1. Spirit Fanfics >
  2. The Intended - Kim Taehyung >
  3. Capítulo XIV

História The Intended - Kim Taehyung - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!
Desculpem não atualizar esses dias, tive cólica quando ia começar a escrever e acabei perdendo o foco, mas agora está tudo bem!
Boa leitura!

Capítulo 15 - Capítulo XIV


Fanfic / Fanfiction The Intended - Kim Taehyung - Capítulo 15 - Capítulo XIV



Chegamos na casa de S/n e logo encontramos sua mãe nos esperando, ela entra no carro e fomos para o cartório marcar o casamento. Nós resolvemos que quanto antes, melhor, então marcamos para daqui duas semanas, eu as deixei em uma loja de noivas e fui para uma loja de roupas masculinas para comprar meu terno.

— No que posso ajudá-lo? – pergunta a moça me fazendo acordar para a vida.

— Eu estou à procura de um terno... poderia me ajudar? Não sou muito bom para essas coisas... – digo e ela sorri assentindo.

Ela pegou alguns ternos pretos, brancos, cinzas, smokings, mas nenhum me chamou a atenção, queria algo que impressionasse minha mulher.

— Temos um terno preto que tem uns glitters quase imperceptíveis, vou trazer para o senhor. – Ela se ausentou brevemente e trouxe o terno.


O terno é realmente lindo, bem preto e quando bate luz, os glitters parecem fazer com que o preto se destaque, é definitivamente o que eu vou levar. Saio do provador ja usando outra roupa e vou até a vendedora, ela separa tudo e logo eu pago e vou para a loja onde minha noiva está e fico na ala de espera.

— Olá! – diz uma mulher se sentando ao meu lado e me olhando com um sorriso — Vejo que está sozinho... Vai ser padrinho de algum casamento? – Ela pergunta mordendo o lábio inferior.

— Na verdade não, eu... – Ela me interrompe antes de eu falar sobre ser o noivo.

— Oh sim, deve ser o irmão da noiva... acho muito lindo de sua parte acompanhá-la em uma escolha tão importante assim! – diz e eu rio fraco.

— Você não intendeu... Eu sou o noivo, vim com minha noiva e minha sogra para adiantarmos os preparativos do casamento, agora eu vim buscá-las para irmos provar o bolo. – Digo, e vejo o sorriso da mulher murchar.

— Ah sim... Poxa, e eu pensando que teria chance..., mas se bem que até a hora do casamento eu posso te fazer mudar de ideia, afinal você não se casou ainda. – Sorri safada e eu reviro os olhos.

— Definitivamente não, você não tem chances comigo. Você não chega aos pés da minha menina, ela é incrível e não tem palavras pra dizer o quanto eu a amo. Então não pense nisso. – Digo e ela faz uma cara irritada.

— É verdade Oppa? – pergunta alguém atrás de mim e me viro vendo minha noiva e sua mãe sorrindo.

— Você sabe que sim, meu amor... – Me levanto e ela me abraça forte pela cintura — Já terminaram? Podemos ir? – pergunto e S/n concorda com a cabeça ainda abraçada a mim, mas dessa vez menos forte e olhando meu rosto, acaricio sua bochecha e dou um beijinho em sua testa.


Saímos da loja de roupas e fomos para o restaurante que iriamos encomendar as comidas e os doces para o casamento e para o jantar de hoje. O local era bem conhecido por mim, afinal é o restaurante de meu primo, Seokjin. Adentramos o local e logo fomos atendidos pelo mais velho.

— Priminho! Que surpresa boa! – diz sorridente e eu o abraço — Faz tempo que você não vem me ver! estava me evitando, pirralho!? – diz fingindo irritação e eu rio.

— Você está me fazendo passar vergonha na frente da minha noiva e da minha sogra! – digo e ele para de sorrir e me olha com raiva.

— Você tá noivo!? Como assim você some e quando aparece está noivo!? – começa a me estapear.

— Hyung! Você é um dos primeiros a saber, e o primeiro a conhecê-la! – digo e ele para de me bater.

— Sério? – eu assinto e ele me abraça — Que orgulho! Meu priminho vai se casar!

— Hyung, será que agora eu posso as apresentar para você? – pergunto e ele me larga, recompondo a pose de Chefe de cozinha sério — Jin, essas são Jung S/n minha noiva e Jung Minhwa minha sogra. Esse é Kim Seokjin, meu primo e dono da rede de restaurantes Eat Jin.

— Muito prazer em conhecê-las, devo admitir que meu primo tem muito bom gosto, a senhorita é adorável, me atrevo a dizer que puxou a mãe! – diz com um sorriso aberto.


Logo contamos a ele o motivo da vinda e ele logo se prontificou em nos mostrar todos os bolos de prova prontos, ele nos mostrou as fotos para os estilos que queremos o bolo e logo escolhamos. Conversamos e demos risadas das piadas que ele nos contava, tornando assim nosso almoço agradável.

— Meu anjo, ficou quieta de repente. O que houve? – pergunto e ela me olha com vergonha e pede pra eu me aproximar.

— É que eu acho que estou com desejo... – diz e eu a olho confuso, mas então lembro da gravidez, vejo ela olhando para um cartaz atrás do Jin e logo me pronuncio.

— Jin, o que é aquela comida ali atrás? – pergunto e S/n me olha assustada.

— Strogonoff de frango... Você quer que eu traga para você experimentar? – pergunta.

— Sim, mas não é pra mim, S/n que ficou com vontade. – Digo e ela começa a negar.

— Não precisa Tae! – diz e eu nego.

— Claro que precisa! Já pensou nosso filho nascendo com cara disso? – Brinco, mas logo me lembro que o Jin ainda estava aqui. Me fodi.


Ele me olha com uma cara fechada de como quem vai comer meu fígado e meu rim fritos no café da manhã, fecha os olhos, respira fundo e levanta da mesa, volta a me olhar com menos raiva, mas eu sei que ele tá querendo me matar.

— Acho que depois temos que conversar, não é mesmo Kim? – Porra, ele só me chama assim quando está com muita raiva — Espere só um pouco meu anjo, logo eu trago o Strogonoff. – diz para a S/n e sai para a cozinha.



Point of View Jung S/n



Depois de irmos ao restaurante, Taehyung nos deixou em casa, pegou sua moto e foi se arrumar para o jantar. Subi para meu quarto e tomei meu banho, visto um vestido vinho de veludo que vai até o joelho, ponho uma meia calça preta e um sapato de salto não muito alto também preto, arrumo meu cabelo, deixando as pontas enroladas e faço uma maquiagem leve.

Desço as escadas e vejo que meus parentes já estavam presentes, logo vejo meus tios e minha prima Dawon.

— Minha sobrinha! Quanto tempo! – diz minha tia vindo me abraçar acompanhada de minha prima.

— Sim! Vocês estão lindas! – diz e logo nos separamos.

— Hoseok chegou, vamos falar com ele. – diz e eu nego imediatamente.

— Oh, não minha tia, eu estou esperando o convidado especial chegar, então acho melhor ficar por aqui. – Digo e ela parece se contentar com a desculpa.


Não se passa muito tempo e ouço a campainha tocar e rapidamente vou até lá e me animo ao ver meu noivo com flores nas mãos. Ele vestia um sobretudo preto e por baixo um suéter vinho de gola alta, uma calça social preta e um sapato. Taehyung sorri e eu peço para ele entrar, seus pais me cumprimentam com um abraço e me dizem o quão felizes estão por finalmente me conhecer.

— Jagi, acha que eles irão gostar de mim? – pergunta ao ver o tanto de gente na casa.

— Claro que sim! É impossível não gostar, você é adorável! – digo e ele me puxa para um beijo, no inicio eu levo um susto, mas quase que imediatamente eu retribuo.


Nos separamos e sorrimos um para o outro, o jantar foi servido e todos nos juntamos na grande mesa. Minha mãe e a senhora Kim colocava o papo em dia enquanto o resto papeava entre si, Taehyung e eu apenas trocávamos olhares e caricias simples, por ele estar do meu lado. Sentia o peso do olhar de Hoseok sobre nós, mas não liguei e continuei comendo e flertando com meu noivo. Terminamos de jantar e antes que nos levantássemos para sairmos, Taehyung se pronuncia.

— Aproveitando que estamos todos reunidos, eu gostaria de fazer uma coisa. – ele pega em minha mão, fazendo eu me levantar e se ajoelha em minha frente — Não sou bom com palavras, então vou ser direto. – Abre uma caixinha que tirou do bolso — Jung S/n, você quer casar comigo?


Continua...



Notas Finais


Espero que tenham gostado!

Beijos! @KimJieun 💜💜💜💜💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...