1. Spirit Fanfics >
  2. The last hope >
  3. PUNISHIMENTE TIME!!!

História The last hope - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Aff, não tem seixo
Comente se gostaram ou não, bah.

Capítulo 1 - PUNISHIMENTE TIME!!!


Fanfic / Fanfiction The last hope - Capítulo 1 - PUNISHIMENTE TIME!!!


Naquele local fechado era possível escutar as longas arfadas de Nagito, não eram tomalmente de desespero, mas sim de medo, era possível ver algumas gotas de suor em seu rosto que escorriam juntamente a suas lágrimas de tristeza, pensar oque Hajime iria falar sobre si era desesperador, e por isso não parava de chorar, era realmente terrível oque tinha feito, havia acabado de ser pego cometendo um crime brutal com sua possível única amiga verdadeira.

Lembrava de cada detalhe de como havia assassinado Chiaki, lembrava daquela faca de tamanho pequeno e bem afiada em suas mãos, espalhando sangue por todo o local em uma enorme quantidade, ao nível de fazer uma enorme poça abaixo do corpo de Chiaki, principalmente pelas paredes e pelo o chão, que além de sujos de poeira e sujeira estavam sujos por rios e mais rios de sangue. Havia uma mensagem por código que Chiaki havia feito com seu sangue, estava em código morse, provavelmente era o nome do culpado, que estava pela metade por que chiaki teria falecido durante o processo, fazendo uma linha reta que se desmanchava no percurso. Oque deixava aquilo mais explícito para hajime no class trial, era que estava escrito "-. .- --." que significava "Nag" em letra comum, e o único com essas inciais era Nagito, oque deixava Hajime desapontado e preucupado, além de estar em desespero por não querer o perder, já que foi o único a o ajudar no início de tudo, e o acompanhar até esse momento.

Todos estavam abalados e surpresos com as provas que Hajime tinha sobre Nagito, até mesmo o próprio estava surpreso, não queria acreditar que seu único amigo que sempre esteve ao seu lado matou a sua querida Chiaki, aquilo era uma loucura total para ele, não demonstrava, mas estava querendo chorar e cair no chão em desespero com tudo aquilo, pela morte de sua amiga e pelo o sofrimento que Nagito teria que passar dali em diante.

–Hinata-Kun, eu posso explicar, eu juro que não quia fazer aquilo!– Nagito falou em prantos a Hajime, sua voz era fraca e chorosa, certamente não queria ter feito aquilo pelo o motivo do desespero, mas sim para acabar com tudo aquilo de uma vez, além de ser pela a 'esperança' que queria sentir ao poder ter matado ao mastermind. Hajime o fitava com seu semblante sério, tentando não chorar naquela situação desesperadora daquele jogo de matança, mesmo com a expressão mais séria que podia apresentar, estava com seus olhos brilhantes com a água das lagrimas eu seus olhos, suas sobrancelhas se contorcendo e com seus lábios sendo mordidos a uma força grande, não ao nível de sangrar, mas sim de sentir uma dor agoniante.

–Basta Nagito! Não quero mais escutar sua voz, assasino!– Gritou com ele, rangendo seus dentes logo após ditar aquelas palavras cruéis a ele, segurando para não desabar logo naquele momento crítico que Nagito havia o colocado. Nagito apenas conseguia derramar mais e mais lágrimas por suas bochechas albinas, aquilo era medo de morrer e perder sua amizade preciosa, aquilo era desesperador, até mesmo para alguém tão esperançoso quanto Nagito.

~Uphuphu, Pareçe que já temos uma votação feita, HORA DA PUNIÇÃO!– Monokuma disse se divertindo com aquela situação que havia colocado os dois melhores amigos, que agora estavam descutindo, um iria morrer de uma forma doloroza e outro ficaria com grandes traumas de tudo aquilo.

Logo após todo aquele drama, monokuma apertou aquele botão vermelho do desespero, mostrando a cena típica de " Game Over. Nagito Komaeda foi considerado culpado. Hora da punição!".

Após isso era possível ver o pescoço de nagito sendo preso pela a corrente e ferro forte, que estava o puxando para uma das salas de punição, oque o fez entrar em pânico por saber o seu destino naquela sala. Foi possivel ver o cenário aparecer no local, uma grande plataforma de ferro foi colocada em uma longa distância do chão, sendo segurada por algumas cordas de diferentes cores vibrantes, logo aquele plataforma vazia foi acompanhada de algumas cortinas vermelhas de circo ou de teatro que apareciam em volta do local, ficando um tanto longe, além de algumas luzes brancas e vermelhas que eram colocadas em direção a grande plataforma, que logo recebeu um peso sobre, era Nagito ali, ele iria tentar escapar, mas estava em uma grande altura entre o chão e onde estava, era realmente desesperador, provavelmente morreria pelo o impacto da queda no chão.

–Nem mesmo minha sorte vai me salvar desta queda, estou sem saídas – Falou baixo para si mesmo, sua voz estava mais acelerada doque antes no class trial, mesmo a sala sendo fria, estava suando a todo momento, respirando pesado, apertando suas mãos para tentar se acalmar com aquilo que iria acontecer, contorceu suas sombracelhas, continuando a derramar suas lágrimas.

Uma corda azul foi colocada no pescoço branco e fino de Nagito, que anteriormente estava frouxa, apenas estando presente pescoço, mas logo isto mudou, ela foi apertada com uma certa força, marcando em vermelho e roxo fraco aquela área de Nagito, que já começava a respirar com uma grande dificuldade, fazendo seu corpo ficar bem mais quente que antes, sentindo a emoção do momento .

Era de se notar que todas as cordas que estavam presente naquele local estavam amarradas a sua plataforma, mas algo de estranho logo iria acontecer envolvendo elas. Monokuma estava em uma longa parte de ferro que segurava as luzes, perto de onde todas a cordas vibrantes estavam, com uma enorme tesoura em suas mãos, já estava óbvio, iria corta cada corda até sufocar nagito.

Aquela tortura começou, monokuma cortou a primeira corda ali presente, era uma de cor amarela.

Nada.

A corda estava colocada na plataforma, mas nada ocorreu, os esforços para cortar a corda com a tesoura pesada, oque o deixou muito irritado, logo cortando a próxima corda, desta vez era de cor verde.

Nada novamente, e assim foi ocorrendo sucessivamente. Talvez a sorte de Nagito estava o ajudando naquele momento? Ou possívelmente não.

As pessoas restantes do class trial estavam assistindo tudo aquilo por uma tela grande que estava pendurada, todos sabiam que aquilo era a sua sorte o ajudando, oque deixou Monokuma bem mais extressado.

–Graças a esperança, 'vou sair vivo daqui!–Exclamou alto para que todos escutacem, tendo um grande sorriso em seu rosto, que ficava bem mais quente e suado a cada momento.– E-Espera, oque?– Olhou para baixo arregalando seus olhos, monokuma havia colocado fogo por todo o local naquela sala, oque fez Nagito ter as mesmas reações de antes.

Suando e chorando descontroladamente, se contorcendo pela a plataforma tentando retirar a corda de seu pescoço, oque fazia ela apertar mais ainda, o fazendo perder toda sua esperança no calor do momento.

–F-Foi bom te conhecer Hajime... O m-meu amor por sua e-esperança e seu ser me levaram até aqui... morrerei por você, acaba com esse jogo logo– As palavras eram calmas e verdadeiras, os olhos de nagito se fecharam lentamente, acabando de assumir seu amor por Hajime em um momento crítico, sabia que iria morrer, então não se importou com oque pensariam a aquela altura, estava morrendo, quem seria capaz de o julgar?

O fogo estava mais alto e próximo a Nagito, fazendo uma das cordas da plataforma se romperem junto das cortinas que estavam como parte do cenário, fazendo nagito bambalear um pouco ali, fazendo-o quase escorregar para fora para o fogo, e assim sucessivamente as outras cordas se fizeram, a cada uma rompida era mais uma gota de esperança perdida, até que finalmente aconteceu, Nagito tinha sido colocado ao ar, estava sufocando, a dificuldade de respirar só aumentava a cada segundo, além de deixar o local de seu pescoço antes vermelho em um roxo, estava a beira da morte. E assim aconteceu, ele morreu agonizando. Aquela sensação de não poder respirar para a vida, aquela sensação de dor e agonia por perder todo seu fôlego... Era uma tortura enorme.

Hajime chorava ao ver aquela cena ocorrendo, caiu ao chão apertando suas mãos as arranhando com força ao nível de sangrar, estava de joelhos soluçando sofrendo com aquela cena, todos ao redor tentavam o acalmar, mas nada adiantava.

Logo algo surpreendente aconteceu, a corda que sufocava Nagito foi rompida pelo fogo, fazendo nagito cair no chão, fazendo uma grande quantidade de sangue voar para todos os locais de lá, fazendo o garoto quebrar alguns ossos por seu corpo, oque já não afetava mais, estava morto. Além deste sofrimento de queda do cadáver pálido de Nagito ensaguentado e aroxeado, o fogo começou a o queimar, mesmo sem ele estar sofrendo, era crueldade, o corpo começava a ter queimaduras gravíssimas, oque era de se esperar.

Monokuma ria alto daquilo, havia saido faz tempo dali, no momento que o fogo apareceu ele já estava fora.

Ao Hajime ver aquela cena ele se desesperou mais ainda, odiando tudo oque tinha visto ali, seu melhor amigo havia sido sufocado, empurrado para o chão e queimado. Os olhos deles se arregalaram mais ainda, e as lágrimas saiam em mais quantidade, certamente tudo aquilo era tortura para todos, mas foi o certo a fazer.

–Eu também te amo, Komaeda...–



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...