História The killer bunny-Imagine jungkook (Em revisão) - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 494
Palavras 1.097
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Luta, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá minhas coelhinhasss como estão? Desculpem pela demora a postar o capitulo novo, estou a revisar a fic e a ajeitar alguns erros aqui e ali ❤
Espero que gostem do capitulo de hoje ❤

Capítulo 37 - Smell of death


Fanfic / Fanfiction The killer bunny-Imagine jungkook (Em revisão) - Capítulo 37 - Smell of death

Jungkook On

Não havia dormido nada na noite anterior, tanto na noite anterior quanto em todas as outras desde o sequestro de S/n, o meu cérebro continuava dando voltas intermináveis tentando pensar no lugar mais lógico que Namjoon a poderia ter levado. Joguei a cabeça para trás passando as mãos pelos fios de cabelo, a frustração, por ser incapaz de salvar S/n, consumia me cada vez mais a cada misero segundo. Como se não bastasse a frustração que sentia, outro sentimento antes desconhecido por mim foi aparecendo e tomando totalmente o lugar dessa frustração, tornando-a insignificante em comparação. Preocupação, era o nome desse sentimento que agora me engolia gradativamente, admito ter demorado a reconhecer esse sentimento,mas não tinha como esconder mais, eu não podia mais fingir que não sentia nada pela garotinha de cabelos negros, era obvio que sentia, eu não aguentava pensar na hipótese de perder a mesma, saber que ela estava em risco fazia o meu coração se apertar tanto que eu chegara a pensar que podia ate se esmagar. Eu precisava salva-la o quanto antes. Eu precisava de senti-la segura em meus braços.

- “S/n está no armazém abandonado no meio da floresta de ****, se apresse, tome cuidado, agradeça depois”.-Li a mensagem do número desconhecido ainda na dúvida se não era apenas mais uma armadilha de Namjoon, dei de ombros, nunca saberia se não arriscasse. Digitei o número de Suzy e assim que atendeu expliquei todo o ocorrido, desliguei, entrei no carro e pisei no acelerador, dirigia numa velocidade arriscada, mas que se lixe não podia esperar mais. Assim que avistei o armazém estacionei o carro e peguei em minha arma, corri até à enorme porta dupla de metal e respirei fundo fechando os olhos só espero que ela esteja bem.

Depositei um pontapé na porta de metal adentrando o espaço, estiquei imediatamente o braço que segurava a arma por precaução, o meu olhar percorreu o espaço parando no que eu menos queria ver, S/n sentada fraca numa cadeira, ensanguentada, olheiras profundas por baixo de seus olhos, cortes por toda a extensão de seu corpo, seu olhar se direcionou para o meu, seus olhos estavam arregalados, transmitiam preocupação e desespero, senti uma fisgada no coração por ver a mesma daquela forma, por minha culpa, engoli em seco, subi o meu olhar e la estava, Namjoon com uma faca bem encostada ao pescoço da minha garota.

-Namjoon..-Respirei fundo direcionando o meu olhar para o seu- Não se atreva..-senti a minha voz falhar, não podia fraquejar, não agora, fechei a mão em punho apertando os dedos contra a palma da mão.

-Olha o príncipe veio salvar a sua amada- riu- Iria ser uma pena que este conto tivesse um final triste, não seria?- sorriu ladino apertando mais a faca contra o pescoço de S/n

-EU VOU DISPARAR SE NÃO SOLTA-LA AGORA!- gritei ao notar algumas gotas de sangue começarem a escorrer sobre o pescoço da mesma

-Ambos sabemos que não irá Jungkook- deu de ombros- você tem medo de errar a mira e acabar por acertar a sua amada.-Namjoon falou confiante

Era verdade, eu não podia atirar, era demasiado arriscado, estava em desvantagem.

-Agora que já percebeu quem manda, me entregue a arma ou a sua amada morrerá agora mesmo em sua frente por sua culpa.- o olhei raivoso, desci o meu olhar e observei o rosto de S/n molhado pelas lagrimas que escorriam de seus olhos, seu olhar amedrontado partia o meu coração em pedaços. Olhei para a arma em minhas mãos e direcionei o olhar para Namjoon denovo que me olhava impaciente.

-NÃO LHE ENTREGUE A ARMA JEON, POR FAVOR- S/n gritou com o resto das forças que lhe sobrara e Namjoon apertou ainda mais a faca contra seu pescoço

-CALA A BOCA ANTES QUE EU ACABE AGORA MESMO COM VOCE- Namjoon esbravajou irratado- Vamos Jungkook me de a merda dessa arma

-Quero estabelecer um acordo-suspirei olhando para o Chão,para então subir o olhar novamente mas desta vez decidido- Deixe S/N em paz, ela não tem nada a ver com a nossa rivalidade, eu me entrego a você se a deixar ir.- a olhei por segundos e estabeleci meu olhar com o mais velho de novo.

-JEON POR FAVOR NÃO,não,não….-S/n suplicava chorando

-Certo, o peso que ela ira ter que carregar toda a sua vida pela sua morte acho que será o suficiente, serei bondoso e aceitarei como seu ultimo pedido- Namjoon deu de ombros sorrindo, pousei a arma sobre chao e recuei alguns passos enquanto namjoon se aproximava da mesma.

-Me desculpe S/n- uma lagrima escorreu pela minha bochecha a observando

-NÃO NÃO NÃO- S/n gritava desesperada, se levantou com dificuldade e correu saltando em cima das costas de Namjoon , o mesmo se virou, envolveu suas mãos envolta de seu pescoço a estrangulando enquanto a mesma tossia sangue.

-S/N!- Gritei, correndo rapidamente desferindo um soco na face de namjoon, apos o mesmo largar S/n desferi uma serie de socos e pontapés sobre o seu corpo, senti meu sangue ferver, derrubei o mesmo, levando seu corpo para o chão, sentir a vingança bem nas minhas mãos distribuía um sentimento de satisfação pelo meu corpo. Namjoon apesar de já bastante ensanguentado conseguiu me derrubar, ficando desta vez por cima pegando na sua faca novamente a trazendo na minha direção, segurei a mesma tentando manter o material aguçado longe do meu corpo, os meus braços foram perdendo a forças aos poucos fazendo assim a lamina aguçada da faca se aproximar cada vez mais do meu corpo. O som estrondoso de um tiro sendo disparado soou pelo armazém, arregalei os olhos assustado e perdido, por fim reparei que a lamina aguçada da faca já não estava mais próxima do meu corpo, olhei para o lado e encontrei o corpo sem vida de namjoon no chão, direcionei o meu olhar para o lugar de onde a bala tinha vindo.

-Eu o matei Jeon,eu matei uma pessoa, eu.. eu …- S/n chorava em prantos segurando a arma, seus olhos se focavam unicamente no cadáver ao meu lado, a garota caiu de joelhos no Chão tossindo sangue enquanto chorava, me aproximei calmamente me ajoelhando ao seu lado, a envolvi em um abraço tentando reconfortar não so a ela como a mim, como era bom sentir seu corpo próximo ao meu novamente, senti mais lagrimas escorrerem pelo meu rosto, acarinhei seus cabelos ouvindo seu choro sôfrego.

-Shhh, está tudo bem, tudo vai ficar bem, eu estou aqui- encostei minha cabeça sobre a sua deixando as lagrimas escorrerem livremente.- Esta tudo bem agora, não se precisa preocupar, esta tudo bem…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...