1. Spirit Fanfics >
  2. The Killer V >
  3. O encontro

História The Killer V - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


bom eu sou "novo" nisso e eu estou escrevendo por Hobbie não é nada profissional ok?
espero muito que gostem

Capítulo 2 - O encontro


Fanfic / Fanfiction The Killer V - Capítulo 2 - O encontro

O último nó no tênis, a ocasião era especial, e o que iria acontecer, era melhor ainda, iria saciar a minha sede, finalmente, depois de algumas semanas sem matar ninguém com a polícia em minha cola, iria poder ouvir os gritos excitantes de dor quando eu quebrasse suas pernas... Tudo havia sido planejado cuidadosamente, nada poderia dar errado, e não iria. Me levanto me dirigindo até o quarto, pego o frasco com uma  e guardo no bolso de minha jaqueta, a carteira e as chaves também... 

Já tinha um plano B para qualquer imprevisto, a polícia acha que está lidando com um fantasma, pois bem, eu estou embaixo de seus narizes e esse jogo será interessante... 


*** 


Meia hora atrasado, eu estava começando a me irritar e o balconista da lanchonete já havia vindo até mim pela segunda vez, a lanchonete estava vazia, ninguém além de mim e do balconista que acabara de entrar na cozinha, até que ele finalmente chegou, o astro da Internet, Suga ou Yoongi... ele usava um sobretudo preto, uma camiseta branca, jeans um tanto rasgada e um tênis da Nike branco. 

- Você é o Taehyung? - disse o astro enquanto vinha em minha direção.

Me levanto estendendo a mão: 

- Sim, sou eu... e por favor, apenas Tae, não estou aqui a trabalho e também não é nada formal, é só um encontro de amigos, afinal, logo eu irei fotógrafa-lo - ele retribui o cumprimento, estendo a mão para que ele sente ao meu lado - um amigo me indicou esse lugar, é no meio de um rota, na divisa de nosso país com o país vizinho, aqui não seremos incomodados pelos seus fãs e teremos mais privacidade - digo enquanto lhe entrego o cardápio - então, o que vai querer?

Há dois dias atrás, fiz uma pesquisa de lanchonetes pouco frequentadas, felizmente encontrei esse, procurei por um hotel também, embora eu ache que não será necessário... vou levá-lo para sua casa já que o mesmo dispensou sem motorista antes de verificar se eu estava aqui. 

- Irei querer um Milkshake e você? - ele disse enquanto colocava o cardápio em cima da mesa e levantava o braço chamando o garçom - um Milkshake de chocolate por favor... 

- Dois... - interrompi - dois milkshakes, eu também vou querer um. - digo molhando os lábios com a língua.

Yoongi olhou para mim sorrindo e pegou o celular, olhei atentamente para o movimento de seus dedos, guardando a posição de cada toque na tela; depois de alguns minutos as duas taças com a bebida gelada chegaram...

- Tae? se importa se eu for até o toilet?

- Não, de forma alguma. - dou um sorriso; finalmente, espero o mesmo entrar no banheiro e olho envolta, ninguém por perto e nem olhando para cá, bebo um pouco do meu Milkshake retiro o frasco do bolso virando a substância nas duas taças, misturo com o canudo para tornar homogêneo.

Ele sai do banheiro e se senta, puxa a taça para perto de sua boca e finalmente chupa através do canudo o shake com a droga; o tempo ia passando e para distrai-lo mostrava algumas fotos que eu tirei ao longo dos anos.

O efeito começou e logo Suga cerrava os olhos um tanto sonolento...

- Yoongi, você está bem? - pergunto.

- Estou só um pouco sonolento, pode me levar para casa? 

- Claro, esperei você dizer isso a noite toda - Me levantei colocando seu braço por trás de meu pescoço, deixei o dinheiro das bebidas em cima do balcão e sai da lanchonete indo até meu carro, abri a porta sentando-o no banco e colocando o cinto no mesmo... - está pronto para se divertir? - um sorriso assustador veio a tona. 

- O... o quê? - Yoongi estava sonolento, mas ainda tinha consciência.

Bati a porta do carro dei a volta no mesmo e entrando no automóvel, coloquei o cinto e olhei para ele:

- Muito bem, hora da verdade... você... Min Yoongi, é um completo escroto, é um corrupto, não tem nenhum pingo de humanidade, e se aproveita de garotos quando eles apenas querem um trabalho... uau, você é mal, seus antigos fotógrafos... todos eles pediram demissão por conta de abuso ou brincadeiras que envolviam brinquedos sexuais... seus seguidores sabem disso? - ligo o carro, dou ré e entro na estrada - muito bem, foi tudo planejado, claro que vir até essa cidade repugnante no era um dos meus planos, mas, já estou de olho em você a algum tempo... sabe, nunca vá ao banheiro e deixe sua bebida em cima da mesa com um completo estranho... 

- o... quê? - Yoongi tentava levantar a cabeça para ter controle de seu corpo, mas não conseguia - eles... eles vão... descobrir, você... você me dopou... - era quase impossível entender o que ele estava dizendo.

Outro sorriso tomou conta do meu rosto.

- Não, eles não vão descobrir... coloquei a droga nas duas bebidas justamente por isso, pense comigo, obviamente alguém sentirá a sua falta, e você veio até a lanchonete com seu motorista, foi o último lugar que você foi visto, se por um acaso alguém chegar a tempo de investigar, eles irão analisar a bebida, e se os dois copos estiverem com droga, nenhum dê nós dois vai ter colocado, afinal, só estávamos nós dois e o tal balconistas que provavelmente será preso injustamente, coitado... 

- vo... você... - sua cabeça caiu e finalmente ele estava desacordado.

Eu mal podia esperar para ouvir seus ossos quebrarem, ele implorar por sua vida enquanto eu corto cada centímetro de seu abdômen...

- É Suga... eu realmente espero que você me divirta mais do que os outros... tenho certeza que você vai adorar... 


***


Yoongi já estava amarrado com os braços para cima, estava apenas de cueca. Enquanto eu organizava calmamente meus instrumentos, ele abriu os olhos e olhou em minha direção, levantei a cabeça e dei um sorriso.

- Então você acordou, vamos começar?


Notas Finais


obrigado por lerem até aqui :)
até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...