História The Killer Bunny - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 37
Palavras 2.272
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como prometido o capítulo de hoje, só aviso desde já que provavelmente tem muitos erros, porque eu terminei agora e já vim postar e que o final do capítulo promete ksks
Obs: Só não pulam direto pro final pra ver o que vai acontecer, porque ai não tem graça.
Ele vai ser um pouco mais descontraído que os outros, pois foi essa foi a forma que eu encontrei para o escrever.
Já tô falando demais, é melhor deixar vocês lerem, então desculpem pelos erros e boa leitura ^^

Capítulo 11 - Capítulo 09


Sábado- Seul, Coreia do Sul

S/N on

Acordo determinada a pedir ao Jungkook ir comigo hoje no baile, eu sei que é um pouco em cima de hora e ele provavelmente já tenha até uma par para ir, mais não custa tentar.

Me levanto, vou ao banheiro, faço minhas higienes e coloco uma roupa qualquer afinal só vou a usar para ir lá na casa dos meninos. Após terminar de me trocar, pego minha bolsa, onde tinha meu celular e chaves e saiu de casa indo a casa do lado, exagerada eu? Até parece.

Chego na frente da porta da casa dos meninos e bato na mesma, logo ouvindo um "Já vai" seguido de passos vindos de dentro, que pareciam se aproximar cada vez mais. O Jin abre a porta e me lança um olhar surpreso, afinal uma hora dessas muitas das meninas já devem estar começando a se preparar para o baile (aut: era 1 da tarde, tudo frescurenta essas meninas).

-Você não deveria estar se aprontando pro baile? -Pergunta o mesmo curioso, tô me sentindo adivinha.

-Antes eu preciso falar com o Jungkook, ele está? -Pergunto apressada, pois quero perguntar logo pra ele.

-Ele tá no quarto junto com o Taehyung jogando, afinal o Jungkook obrigou o mesmo a ficar com ele, já que o idiota não quis ir ao baile com ninguém e agora tá lá trancado mofando. -Após Jin falar isso, não aguento e abro um sorriso de orelha a orelha ao saber que o Kook, quer dizer, o Jungkook ainda não tem uma par.

-Posso entrar? -Pergunto animada e antes do mesmo responder eu entro indo em direção ao quarto do Jungkook, mais me lembro que nunca vim aqui antes e não sei onde é.

Começo a andar pelo andar de cima a procura do quarto do mesmo até que acho um cômodo onde tinha o nome do Jungkook na porta, além de que vinham vozes lá de dentro seguida de risos. Bato na porta e tudo fica em silêncio como num passe da mágica, até que o Taehyung abre a porta.

-Eu juro Jin, que nós não estávamos fazendo bagun... -Ele para de falar assim que abre os olhos (que estavam fechados até então) e logo solta um suspiro de alivio.

-Não me mata do coração S/N, pensei que fosse o Jin. -Diz e eu acabo por soprar um riso que logo se tornou alto, parei depois de algum segundos enfim me recopondo.

-Terminou? -Pergunta Taehyung de uma forma sarcástica.

-Terminei, agora posso falar a sós com o João Biscoito? -A última parte acabo por falar em português e o mesmo me encara confuso.

-O Jungkook? Não sei em que língua tu falou, mais se eu entendi, sou foda. -Fala convencido.

-E tu é mesmo porque aceitou agora sai que eu quero falar com ele. -Digo e como já estávamos na porta aproveito é o tiro pra fora do quarto, logo o trancando.

Ando um pouco logo encontrando o Jungkook sentado em sua cama com o fone, aparentemente jogando algo, afinal o mesmo estava muito concentrado. Me sento do seu lado e vejo que ele jogava Overwatch, fico observando até o time dele perder e o mesmo começar a "surtar", meu Deus que menino orgulhoso.

-Ah, oi S/N nem te vi. -Fala envergonhado após reparar que eu estava lá.

-Não tem problema, eu vim aqui pra te fazer uma proposta. -Digo olhando pra outro lado, afinal não teria coragem de o encarar.

-Deixa eu adivinhar, você quer que eu vá com você no baile, mais ficou com vergonha de pedir e vai pedir no dia. Ok, eu aceito, tava sem nada pra fazer. -Fala sarcástico e começa a rir da minha cara de confusa.

-Como você sabe disso? -Pergunto extremamente chocada com tal ocorrido.

-O Taehyung me contou, porque a Sam contou pra ele. -Eu juro que um dia ainda mato essa desgraça.

-Ata, mais por que até agora você estava sem par? -Pergunto curiosa, afinal ele é um dos mais populares da escola e durante esses dias diversas meninas pediram pra ir com ele no baile.

-Porque eu já sabia que você iria pedir e queria ir com você. -Fala como se fosse a coisa mais normal do mundo.

-Ok, preciso ir, te vejo a noite. -Falo sem jeito, logo saindo de seu quarto e depois que acho o caminho para a saída, saio da casa dos meninos.

Ao chegar em minha casa não aguento e começo a pular como louca enquanto preparava algo para eu e as meninas comermos, já que elas chegariam daqui a pouco para que nós arrumassemos juntas para o baile. Termino de fazer um lamen mesmo, pois estava com preguiça e, após pegar uma porção do mesmo, vou assistir uma das minhas séries no Netflix.

Após alguns minutos escuto a campainha tocar e então saio correndo pra atender, logo abrindo a porta e dando de cara com as meninas, que cada uma acompanhava uma mochila, onde devia estar tudo o que elas precisavam pra se arrumar exceto o vestido, pois elas tinham os deixado aqui ontem para carregar menos peso e não ter problema de amassar.

-E então S/A, conseguiu convidar o Biscoito pro baile? -Pergunta Sam toda cheia de graça rindo, o que me faz lembrar o que a mesma disse ao Taehyung, assim a puxei de uma maneira que a surpreendeu e comecei a bagunçar seus cabelos enquanto ela reclamava e me pedia pra parar. Só depois de uns dois minutos me senti satisfeita e parei.

-Por que tu fez isso comigo sua louca? -Pergunta acariciando as própria cabeça enquanto resmunga brava.

-Porque você contou pro Taehyung que contou pro Jungkook que eu queria ir com ele no baile. -Digo fazendo bico e as duas começam a rir.

-Sério que foi por esse motivo que você agrediu a menina, Unnie? -Pergunta Rosé após se recuperar do ataque de risos.

-Eu falei pra aquela desgraça não falar nada pra ele, não é minha culpa se o Taehyung tem uma boca furada. Agora me dá licença que eu vou pro seu quarto ligar seu PC pra jogar Roblox -Fala entrando em casa como um flash e subindo as escadas em direção ao meu quarto.

-Bora ir comer? -Pergunta Rosé com um sorriso meigo.

-Bora. -Apesar de eu já ter comido não quero ser uma pessoa que faz desfeita, ainda mais pra Rosé, que mais parece um anjinho.

Após termos terminado o miojo fomos pro meu quarto, onde encontramos a Sam com o fone de ouvido gritando algo.

-Seu policial de merda, eu nem fiz nada porra, só tava invadindo o bagulho dos policiais e roubando o helicóptero e tu me matou. Que saber vou ir jogar o da neve, que pelo menos lá eu ganho mais. -Fala aparentemente brava e eu e a Rosé ficamos a olhando confusas.

-O que aconteceu pra você estar tão brava assim? -Pergunta Rosé tirando as palavras de minha boca.

-Eu tava jogando JailBreak super de boa e me mataram sem motivo nenhum. -Fala e nós duas nos olhamos ainda confusas.

-Eu não entendi nada mais ok. Agora para de jogar porquê agora já são 15h30 é o baile começa as 19h30, temos só 4 horas pra nos arrumar. -Digo a mesma que me olha entediada.

-Vocês duas vão tomar banho e parem de reclamar, eu não demoro igual vocês e também só tem dois banheiros, fora o da sua mãe aqui na casa. Agora me deixa jogar porque eu não saio daqui sem um automóvel pra pegar neve. -Fala e nós preferimos fazer isso mesmo, afinal minha cabeça já estava explodindo de tanta informação inútil.

Depois que tomei banho e sai do banheiro, a Sam entrou no mesmo, logo trancando a porta. Ouvi o barulho de chuveiro sendo ligado enquanto secava meu cabelo e ignorei o fato. Após ter terminado de secar o mesmo comecei a me arrumar assim como as meninas, mais que bagunça a gente fez, já estou prevendo que quando chegar em casa vou sofrer pra arrumar tudo.

Quando nos olhamos no espelho vimos que estávamos mais é parecendo umas princesas, pois tudo havia ficado perfeito, nossos vestidos, cabelos e até maquiagem. Eu trajava um vestido preto longo atrás e que ia diminuindo até a frente, um salto alto também preto e minha maquiagem era um pouco mais leve.

-Vamos? Os meninos estão nos esperando lá fora. -Diz Sam mexendo em seu celular, devia estar conversando com o Tae.

-Ok! -Eu e Rosé respondemos e nós saímos do meu quarto, logo depois saindo de casa dando de cara com três meninos, dos quais estavam simplesmente maravilhosos.

-Wow! -Nós seis falamos em uníssono enquanto nos encaravamos admirados.

Após termos saído desse transe nos cumprimentamos e assim entramos no táxi que o Jimin havia chamado para nos levar ao baile. Em um dos táxis foi eu, o Kook, a Rosé e o Jimin e o Taehyung e a Sam foram em outro pois não iria caber todos em um só. Eu e o Jungkook conversávamos sobre assuntos aleatórios e estávamos nos divertindo até que percebi que havíamos chegado na escola.

Saímos do táxi atraindo a atenção de todos pra nós, a maioria de inveja, tanto de meninas como de meninos.Não demos tanta importância a isso e entramos no salão principal, logo achando o restante dos meninos em uma mesa, todos conversando. Fomos até eles e ficamos lá conversando por um tempo até cada um ir saindo pra dançar com alguém, assim só sobrando eu e o Jungkook.

-Aceita dançar comigo, senhorita? -Pergunta Jungkook risonho, se levantando e estendendo sua mão para mim.

-Claro. -Falo me levantando com sua "ajuda".

Começamos a dançar juntos diversas músicas diferentes, até que o DJ para de tocar e começamos a ouvir a voz do V vinda do palco. Olhamos para o local e nos surpreendemos por ser mesmo ele lá.

-Eu queria dedicar essa música a uma pessoa muito importante pra mim e aproveitar para deixar alguns casais mais próximos um do outro. -Diz enquanto diversas meninas o olhavam esperançosas e ele encarava a Sam e nós dois com um sorriso nos lábios, assim logo começando a cantar uma música muito conhecida e fazendo todos os casais praticamente se colarem e começarem uma dança lenta, assim como eu é o Jungkook fizemos.

********************************

Someone Like You- Cover Taehyung

I heard that you're settled down

That you found a boy and you're married now

I heard that your dreams came true

Guess she gave you things, I didn't give to you

Old friend

Why are you so shy

It ain't like you to hold back

Or hide from the light

I hate to turn up out of the blue uninvited

But I couldn't stay away, I couldn't fight it

I hoped you'd see my face and that you'd be reminded

That for me, it isn't over

Never mind, I'll find someone like you

I wish nothing but the best for you, too

Don't forget me, I beg, I remember you said

Sometimes it lasts in love

But sometimes it hurts instead

Never mind, I'll find someone like you

I wish nothing but the best for you, too

Don't forget me, I beg, I remember you said

Sometimes it lasts in love

But sometimes it hurts instead

Tradução

Ouvi dizer que você está se estabeleceram

Que você encontrou uma garota e você está casada agora

Ouvi dizer que seus sonhos se tornaram realidade

Acho que ela deu-lhe coisas, eu não dei a você

Velho amigo

Por que você está tão tímido

Não é como você para segurar

Ou ocultar a partir da luz

Eu odeio aparecer fora do azul sem ser convidado

Mas eu não podia ficar longe, eu não podia lutar contra isso

Eu esperava que você veria meu rosto e que você se lembraria

Que, para mim, não é mais

Não importa, eu vou encontrar alguém como você

Não desejo nada além do melhor para você, também

Não se esqueça de mim, eu imploro, eu lembro que você disse

Às vezes o amor dura

Mas às vezes, fere

Às vezes o amor dura

Mas às vezes, fere, sim

Não importa, eu vou encontrar alguém como você

Não desejo nada além do melhor para você, também

Não se esqueça de mim, eu imploro, eu lembro que você disse

Às vezes o amor dura

Mas às vezes, fere

********************************

Assim que o mesmo para de cantar todos também param de dançar assim como eu e o Kook, apenas vejo a Sam indo abraçar o Tae e sorrio. Estávamos voltando ao local onde estávamos sentados quando o Jungkook disse que precisava ir ao banheiro, assim me deixando sozinha por um tempo. Ao chegar na mesa encontro a Rosé e o Jimin nos amassos e prefiro sair pra tomar um ar, pois fiquei com vergonha de atrapalhar o casal.

Pov's Narradora

S/N andava por fora da escola tranquilamente até ouvir um grito vindo do mesmo local que Jungkook a levou em seu primeiro dia de aula (atrás da escola) e assim a mesma corre até o local preocupada acabando por dar de cara com uma cena que S/N não gostaria de ter visto, o Jungkook coberto de sangue dando diversas facadas em vosso professor (Kwan). Após ver isso, completamente horrorizada e com medo, S/N grita atraindo a atenção do mesmo, que até agora estava ocupado finalizando o Kwan, que a olha assustado e triste.

-S/A eu posso explicar. -Diz se levantando e indo até a mesma que apenas recuava com medo.

-Você não precisa explicar nada Jungkook, já deu pra perceber o que você é realmente. -Fala e sai correndo do local, deixando Jungkook desolado e triste, que logo se recupera e passa a correr atrás da mesma.

S/N corria com todas as suas forças para algum local longe daquela escola, não acreditava que havia se apaixonado por um assassino e que mesmo após o que viu, ainda sente algo por ele. A mesma para de correr assim que um carro preto para do lado da mesma e dele sai quatro homens que a obrigam a entrar nele, depois disso ela só vê o escuro.

Enquanto isso Jungkook apenas via sua amada sendo levada por pessoas que nunca viu antes, pois o mesmo chegou tarde demais, como sempre.


Notas Finais


Vestidos das meninas:
S/N: https://pin.it/giz2aaogut3ojh

Sam: https://pin.it/m7gudm6uiq2nm7

Rosé: https://pin.it/2hsud6khywtprx

Quem descobrir o fato real (que aconteceu comigo) desse capítulo vai ganhar um doce (mentira, vai não ksks, mais se quiser descobrir é só deixar no comentário ksks)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...