História The last flowers - Chanbaek (Hanahaki byou) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, TWICE
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Dahyun, Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin, Yugyeom
Tags Chanbaek, Dahmo, Flores, Hanahaki, Hanahaki Byou, Hunhan, Jikook, Kaisoo, Kristao, Markson, Namjin, Sulay, Vkook, Xiuchen, Yoonseok
Visualizações 117
Palavras 1.128
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Sobrenatural, Survival, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Five


Fanfic / Fanfiction The last flowers - Chanbaek (Hanahaki byou) - Capítulo 7 - Five

— Talvez eu deva ir ao médico...?— Baekhyun entrou no banheiro, sem perceber a presença de Park.

— Eu definitivamente tenho que ir ao médico.— Jimin suspirou.— Quem em sã consciência cospe pétala e flor durante tanto tempo?

— Eu? — Baek falou baixo, mas o menor ouviu.

— V-você cuspiu pétalas também? — Jimin perguntou, se aproximando do rapaz.

Baekhyun então mostrou a pétala ensanguentada, na palma de sua mão.

— Cuspi uma flor ontem, e...agora a pouco também.— Jimin suspirou.— Mas isso acontece há quase um mês.

— Daqui a pouco vou me plantar em um jardim.— Baekhyun riu.

— Mas você sabe o porquê de estarmos vomitando pétalas? — Park perguntou, encarando o loiro.

— E por um acaso tenho cara de adivinho?

— N-não...— Jimin desviou o olhar.

— Desculpe pela resposta. É que não tem explicação para o nosso problema.— Baekhyun suspirou, dando de ombros.

— Tem que ter! — O menor se aproximou do outro.

— Quando você descobrir, me avise. Não é muito legal soltar uma pétala da garganta.— Baekhyun suspirou.— isso dói, e eu sinto como se fosse morrer. Perco todas as minhas forças, minha barriga dói e eu já não sinto fome.

— Isso é só o começo.— Jimin o encarou.— Você só está vomitando pétalas ainda. A tendência é piorar.

— T-tem certeza? — Baekhyun perguntou, tossindo forte.

— Sim.

— E nem pra ser uma flor pequena, tem que ser essa florzona? — Baekhyun reclamou.

— Tadinha, ela é bonitinha pelo menos. As que eu vomito são tão feias que dá vontade de bater em quem gosta delas.— Jimin riu.

— Tadinha nada, elas me engasgam! — Baek cruzou os braços.

— Você não reclama quando se engasga com um pinto na sua boca mas reclama quando se engasga com flores? — Jimin o encarou, perplexo.— Tinha que ser Byun Baekhyun!

— É diferente! — Baekhyun riu da comparação do amigo.

O menor assentiu com a cabeça, sabia exatamente como era a sensação.

— Isso é tão...estranho.— Jimin suspirou.— nunca vi nada igual.

— Vou pesquisar na internet depois. Tenho que ir para a sala de aula, o professor deve estar reclamando com os alunos atrasados.— Baek suspirou.

— Acho que estou passando mal.— Disse o loiro, colocando a mão na barriga.

— Jimin? — Baek perguntou, colocando as duas mãos no rosto do menor.

— E-estou bem. — Jimin se afastou, começando a tossir.

— Você vai ficar bem, certo? — Baek sorriu, mais perto do outro do que devia, corando em seguida.— Nós dois vamos.

Park assentiu, porém não tinha confiança nas palavras do outro. Já sabia que era algo relacionado á pessoa que gosta, pois sabia que jungkook gostava daquelas flores feias, e Baekhyun estava cuspindo as flores preferidas de Chanyeol. Jungkook jamais largaria Taehyung...

No final das primeiras aulas, quando Baekhyun sentou na mesa de sempre no intervalo, Jimin não apareceu.

— Onde está o Jimin? — Baekhyun perguntou, olhando para seus amigos.

— Ele ainda não chegou...— Chanyeol suspirou, comendo sua comida.

— Tomara que não chegue.— Luhan cruzou os braços.— ele é muito chato.

— Você também.— Kyungsoo sorriu para o amigo.— mas nós te amamos.

— Devíamos dar uma chance ao jimin.— Sehun encarou o namorado.

— Não devíamos. Ele só sabe atrapalhar.— Luhan revirou os olhos.

— Eu gosto dele, ele é uma boa pessoa.— Baekhyun sorriu mínimo.

Jimin estava no jardim do colégio, sentado em baixo de um arvoredo. O garoto pensava em sua vida, em como era antes e depois de Baekhyun aparecer. Ele pensava que atrapalhava o relacionamento de Chanyeol e Baekhyun, um relacionamento que sequer tinham ainda. Pensava em como se sentia feliz quando estava por perto, mas como atrapalhava tanto.

Era culpa do destino.

O maldito destino que insiste em brincar com a gente, e insiste em nos fazer sofrer. E quando sofremos, é de uma maneira dolorosa e mortífera, como se estivéssemos destinados a morrer por um amor impossível.

Os garotos o encontraram dormindo embaixo da árvore, enquanto passeavam.

— Yaa, olha ele ali! — Kyungsoo apontou para o loiro.

— Que estranho... Ele está com uma pétala na mão! Nem tem dessa flor por aqui.— Luhan se aproximou.— Ei Baek, você não acha parecida com a flor que você gosta?

— E-eu dei á ele hoje mais cedo.— Baekhyun sorriu mínimo.

— E qual é o nome da flor? — Suho perguntou.

— É uma tulipa vermelha, todo mundo sabe.— Minseok olhou para a flor.

Tulipas vermelhas: Significam amor verdadeiro e eterno.

Jimin abriu os olhos lentamente, observando os garotos contra a luz do sol.

— Anjos...— Murmurou, ainda acordando.

— Somos só nós.— Luhan riu.— Acho que ele está tendo alucinações.

O menor tossiu um pouco e sorriu.

— Que horas são?

— Hora do intervalo.— Minseok suspirou.— meninos, vou ao banheiro.

— Ai eu também vou! — Luhan sorriu.— Sehunnie, vem!

Todos os garotos saíram do jardim, deixando apenas Baekhyun, Chanyeol e Jimin.

— Depois das aulas vamos para a minha casa assistir algum filme? — Baekhyun sugeriu.

— Eu também? — Estranhou o loiro.

— Sim.— Baekhyun sorriu para o menor.

O menor sorriu e assentiu, aceitando o convite.

— O sinal vai bater. Nos vemos outra hora.— Chanyeol sorriu, puxando Jimin para levantá-lo.

Park despediu-se dos dois garotos com um sorriso no rosto, indo para a sala de aula.

   Chanyeol abraçou Baek, que se arrepiou por completo e ficou sem reação.

                     🌹🌹🌹

Jimin estava pronto para sair do colégio quando esbarrou em Baekhyun sem querer.

— Desculpe, não te vi.— Park suspirou.

— Eu estava distraído, a culpa foi minha.— Baekhyun sorriu mínimo.

— Desculpa a curiosidade, mas por quê estava distraído? — Jimin perguntou.— Pelo o que eu te conheci nesses dias, você é bem atento.

— Estou me sentindo estranho...

— Vamos ao médico juntos.— Jimin sorriu, tocando no ombro do amigo.

Baekhyun assentiu e sorriu, observando o loiro. Jimin tinha uma expressão facial tão calma e serena, entretanto eram tantos mistérios dentro de si.

— Olá meninos.— Chanyeol sorriu.— Onde estavam indo sem mim?

— Não estávamos indo à lugar algum.— Jimin respondeu.

— Minha irmã está nos esperando no carro, vamos.— Baekhyun apontou para dahyun, no fim do estacionamento.

                     🌹🌹🌹

Ao chegarem na casa do loiro, os três tiraram os sapatos e entraram, junto de dahyun.

— Não reparem a bagunça.— dahyun suspirou, tirando algumas coisas do lugar e arrumando.— O Baekhyun não me ajuda em nada.

— Tudo bem! — Jimin sorriu,  sentando-se no sofá.

— Sua casa é muito bonita.— Chanyeol sorriu, observando os quadros.

— Por um acaso você não iria elogiar se a coitada fosse feia? — Baekhyun perguntou, o encarando.

— Iria elogiar até se ela não tivesse teto.— Disse o moreno.

— Querem beber alguma coisa? — dahyun sorriu para os garotos.

— Estou morrendo de sede.— Chanyeol assentiu.

— Baekhyun, vai buscar água pra ele! — Dahyun o encarou.— tenho que sair, até mais tarde meninos! Não façam nada de errado, e se fizerem, tomem cuidado, prevenção é tudo!

Dito isso, a moça saiu da casa novamente.

🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹


Notas Finais


Olá amores!

Eu disse que ia ser att tripla, mas estou pensando se posto mais um capítulo...

Gostaram do capítulo? Comentem o que acharam!

Beijos com Nutella ❣️🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...