1. Spirit Fanfics >
  2. The honey pussy. (Imagine Jeon Jungkook) >
  3. Sim, ele caiu na tentação.

História The honey pussy. (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus amores :3

HOJE EU NÃO ESQUECI QUE TENHO QUE POSTAR, mas também tô toda atrasada com os capítulos,_,

SABE DE QUEM É A CULPA??? DAS QUENGA DO RPG!! Entrem lá no grupinho pra gente fazer RPG juntas :3 link nas notas finais

Capítulo 7 - Sim, ele caiu na tentação.


Fanfic / Fanfiction The honey pussy. (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 7 - Sim, ele caiu na tentação.



Ainda na terça-feira. 

22:28 da noite. 

Casa do Namjoon. 



P.O.V S/n




O planeta é um lugar realmente pequeno, não acham? A três dias atrás eu conheci um dos homens mais lindos que já vi na vida, transei com ele na certeza de que não íamos nos ver mais, já que ele é casado. Mas aqui estamos nós, um flertando com o outro através do olhar. Taehyung foi embora tem um tempinho, ele precisou resolver umas coisas no hospital onde trabalha, nem sei se voltar pra casa. Yoongi foi embora tem uns minutinhos. 



-Eu acho melhor ir.. Já está tarde. --me levanto do sofá- 


-Quer carona? Também já vou indo. --Jungkook se levantou também- 


-Aceito sua carona. --sorri ladino para ele-- Tchau Namjoon, foi um prazer conhece-lo. 


-O prazer foi meu! Fique a vontade para aparecer aqui a qualquer hora. --sorriu de forma maliciosa. Não vou mentir, Namjoon é uma delicia de homem, mas eu já estou de olho de em outro-- Tchau Jungkookie! 


-Tchau hyung. --acenou para o amigo- 



Segui para fora da casa com Jungkook a minha frente. Até de costas ele era lindo. Seus músculos definidos marcavam na blusa, o que era viciante de ficar olhando, mas ele sem blusa era mil vezes mais lindo de se apreciar. Ele pelado em si. Mordo os lábios ao me lembrar de seu corpo nu diante de mim, me tomando para si com tanta agressividade. Me deixa quente só de lembrar. 



-Onde sua esposa está? --pergunto de forma inocente após entrar em seu carro, um belo carro aliás- 


-Ela foi dormir na casa de uma amiga.. Ela costuma dormir lá quando brigamos. --suspirou dando partida no veículo- 


-Uh, então vocês brigaram mesmo? Espero que não seja por minha culpa. 


-Não. Ela.. Ela não sabe do que fizemos. E espero que continue assim. --apertou o volante- 


-Então você está sozinho em casa hoje? --dei um sorriso discreto- 


-Nem pense nisso! Eu não gosto de traição, me sinto um nojento fazendo isso. 


-O que te faz pensar que eu quero transar com você de novo? Só fiz uma pergunta. --me fiz de inocente- 


-Uhum, entendi. --me olhou brevemente-- O que estava fazendo em Paris se você mora na Alemanha? 


-França é país visinho da Alemanha. Eu fui resolver umas coisas de uma faculdade, quero fazer intercâmbio lá. 


-Parece até que foi programado tudo isso.. 


-Você parece incomodado. --o olho- 


-Eu sou tão transparente assim? --parrou o carro em um sinal vermelho e me olhou de volta- 


-Demais. --sorri-- Minha presença te deixa desconfortável? 


-Não é extremamente sua presença que me incomoda.. 


-O que é então? 


-Sempre que olho a Nari eu me lembro do que fizemos, isso faz eu me sentir péssimo.. --suspirou- 


-Esquece isso. Foi apenas uma vez, e você não vai trair sua esposa de novo. Não é? --sorri de lado-


-Não.. Não vou. 



Apesar dele dizer isso, o mesmo não parava de encarar meus lábios. Tava na cara que ele me queria de novo, assim como eu o queria também, seus olhos transbordando desejo era a prova disso. Me aproximo devagar dele, disposta a levar isso a diante. Diferente do que pensei, Jungkook não se afastou de mim, pelo contrário, ele se aproximou junto. 


Fechei meus olhos automaticamente ao sentir os lábios macios e quentes em contato com os meus, o beijo do Jeon era delicioso. O beijo era lento, cheio de desejo, nossas línguas estavam matando a saudade que nem saibam que sentiam. Suas mãos bobas foram até minha bunda, a apertando com vontade na intenção de me puxar mais para si, mas o cinto de segurança não permitia. 



-Jungkook.. --separo o beijo devagar-- A rua. --sussurro ofegante. Osinal já estava verde, os carro atrás da gente buzinavam enraivecidos esperando que a gente andasse com o carro de uma vez-- Esse não é o caminho da casa do Tae. --afirmo ao perceber que ele tomou um rumo diferente- 



-É o caminho da minha casa. 







Notas Finais


Entrem no link aqui em baixo pra gente conversar, cantar, surtar, fazer RPG, falar de sacanagem ou qualquer outra coisa que der na telha,_,

https://chat.whatsapp.com/HlaHofgVHcDJuKdEbpkllF

E desculpe o cap curtinho 😪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...