História The Last Love (Camren) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello
Tags Camren
Visualizações 26
Palavras 1.069
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, LGBT, Yuri (Lésbica)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vortei amores
Infelizmente perdi minha ultima história e comecei outra nova, rs.
Essa história também esta disponível na Wattpad e eh isto, boa leitura

Capítulo 1 - I


Pov Lauren
  Acordo com toda arrepiada devido ao frio de Miami essa época do ano, levanto e vou direto ao banheiro tomar um banho demorado, quente. Demoro cerca de 20 minutos, desço as escadas e vou comer algo. Hoje terei uma reunião importante na J. Industry, uns representantes da Coreia irão lá com a propósta de expandir a empresa até lá, acho que irei aceitar...ou não.

[...]

  Chego na frente da J. Industry e observo o prédio mais alto de Miami, ele tem um J grande em sua frente, ele é lindo. Entro, com um pose de superior e vejo todos se acomodando em seus devidos lugares. Chego em minha sala e me sento da cadeira de presidente da empresa, logo minha secretária entra e me passa o cronograma do dia, não gosto muito dela, o nome dela é Meredith, mas ela é uma boa profissional. Depois que ela sai da sala eu me levando e pego uma taça de vinho e volto a me sentar na cadeira de presidente.

FLASHBACK ON
{Dez meses atrás}

-Você está comigo só por causa do meu dinheiro sua vadia -digo com raiva
-Amor, eu não estou com você só por causa do dinheiro, eu amo você -ela diz se aproximando de mim e colocando sua mão em meu ombro- Eu nunca trairia você, você é o amor da minha vida
-Se você fosse realmente o amor da minha vida nada disso teria acontecido -Digo tirando a mão dela do meu ombro com nojo- Sai da minha casa, sai da minha vida, eu não quero ver você na minha frente nunca mais - Digo gritando e abrindo a porta com força para Selena se retirar do meu apartamento.
-Mas nós somos casadas, você não pode fazer isso comigo amor -ela diz se aproximando novamente
-Sinto-lhe informar mas não tem mais nada entra a gente, considere-se solteira -digo dando um sorriso irônico- agora sai da minha casa ou eu vou chamar a polícia! SAI AGORA.
  Ela se retirou de minha casa, eu particularmente nunca cheguei a amar ninguém, sinto que não consigo ficar sozinha, na verdade eu nem acredito mais no amor.
  Depois que ela saiu eu fui tomar banho, lá eu demorei bastante, eu tinha que pensar e relaxar, a única coisa que eu não consigo agora é ficar triste, sinto que tirei um peso morto de mim.

FLASHBACK OF
 
[...]

  Depois da reunião com os representantes da Coréia, que eu aceitei, a propósta deles era realmente muito boa, volto a minha sala para dar uma última revisada nos papéis, quando rescebo uma ligação de Vero.

*LIGAÇÃO ON*

-Amiga -Diz vero do outro lado da linha com a voz meio trêmula
-Fala ai qual e a boa vadia de luxo -digo rindo
-podemos sair para almoçar? -ela diz com a voz fraca e falha
-Podemos sim... mas aconteceu alguma coisa? -Pergunto preocupada
-Não, ta tudo normal, só quero sair p almoçar em um lugar calmo e... -ela da uma pausa para respirar- e conversar
-Ta ok, mas aconteceu alguma coisa?
-Não Jauregui, eu só quero sair com você, te pego ai na frente em 40 minutos -ela diz desligando o telefone.

*LIGAÇÃO OF*

   Aconteceu alguma coisa, eu posso ter certeza, quase que absoluta, mas eu sei que eu não posso questionar muito, ela precisa do tempo dela.
   Vero esta em um relacionamento com Lucy Vives, o relacionamento delas anda com altos e baixos, mas Vero está tentando de tudo para continuar no relacionamento, ela sabe que Lucy é o amor de sua vida.
   Me perco em meus pensamentos e quando vejo recebo mensagens de Vero mandando eu descer, e logo eu obedeço, capaz de ela me arrancar a cabeça se eu não descer.

-Que demora Jauregui, puta que pariu -Ela diz irritanda logo ligando o carro e saindo, eu nada digo, apenas mudo a música do rádio- E não muda essa porra de música, eu não to tendo um dia bom então pelo amor de Deus isso não, tu sabe que eu odeio -Ela diz com raiva, e eu apenas me segurava para não rir
-Ai Verônica acalma, meu deus -digo- onde nós estamos indo?
-Segredo -ela respondu grosseiramente
-Ai Verônica
-O que Jauregui?
-Você anda chata demais, cadê o humor nessa mulher, po sorri ai, seu sorriso é tão lindo -Disse
-Você sabe muito bem o que ta acontecendo, então por favor, só me faça esquecer isso tudo por algum tempo -Ela diz, acho que foi a única resposta que ela não foi grossa.

Chegamos em uma lancheria afastada da cidade, Verônica me disse que é deu seu tio, e também que a comida é muito boa.

   Entramos na lancheria e nos sentamos em uma mesa na janela, a vista era muito bonita, até que uma moça vem a nossa mesa para nos atender
-Licença, vão querer algo? -Ela diz olhando para nós
    Meu Deus ela era muito linda, a mulher devia de ter 1,65 de altura, encorpada, estava com o cabelo bem preso, uma calça preta justa e uma blusa vermelha, o uniforme. Suas curvas ficavam bem definidas devido a calça colada
-Sim querida -diz Verônica dando uma pausa- vamos querer o praro do dia, eu vou querer vinho e você Lauren? -Ela pergunta para mim eu não escutei, fiquei apenas observando a atendente, ela era tão linda e algo nela me chamou a atenção, não sei o quê -Jauregui?
-Ah, é... desculpa... e-eu vou querer vinho também -Digo sem jeito
   A moça se retira do local e eu fiquei obsevando até a perder de vista
-O que foi isso Lauren? -pergunta Vero
 -Não sei -digo
-Caralho, você ficou muito sem jeito -Ela diz rindo da minha cara
-Verônica-repreendo
-o que? -Ela pergunta se fazendo de desentendida
-Já mandei você tomar no cu hoje? - digo
-Ui, depois sou eu a grossa -Ela diz

[...]

   A moça nos entregou o almoço que por sinal estava muito bom, e essa foi a ultima vez que eu à vi, amanhã irei vir aqui de novo, pelo menos pretendo, algo nela me chamou a atenção.
   Cheguei em casa e fiquei trabalhando no meu escritório, acabei perdendo a noção do tempo, quando eu vi já era 00:30, então eu sai do escritório e comi o resto de uma pizza que tinha na gelareida e subi ao meu quarto e tomei um banho quente e me deite, assim relaxando o meu corpo em meu confortável travesseiro

...


Notas Finais


Espero que goste rsrs
Obrigada por ler sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...