História The Kid ( SasuSaku ) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Karin, Kizashi Haruno, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju
Tags Naruto, Romance, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Sasusaku
Visualizações 184
Palavras 1.389
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem qualquer erro ortográfico, ou outra coisa qualquer.

Espero que gostem!

BOA LEITURA!❤📖

Capítulo 20 - O Último aviso e a Festa


Fanfic / Fanfiction The Kid ( SasuSaku ) - Capítulo 20 - O Último aviso e a Festa

                              Sakura On

Acordo com o barulho de notificação do meu celular. Tsc... Parece que sou notícia agora.

Levanto-me e vou fazer a minha higiene matinal. Olho-me ao espelho e vejo um chupão no meu pescoço, numa área bem visível.

- Idiota... Sabias o teu pai é um moreno idiota... - falo enquanto acaricio a minha barriga

Abro a porta e vejo o meu deus grego moreno abraçado a uma almofada e a beijá-la.

- Sasuke-kun? Por quanto tempo vais beijar a almofada?! - acorda e encara a mesma

- Eh? A almofada... Não és tu... - fala confuso. Ele pensava que estava a beijar-me?

Rio e saio do quarto. Vou para cozinha e preparo leite com cereais para todos. Menina tu não sabe, mas eu virei uma preguiçosa, que nossa senhora. De caminho nem saio da cama. O que eu não duvido muito.

- Oh gente! Vamos comer! - grito da cozinha e ouço os passos apressados dos morenos

- B-bom dia mamãe! - fala o menino ofegante

- Bom dia. Já estás vestido? - pergunto surpresa

- Sim. O papai decidiu-me levar para a vovó paterna, depois do pequeno almoço.

- Decides as coisas e nem me avisas?! - falo como se estivesse puta

- Sim, amor desculpa. - fala e logo de seguida dá um longo suspiro

Comemos em silêncio. Odeio esses hormónios de grávida, que me deixam bastante alterada, especificando estou puta da vida e nem sei porquê.

- Bem, eu vou levar o Taro. - fala o moreno mais velho, coçando a parte da trás da sua cabeça

- Tenham cuidado na estrada. E Taro comporta-te bem. - falo dando um beijo na testa do mais novo

E logo de seguida recebo um selinho gostoso. Sorrio.

Vejo os dois a sairem pela porta fora. Faz algum tempo, que eu não fico sozinha, a pensar no que ei de fazer.

Ouço a campainha a tocar. Lembrei-me que o Sasuke podia ter esquecido de algo.

- Sakura? - Sasori?

Agora é que eu não vou abrir nem morta.

- Eu sei que estás aí. - tampo a minha boca com as duas mãos - Eu voltarei, mas não te esqueças, eu não toco em ti mas toco no teu filho mais velho. - a raiva nesse momento consome-me

- Tenta toca nele, que eu faço com que nunca mais andes! - falo do outro lado da porta e sinto o ruivo recuar

- Sakura. T-tu não eras assim? Será que a riqueza subiu-te á cabeça?... Vem para o meu lado. - fala "preocupadíssimo" comigo

- Pensas que eu sou burra? Tu só me queres para puderes dizer...  Que me namoras e que conquistas-te o meu coração. Não passas de um hipócrita estúpido. - suspiro - Mas vou dar-te o último aviso, não toques na minha família, ou se não vai haver bastantes consequências, meu querido amigo ruivo.

Entro para dentro de casa, ignorando totalmente a voz do ruivo. A raiva que eu sentia, se eu não estivesse grávida...  Já teria dado cabo dele. 

Ele pensa que pode ameaçar o meu filho assim, sem haver quais queres consequências. Eu acabo com a raça dele! Filho de uma... Caralho, estou bastante estressada. Já sei vamos assistir a cães fofos... Ou BTS (Bangtan Boys), dá a mesma coisa. (Autora: Sakura já disse que te amo? Não... Então fica aí a mensagem. E meu bias é... É o Kookie. )

Autora dá licença que a história é minha e do Sasuke. Para de interromper. Tá parei... O meu é o Tae... Como eu amo aquela branca de neve... Sem esquecendo que eu também gosto do Justin Bieber, fica aí a dica.

Acordo dos meu pensamentos, com o som da porta a abrir-se. Viro-me automaticamente, vendo a figura do moreno a entrar pela casa dentro.

- Amor sabes quem veio tocar á nossa campainha? - falo na brincadeira

- Diz-me que não foi o demónio ruivo... - aceno positivamente - Vou atirar-me de um ponte. Aquele caralho não se cansa? 

- Parece que não. - falo, mas desta vez séria - Mas desta vez ele, ultrapassou os limites. Juro que se não estivesse grávida, acabava com ele, mesmo em frente á nossa casa. - falo agora completamente cheia de raiva

- O que ele fez desta vez? - fala agora um pouco preocupado pelo que está prestes a ouvir

- Ele começou a ameaçar o nosso filho mais velho. Dizendo que não me machucaria, mas sim a ele. - começo a mecher nos meus cabelos longos, pela raiva e nervosismo

- Aquele filho da puta! - grita e serra os punhos e eu balanço a cabeça negativamente

- E claro que eu não fiquei calada, avisei que se ele tentasse tocar no nosso filho, passaria a não poder andar. Enquanto eu tiver o poder que tenho. Vou proteger a minha família até ao fim. - vejo o moreno a suspirar

- Sakura... Eu vou proteger-te. Mas aquele merda vai ter que... Ai que raiva. Se fosse eu, acabaria com ele nesta mesma rua. E depois ele que fosse ameaçar o diabo. - fala puto da vida

- Acho que ele ficou mesmo assustado. Deixa para lá. Agora passou. Mas vai ficar gravado na minha cabeça o que ele falou. 

... Já na festa 

Eu estou com um vestido solto vermelho, um salto alto não muito alto. E um par de brincos redondos amarelos, ou seja, são de ouro. 

Já o meu amor, está com uma camisa e calças pretas, mais um colete azul escuro que combina com a cor do seu cabelo. E assim os seus olhos destacam-se muito mais.

As filhas da mãe, deram em cima dele mesmo eu estando aqui.

- Boa noite, Sr. Uchiha e Sr. Haruno. - fala um homem velhote. 

- Boa noite, Sr. Smith. - fala Sasuke

- Boa noite. - falo uma frase simples

- Nunca esperei que vocês fossem ficar juntos. Acho que toda a gente foi pega de surpresa. Digamos uma surpresa bastante agradável.

- Muito obrigado. Acho que até nós fomos pegos de surpresa, quando soubemos que eu estava grávida. - sorrio para o mais velho ali presente, sentindo a mão do Sasuke á volta da minha cintura

- As minhas felicidades. Eu realmente vejo um amor puro aqui. Pena que eu não tive oportunidade de conhecer o vosso pequeno. - fala com uma expressão triste

- Haverá mais alturas certamente. - falo educadamente, aumentando as expectativas do homem

- Com certeza. Bem, tenham um resto de um bom dia. - sorri e eu retribuo

- Obrigado e igualmente. - fala Sasuke desta vez, olhando para mim carinhosamente

Pego um sumo natural de laranha para beber e o Sasuke faz o mesmo. Pois ele iria conduzir, então beber algo alcoólico seria um perigo.

- Sakura. Tu achas que todas as pessoas vão-nos aceitar? - pergunta o moreno, segurando a minha mão direita

- Nem toda a gente vai aceitar, isso é óbvio. Mas o que interessa é que essas pessoas não nos façam mal a nós, nem aos nossos filhos e nem á nossa família. Se não viro a fera. - sorrio tranquilamente

- Realmente só tu para teres uma visão tão positiva das situações. - acena para uma pessoa

- Sakura? - ouço uma voz que reconheço logo de seguida

- Itachi, boa noite. - falo cumprimentando o moreno de cabelo comprido

- Boa noite, faz algum tempo que não nos vemos, não é mesmo? - aproxima-se de mim e o Sasuke fecha a cara

- É mesmo, agora afasta-te da minha mulher. - coro instantaneamente com a frase do Sasuke

- Olha, tás a ver, deixaste-a vermelha que nem um tomate! - ri-se e eu faço beicinho

- Eu gosto de tomates, por isso.  - fala o Sasuke. (Autora: Ai tu gostas de tomates? 😏 Parei! ) 

- Se tu falares assim tão de repente, e-eu não sei como reagir. - falo sentindo o meu rosto a queimar

- É verdade. Eu não cheguei a saber de quantos meses estás. - fala Itachi

- Bem, estou com três meses. Para a próxima conculta, já devo saber o género do bebé. - sorrio ao pensar

- Espero que seja menina. - fala animado

- Porquê? - pergunta Sasuke desconfiado

- Quero ver o nosso pai, a brincar com ela, seria muito engraçado. - ri e olho o Sasuke surpreso

- Impossível... Ele nunca nos tratou assim.

- Parece que o mundo dá voltas. - falo e os dois morenos olham para mim

Bem eu não disse isto só a pensar no bebé que tenho agora. E sim no que aconteceu na minha vida inteira. Provavelmente aquilo que deu errado antes. Vai dar certo agora.


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...