História The Great Gig In The Sky (Interativa) - Capítulo 5


Escrita por:

Visualizações 33
Palavras 916
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amiguinhos! Tudo bem?

Cá estou eu novamente com o novo capítulo não é mesmo? Vualá!

Nesse nós vamos apresentar personagem de uma querida amiga minha do peito, espero que ela goste <3

Aliás, quero falar sobre algo da fic, em questões temporais. Como sabem, a história se passa em meados dos anos 70, porém isso não significa que terá só artistas e coisas dos anos 70, então não estranhem se encontrarem coisas que não são dessa época, ok?

Também tenho uma perguntinha. Mais pra frente na fic, com cada personagem com seu par eu tava pensando em talvez trazer alguns momentos... Hentai, vocês aprovam isso? Eu nunca fiz, e acho que nessa história é uma boa oportunidade, vocês achariam legal ou não alguns momentos mais "quentes" na fic? Me digam que eu tomarei uma decisão ^^


É isso, vamos lá!

Capítulo 5 - Stop All The Fighting


Fanfic / Fanfiction The Great Gig In The Sky (Interativa) - Capítulo 5 - Stop All The Fighting

Não havia mais saída para Janet, seu fim estava a cada segundo mais próxima de seu fim. A grande besta não iria descansar até ver a garota de Kenwood morta, caçando-a através das matas enquanto a mesma se escondia, porém não por muito tempo. A fera destrói uma das árvores, dando vista a pobre garotinha que se tremia de medo e sentia arrepios em seu corpo inteiro, a besta agora estava em cima dela, marcando sua vitória e se preparando para o último ataque, assassinando a garotinha com suas garras enormes, cada vez mais perto.......













- ISSO VAI MATA ELA! - Sarah gritava numa sala de cinema junto com Dammy, fazendo todos os outros reclamarem - qual é Dammy, o monstro do lago vai matar a Janet, você tá perdendo - Sarah continuava dizendo enquanto comia pipoca

- Eu não quero ver, eu tô com medo - Dammy disse baixinho enquanto encolhia os ombros e fechava os olhos assustado com todo o sangue que mostrava na grande tela - eu não quero mais ver isso! - ele disse irritado e saiu da sala batendo os pés, mas mesmo assim continuando com medo

Sarah permaneceu alguns minutos na sala, logo depois percebendo que Dammy havia ido embora e que estava irritado, talvez não tivesse sido tão boa idéia a garota convidar Dammy pra ver um filme extremamente forte de violência. Ela vê Dammy na frente da sessão de ingressos, esperando com uma cara não muito boa:

- Qual é cara? Tava mó legal - ela disse se encostando ao lado do garoto

- Aquele filme era nojento! Não suportava mais ver tripas sendo tiradas, línguas recortadas e braços arrancados - ele disse com nojo

- Tá com medinho? - ela disse provocando Dammy, enquanto mordia um canto da boca

- Não tava tanto assim.... - Dammy disse tentando disfarçar, porém falhando

- Você tá com medinho! - ela disse rindo mais provocativa

- Para de fazer o clipe do Thriller! Você tá com a mesma jaqueta que o Michael e esse clipe nem saiu ainda!

- Que seja... Enfim, bora sair, já tive o de terror por hoje - ela disse andando, sendo seguida por Dammy

Sarah andou pelas ruas com Dammy assustando o garoto, imitando monstros e cantando a melodia de Thriller pois a música só iria sair 10 anos depois. Ao longo que iam, ela conseguiu deixar Dammy sorrindo e o fazer esquecer do filme, o que a agradou bastante, após atravessar algumas ruas eles teriam que passar por um beco

Ao que parecia apenas mais um beco comum, quando entraram foram logo cercados por uns 4 homens, aparentavam ter mais de 1,80 e eram extremamente fortes:

- Olha só, o que duas garotinhas estão fazendo aqui sozinhas no meio da noite? - um grandalhão disse com graça

- Ih Victor, e um homem ali - um dos homens disse em tom de piada, se referindo ao Dammy

- Puxa! Que adepta, bastante corajosa em andar com viado na rua sem levar uma surra - ele logo mudou sua expressão pra raiva, deixando Dammy completamente assustado e sem reação

- Sai daí grandalhão! A gente quer passar! - Sarah disse com raiva, não gostava de ver todos aqueles homens humilhando seu amigo

- Calma gata, a gente só vai se divertir, divertir muito! - ele disse e dois homens seguraram Dammy enquanto tapavam sua boca para não chamar atenção

O homem segurou Sarah antes mesmo dela tentar se defender, ele segurava-a pelo pescoço, enquanto tirava sua calça e ficava apenas de cueca. Dammy começou a chorar de dor, pois estavam apertando seu curativo da perna que ainda não havia sarado, Sarah tentava a todo custo se soltar, mas o homem era forte demais. O grandalhão agora tentava botar sua mão dentro do sutiã de Sarah, o que deixou a mesma desesperada, quando uma voz surgiu em meio ao que era grunidos

- HEY SEUS CUZÕES - uma garota apareceu jogando um pedaço de cano na cabeça do grandalhão, o fazendo cair no chão por alguns segundos

Quando estava livre, Sarah lembrou que tinha um canivete que guardava no bolso da jaqueta, então jogou e acertou um dos homens que estavam segurando Dammy acertando na coxa. Quando estavam pensando em sair correndo, Dammy estava pálido e ofegante, desmaiando no chão de tanto pavor e dor que estava. A garota, que era bem mais forte do que aparentava ser, segurou o garoto rapidamente pelos braços e logo as duas saíram correndo em fuga, deixando-os para trás:

- Eh, acho que os desistamos.... - A garota disse ofegante de tanto correr, deixando Dammy no banco de uma praça e o ajudando a acordar

- AH! QUEM É VOCÊ? ONDE EU TÔ? - o garoto disse acordando em choque

- Calma, eu vi vocês no beco e fui ajudar vocês, meu nome é Tônia - a garota disse calmamente - essa foi por pouco, por menos vocês não tinham se safado

- Obrigado cara, valeu - Sarah disse cansada pela situação - você vai pra algum lugar? Digo, sua casa?

- Eu tava indo pegar um ônibus pra ir pra lá, mas agora acho que já passou né - Tônia disse num tom divertido, tentando tirar o clima de tensão

- Pode dormir lá em casa se quiser, amanhã você volta pra casa, tá tarde - Dammy disse de cabeça baixa com a voz trêmula, seu rosto ainda estava molhado pelas lágrimas

 - Vamos embora, tivemos o bastante aqui fora.....


Notas Finais


ET Bilu seria o Ziggy Stardust brasileiro?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...