História The Home: Entre As Paginas do Terror - INTERATIVA - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 59
Palavras 1.683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Mistério, Misticismo, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Slash, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OII!!! aqui é a autora Elleninha Pepekinha
!
Turu pão? ;3

!!! ALERTAS !!!

1. Prestar atenção nos detalhes
2. LER AS NOTAS FINAIS!!!

Boa leitura!!!!

Capítulo 2 - "....Eu Estarei Esperando.... "


... 

... 

 

Josh Parsons | 06:00am | Residência Dos Parsons | 

 

 

-Pew Pew! - Eu "atirei" com minha incrível arma a laser no elefante rosa de pelúcia , que logo em seguida caiu ao chão com o meu chute. 

 

Acho que ririam de mim agora se me vissem rolando pelo chão da cozinha de pijama , mas pra mim , que sou o incrível ninja Parsons isso é necessário para não me acharem. 

 

Eu me rastejei como uma cobra pelo chão até chegar a geladeira e a abrir com um grito : 

 

-AHAA! Uh... - soltei um gemido de cão chorão vendo o pote de gelatina vermelha vazia e com um bilhete escrito : "Estava uma delicia! Assinado : Megan " 

 

E assim tive de tomar um café da manhã sem a minha divina gelatina vermelha... 

 

<|> Algum Tempo depois... <|> 

 

Assim que terminei de comer subi para o meu quarto correndo, onde ganhei um hematoma roxo no joelho ao tropeçar e bate-lo na escada . Fiz minhas higienes diárias, tomei um banho e me vesti para o dia frio lá fora .... o que era estranho sendo que no verão o sol era forte mesmo a essa hora do dia ,  coloquei uma uma camisa branca , vesti jeans azuis, um sapato de cada cor e um casaco com uns pelos que simulavam os de animais que me faziam cocegas! 

 

Desci as escadas e pela segunda vez do dia eu as desci rolando degraus a baixo e caindo de cara no chão no tapete rosa escrito : "Bem-Vindos!" 

 

-Que gentileza da sua parte... - eu disse babando para o tapete. 

 

Me levantei tonto e fui cambaleando até a porta onde dei um beijo de cara na porta . Peguei a chaves que estava no chaveiro perto do interruptor , a destranquei e sai já sentindo um vento frio e úmido no meu rosto que me fez uma careta encolhida. 

 

A tranquei novamente , respirei aquele ar frio que pareceu uma navalha cortando meu pulmões e me pois a andar ..... ou pretendia andar até tropeçar e cair de cara na poça d'água ... 

 

E ali fiquei por um bom tempo envergonhado pensando em quantas pessoa tinha visto o quão atrapalhado sou , ali só curtindo a água fria e cuspindo um pouco de grama.... 

 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

 

Megan Foster | 07:04am | Cinema Popcorn Explosive | Recepção 

 

 

-And I'll never go home again !!!! (place the call, feel it start)!!! -  Eu e Thalya gritávamos dançando e girando feito duas macacas idiotas Buzzcut Season da Lorde. 

 

-Favorite friend!!! (and nothing's wrong when nothing's true)!!! - continuávamos pulando até a música parar e acabar totalmente com o clima da coisa... 

 

-ahhh! Qual é? - Eu disse aborrecida olhando furiosa para as caixas de som que começaram a tocar novamente aquela música calma e careta de elevador. 

 

Thalya começou a rir feito louca pelo o que acabara de acontecer e fico batendo sobre o balcão de vidro. 

-Ei! Não tem graça! Fica ai! - eu disse saindo do balcão e indo até a "sala das maquinas".

 

Ao chegar lá a sala inteirinha estava escura e não ligava quando eu batia feito louca no interruptor o que só pioro o local quando as luzes começaram a piscar e falhar e algumas chegaram a explodir sem motivo. 

 

-Há há há ... que engraçado! - eu debochei do clima e apenas peguei a lanterna , que quando ligada também começara a piscar , me fazendo gritar de raiva enquanto batia nela : Mas que droga!  

 

Depois de umas batidas todas as luzes da sala haviam já se escurecido, e a lanterna voltara ao normal. Eu fiquei um tempo parada apenas olhando a sala cheia de prateleiras com os filmes e caixas, a única luz no local era a do computador velho da idade das trevas que apenas Josh sabia mexer e minha lanterna. 

 

Quando dei o primeiro passo a luz do computador se desligou ... 

 

-Puta merda... Como isso é legal... - Eu murmurei olhando com a lanterna para as prateleiras e as poeiras flutuantes sobre o ar ,  mas o que me chamou atenção foi uma caixa mofada com fungos com um fita escrita escrita : Polly 

 

Eu sentia que conhecia aquele nome de algum lugar , mas não me lembrava , e não tinha certeza ....  

 

-Megan?! - Thalya gritou abrindo a porta com um movimento violento, que me assustou e acabei derrubando a lanterna. 

 

-CARALHO! Você quer me matar? - eu gritei com a mesma que começou a rir de mim , pegou a lanterna e a apontou abaixo de seu queixo perguntando ainda com um sorrisinho – Buuu! 

 

-A energia acabou, e por que você está tão branca? Viu um fantasma? - Eu percebia o quanto aquilo a divertiu e realmente era engraçado mas naquele momento , não era nem um pouco ... quando eu olhei na direção do antigo local da caixa , ela simplesmente havia sumido , eu fiquei confusa e horrorizada pelo o que ocorrera e me aproximei tocando a sombra dos fungos, com as sobrancelhas juntas eu estranhava o sumiço . 

 

-Tinha algo.... - eu me calei pensativa olhando para Thalya que ainda apontava a lanterna para a minha cara que quase queimava meus olhos , não sabia o que realmente teria visto então acabou que uma mentira saiu no lugar da verdade assim que do nada as luzes voltaram ao cinema : - Tinha um rato aqui.... só isso.... 

 

... 

... 

... 

... 

... 

...

<|> Depois de um tempo .... e depois da pipoca ter acabado tbm <|> 

 

-BORA PEDIR PIZZA?! - eu disse com a boca cheia de chantili . 

 

-Bora! Por que não? - Thalya disse sentada encima do balcão mastigando uma bala alacaçuz 

 

Mas antes de qualquer coisa nós duas ouvimos o sino da porta abrindo , eu toda atrapalhada e com a boca cheia de chantili caindo feito bosta no chão , engoli o chantili e apoiei minha cabeça sobre minha mão assobiando , com uma cara de paisagem . 

 

Assim chegou um suricato molhado e depressivo no balcão todo sorridente , Thalya estava por algum motivo dentro do latão de doce de ponta cabeça se debatendo com os pés pra fora . 

 

-Ata é você.... - Eu disse a Josh que se assustou quando eu explodi a bolha de chiclete que agora tinha um gosto estranho por causa do chantili. 

 

-Ah oi Megan! Eu trouxe um amigo para assistir Flopis-Flupis! - ele falou olhando em volta com o sorriso já murchando . 

 

-Uhum claro.... ingresso pra um? - eu disse com os olhos semicerrados olhando fixamente para Josh que girava feito retardado procurando alguém. 

 

-Eu juro que ele estava logo atrás de mim! - disse ele voltando a procurar – Logan!?  

 

Enquanto Josh procurava pelo tal amigo imaginário dele Thalya já havia caído junto ao latão e apareceu no meu lado com o cabelo cheio de alcaçuz.... 

 

Nós duas ficamos apenas a observa Josh que ainda procurava seu amigo invisível.... 

 

-Josh.... que tal você ir com a gente pra festa na piscina pública? - Thalya sugeriu, começando a tirar seu uniforme listrado e ficando apenas com uma camiseta preta, o patrão não aceitava nada além de preto , e era obrigatório usar o colete listrado de preto e vermelho que ele chamava de "uniforme". 

 

-E vai ser legal cara! Vai estar quase toda a escola lá e você pode levar os seus amiguinhos imaginários ...  

 

-Mas ele estava logo atrás de mim .... - Josh continuo a falar ainda confuso e perdido , girando procurando alguém. 

 

 

-Uhum estava... – Eu disse em uníssono juntamente a Thalya que já estava lá fora. 

 

... 

... 

... 

... 

 

Jonathan Moroe | 08:49am | Piscina Publica | Entrada  

 

 

-Ahhh ...por que não abre!? - Eu gritei puxando o portão de grades que permanecia trancado por um cadeado , normalmente colocavam a chave embaixo de uma das pedras abaixo do portão mas não estava lá . Já se fazia alguns minutos que puxava aquele portão inutilmente. 

 

Não tinha como não estar ninguém lá dentro , eu acho , então escalei o muro ao lado e pulei ao outro lado, o que não era muito difícil para o capitão do time de futebol americano.... sem querer me gabar ... é claro. 

 

Comecei a andar pelo local que guardava umas 13 a 16 lojas e 5 piscinas, sim eu sei , o nome é “piscina pública” , antigamente era apenas uma única piscina até decidirem colocarem mais e depois vinheira as lojas e acabou que virou um parque assim que colocaram o tobo-água . 

 

Parei em frente a sala dos funcionários que pela minha surpresa.... estava trancada também, o único lugar aonde se localizava a chave reserva . 

 

-E agora? - eu me perguntei com as mãos nos quadris pensativo , isso até ser surpreendido por alguém com uma máscara de lobisomem que pulou encima de mim que cai no chão sem entender nada. 

 

-Ahhhghar!! - Rugiu o lobisomem que agarrava minhas mãos. 

 

Nesse momento eu tinha fechado os olhos e estava paralisado, aquilo realmente me assustara. 

 

Logo o “lobo” começou a gargalhar por de trás da máscara , assim que o individuo tirou a máscara revelou ser a garota mais linda que já tinha visto na minha vida . 

 

-Oi ruivinho! - Megan disse ainda encima de mim , que já estava a rir também . 

 

-Você me pegou de jeito. - eu falei enquanto ela me ajudava a levantar . 

 

-Você tinha que ter visto a sua cara! Uhhh! - Megan falou debochando - Então .... você veio abrir a piscina? Ou vai ficar meia hora me olhando feito idiota? 

 

Assim que a ouvi percebi que estava com um sorriso bobo e sentia minhas bochechas quentes. 

 

-Ah sim .... mas e a ...  

 

-Chave? - Megan continuou a frase já com as chaves em mãos e as balançando - Toma , eu vou procurar a Thalya  

 

Megan me deu a chave e foi embora correndo .... 

 

.... 

... 

... 

 

Eu ...

Estarei...

Esperando...

Megan...

...

...

...

 

 

 

 


Notas Finais


Oi....

Tá vcs devem estar se preguntando : "CADE O MEU PERSONAGEM????"

Bom esse cap não apareceu seus personagens por que....

ainda tem gente pra fazer ficha e como eu não queria mandar uma alertinha .... então eu desci já começar a trama.... só pra alfineta a bunda de quem ainda não mando as fichas....

JURO!!! que no próximo cap..... seus personagens iram aparecer!!! CALMAA!!! RESPIREM!!!

Perguntinha .... acharam que eu tinha desistido da fic??? NUNCAAAAAAAAAAAAA!!!!

e... que mais?

ata...

Me falem o que acharam eu aceito criticas e terei o maior prazer de responde-las com a maior ignorância e violência do mundo.... :3

E me digam o que acham sobre a festa ..... COMENTEM!!! eu gosto de ler comentários :3

Desculpem qualquer errinho.....

Bom e esse foi o aviso.... to de olho em vcs!!!

<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...