1. Spirit Fanfics >
  2. The Killer Bunny - (imagine Jungkook) >
  3. Ímpar ou par?

História The Killer Bunny - (imagine Jungkook) - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


(kkkkkkkksorry, não tive ideia de título melhor que esse)


Desculpem a demora pra postar, desde que minhas aulas começaram minha vida anda um pouco corrida. 


Boa leitura 💙

Capítulo 22 - Ímpar ou par?


Fanfic / Fanfiction The Killer Bunny - (imagine Jungkook) - Capítulo 22 - Ímpar ou par?

- Estou indo ver os meninos. Não nos vimos desde o sequestro da S/n. - Voltei para o lado de fora da casa, vendo Sarina me olhar desconfiada.

- Tudo bem, vai lá então. - Me abraçou e sorriu minimamente.

- Até mais tarde.

Consegui sair daquela sala e ir até o meu carro.

Pov S/n

Acordei no mesmo quarto de ontem, mas agora estava mais arrumado, com curtinas brancas e a porta um pouco aberta.

- JungKook? - Chamei pelo Jeon, mas nada dele responder.

Levantei da cama e discretamente me direcionei até a porta, colocando apenas a cabeça para fora do quarto. Minha visão naquele momento se resumia em: Um longo corredor, paredes da cor branca e um grande tapete preto, que cobria todo o local.

Depois de tanto pensar se eu ia ou não, finalmente tomei iniciativa e saí daquele quarto. Tentei fazer o máximo de bagulho possível quando cheguei no final do corredor, mas parece que não funcionou.

- Finalmente a bela adormecida acordou. - Falou enquanto olhava alguns papéis no sofá. - Vem, senta aqui. - Abriu espaço em seu lado, dando duas batidinhas no espaço vago no sofá.

- Você sempre acorda cedo? - Perguntei enquanto sentava ao seu lado.

- Digamos que eu preciso acordar cedo por conta de segurança. - Cruzou os braços. - Um dia você vai entender.

Já ouvi isso antes...

Flashback (on)

O homem pega em minha cintura de uma forma possessiva e me joga contra uma árvore, me fazendo soltar um gemido de dor causado pelo impacto. O rapaz vem em minha direção apontando uma arma na minha cabeça.

Por total impulso fecho os meus olhos me preparando para o que iria vir. Alguns segundos depois sinto uma mão gelada tocar em meu rosto e logo em seguida ouço um suspiro.

Xx: um dia você vai entender... - Ouço um estalo e logo depois o gatilho é puxado.

Flashback (off)

S/n, você precisa parar de ter essas lembranças. Só te trazem problemas.

- S/n, você está bem? - JungKook pergunta, enquanto colocava sua mão no meu ombro. 

- Estou, eu só... Estava pensando. - Olhei para a televisão, vendo que passava um desenho antigo. - Você com certeza é um assassino diferenciado, sabia? - Jeon  me olha confuso e solta os papéis. - Você está vendo um desenho, cara. Único desenho que eu imaginava que você assistisse, é Happy Tree Friends. 

- Ei, eu não sou mais um assassino e não gosto de Happy Tree Friends, acho muito violento. - Olhei para ele incrédula, fazendo o mesmo rir da minha reação. - Okay, eu estava brincando. Happy Tree Friends era um dos meus desenhos favoritos. 

- Como assim "um dos"? Qual era seu favorito? - JungKook pensou um pouco e sorriu minimamente. 

- Tom e Jerry. - Respondeu simplista, enquanto guardava os papéis no criado mudo.

- Faz sentido. - Cruzei os braços e continuei olhando o desenho que passava. 

O silêncio se fez presente por alguns minutos, até ouvir o meu estômago roncar.

- O que quer comer? - Perguntou rindo baixinho, por conta da situação. 

Nunca vi ele sorrindo tão naturalmente. Seu sorriso é bem bonito.

- Eu não sei. O que tem de bom aqui? - Levantei do sofá, arrumando meu cabelo.

- Gosta de pizza? - JungKook perguntou, enquanto pegava o telefone.

- Quem não gosta de pizza? - JungKook concordou com a cabeça. - Espera, não está cedo para comermos isso? 

- Olha no relógio, mocinha. - Assim eu fiz. Fui até o quarto olhar o relógio e era muito mais tarde do que eu imaginava. 

Eram cinco horas da tarde! 

- Como eu dormi todo esse tempo?! - Voltei para a sala e JungKook estava procurando algo no panfleto de uma pizzaria.

- Você estava bem cansada ontem e não deve ter dormido direito esse tempo que esteve presa em sua casa.

- Está insinuando que aqui eu me sinto mais segura? - Me aproximei de Jeon, que respirou fundo. 

- Estou insinuando que você está mais tranquila. Agora que você sabe de tudo e não corre mais tanto perigo, deduzi que você esteja se sentindo mais livre. - Não diria que "livre" seja a palavra certa. Prefiro chamar de: "não preciso mais ficar fugindo de todos". - Tem a opção de escolher entre mussarela, portuguesa e... - Fez uma cara de nojo. - Calabresa.

- Bom, eu poderia falar calabresa para te irritar, já que está na cara que você não gosta; mas como eu também não sou muito fã, pode ser portuguesa. - JungKook me olhou com os olhos semicerrados e levantou da cadeira. 

- Não vai querer me ver irritado, mocinha. - Piscou 'pra mim e voltou a pegar o telefone. 

Isso saiu mais como uma brincadeira do que uma ameaça, mas no JungKook eu não posso confiar 100% ainda.

...

- JungKook, larga isso agora! - Nesse momento estava rolando uma guerra entre eu e JungKook, para ver quem ficava com o último pedaço da pizza. Pois é, éramos dois esfomeados.

- Larga você, eu sou mais velho. 

- E eu sou... Uma dama. - JungKook pensou um pouco, mas pareceu não desistir.

- Vamos resolver no par ou ímpar. - Jeon falou, já levantando seu braço. - Eu sou ímpar.

- Okay, eu sou par. - Levantei o meu braço também.

1... 2... 3! 

- Opa! Três é ímpar. - JungKook pegou o prato com a pizza e beijou a minha bochecha. - Pode pegar, eu nem queria esse pedaço. - Me entregou o prato e foi até a cozinha. 

- Deixa eu ver se entendi. - Jeon me encarou, esperando eu continuar oque falava. - Você fez essa guerra toda, só pra roubar um "beijo" meu?

- Talvez. - Sorriu minimamente e continuou oque estava fazendo, que era limpar o balcão. - Um dia eu consigo oque eu quero. 

Como assim?

Pov Yoongi

Já estava na frente da casa de Yongsun, pronto para bater na porta e saber a verdade.  Esperei alguns segundos e dei quatro batidas, ouvindo uma voz feminina falar. 

- Já vai! - Passos eram ouvidos vindo em direção a porta, então recuei um pouco. - Yoongi? O que faz aqui? - Yoonsun falava, enquanto me olhava confusa.

- A S/n por um acaso passou aqui esses dias? - A mesma me olhou confusa e balançou a cabeça negativamente.

- Não vejo a S/n desde a semana passada.

- Okay, obrigado Yongsun. - Virei as costas e voltei para o carro.

Eu sabia que essa história estava mal contada.


Notas Finais


Oq será q o Yoongi vai fazer?

(Esse capítulo está sendo postado novamente, pois ocorreu um probleminha)

Até a próxima 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...