de ternura e prazer incessante. -

-  Kyouta caiu sobre o corpo da gata ofegante. 

Kyouta:Des-Desculpe fo-foi rápido. - suspirou tentando se recuperar. 

Nion:Tu-Tudo bem foi bom. - disse o abraçando com força tentando se recuperar. 

- Kyouta corou um pouco sentido a maciez do corpo de Nion, em meio a isso ele lembrou da luta que teria. 

Kyouta:Hey Nion! - disse um tanto apreensivo. 

 Nion:Oque foi? - disse ainda abraçada a Kyou. 

 Kyouta:Se-Se eu te-te disesse que amanhã irei participar de uma luta em uma arena? - disse se arrepiando todo gaguejando bastante. 

 Nion: ...

 (Continua no próximo capítulo)

Preview - on - Capítulo 57

Oi, eu sou Kyouta! após muito esforço para fazer Nion aceitar tudo está feito.

Zethe meu primeiro grande oponente me espera!! uma grande batalha está para começar!

 Eu estou para mudar.. 

Não percam o próximo capítulo de The Goddess Neko será - Zethe o oponente definitivo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...