História The Kings Blood (O Sangue do Rei) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Mirai Nikki
Tags Ação, Aventura, Romance
Visualizações 4
Palavras 1.221
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Luta, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Continuando o capítulo anterior aonde Kei teve sua mãe sequestrada, sem saber por quem nem o motivo...

Boa leitura!

Capítulo 3 - O raio vermelho


- Não acredito... _espantado.

- Kei oque esta escrito na carta?

Kei esta espantando ainda não acredita no que esta acontecendo.. Nem como isto foi acontecer..

- Alice preciso sair! Não saia daqui!

- Mas... Como assim??

Kei sai correndo ao local de encontro aonde os sequestradores o pediram para ir.. Apesar de Kei ser fechado e estar sempre de mal humor, e não demonstrar afeto pelos outros, ele se importa com as pessas próximas a ele... Ainda mais por se tratar de sua própria mãe.. Ele corre acelerado sem pulpar folego, até finalmente chegar no parque da cidade.. Aonde não avia uma pessoa sequer.. A cidade ficava vazia a noite.

- Hora.. Hora.. Você demorou um pouco novo rei.. Estavamos quase achando que não se importa com sua mãe..

Kei chegando ao local encontra sua mãe desmaiada e amarrada, são dois homens que a sequestraram.. Gêmeos pela aparência, tendo cabelos brancos e estando vestidor de terno azul, alem de um olhar frio.. Os olhos deles chegavam a ser da cor sinza..

- Oque vocês querem? E por que sequestraram minha mãe? _raiva

- Mas que delinquentezinho mal educado... Deviamos nos apresartar antes de tudo.. Bem meu nome é Zack, e este a meu lado é meu irmão Zeck..

- Você é meio mal educado pelo visto.. Então não precisa dizer seu nome Kei Yushido. _Zeck

- Nos somos reis de cidades vizinhas, sou o de Yakami. _Zack.

- E eu o rei de Yanami.. _Zeck.

- Nossas cidades são bem involta a sua, você pelo visto é novo rei da cidade central.. Como tal queremos sei territorio... _Zack

- Não me importo com esta palhaçada de jogo, rei, ou território.. Devolvam minha mãe ou vou arrebentar vocês! _Kei com raiva

- Hahaha... Engraçado dizer isto estando em desvantagem.. Eu e meu irmão nos unimos para acabar com os reis mais fácil, e depois disputarmos a coroa entre nós, você não tem chence contra nos.. E ainda mais sem seu servo. _Zack

- Isto não importa!

- Hahaha.. Ele não entende mesmo irmão.. Como vamos mata-lo vou te explicar antes um rei quanto mais próximo de sua entidade serva mais forte ele é.. Aproveitando vou lê apresentar Uriel minha entidade! _Zeck

De traz do irmão Zeck surge um logo branco de olhos azuis já rosnando para Kei.. E à entidade ele.. E de traz de Zack surge um lobo preto dd olhos vermelhor..

- Estas são nossas entidades bestas, são um tipo diferente da sua que é mais rara tendo um forma humana.. Porem não as subestima Uriel tem o poder de atirar estacas de gelo, eo meu Zael tem o poder de manipular fogo.. Claro que as bestas nos refletem então não preciso dizer que o poder deles é o novo... Hahaha.. _Zack

- Sem sua entidade você não é páreo para nós.. Vamos acabar logo com esta conversa irmão, e dividir o territorio. _Zeck

- Tem razão irmão.. _Zack

Os dois logo partem para cima de Kei, Zeck acerta Kei com algumas estacas de gelo em seu braço.. Kei por sorte desvia das chamas de Zack que poderiam causar grande dano a ele.. Logo Kei vê uma abertura neles para chegar em sua mãe e tentar fugir com ele, sem saber usar seus poderes de rei ele não tem muitas opções..

- Agora eu vou conseguir sair daqui!

Kei esta correndo em direção a sua mãe desmaiada..

- Desculpe.. Mais não irei deixar.. Uriel acerte ele! _Zeck

Kei é atingido novamente e se ferindo agora em seu braço que usou para bloquear uma estaca.

- Agora deixe comigo irmão.. Vou dar o check nele, e depois podemos curtir a mamae dele.. Hahaha! _Zack

- Não toquem nela seus merdas!

Kei se enfurece até o limite, logo suas maos ficam vermelhas, e deles comessão a sair faíscas de raio vermelhor, enquanto Kei grita de raiva..

- Mais que merda é esta... Um reio vermelhor é um poder impossivel de se despertar sem seu servo por perto.. _Zeck

- Irmão olhe.. Aquela baixinha pegou a mulher que sequestramos! _Zack

Zack vê Alice que estava aonde a mãe de Kei estav desmaiada.

- Eu não me distrairia agora.. _Alice

Quando os dois se viram são acertados por um forte raio e jogados para uma mata no parque, Kei continua jogando raios em todo o parque, já estando ségo de raiva..

- Drogea Kei... Você perdeu o controle, preciso selar seu poder por enquanto.. Isto vai me custar mais magia que estava guardando para ficar em meu estado normal.. Não tenho escolha, não posso deixar você assim. _Alice preocupada.

Alice então conjura um siculo de raios que sela o poder de Kei, e o faz cair no chão inconsciente novamente..

Até que Kei acorda com o sol iluminando seu rosto, e Alice deitada em sua cama dormindo..

- Ei sua pirralha acorde, por que esta em minha cama de novo?

- Hora.. hora... Barulhento como um delinquente de sempre.. Você devia me agradasser por salva-lo de novo..

- Oque ouve ontem? Só lembro de ter ido salvar minha mãe e ter usado um poder estranho.

- Você usou o raio vermelho.. Realmente me impressionei.. O raio vermelho é o mais forte entre todos os raios, normalmente você deveria poder usar só o azul, mais conseguir isto sem treino e nem.vínculo maior comigo é um feito.. Você tem meus elogios..

- Não preciso deles, só quero que suma junto de toda essa palhaçada de rei..

- Você ainda não entendeu ne!? Sem min você não tem poderes, sem poderes seu território será tomado e sua vida também, aqueles dois idiotas não o mataram por pouco, sorte se sua raiva de delinquênte tem alguma utilidade.

- E minha mãe como ela esta?

- Calma, ela esta bem.. Foi difícil trazer nós de volta para cá.. Usei muita magia, mais esta tudo certo..

- Eu matei aqueles dois?

- Não.. Eles fugiram no final..

- Que pena... Se velos novamente vou fazê-los pagar caro.

- Hm.. Então aceitou o fato de ser um rei agora?

- Não.. Eu não aceito nada que não me convenha.. Esqueceu que sou um delinquente pirralha?? Mais se não tenho como fugir disso vou esmagar quem tentar me prejudicar, ou alguém próximo a min.. _convencido a lutar por algo agora

- Bom este sentimento serve.. Mais terá de trainar para sobreviver, e precisarmos aumentar nosso vínculo..

- Só me diga como usar este poder.. 

Kei agora esta convencido a não deixar ninguém atrapalhar sua vida, se tem algo que ele preserva é sua liberdade.. E não suporta seguir regras... Agora ele quer fazer as dele nesse jogo..

- Ei Kei esta na hora de ir para a escola. _mãe de kei

- Droga como vou explicar oque ouve ontem?.. _preocupado

- Não se preocupe ela não lembra de nada, usei um pouco de meu poder..

- Bom isto ajuda em algo pelo menos pirralha.

- Pare de me chamar assim, somo parceiros agora, e deve me chamar pelo nome..

- Tudo bem pirralha.. Alice.. Mais eu sou o rei então como minha serva deve obedecer.

- Só não peça nada estranho..

- Eu não faria isto com uma criança..

Plim.. plim.. Uma mensagem chega ao celular de Kei..

Mensagem: "Eu sei que você é um rei, fotografei você usando seus poderes no parque se não quiser tumulto me encontre no terraço da escola, no horário de intervalo.. E não se atraze, ou seu vídeo será vazado".

- Mais que drogra.. Alguém esta querendo me chantagear..

- Pode ser outro rei.. Kei tenha cuidando.

- Na escola ele não podera fazer nada, vou descobrir quem é este cara e depois acabar com ele antes que fale algo.


Contínua....


Notas Finais


Capítulo sem revisão..

A revisão de capítulos vou fazendo de poucos em poucos, o enrredo não muda.. Apenas correção ortográfica.. Espero não ter tido muitos, e se ouve peço desculpas..

Obrigado por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...