História The Home (Interativa) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ariana Grande, Ashley Benson, Ian Somerhalder, Interativa, Jensen Ackles, Originais
Visualizações 27
Palavras 1.053
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Ficção Científica, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey,
De novo eu aqui
Estou tentando adiantar a história, sabe?
Aqui vai o capítulo
Espero que curtam
Ice Kiss

Capítulo 4 - Two


O Sol não nasceu de manhã, o dia estava pálido e sombrio, pequenos flocos de neve caiam do céu, deixando tudo mais gélido

Os novatos se preparavam para aula, na noite anterior mais um havia chegado, o colega de quarto de Rick, Allen chegará a noite, dizendo que preferia andar nela, sem explicar o motivo pelo qual preferia a mesma.

No jantar da noite anterior os jovens haviam feito uma pequena demonstração de seus poderes, e senhor, foi incrível

No quarto de Megan e Savinna, Megan foi a primeira a acordar, como já era de se esperar, terminou de arrumar suas coisas no lugar, e só então a loira começou abrir os olhos

Quando enfim acordou Savinna falou para Megan

_Sabe de uma coisa? _chamou atenção da morena _Eu gostei de você, mesmo. Mas as vezes parece que não é recíproco, mas tudo bem eu farei você gostar de mim.

Megan olhou para ela um pouco desafiadora, mas isso era um ponto para a garota ela era determinada, e então Megan estendeu a mão

_ Ok, então andaremos juntas hoje, se gostar de você seremos amigas _ disse Megan surpreendendo Savinna, aquilo era mais do que ela falou no dia anterior.

A loira concordou e alguns minutos mais tarde saíram do quarto, juntas. Naquele mesmo momento saiam dos seus quartos July, Mil, Heather, Mel, Sophie e Lou. Savinna foi na direção delas para conversar

_ Oi _ disse Mel se aproximando de Megan_ Eu sou Melanie, achei seu poder incrível ontem, mas… Você não é muito de falar, é?

Megan deu um pequeno sorriso, e balançou a cabeça

_Não é que eu não goste de falar, eu apenas prefiro refletir

Enquanto isso se aproximavam dela Louise e Sophie.

_Isso é bom _ começou a asiática_ Na verdade mais pessoas deviam ser assim, o mundo seria bem melhor

_ Ah, mas até que falar é bom, claro que é sempre bom pensar antes, mas no fundo falar é bom _ disse Lou sua voz escorria sotaque inglês _ E aliás eu sou Lou e ela e Sophi

_É, eu sou Meg _ disse pensando, que há muito tempo não se apresentava assim

Um pouco a frente delas Savinna, Heather, Milo e July conversavam

_Qual seu apelido, Savinna? _ perguntava July _ O meu é Funny-Boom

_ Bem, meus amigos me chamava de Sav, se quiser me chamar assim. O da Milo eu sei que é, Mil, mas e o seu Heather?

_É… _ Heather pensou em inventar um apelido, mas ela nunca foi boa nisso _Na verdade eu não tenho

_Tudo bem inventaremos um pra você ao longo do dia _ disse Mil

* * *

Gabriel acordou antes de Robert, o caucasiano teve uma noite tensa e de pesadelos inquietantes, e acordara completamente suado, por isso o mesmo entrara no banheiro do quarto e tomara uma ducha quente. Quando saiu, parecia renovado e chegou perto do “adorado” colega de quarto, e começou a soltar gases para o acordar

_ Que cheiro de ovo choco é esse?_ questionou Robert ainda meio grogue

O loiro sorriu, e disse:

_O banheiro é todo seu

No quarto de Rick, Allen lentamente abria olhos, o garoto solitário como Rick era denominado, estava sentando na cama enquanto pegava alguns cadernos para levar até as salas de aula, onde começaria a aprender a controlar seus poderes

_ Você não fala muito, não é?_ questionou Allen para Rick

O garoto deu de ombros, e disse a maior frase que tinha dito para o garoto até então

_Se quer conversar vá até as meninas, elas parecem bem simpáticas

* * *

Todos os garotos havia chegado até uma sala, que aparentava ser uma sala de aula, o quadro de caneta ao fundo das salas, as mesas duplas em fileiras, as grandes janelas que davam de cara para i jardim dominado pela neve, e uma mesa grande a frente, provavelmente a do treinador

Os novatos conversavam como se conhecessem a tempos, tirando algumas exceções, todos já tinham feito amizades

O burburinho da sala cessou subitamente quando as portas se abriram. A srta. Longel entrou na sala de aula, sua presença impunha poder. A mulher andava como se estivesse desfilando, um pé na frente do outro, requebrando os quadris. Seus saltos pretos, que ao bater no piso de madeira emitiam um “toc, toc”, estavam em perfeito ajuste ao seu terninho cinza e preto, os cabelos louros soltos, valorizavam seus olhos azuis por trás dos óculos.

_ Queridos alunos!_ começou sra. Longel unindo as mãos _ Meus adorados monstrinhos! Mais uma vez bem-vindos a minha casa, para vocês um colégio interno, por assim dizer. Livros não serão necessários, apenas sua mente e sua sabedoria. Conflitos internos ocorrerão em cada um de vocês, lutas corporais com seus amigos e inimigos farão parte da educação. Fraqueza não é uma opção

“Estudos da sociedade normal, com certeza serão aplicadas, mas no fim o que isso importa, não é mesmo? Como já disse, aqui será basicamente um colégio para vocês, por isso aqui estão os uniformes”

Os alunos deram uma pequena salva de palmas, aquilo tudo era ensaiado demais para ter sido feito especialmente para eles, provavelmente era dito todos os anos para os novos moradores da casa, com um discurso de boas-vindas ao inferno

O queixo de todos caíram quando um senhor, que cuidava da recepção no dia anterior, entrou na sala empurrando uma arara de uniformes escolares, aquelas roupas eram sociais demais para poderosos jovens, como aqueles

Sr. Campbel, como se lia em seu crachá, tirou dois modelitos do mesmo da arara, que fez os jovens ficarem ainda mais frustrados. O traje feminino era uma saia verde escura próxima ao azul listrada, uma camisa social branca, um suéter azul claro, e um blazer preto com uma pequena listra branca. O dos meninos eram quase iguais os das meninas, tirando o fato que a calça era jeans e o blazer branco com listra preta

_ Vejo que o traje impressionou vocês_ disse a mulher batendo palmas_ Agora preciso falar com as senhoritas Better e Vawer e os senhores Honder e Mayer

Megan, Savinna, Gabriel e Robert se levantaram, se entreolharam por um momento, para a seguir, seguirem a senhora Longel para fora daquela sala de aula, cheia de olhares curiosos virados para os garotos, que apenas se questionavam


Notas Finais


Como se pode perceber esse cap também foi uma apresentação
O próximo provavelmente vai ser assim também
As coisas só vão começar pra valer no cap four, ou seja o 6
Espero mesmo que tenham curtido
Bjs, de brigadeiro pra vocês

P.S.:
Uniforme:
https://thoitrangthanhhungidi.com/wp-content/uploads/dong-phuc-hoc-sinh-mua-dong-mau-moi-09.jpg
Sr. Campbel
https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/M/[email protected]_V1_UX214_CR0,0,214,317_AL_.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...