História The Killers Room - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Yaoi
Visualizações 10
Palavras 1.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 6 - Sinto-me pesado,com tantas dúvidas em minha cabeça.


Fanfic / Fanfiction The Killers Room - Capítulo 6 - Sinto-me pesado,com tantas dúvidas em minha cabeça.

Seguia pelos corredores escuros da sua escola uma pessoa que nem ao menos conhecia,estava viajando em seus pensamentos enquanto observava os cabelos pretos longos da mesma balançando a cada passo.

Porém a tal parou de andar por um momento fazendo Blue bater em suas costas  bruscamente sem querer,que logo se desculpou pela falta de atenção.

Elizabeth permanecia calada,não teve tempo para sequer ter uma idéia de como se aproximar dela.Entretanto agora ela já estava ao seu lado,as duas sozinhas em um corredor mau visitado da escola. 

–você..pode me dizer aonde fica a biblioteca?–perguntava em um tom baixo,mas que Blue pôde ouvir.

–biblioteca?–Blue ficara confusa.Por que uma aluna que mau entrou mas já era famosinha,queria descobrir aonde era a biblioteca...? Vendo que Eliza não respondia ela continuou.–Bem,só me seguir.–prosseguiu desconfiada.

Elizabeth suspirou e sorriu de modo falso.Aquilo não estava dando em lugar nenhum.Teria que puxar assunto,de novo.

–você é a irmã do Erik né?–falou enquanto observava as outras salas de aula vazias.Porém logo percebeu que sua pergunta havia chamado mais atenção do que pensara quando Blue parou de andar e a encarou curiosa.

–sou sim,por quê?–podia-se se dizer que pelo seu tom ela estava brava,mas não se tinha certeza.

–é que...–pensava rápido em alguma história boa o suficiente.–eu sou nova aqui e achei que ele pudesse se tornar meu amigo,talvez você também..

–por que quer virar amiga dele?–ainda com o mesmo tom.Não esperou por respostas.–Por acaso está gostando dele?

Agora foi a vez de Eliza ficar surpresa,nunca pensara que a garota acharia isso.Afinal a mesma nem tinha essas intenções.Mas,se era o necessário para poder tentar se aproximar da garota de cabelos rosados[...]

–sim,desde o dia em que cheguei aqui não pude parar de pensar nele. –se sentiu enjoada após ouvir essas palavras saindo da sua própria boca.

–sério..?–pareceu triste e surpresa.Blue nunca havia vivenciado alguém que estivesse a fim de seu irmão,nunca gostou da idéia também.Isso poderia mudar a sua relação com ele.Poderia separá-los.Elizabeth acenava.–Certo,boa sorte então.–não parecia querer cooperar.

Ao contrário do que Elizabeth queria,o clima entre as duas não ficou muito bom.Blue fez o que ela queria e a levou a biblioteca,se despedindo após chegarem.

O sinal estava a bater. 

E Mikael esperava uma resposta vinda do loiro a sua frente,que lhe olhava sem expressar muitas emoções.

Ontem..?

Ontem havia sido um domingo,um domingo diferente dos outros.

O que Erik havia feito naquele domingo?–parou para pensar um pouco antes de responder ao Mikael.

Se lembrava de entrar na festa junto a sua irmã,beber um pouco com ela e depois ficar em algum lugar onde o som não fosse tão alto.E,por fim,se lembrava...de um alguém que ele quis beijar e beijou.

Ele se lembrava da cena,se lembrava de estar se sentindo só e depois do beijo um pouco mais feliz,mas queria lembrar quem diabos era que estava com ele.

Achara melhor mentir,nem conhecia Mikael direito para confiar nele.Vai lá que ele viu o que aconteceu e quis saber se Erik estava envolvido?Melhor não.

–acho que não...eu bebi muito ontem.–dava algumas risadas nervoso no final da fala.Era péssimo em mentir.

–dá pra perceber,–ria um pouco.–parece que todos que foram a festa voltaram destruídos hoje.

–verdade..como Hyder pôde fazer isso conosco?–revirava os olhos.E o sinal tocou na hora perfeita,pelo menos pra Erik foi.–Bem,já vou indo para minha sala,quer ir junto? –essa era uma boa chance de se aproximar,porém o moreno tinha assuntos a se tratar. 

–pode ir indo sem mim,tenho que me encontrar com a Elizabeth no caminho.–falou enquanto se levantava da grama.

–Elizabeth? A garota nova?–perguntou um pouco interessado.

–sim,eu e ela somos amigos faz um tempo.–soltou.Não sabia se deveria ter dito a última parte a ele.

–oh,entendi.Até então.–abanou a mão e saiu da quadra.Logo após o garoto dar um passo para fora,Mikael não pôde segurar e soltou um suspiro aliviado.

Ele não se lembrava. 

Eram meio dia e quarenta,Erik e Blue andavam lado a lado enquanto Erik mexia em seu celular e Blue tentava evitar os raios solares em seu rosto.Algumas vezes durante a caminhada ela olhava de relance para seu irmão se perguntando se deveria dizer a ele o que ouviu mais cedo. 

Aquilo poderia mudar tudo.–serrou os olhos apressando os passos para chegar mais rápido em sua casa.Assim chegando na casa mais colorida que havia no bairro ela pegou suas chaves da sua bolsa preta e abriu a porta.

Erik ainda estava um pouco para trás vendo algo em seu celular,sentia o suor escorrer pela sua bochecha e cair,o calor só aumentava e percebendo que Blue nem estava mais ao seu lado também apressou os passos,vendo a garota quase a fechar a porta.

–espera idiota!–quase ficou trancado para fora.

Ainda naquele dia de noite,a cabeça de alguém estava sendo atormentada pelos mesmos pensamentos,deveria mesmo ter mentido?

Será que o que ele fez ontem foi tão errado assim?

Não conseguia tirar as palavras de Mikael de sua cabeça,é como se ele quisesse ter tido outra chance para dizer a verdade e descobri o que aconteceria.

Porém o mundo real não funcionava assim,e Erik ao se lembrar disso bufou zangado e espalhou mais seu corpo pela cama.

–Filho vem jantar!–sua mãe lhe chamava com sua voz doce.Erik logo a atendia saindo de seu quarto,dando de cara com sua irmã no corredor.Ela parecia assustada.

–eae.–disse ele.

–oi..–respondeu a mesma ainda parada no mesmo lugar.Desde que chegou da escola estava pensando sobre o que conversou com Elizabeth,sua consciência também estava pesada.Vendo que seu irmão descia das escadas decidiu em uma vez só que o contaria.–Erik! –o chamou.

–sim?–parou.

–sobe aqui,preciso falar com você.–por uma vez na vida,ela parecia séria.O loiro pensou se aquilo poderia ser algum tipo de brincadeira dela ou algo assim,mas a seguiu.

–o que quer?–tinha medo dela tocar no assunto sobre a festa.

–não é nada de mais é só que...–pensava bem antes de dizer.–eu soube que tem alguém que gosta de você lá na escola.

–e o que tem?–se sentiu despreocupado.Não ligava muito para esse assunto de namoro na escola.

–eu apenas soube e quis te dizer.Você escolhe o que vai querer fazer sobre isso.–cruzava os braços.

–e quem é que se declarou para mim indiretamente?–já parecia mais interessado no assunto,mas para Blue ela já havia dito o suficiente.

–não posso dizer,foi mal.–Erik ficava irritado pois havia ficado curioso em quem seria,mas pensando bem,ele percebeu que essa pessoa que gostava de si poderia ser a mesma que ele beijou no dia passado.

–se era só isso,vamos descer.Estou faminto..–mudou de assunto,parecia que ele estava encaixando as peças mesmo não querendo.

Mas naquela noite friorenta ele se questionou,se teriam chances de ao menos essa pessoa que gostava de si fosse a Ster,pensar nisso o deixava incrivelmente alegre por dentro.

A tal paixonite de adolescente.


Notas Finais


Obrigada pela leitura
Espero q tenha gostado
Aliás, eu demorei mais doq o custume pois estava na época de prova e hoje entrei de férias então já aproveitei para escrever e postar hj msm.
Minhas idéias estão acabando.
Desculpe-me qualquer erro sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...