1. Spirit Fanfics >
  2. Baby's house >
  3. One

História Baby's house - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Então gente, essa fic tava abandona e eu pensei em mudar algumas coisas, espero que gostem.

Capítulo 1 - One


Acordo com o sol invadindo meu quarto, o dia estava lindo e não muito quente, isso me agrada muito.

- Hoje o dia vai ser perfeito. - pensei comigo mesma.

Levantei da cama e fui pegar roupas para tomar banho.

Depois de pronta desci até a cozinha onde eu e Nabi sempre tomávamos café.

- vai a algum lugar? - Nabi pergunta pegando a xícara de chá e lavando a boca.

- vou até a livraria que tem na esquina. - respondo já comendo.

- não demore, teremos visita então peço que esteja apresentável. - ela se levanta e sai da cozinha.

Nabi é minha madrasta, minha mãe morreu no parto, quando eu fiz 15 anos meu pai pediu Nabi em casamento falando que era uma forma de recomeçar só que um ano depois meu pai faleceu deixando várias dúvidas que ninguém sabia da existência, desde então Nabi toma conta da metade da empresa que ele tinha.

Apesar da aparência de jovem ela tinha mais de 45 anos, coisa que chocou muito quando eu descobri.

Me levantei e fui para a livraria.

A livraria é um lugar que eu gosto de ir para passar o tempo, ler e conversar com a SR. Choi, uma velhinha que é a dona e viúva. Depois que seu marido faleceu ela se sente muito sozinha então vou lá sempre fazer companhia a ela e conversar, nos dias muito quente costumamos até a ir a praia dar uma caminhada.

Abri a porta e ouvi o sino tocando, Choi veio logo me abraçar e me beijar.

- Como você está? Tem se alimentado direitinho? Lembre que homem não gosta de mulher muito magra em.

Acho que pelo fato dela não ter filhos ela acaba me vendo como uma.

- Tô sim senhora, e como estão as coisas? Não pude vir ontem pois estava resolvendo uns assuntos pra entrar pra faculdade. - respondi me sentando a sua frente.

- Não vai precisar se preocupar com isso nem tão cedo.

Passamos a manhã conversando e lendo alguns romances pequenos que tinham ali, ela também me contou histórias incríveis de seu casamento e viagens.

- Sabe, a minha vida foi tão simples mas sou muito grata por tudo que aconteceu, ganhei um esposo maravilhoso e mesmo não tendo filhos me sinto completa, afinal não tive filhos meus mas ganhei uma da vida. - ela sorriu depois que terminou de falar. - não vai se atrasar? - olhei para o celular e já passavam as 13 horas, Nabi ia me matar.

- Até amanhã senhora Choi. - abracei ela e ela falou em meu ouvido.

- amanhã você não vai poder vir me ver, mas em breve sei que poderá vir.

Essa bendita frase ficou me perseguindo o caminho todo, pena que não tive tempo de perguntar o por quê.

Depois de correr uma maratona finalmente cheguei a porta de casa. Quando entrei em casa me separei com Nabi sentava no sofá com um homem, ele tinha cabelos castanhos claros, parecia ser bem mais jovem que Nabi.

- Desculpe o atraso, não vai mais acontecer. - me curvei.

- não vai mesmo. - Nabi fala me encarando.

Na mesinha de centro tinha uma bandeja com chá e perto da mesinha minhas malas.

- Vamos a algum lugar? - perguntei curiosa procurando suas malas pela sala.

- Você vai. - ela respondeu se levantando.


Notas Finais


Então gente, amanhã mesmo sai o segundo capítulo então espero que gostem. #Quarentena. Aproveitem a quarentena para ler e dedicar um tempo a vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...