1. Spirit Fanfics >
  2. The House 101 >
  3. Piloto

História The House 101 - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Uma fanfic que interage os mistérios de uma familia. Vamos ver se vocês conseguem captar bem o que cada um passa. Beijos e uma boa leitura a todos!

Capítulo 1 - Piloto


Fanfic / Fanfiction The House 101 - Capítulo 1 - Piloto

◁━━━━◈✙◈━━━━▷

1999

Em uma manhã, Olivia sente algumas pontadas em sua barriga e percebe que a hora de Rosé está para chegar.

Heechul: Mãããããeeee! - corre descalço em desespero para o andar de cima, até alcançar a mamãe- Jackson quer me bater com uma vara! -choraminga -.

Jackson: Volta aqui,vamos fazer as pazes, juro que não vai doer! - corro com a vara na mão, com os pés batendo na bunda, de tórax esquelético com jeitinho de magrelo coberto por lama, possuindo os cabelos espetados para o alto, fazendo cara de malvado -.

Olivia: Calma meu filho... só se acalma. - enclino para frente após sentir muita dor e apoiar-se nas vigas da porta encontrando Momo assustada -. Momo querida... vai chamar o papai, mamãe não se sente bem, vai lá.

Jackson chega correndo as pressas com a vara e Olivia o impede rapidamente, o barrando na porta.

Olivia: Jackson! Jackson para! Não machuque seu irmão... - heechul se esconde atrás e nota assustadamente a mãe escorrer sangue pelas pernas -.

Heechul: Mamãe? MAMÃE!! VOCÊ ESTÁ FAZENDO XIXI DE GROSELHA!

Olivia: Jackson... tire heechul daqui! - Assustado, jackson puxa heechul pelo braço e o leva para a sala, descendo as escadas correndo -.

Momo corre até o outro lado da casa procurando seu pai e sem querer esbarra em Soojin que usava o batom escondido de sua mãe.

Soojin: Aiiii, cuidado sua chata! - apoio minha mão esquerda em meu braço direito dolorido pela pancada e noto que o batom de mamãe caiu no chão e se partiu -. Olha o que você fez! Vou contar pra mamãe!

Momo: não foi eu! Foi você! - deixo aquela feiosa de maria chiquinha torta falando sozinha e saio a procura do papai -.

David se encontrava no telefone em seu escritório discutindo com seu parceiro em que fizeste uma aliança de união das duas empresas de marcas famosas,onde por sinal o fundo de emergência tinha sido roubado.

David: Yongguk, não... parceiro resolva isso dai, não tem como eu ir à empresa agora.

Momo: Papai, a mamãe vai ter a neném agora! Vamos papai, Vamos! - ao entrar no escritório, seguro a mão de meu pai e o puxo para fora da sala -.

David: Preciso desligar, minha esposa está em trabalho de parto!

David ao chegar na porta do quarto, encontra Olivia ensanguentada, automáticamente o pega no colo e a carrega até o carro que se encontrava na garagem. Deixando sua esposa no carro, ele volta para buscar as chaves e encontra Jackson no caminho.

David: Jackson, Jackson! Escute-me, preciso que você seje o homem da casa sob minha ausência, cuide de seus irmãos meu filho, cuide deles!

◁━━━━◈✙◈━━━━▷

23 anos depois...

Me desperto do FlashBack com alguém batendo à minha porta, ajeito minha gravata e peço para que entre. Olho rapidamente e se encontrava minha secretária com uma senhorita bem atraente... imagino que seja para a entrevista....

Jackson: sim?

Secretária: Boa noite Sr.Lee, me desculpe o incômodo.

Jackson: entrevista certo? - as observo -.

Secretária: isso mesmo.

Jackson: bom obrigado, você já está liberada mas antes leve estes papéis com você. Quero que você guarde elas e quando eu lhe pedir, você venha me entregar.

Secretária: ok... Amanhã de manhã, certo?

Jackson: isso mesmo... já que hoje cheguei um pouco mais tarde do que eu imaginava, não consegui ler com atenção nem revisar nada.

Secretária: sim, Sr.Lee.

Jackson observa a mesma sair da sala deixando apenas ele e a senhorita sozinhos na sala com um enorme silêncio embutido.

Jackson: pode se sentar...

???: Obrigada.

Jackson: então eu vou dar uma breve olhadinha nos seus papéis e lhe fazer algumas perguntas, apenas isso.

???: ok.

Tento o máximo ler com bastante atenção, folheando a ficha que se encontrava na pasta.

Jackson: hmmm... então, você se chama Megan Fox?

Megan: sim Sr.Lee.

Jackson: me chame de Sr.Jackson Lee ok? - a olho -.

Megan: Ah sim... me desculpe é que como...

Jackson: sei, não precisa terminar. - a interrompo fazendo ela ficar um pouco constrangida - bom você ja trabalhou em alguma empresa ou sabe pelo menos como funciona dentro dela?

Megan: Eu nunca trabalhei mesmo em uma empresa tão grande quanto essa, mas sei sim como funciona....

Jackson: ah sim entendo bom... - sou interrompido com um barulho de porta repentino e peço para que entre; era a minha secretária novamente - O que aconteceu?

Secretária: Desculpe novamente Sr.Lee eu sei que já estou liberada mas me pediram para avisar que estão lhe esperando na sala de reuniões.

Jackson: é muito importante?

Secretária: disseram que sim.

Jackson: ok. Vá e diga que eu já apareço, depois de ver o que eles querem irei embora.

Secretária: ok.

Ela fecha a porta; reparo que Megan estava observando e prestando bastante atenção em minha conversa.

Jackson: me perdoe Srta.Megan Fox ultimamente está muito corrido aqui.

Megan: - sorrio - Sem problemas Sr. Jackson Lee eu sei que trabalhar numa empresa como a sua não deve ser fácil.

Jackson: Bom, então amanhã mesmo você começa a trabalhar aqui. Deixe as suas papeladas comigo para que eu possa ler com atenção amanhã ou em casa mesmo.

Megan: Está bem.

Jackson: espero que ela não tenha partido. - peço que a minha Secretária compareça a minha sala e ela num estante aparece la -.

Secretária: me chamou Sr.Lee?

Jackson: sim.. amanha a Srta.Megan começará a trabalhar aqui e eu queria que você apresentasse a empresa para ela ja que ninguem conhece aqui melhor que você.

Secretária: Sim Sr.Lee.

Jackson: acompanhe-a até a saída.

Secretária: ok, vamos?

Megan: uhum , muito obrigada.

Jackson: de nada.

Após sair do escritório do Sr. Jackson, Megan e a secretária caminham pela empresa.

Megan: ele é sempre bem ocupado assim?

Secretária: como você viu sim.. ele é muito ocupado. - respondo Megan sem obter reações -.

Megan : ah Sim. - sorrio, logo reviro os olhos -.

Depois de ter conversado com o pessoal da empresa, Jackson sai super cansado da sala, se desviando até o escritório para dar uma última olhada.

Jackson: Está bem...- suspiro e me retiro trancando a porta -.

◁━━━━◈✙◈━━━━▷

Seul, 10h48.AM

"Dia 18 de abril de 2022... 23 anos após o falecimento de minha mãe e agora, 1 ano do falecimento de meu pai,é muita coincidência dos dois terem partido deste mundo na mesma data, só que de anos diferentes. Eu não esperava mesmo disso..."

Jiwon: - Ouço a porta bater de meu escritório, vindo acompanhado de um silêncio em seguida.- Pode entrar!

A porta se abre lentamente, e a visão deslumbrante de um Rapaz a entrar na sala, possuindo em mãos um envelope.

Rapaz: Senhorita Lee, eu era o antifo secretário de seu pai David Lee, que me ordenou a lhe entregar o testamento de sua família após a morte do mesmo.

Jiwon: Ah... Bem, pode deixar sobre a mesa e se retirar. Muito obrigada pelos seus serviços.

O jovem assim fez o pedido da grande e famosa Advogada Jiwon, filha do melhor empresário falecido David Lee. Fizeste a reverência e se retirou de seu escritório. Jiwon preocupada com a descoberta, decide esconder o envelope em sua mesa que possuiam gavetas com senhas,escondeu justo na ultima onde ninguém ousaria revirar.

Jiwon: O que irei fazer agora?... será que devo contar ao Jackson primeiro? Ah pai... justo agora... -rondo ao redor das janelas cobertas pelas cortinas com a vista da cidade sob chuva, extremamente preocupada- sinto sua falta pai...

◁━━━━◈✙◈━━━━▷

Las Vegas, 09h07.AM

Heechul tem um ponto fraco, ele sai do País 3 vezes no ano para se encontrar com seu grande romance... q por sinal não foi uma boa escolha pra ele.

O jovem rapaz está nesse rumo a 2 anos e meio e ultimamente seu parceiro não tem gostado muito de suas saideiras com o Cartão Black dele.

Valentino: Hee? Heechul por favor, levanta e pega suas roupas.

Heechul: Hãn?... - bocejo ao ser acordado as 09hrs com um tapinha na bunda -.

Valentino: Preciso sair, minha esposa está no hospital em trabalho de parto,e prometi que estaria ao lado dela... Heechul levanta agora! Saio em uma hora. - retiro o lençol que cobria aquele corpo magrelo e branquinho,para ele sentir o vento frio que vinha da janela aberta da cobertura -.

Heechul: Está frio... você já vai e nem ficou direito comigo... é a segunda vez isso... - me levanto da cama, indo na direção do banheiro para urinar e lavar o rosto -.

Valentino: Já conversamos sobre esse assunto. Sou casado,você sabe. - arrumo a gravata que se encontrava torta em meu pescoço -.

Heechul: já entendi Val. Saio daqui a 5 min. - começo a escovar os dentes após bufar em decepção -.

Valentino: Ok, cumpra com sua palavra e espero que não tenhamos aquela conversa novamente por ter gastado meu dinheiro em Boates masculinas. - visto meu paletó e pego minha mala,me direcionando a porta - Vou mandar a Camareira vir aqui em meia hora, espero que você já tenha se retirado antes disso. - fecho a porta deixando-o só dentro da cobertura -.

Heechul: Claro... sem demoras... - suspiro ao me posicionar na banheira para tomar um banho e em seguida me vestir e sair as pressas para pegar um voo de volta a Coréia -.

FLASHBACK ON

Paris, 2020...

Vizinhos preocupados com o barulho e gritaria que começam a duvidar de ser uma possivel violência doméstica mas... o rapaz não mora ali...

Heechul: VALENTINO POR FAVOR PARA! EU NÃO FIZ NADA! - grito ao visualizar uma cadeira voar em minha direção e começo a falar alto aos prantos para lhe acalmar -.

Valentino: QUEM ERA AQUELE CARA? HÃM? A QUANTO TEMPO VOCÊ ANDA ME TROCANDO? VOCÊ SABE QUEM EU SOU HEE E EU PERCO A PACIÊNCIA FACIL! - jogo taças e outros copos de vidro nele, sapatos e bolsas, quando percebo meu odio pela traição, quebro a besa de vidro e jogo o grande espelho pela janela - SE EU DESCOBRIR QUE VOCÊ ANDAS ME TRAINDO... - respiro fundo antes da ultima palavra e aponto meu cinto no rosto dele - Eu mato você.

Valentino no puro ódio pega suas coisas e bate a porta ao sair, o som foi tão alto que parecia ter quebrado. Enquanto isso Heechul traumatizado, de joelhos com muitas lagrimas a escorrer de seu rosto, se encolhe encostado na parede com muito medo pelo o que fez e mais medo ainda caso fizesse algo fora dos limites de Valentino.

Valentino é chefe da máfia mais poderosa da América, se expandindo pela Espanha, heechul não sabia disso, apenas sabia que ele era casado e que havia o conhecido em uma boate após sem querer ter esbarrado uma bebida em seu blaser naquela época. Heechul a uns dias atrás havia conhecido um rapaz e começou a criar sentimentos, quando Valentino soube, mandou matar o jovem e sumir com o corpo e só depois foi tirar satisfação com o rapaz. Valentino não gosta de ser traido e muito menos enganado; uma enrascada que Heechul se envolveu e que não possui retorno para desfazer o que já havia feito.

FLASHBACK OFF

Heechul sentiu calafrios ao lembrar do passado, do mesmo ano em que havia se comprometido com Valentino e que agora ele se mantém calmo, até porque Hee não quer vê-lo furioso novamente.

Ele embarca no avião e após chegar encontra sua irmã gêmea, Momo, o esperando na porta de saida do aeroporto.

Heechul: Mana... que saudades minha Rainha, ninguém sabe que está aqui sabe?

Momo: - abraça seu irmão como se nunca mais tivesse o visto antes - ninguém me seguiu Hee, não se preocupe. Venha, vamos pra casa, fiz a janta.

Heechul: minha comida preferida, Deusa? - sorri abobado -.

Momo: Sim, a sua preferida hahaha - o ajuda com as malas até o carro -.

◁━━━━◈✙◈━━━━▷

Kwangju - Casa 101- 15:30 PM.

(Antes do aeroporto)

Momo:  Tchau Hyunjin! , Tchau Rosé! Boa aula na faculdade!

Hyunjin e Rosé se despedem ao mesmo tempo fechando a porta e deixando sua irmã sozinha em casa para finalizar a limpeza de remoção do pó.

Momo: hmmm a casa já está limpa; missão cumprida. - fala se despreguiçando e falando alto sozinha - eu acho melhor eu preparar a janta.

A jovem se levanta do sofá com disposição enorme em fazer comida (uma das coisas que ela mais gosta desde quando era pequena); ela vai para o armário de cozinha e pega os ingredientes para fazer o arroz e preparar um frango assado. Decidiu em cima da hora de fazer também um ensopado frio que seu irmão gêmeo amava; temperou e colocou o frango no forno para se dedicar no arroz soltinho que ela mais gosta e no ensopado.

Depois de ter lavado o arroz e ter refogado um pouco, ela começa a por água para que possa cozinhar e de repente tem uma memória de sua infância...

FLASHBACK ON

Todos os 7 filhos estão na sala de jantar sentados, esperando por notícias de seus pais. Taehyung começa a resmungar após sentir a barriga roncar.

Taehyung: eu tenho fome...

Jiwon: eu também!

Heechul: posso brincar com sua boneca Soo? - sorri para enganar a fome que sentia -.

Soojin: Nó! - mostra a língua fazendo cara feia -.

Heechul: podemos assar a Soojin?

Pasmos os irmãos encaram Heechul que automaticamente diz ser uma brincadeira leve.

Todos os irmaos concordam um com os outros em relação a fome e buscam uma forma de se alimentarem, enquanto ouviam o seu irmãozinho mais novo Hyunjin  que tem 1 aninho, começa a chorar no colo de Momo por estar com fome.

Jackson: calma! calma! calma! Nada de bagunça antes do papai e da mamãe chegarem! - se levanta olhando para todos e os irmãos ficam em silêncio - precisamos de comida...

Momo: EU FAÇO O ARROZ! - se levanta do sofá com a mão levantada deixando o seu irmãozinho no colo de seu gêmeo Heechul -.

Jackson não muito confiante vai atras de Momo para ter a certeza do que ela está fazendo, pois seu pai deu lhe a missão de cuidar de seus irmãos.

Jackson: sabe fazer né?

Momo: claro que eu sei! Vi a mamãe fazendo - recolhe os ingredientes do armário ao subir em uma cadeira -.

Momo não sabia o tempo certo de deixar o arroz no fogo, então decidiu esperar 5 minutos ao lado de seus irmão na sala de jantar.

"Depois que papai levou a mamãe para o hospital por causa da minha irmãzinha criei coragem e fiz o meu primeiro arroz! Quando a mamãe chegar vou falar pra ela e ela vai ficar orgulhosa de mim!"

Momo fala sozinha em seu pensamento com um sorriso enorme no rosto... mas esse sorriso some após 10 minutos. E parece que tudo que estava para da certo acabou dando errado

Heechul: que cheiro é esse?

Jackson: CHEIRO DE QUEIMADO!

Momo: O ARROZ!!! - se levanta correndo indo para a cozinha -.

Taehyung: MOMO COLOCOU FOGO NA CASAAAA!!!!

Todos entram no desespero e começam a correr pela casa. Jiwon foi buscar baldes na área de serviço e Soojin ficou com Hyunjin no colo próximo a janela da sala que se encontrava aberta para o pequeno não inalar a fumaça.

Heechul: EU VOU MORREEEER! EU VOU MORREER! TAEHYUNG A GENTE VAI MORREEEEEER!!!! - fala gritando balançando ele e deixando-o completamente tonto -.

Momo: - Ela abre a tampa da panela e assim uma fumaça enorme se espalha pela cozinha atraindo atenção de vizinhos pela quantidade de fumaça - O QUE EU FAÇO?!

Jackson: VOCE NUM DISSE QUE SABIA FAZER COMIDA MOMO!!! - grita com ela no desespero -.

Momo: MAS EU TINHA CERTEZA QUE SABIA!!!

Jackson: O PAPAI VAI ME MATAAR!!! - fala tirando a Momo da cozinha - PAREM DE CORRER, EU VOU DAR UM JEITO!

Jackson pega o ventilador do quarto do bebê, entra novamente na cozinha abrindo as janelas  e ligando o ventilador para que a fumaça saia da cozinha; ele desliga o fogo assim que esfria e olha para a panela onde o arroz estava amarelado e a panela toda queimada por dentro. Ele pega a panela põe dentro da pia ligando a torneira, deixando a água encher. Todos se reúnem na sala preocupados com os mais velhos e Momo decepcionada com o que aconteceu,observa seu irmão fazer tudo sozinho. Assim que tudo ja estava resolvido os dois voltam para a sala se sentando no sofá decepcionados sem ter o que comer.

Soojin: papai e mamãe não estão aqui e agora estamos com fome e com a casa com cheiro de queimado! - Cruza os braços sentindo raiva com o resultado de Momo -.

Momo: pega o perfume do papai e taca na casa pra melhorar ué.

Jackson: vou pedir pizza, pelo menos papai deixou dinheiro... - vou até o telefone e com o livrinho telefônico procuro o número da pizzaria e faço o pedido -.

FLASHBACK OFF

Momo se desperta do FlashBack sorrindo e ao notar que a água transborda da panela, ela pega uma vasilha para tirar um pouco da água que estava no arroz e termina de preparar; fechando a panela e se sentando na mesa de jantar enquanto mexia em seu celular recebendo uma mensagem de seu irmão gêmeo.

◁━━━━◈✙◈━━━━▷

📲 venha me buscar no aeroporto minha rainha, estarei esperando por você lá 😉❤(17h55).

◁━━━━◈✙◈━━━━▷

Momo da uma resposta e rapidamente corre para fazer o ensopado e trocar de roupa assim que finaliza o preparo da janta. Ela pega as chaves e corre para o carro assim que vê as horas. Depois de chegar no aeroporto e se encontrar com seu irmão, Momo pega as malas e as põe no carro.

Momo: Vamos? - bate a porta do porta-malas e se direciona para o banco do motorista -.

Heechul: Claro minha Deu... o quê você está fazendo aqui? Como me achou? - me assusto ao reconhecer um belo rosto másculo de quem eu havia conhecido na boate há 2 anos atrás -.

Momo: Quem é?

???: Sou... um amigo.

Heechul: É... um amigo.

CONTINUA...

◁━━━━◈✙◈━━━━▷


Notas Finais


Quem será esse amigo de Heechul? Coitado por tudo o que passou no passado. E essas lembranças de Momo,não era para ser um trauma? hahahah. Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...