História The Guardian - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kizashi Haruno, Kushina Uzumaki, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Gaasaku, Kakasaku, Naruhina, Narusaku, Naruto, Policial, Romance, Sakura, Sakusasu, Sasusaku, Shoujo
Visualizações 169
Palavras 1.363
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Hentai, Literatura Feminina, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, me desculpe pela demora, o pc me trolou hoje kk

Mas enfim... espero que gostem, hoje trouxe um "extra" mas de muito vai ser útil!

Bjs

Capítulo 12 - Extra


Uchiha Sasuke

 

Fiquei indignado com o jeito que aquela coisa rosa saiu da sala, como se fosse a dona da razão! Ela me devia respostas, mas não conseguia entender porque eu tanto as cobrava, eu poderia ter a mulher que quisesse se jogando aos meus pés e mesmo assim corria atrás da maluca. Acho que quem estava ficando maluco era eu! Com essa família de loucos, com os amigos mais loucos ainda... Ah, tudo estava girando em perfeita sincronia até conhece-la e de repente deixou tudo de cabeça para baixo! Fui tirado de meus devaneios quando ouvi Itachi pigarrear:

 

— Sasuke, você está fora do caso!

 

— O que?! Eu não quero sair do caso! 

 

— Mas foi você que disse que queria sair! — falou confuso.

 

— Ah, Itachi! Foi no calor do momento... — disse indignado, até parece que eu ia deixar o caso por causa daquela mulher, eu sempre levei minha vida profissional como prioridade! Tá, era mentira, mas ninguém precisava saber! Até parece que eu queria ficar colocando o meu na reta por pessoas que nem ao menos reconhecem nosso serviço e não acham as nossas vidas importantes! Mas eu tive a oportunidade e agora esse era meu futuro, melhor do que ser um desempregado e ter que ser sustentado pelo meu irmão.

 

— Tudo bem! Você, então, vai ser o advogado, imagina você como marido da Sakura... se já não se aturam. O caso seria um fiasco! — Itachi disse, querendo fazer piada.

 

— Huum... tanto faz!

 

— Bom, vou conversar com Sakura ainda hoje e acredito que ela tenha se exaltado um pouco, sempre colocou a carreira acima de tudo, acredito que ela consegue superar essa... briguinha de vocês — se manifestou Kakashi, enquanto se colocava em pé. — Bom, os detalhes da missão já foram resolvidos, Itachi irá passar para vocês dois, eu me viro com Sakura, vocês se encontrarão amanhã, aqui bem cedo, para dar início a missão... — disse Kakashi, enquanto se aproximava da porta para ir embora. — Até mais, garotos! 

 

Depois daquela reunião deveras estressante, Itachi havia nos dispensado para que pudéssemos estudar as nossas novas identidades; Ralph Moriart, advogado dos noivos; Giuliard Tonira e Lavínia Tompson, não era necessário mudar em nada a nossa aparência, já que era uma empresa fora da cidade, ninguém tinha conhecimento sobre nossas verdadeiras identidades e não era necessário se preocupar.

 

Iriamos nos hospedar em "Distinity", um grande hotel de luxo cinco estrelas, escolhido para manter as aparecias de ricos. Giuliard e Lavínia irão dividir o quarto para nenhuma suspeita ser levantada a respeito do casal. Por ser um hotel deveras conhecido, podia ser que pessoas da empresa passassem alguns dias por lá com suas amantes, coisas que eram comuns na vida dessas pessoas. Nossos quartos eram um ao lado do outro, para facilitar caso precisássemos fazer alguma reunião, normalmente essas coisas aconteciam na madrugada, para não levantar dúvidas sobre um estar entrando no quarto do outro sobre a luz do dia.

 

Depois de muito analisar, decorar os nomes e até mesmo o cpf e o rg novo, me sentia satisfeito pela folga que Itachi havia nos dado, me levantei e decidi arrumar minhas malas, pois sairíamos logo pela manhã e eu não podia deixar nada para última hora, diferente de Naruto que eu sabia que ia se atrasar por ser desleixado com as coisas. Era um ótimo momento para pegar no pé dele, peguei o celular em cima da mesa que estava no quarto, embaixo das papeladas que estava analisando sobre a missão, e o enviei uma mensagem de texto; "Dobe, não vá se atrasar amanhã, não deixe nada para última hora." Enviei a mensagem e desliguei o celular, ele não iria para a missão, era arriscado perder e alguém indesejado encontrar.

 

Tudo estava pronto, era hora de providenciar a comida e, em seguida, dormir. Só torcia para que a missão não fosse muito longa, e sim simples como haviam dito.

 

Uzumaki Naruto

 

Estava dormindo no sofá. Do mesmo jeito que cheguei me deitei e fiquei, Itachi havia nos dado uma folga para que pudéssemos decorar as coisas sobre as novas identidades, mas quem precisava disso?! Dormir era mais gostoso. Acordei com uma mensagem em meu celular e era o Sasuke, me atrasar? Claro que não, eu era pontual, sempre!

 

Minha barriga já estava roncando quando decidi ir para a cozinha arrumar algo para comer e encontrei a melhor das opções; "rámen", dei aquele sorriso enorme, era tudo o que eu precisava. Coloquei água na panela para esquentar enquanto abria a embalagem do pote de macarrão, depois de fervida a água, despejei uma certa quantidade dentro e mexi com o hashi, sentindo aquele cheiro maravilhoso. Peguei o pote e fui para a sala, havia dormido demais e agora me restava só o vídeo game como companhia.

 

Ia deixar para dar uma olhada nas informações da missão mais tarde e a mala... podia acordar um pouco mais cedo para arrumá-la. Agora era hora de comer e jogar qualquer coisa até que o sono viesse de encontro mais uma vez.

 

— Era esse mesmo que estava procurando... — falei comigo mesmo, ao pegar um jogo tosco nas mãos e colocar no aparelho. Era bom aproveitar um pouco a "folga".

 

Haruno Sakura

 

— Era obvio que ele não ia querer sair da missão, e por mais que eu tenha falado aquilo no calor do momento, eu também não sairia, você sabe o quanto eu levo a sério o meu trabalho — falei com a Ino no Skype. Ino era amiga minha e da Hinata desde a infância, e por mais que eu trabalhasse com ela, ela ligava toda vez que sabia sobre alguma novidade, independente do que fosse.

 

— Espera, Saky, deixa eu ver se entendi... — falou Hinata, em um quadro menor dando close no seu rosto, era sempre assim as ligações, estávamos juntas, Hinata não trabalhava na mesma coisa que a gente, ela assumiu uma grande empresa depois da morte de seu pai, juntamente com seu primo Neji. Mas nunca foi um motivo para nos separarmos. — Você dormiu com o cara, sem saber quem ele era e quando descobre quem ele é, ele aparece no seu serviço... 

 

— Você está esquecendo de um detalhe Hina... ele é muuuito gato! — cortou Ino.

 

— Fique quieta! — repreendeu Hinata. — ... e ele era o cara que te prendeu e por isso você está correndo dele agora?

 

— Só você para entender mesmo, Hinata! — agradeci, já que a Ino só pensava em o quanto ele era bonito.

 

— Entender...? Eu não estou entendendo é nada...! Você só está correndo dele porque ele te prendeu, mas ele nem sabia que era você! 

 

— Agora vocês estão contra mim?

 

— Não é contra! — defendeu Hinata. — Só não faz sentido, você corre dele sem nem ao menos dar a ele uma oportunidade de ter se defendido sobre ter prendido você, eu não entendo o que passa nessa sua cabeça! — brigou Hinata.

 

— Eu sei! Sei de tudo isso! Mas não consigo dar meu braço a torcer, sou muito...

 

— Orgulhosa! — disse Ino, fazendo uma careta ao dizer a palavra. Fiquei quieta, sabia que elas tinham razão, nem eu sabia o porquê estava brava com o Uchiha.

 

— Agora tenho que ir, tenho que estudar as papeladas para a missão! Hina, me desculpa por Naruto ter se envolvido! Prometo que não vou deixar ninguém chegar perto do “meu noivo”... — falei fazendo aspas com os dedos enquanto me referia ao nosso relacionamento.

 

— Tudo bem! Só cuide dele... — disse Hinata, corando até os fios de cabelo.

 

— Tchau, meninas, nos falamos quando eu voltar! — Nos despedimos todas, e desliguei o notebook que estava em meu colo.

 

Coloquei o Notebook ao lado na cama e me espreguicei, peguei os papéis que já estavam perto e comecei a ler e decorar as informações sobre a minha nova identidade. Após um certo tempo falando os números em voz alta do cpf para decorar, me levantei e fui para o guarda-roupas fazer as malas conforme a personalidade de Lavínia Tompson. Depois de tudo pronto desci para a cozinha, Kakashi estava no sofá dormindo com a TV ligada, fui até ele e joguei um lençol sobre seu corpo e desliguei a TV, voltando meu caminho para a cozinha.

 

Comi qualquer coisa e fui para o quarto dormir, amanhã começava a missão



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...