História The Hospice - Justin Bieber - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Adolescentes, Amor, Criminal, Drama, Gangster, Justin, Justin Bieber, Romance, Suspense
Visualizações 65
Palavras 2.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Comemorando


POV MELANIE

 

Ainda estava meio em dúvida se deveria descer para a festa, mas Justin ter se importado em trazer algo para mim demonstrava como ele queria minha presença, certo? pelo menos eu acho isso, ou quero achar isso.

Afinal, eu fazia parte de tudo isso.

Até agora não abri a grande caixa que havia na sacola que Justin trouxe. 

Coloquei uma música no volume máximo em meu celular e deixei em cima do balcão do banheiro, finalmente tirando aquele biquíni e entrando no banho quente, fiquei por pouco tempo ali. Sai do banho e coloquei um pijama e liguei o ar condicionado, minha vontade nesse momento era dormir, mas já eram quase 21 horas e eu tinha que começar a me arrumar.

Antes que eu separasse minhas maquiagens para começar a fazer algo na minha cara ouvi batidas na porta e a doce voz de Angel gritando meu nome sem parar. Tive que ir até lá e abri a porta.

-Por que fechou a porta? - perguntou assim que entrou.

-Deve ser porque estou na casa de um desconhecido e qualquer um pode aparecer por aqui.

Me lembrando do ocorrido com o Bieber minutos antes.

-Quer que eu seque seu cabelo? - Angel mudou de assunto entrando e sentando na cama.

-Eu te amaria ainda mais - respondi sentando na cadeira que havia ali em frente ao espelho entregando o secador em suas mãos.

Angel não hesitou e pegou o secador e em poucos minutos ela secou meu cabelo.

-Agora você pode secar o meu? - disse fazendo bico me olhando através do espelho.

-Não era esse o combinado.

-Não tinha combinado Melanie, faz esse favor pra mim vai.

-Ta bom - revirei os olhos com seu drama, eu estava cansada.

Assim que terminei de secar o cabelo de Angel comecei a ouvir tumulto e música alta vindo lá de baixo.

-Você acha que vem muita gente? - Angel falou se levantando.

-Bieber não é básico em tudo que faz, mas ao mesmo tempo ele sabe que tem que manter discrição, espero que ele esteja se cuidando.

-Ninguém vai vir atras dele Melanie.

-Por que você diz isso?

-Fala sério, não haviam tantas provas, achavam que ele era louco, ele ainda estava com processo em andamento,  já devem estar pensando que se matou, sinceramente. Mas por acaso você se importaria de não tê-lo por perto? - ela estava me provocando.

-Obviamente eu não ligo mas deu trabalhoso tira-lo de lá, não queria meu trabalho todo no lixo.

-Você pode falar tudo Melanie, mas você está amando tudo isso, o fato de estar trancada em uma casa com ele.

- Estou aqui pela minha segurança.

-Continue se enganando, porque é quem você mais consegue enganar aqui. 

-E você Angelina, por que está aqui?

-Para transar com Ryan, claro, e minha segurança - Angel me respondeu me imitando me fazendo rir - Ou com quem esta festa me proporcionar, não quero me prender a ninguém sabe - Apenas concordei ainda com um sorriso nos lábios.

-Agora vamos nos maquiar, já sabe sua roupa? - Angel perguntou, sorri tímida.

-Bieber trouxe algo para eu usar mas ainda não vi o que é.

-Ele te trouxe um presente? - Falou animada - Onde está? -  como sempre nada curiosa.

-A caixa em cima da cama.

-ESSA CAIXA GIGANTESCA? - disse pegando na mão.

-CALA BOCA ANGELINA - me devolve aqui.

Angelina riu - Quando pretende abrir?

-Não sei.

-Abre logo.

-TÁ BOM - me disse por vencida - Agora me da aqui.

Angel me entregou a caixa, e eu a coloquei na cama, eu estava nervosa em abri-la, Angel parou ao meu lado ansiosa para que eu abrisse. Puxei o grande laço que se desfez, sendo assim, tirei a tampa e havia um bilhete, peguei e o li somente para mim.

"Eu não sei exatamente seu gosto mas comprei isso baseado no que já te vi usando, e no que gostaria de te ver usando, o que já te vi usando não posso levar tanto em consideração pois a maior parte do nosso tempo juntos foi em um manicômio. Então te deixei duas opções, uma mais elegante e outra mais confortável, sei que vai ficar linda em qualquer uma delas, até mesmo nua, mas isso por enquanto, só em meus pensamentos - Bieber". 

Ele conseguiu que eu abrisse o sorriso mais bobo do mundo em poucas palavras.

-O que está escrito? - Perguntou Angelina - Posso ler? - Afirmei e a entreguei me jogando na cama ainda boba.

-Cacete - disse assim que terminou de ler - Acho que alguém está gostando de alguém, olha pra sua carinha Melanie, por que não admite?

-Você acha que é possível?

-O que? - ficou confusa.

-Se apaixonar em tão pouco tempo?

-De novo com isso Melanie. Amor não está no tempo que isso leva para acontecer Melanie, mas na intensidade que tudo acontece, e os últimos dias foram um turbilhão de sentimentos para você.

-Você tem certeza que está no curso certo? acho que quem deveria fazer psicologia aqui é você - me sentei.

-Por isso sou sua melhor amiga, agora vem aqui e continua vendo o que tem nessa caixa - me puxou e eu levantei novamente.

Embaixo no bilhete havia um papel de seda que tirei rapidamente, tirei a roupa que havia ali e a primeira peça era um vestido de seda preto, aberto nas costas, com um belo decote e bem curto, Justin havia se importado em colocar um shorts para por com ele para que me sentisse confortável, mas isso não era tudo, fora isso ele havia me dado um body preto de renda com um lindo decote nas costas e um shorts preto, um elegante e um confortável. Como ele havia dito. Não podia negar que amei as roupas e o fato dele ter se importado em me dar opções.

-UAU, EU AMEI - Angelina estava toda feliz - já sabe qual vai usar?

-Não mesmo, amei os dois.

-Você quer impressioná-lo?

-Não me importo com o que ele pensa Angelina.

-Novamente isso?

-Sempre - forcei um sorriso.

-Ok - ela riu - agora vamos nos maquiar, vem.

Ficamos ali curtindo nossas músicas tentando ignorar as batidas altas que vinham da sala, acho que já se passava das 23 horas.

Havia feito algo simples, corretivo, delineado, rímel e batom vermelho, Angel não estava muito longe disso também, ela havia apenas feito um esfumado marrom claro.

Prendi meu cabelo em um rabo alto, estava com muito calor. Angel colocou um vestido colado vermelho com um par de all star. 

Eu estava meio em duvida mas optei pelo body com o shorts e um tênis branco.

-Estou pronta - falei enquanto ela retocava algo em sua maquiagem.

-Você está linda, sei que não quer impressioná-lo, mas se quisesse, conseguiria.

-Idiota - ri com ela - E se eu fosse Ryan, com certeza te desejaria essa noite.

-Obrigada, até eu me desejo - As vezes gostaria da auto estima que Angelina demonstra ter.

-Pronta?- perguntei.

-Você que tem que me responder isso - disse pegando em minha mão e me levando em direção a sala.

Já havia pessoas praticamente bêbadas por todo corredor, gente se pegando, alguns apenas sentados. Parei no topo da escada observando tudo, a casa estava lotada, corri meu olhar procurando Justin, o achei em meio a um monte de garotos e duas garotas ao seu lado ao qual seus braços estavam em volta delas, me fazendo engolir em seco, em sua mão ele segurava um copo de Whisky, seus olhos pararam em mim e um sorriso malicioso abriu em seus lábios instantaneamente, apenas virei meu rosto e puxei Angel descendo as escadas de forma confiante, quando cheguei no meio das pessoas Justin ainda me encarava

-Vem, preciso de uma bebida - Continuei puxando Angelina para cozinha, provavelmente as bebidas estavam lá.

-Está com ciumes Melanie? acha que não vi Justin com as garotas? - Apenas revirei os olhos pegando dois copos de vodka entregando um para ela e virando o outro em segundos pegando outro que bebi mais devagar. 

Eu já me sentia meio bêbada após o segundo copo de vodka, eu e Angel rebolávamos no meio das pessoas, ambas meio alteradas. Eu sentia meninos sarrando em mim e eu não me importava, só queria me divertir, eu merecia.

Quando me virei pra ver quem segurava minha cintura, era um garoto, bem bonito por sinal, coloquei meus braços em volta de seu pescoço e continuei dançando, fazia um tempo que não via Justin, mas foi apenas pensar nele que o vi sentado com uma daquelas garotas em seu colo enquanto ela beijava seu pescoço, mas seus olhos, bom, fixados em mim. Não quis dar o gostinho de ficar olhando para ele, então voltei a me concentrar em dançar com o belo menino que fazia questão de mim no momento, não pensei duas vezes e comecei a beijá-lo que me retribuiu imediatamente.

Podia sentir o olhar de Justin queimando em cima de mim mas eu não queria me importar.

Fiquei alguns minutos me agarrando com o desconhecido mas parei para buscar outra bebida, gostaria de manter minha sobriedade o mais longe possível essa noite, virei mais um copo mas dessa vez de cerveja levando outro em minha mão. Voltei para o meio das pessoas e Angel estava ali se agarrando com, era o Ryan? fiquei feliz por ela, em compensação o garoto havia sumido, então apenas fiquei ali dançando sozinha. Inevitavelmente eu olhei para Justin que fazia praticamente um sexo ao vivo, agora com outra garota, claro, não que eu me importasse.

Angel havia me deixado ali sozinha fazia um tempo, não que ela estivesse como minha companhia, pois ela não largou Ryan nem por um segundo. Fiz amizade com algumas garotas que ficávamos gritando e dançando sem parar, acho que eu já havia beijado mais dois garotos e talvez uma daquelas meninas, não sei exatamente, já estava cambaleando de tão bêbada.

Continuava dançando, agora com minhas novas amigas e senti alguém puxando minha cintura, me virei e era Justin, ele me secava com aquele maldito sorriso nos lábios ao qual eu retribui automaticamente.

Me virei novamente e comecei a rebolar, apenas para ele, que agarrava minha cintura com mais intensidade, comecei a sentir seu membro e comecei a provocá-lo ainda mais. Fiquei de frente para ele que não esperou um segundo para agarrar meus lábios intensamente, seu beijo tinha o encaixe perfeito para o meu. Suas mãos apertavam minha cintura, ele colocou uma de suas mãos em meu pescoço dando um pequeno apertão ali que me fez suspirar arqueando o pescoço, eu apertava sua nuca com intensidade e puxava os fios que ali estavam. Com a mão que permaneceu em minha cintura aos poucos desceu para minha bunda me dando um leve apertão ali, Bieber me fazia sentir tudo na maior intensidade possível.

Enquanto beijava Justin comecei a sentir a bebida querendo voltar, estava enjoada, ótima hora Melanie.

Parei o beijo e sai correndo o mais rápido possível em direção ao meu quarto tentando segurar o vômito que estava na minha garganta. Justin veio correndo atras e só parei quando finalmente cheguei no banheiro do meu quarto e pude por tudo para fora enquanto Justin segurava meu cabelo, pois nesse momento já não havia mais rabo de cavalo, e ele insistia em perguntar se estava tudo bem.

-Desculpa por isso? - tentei falar me escorando na privada.

-Por vomitar? - concordei.

Justin riu.

-Estava engraçado você bêbada lá embaixo, sabia que uma hora você ia passar mal.

-E não me impediu? - eu apenas tentava balbuciar as palavras em meio aos meus vômitos.

-Fala sério Melanie, você é super teimosa, não ia adiantar, você se divertiu e eu estou aqui para cuidar de você.

-Péssimo momento para eu começar a passar mal.

-Relaxa baby, não foi a última vez.

-Eu estava tão excitada agora eu estou aqui, com você segurando meu cabelo, por que você é tão gostoso, que saco - Havia parado de vomitar e agora encarava Justin encostada no vaso, as palavras apenas saiam da minha boca, não tinha controle sobre elas.

-Você realmente está muito bêbada, a Melanie que eu conheço nunca falaria isso, mas agradeço os elogios.

-Você quer transar comigo?

-Não quero falar com você bêbada assim.

-Você me deseja? - persisti - fala sério olha pra mim, você me deseja.

-Nunca neguei isso baby.

-Por que sou sua última opção? - perguntei.

-Vem vou te dar um banho - Justin me ignorou me pegando no colo e me sentando na banheira, tirando minha roupa.

-Não queria que fosse assim.

-Assim o que Melanie?

-A primeira vez que você me viesse nua.

-Quero te ver bêbada mais vezes - Justin riu.

Ele me deu um banho tomando cuidado para não passar dos limites, eu não parava de falar idiotices para ele fazendo com que ele risse o tempo todo de mim. Quando terminou o banho ele apenas me ajudou a colocar roupas intimas, me medicou e me deitou na cama.

-Posso te pedir mais uma coisa.

-Depende- disse sentando ao meu lado.

-Deita um pouco comigo.

-Baby, não sei se deveria.

-Por favor - disse fazendo bico.

Justin tirou sua roupa ficando somente de cueca me fazendo encarar seu corpo sem parar.

-Está me deixando excitada novamente - disse sem pensar.

-Talvez essa seja a intenção - Justin piscou.

Puxou o cobertor e deitou do meu lado e eu me encaixei abraçando sua barriga e sua mão permaneceu em minhas costas.

 Estava quase pegando no sono quando ouvi a voz de Justin meio rouca dizendo baixinho:

-Você não é minha última opção, é a melhor dentre elas, por isso tenho medo de estragar tudo - falou passando a mão em meus cabelos.

Ele achava que eu estava dormindo ou que não me lembraria no outro dia.

Ele tirou minhas mãos com cuidado, e saiu do quarto quando colocou suas roupas.

Me virei para o outro lado.

Talvez eu estivesse apaixonada.

Peguei no sono ainda meio bêbada e confusa com meus sentimentos, 

mas talvez nem tanto.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...