História The Killer - Jeon Jungkook( BTS) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, GD & TOP, HyunA, SHINee
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 71
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem pelos os erros ortográficos.

Capítulo 4 - Sua hora vai chegar


( SN On)

(Um mês depois )

Já faz um mês que estou morando com os meninos nesta casa, todos eles vem me demostrando serem um amor de pessoa, menos Jungkook que sempre está me ameaçando dizendo " sua hora vai chegar boneca fica esperta ".

Os meninos estão me ensinado o básico para eu saber me defender de pessoa a tipo Jungkook da vida, ao longo dessa convivência pude ver que todo tem seu lado psicopata mas que não matam mais ninguém pelo menos é o que eles dizem.

Estava sentada em baixo de uma árvore, quando Jungkook vem encher minha paciência que não tenho.

Sn: O que quer aqui? - vejo o livro -

Jk: Apenas passeando não posso?

Sn: Por que não passeia longe de mim?

Jk: Você sempre responde uma pergunta com outro pergunta?

Sn: Vejo que eu não sou a única não é mesmo?

Ele apenas me olha e abaixa sua cabeça dando um pequeno sorriso sincero.

Sn: Deveria sorrir mais vezes 

Jk: Mas eu sorriu 

Sn: Digo esse sorriso sincero e bonito que você acabou de dar não aquele psicopata 

Jk: Não viaja garota eu ainda vou....

Sn: Me matar - me levanto - eu já to ligada nisso - caminho em direção a mansão - 

Jm: O que você e o Jungkook tanto falavam um com o outro?

Sn: Nada de mais ChimChim - dou um sorriso e beijo sua bochecha antes de subir as escadas -

Vou ao meu quarto e guardo o livro na estante, dou uma arrumada no quarto e desço para a cozinha onde Jin oppa estava cozinhando.

Sn: O que está fazendo de gostoso oppa?

Jin: Bolinho de arroz e sushi quer ajudar? - acendo que sim - então leve suas mãos e coloque aquele avental 

Sn: Okay - dou um sorriso - 

Assim que faço o que eles pediu ficamos cozinhando, conversando sobre assuntos aleatórios e ficamos rindo muito, em uma hora ele fica em minha frente e fica encarando minha boca quando ele estava se aproximando escutamos uma tosse forçada.

Jin: O cilício já saiu do seu olho ?

Sn: Ah...sim, obrigada

Jin: Ah oi Jungkook, estamos cozinhando quer ajudar?

Jk: Não 

Sn: então não atrapalha - digo baixo -

Jk: O que disse?

Sn:Será que tem que por água - forcei um sorriso - 

Jk: Sei - me olhou desconfiado e foi para a sala- 

Jin: Por pouco 

Sn: Sim - demos risadas e voltamos a cozinhar -

Assim que terminamos pegamos a bandeja cheia de bolinho de arroz e sushi e levamos para a sala.

Sn: Crianças veem comer 

Após ouvir todos reclamarem por chamarem eles de crianças comemos assistindo Força cintilantes, sim eu sei que é desenho mas é a vida .

Pela primeira vez pude ver Jungkook normal se divertindo e rindo com os meninos, quando ele sorriso meu coração dava umas leves apertadas.

Ficamos deitados na sala um sobre o outro até que todos acabam dormindo, acordo com a sensação de estar sendo observada.

Sn: O que está me olhando? 

Jk: Apenas gosto de observar minhas presas 

Sn: Entendi é só por isso?

Jk: Sim

Sn: Beleza - tento me levantar mais as pernas do Taehyung estavam sobre meu corpo - o bichinho pesado

Jk: O que seria você sem mim em - me ajuda a levantar e acabamos ficando rosto a rosto -

Eu podia sentir sua respiração um pouco ofegante um pouco acima do meu nariz.

Sn: Bom vou beber água - saiu de perto dele que nem Flash -

Após beber quase 4 copos de água me assustou com Jungkook me virando e me jogando brutalmente contra o balcão.

Sn: Vai me matar agora?

Jk: Não, pelo menos agora não, mas nesse momento vou fazer apenas isso - segura meu queixo e sela nossos lábios -

Tentei me soltar mas acabo me entregando ao beijo, que de início foi calmo mais logo foi esquentando assim que eu ia ver onde esse beijo ia levar o empurro.

Sn: Eu não te entendo se vai me matar por que me beijou?

Jk: Eu não sei 

Sn: Aish - subo ao quarto, tranco a porta e me jogo na cama - Sn sua tonta não se apaixona pelo teu assassino Okay, está ouvindo coração aishhhhhh

Fico pensando em vários modos de não me apaixonar pelo meu suposto assassino até que acabo pegando no sono.

(Jungkook On)

Jk: Aigo o que deu em você, vai mesmo gostar de uma garota como a Sn ela não passa de uma presa fácil - digo para mim mesmo -

Jm: Falando sozinho? - entramos na cozinha -

Jk: Por que não posso mais?

Jm: Sim, claro que pode, viu a Sn?

Jk: Deve estar o no quarto dela 

Jm: Valeu - subiu as escadas - 

Jk: ACORDA SEUS FILHOS DE UMA BOA OMMA - chego gritando na sala - vão dormir na cama de vocês, não to afim de ouvir vocês reclamando de dor nas costas.

Todos subiram as escadas que nem zumbis em fileira e resmungando.

Jk: Também amo vocês seus resmungoes, Yoongi esse ai é o meu quarto

Escovos meus dentes e me deito na cama e acabo pensando no beijo que dei na Sn, e com os meus pensamentos nela acabo dormindo rápido.

(SN On)

Acordo com alguém batendo que nem louco na porta do quarto.

Sn: Aishhh - abro a porta - tinha que ser você, o que quer comigo? 

Jk: O Jin mandou avisar que vamos sair

Sn: Para onde?

Jk: Apenas se arruma - saiu - 

Sn: Aigo eu mereço 

Faço minhas higienes me trocando logo em seguida, desço para a garagem e vou em direção ao carro.

Sn: Na onde eu vou sentar?

Jin: Sinto muito, vai ter que sentar no colo de alguém 

Sn: Eu não vou sentar em colo de ninguém não 

Jk: Então fica ai

Jin: Jungkook 

Jungkook apenas revira seus olhos 

Jin: Senta na colo do Jungkook 

Sn:Mas....

Jin: Mas nada, anda logo não temos todo o tempo do mundo 

Bufo em resposta, me sento nos joelhos do Jungkook mas o mesmo me puxa forte pela cintura me fazendo bater minha costa em seu peitoral.

Para "ajudar" a situação Jin resolvi ir pelo caminho mais rápido que contém vários buracos.

Sn: Jungkook - sussuro já que todos estavam dormindo menos o Jin que dirigia -

Jk: O quê? -sussurou de volta-

Sn: Você tá excitado?

Jk: Não tenho culpa boneca 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...