História The Last of Us: All About My Scene - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais, The Last of Us
Personagens Bill, Ellie, Joel, Marlene, Tess, Tommy
Tags Drama, Original, Tlou
Visualizações 2
Palavras 1.975
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A história é bastante longa e é recomendada a utilização de músicas calmas para manter a concentração na história

"Even the smallest being can alter the course of the future." - Io, Paladins (2019-20XX)

Capítulo 1 - Um começo agitado...


Inicio

"Olá, meu nome é William e esse é o meu diário, eu não sei até quando ele vai durar, mais ainda tem bastante folhas, de acordo com ele são cerca de 281 folhas, mais eu não confio nem mesmo nas minhas próprias palavras, principalmente no mundo de hoje onde as pessoas esqueceram oque elas são e se deixaram levar a loucura por conta da fome e da sede de sangue, muitos dos meus conhecidos tentaram me trair mais isso é uma história pra outro dia, eu me sinto perdido no calendário, já faz cerca de um ano segundo a fonte mais próxima que eu moro nesse buraco ligado a uma zona de quarentena que foi invadida pelos Vagalumes sem nenhuma piedade, achei um pequeno espaço entre duas das 5 barracas de troca de comida que as pessoas geralmente procuram por aqui, e os mercantes me ajudam me dando restos ou me dando Tickets em troca de alguns favores, o céus, o tanto de gente que morre por conta de coisas como roubo, extorsão, desvio de recursos, brigas de gangue, e até mesmo pelos militares que espreitam os arredores da cidade no final da tarde, é um numero lastimável, nos dias atuais não se precisa ter um diploma de médico pra saber que no canto mais próximo da saída existem partes de corpos que nem mesmo se podem ser retirados por cirurgia, e que pessoas infectadas sempre mostram sintomas rápidos e simples de se identificar, por exemplo, agitação, um recém infectado sempre é uma pessoa agitada e descoordenada, o desespero de saber que você tem menos de 2 dias de vida é uma dor insuportável e muitas das pessoas preferem não se transformar que morrer procurando pela cura inexistente-"

William é interrompido pela chegada de um homem acompanhado de Tess, que olham os arredores e falam com os comerciantes e observam a rotina caótica do local, logo os três passam pelo ônibus e William decide segui-los de longe, logo eles chegam até o lugar no qual William sabe que é perigoso e ele para de os seguir, alguns tiros são ouvidos de longe e toda a cidade se recua, fechando os mercados e se abrigando na esperança de não serem roubados e nem nada, William decide se esgueirar até o caminho dos tiros e percebe o cheiro de sangue e bandagens no chão, logo William volta para sua casa e pega suas coisas, que eram bem poucas, coloca tudo em uma mochila e segue o caminho a frente, felizmente Tess e o homem eram barulhentos e deixaram um rastro de morte por onde passaram, tiros nas paredes e pegadas de sangue, marcas de luta e etc deixavam o local bem fácil de ser intendido e estudado, William era um homem experiente nos campos de batalha e não era um soldado fácil de se encontrar, suas habilidades de sobrevivência o levaram à um nível de assassino profissional elevado, podendo se infiltrar e permanecer durante horas ou até mesmo dias escondido sem precisar de procurar recursos, William continuou seguindo os rastros até que ele os encontrou, porém eles não o perceberam já que ele estava escondido em um lugar  no qual os dois já tinham passado e ele sabia que eles não voltariam, Tess disse o nome do homem que à acompanhava em alto tom, Joel, William prestou atenção nesse nome e seguiu ouvindo os passos e planos de Joel e Tess até que eles encontraram seu alvo, Robert, o mercante de armas da região, William ouve toda a conversa de Tess e Robert e presencia a entrada de Marlene à história que estava acontecendo, William testemunha o assassinato de Robert e espera todos saírem do local e rapidamente pega os pertences de Robert (uma pistola 9mm vazia e alguns Tickets de comida acompanhado de um pingente de Vagalume com o nome de "Elias Lockwood"), Wiliam se pergunta mentalmente o porquê daquele pingente mais ele logo ignora e volta a seguir Marlene com os outros tinham feito, Marlene tinha deixado gotas de sangue por todo o caminho que eles passaram e por fim de tudo, só sobrou uma porta com a marca da mão de Marlene feita em sangue, Robert escuta de longe uma pequena briga com uma garota, que foi introduzida a Joel como Ellie, William também escuta que ela devia ser transportada aos Vagalumes e fica interessado nisso, Joel inicialmente se recusa a aceitar porém logo é repreendido por Tess que faria de toda aquela situação caótica, uma vantagem à ela e Joel, tendo suas armas anteriormente roubadas por Robert e transportada pelos Vagalumes liderados por Marlene, que estava ferida devido a um confronto com os militares ou algo do tipo, todo um plano foi arquitetado em tempo real na cabeça de William, ele se constituía em 3 fases e era simples de se cumprir, ele os seguiria e quando fosse seguro ele se desprenderia e tentaria se juntar à eles, William ouve Marlene dando o comando de liderança dizendo onde é para fazer a troca inicial e Wiliam se prepara mentalmente calculando todas as rotas que ele conhecia, e Tess da o comando inicial de partida e Marlene volta para o caminho anterior do prédio no qual Ellie foi apresentada, William se esconde e deixa Marlene passar sem problemas, vendo que ela estaria acompanhada de militares e Vagalumes à sua espreita, ele não achou grande vantagem em a ter como alvo, William entra na sala que Joel acabara de sair e procura mais rastros, Ellie tinha rabiscado alguns rascunhos de coisas sem sentido e marcas de sua presença haviam sido deixadas pelo local, típico de uma adolescente, logo William se põe em rumo à perseguição a Joel e suas companheiras.

Depois de algumas horas,  noite havia caído e os militares ficaram alertas, Joel e Tess se arriscaram muito enquanto William só se aproveitou dos restos que deixavam para trás e também aprendeu um pouco mais sobre os três, William havia percebido a frieza de Joel em usar os próprios punhos para matar coisas, e também a personalidade forte que Tess havia mostrado à Joel e Ellie, William logo se posicionou e esperou os movimentos de Joel e Tess porém eles foram pegos por dois militares que ameaçaram diretamente os três, Ellie se mostrou infectada e William observou de longe a reação de Tess e Joel, William ouviu cautelosamente a explicação de Ellie e se sentiu parcialmente dividido, porém decidiu acreditar nela como Tess e Joel haviam feito, William se reposicionou e esperou os três sairem dalí e puxou um dos militares para uma vala causada pela explosão de uma das bombas da cidade de 20 anos atrás, William roubou as roupas, memorizou a identificação e remontou o perfil do militar antes morto, desmentindo a situação e prevenindo sua própria morte com facilidade, William seguiu os rastros e rastros largados na lama daquele lugar podre e abandonado e com o tempo até se acostumou com os defeitos que os caminhos tomados pelos três tinham, um andaime do prédio se quebrou e chamou atenção de alguns dos infectados do prédio para as janelas de seus respectivos andares, além de alertar outros infectados do térreo e da cidade em si, Joel e Tess passaram a noite inteira acordados graças ao cochilo no apartamento e William também os acompanhou nesse ritmo, mesmo que cansado ele não poderia parar por causa dos infectados e dos próprios militares coisas que ativavam todo o instinto de sobrevivência dele, assim que o dia começa, Joel e Tess chegam ao topo do prédio e avistam o objetivo, William se surpreende com a facilidade que eles tiveram de cruzar todo esse caminho sem nem sofrer um ferimento, Ellie faz um comentário simples e interfere os pensamentos de William, totalmente quebrados por  "é assim que é a vista de uma cidade?", William se sente confuso por alguns segundos, mesmo tendo ouvido os outros diálogos que diziam quase a mesma coisa, mesmo assim ele ignora, e continua sua perseguição silenciosa

Pouco tempo depois Joel e Tess chegam ao lugar planejado, porém William percebe algo estranho, a agitação de Tess ao ver os Vagalumes que seriam a parte vital do plano assassinados a sangue frio sem o menor sinal de resistência, quase como se fossem rapidamente silenciados todos em conjunto em um ataque coordenado perfeitamente, Tess entra em desespero e começa a gritar com Joel, e logo releva que foi mordida, junto desse fato, William ouve de fora um carro militar que o percebe do lado de fora e rapidamente tenta intervir, mirando ao corpo esguio porém forte de William, seu porte médio ajudou bastante, William era comparável ao tamanho de Joel, porém mais flexível e musculoso, e isso foi um ponto vital para a fuga de William dos Militares, alertados eles foram comandados a entrarem no prédio e Ellie e Joel abandonam Tess contra a vontade deles, Joel mostra resistência contra aquele fato, mais mesmo assim ele a deixa e protege Ellie dos militares, a fazendo seguir em direção a outro local, Joel sobe até o segundo andar do lugar e William o acompanha pelo lado de fora, quando os militares invadem rapidamente eliminam ela, Joel presencia a cena e começa a proteger Ellie da percepção dos militares, quando Joel se afasta da cena, William entra em ação, ele joga um pedra pela porta através da janela que ele encontrou aberta e corre abaixado até o outro lado da sala, sacando um pequeno rifle portátil silencioso e eliminando dois dos cinco militares com apensa um tiro, um dos militares enxerga o reflexo de Wlliam na água e tenta se esconder e avisar os parceiros porém William rapidamente calcula a trajetória do tiro e acerta a cabeça do militar em questão, os outros dois começam a correr para dentro da sala que Joel entrou e William os perde de vista, sobrando apenas o caminhão do lado de fora, o caminhão força uma subida rápida pelas escadas da entrada e faz uma procura rápida por William, sem sucesso o caminhão segue o seu rumo até o portão dos fundos do qual Joel usaria como rota de fuga, Joel consegue sair do lugar porém na chegada da escadaria de escape para o metrô, o caminhão militar se aproxima começa a atirar contra o local, quase acetando Joel e Ellie, para evitar isso, William rapidamente atira uma pedra no caminhão e se esconde, oque faz ele chamar a atenção dos militares e largar os outros à mercê de Joel, que passaria a comandar Ellie diretamente sem o aval de Tess, William se vê quase encurralado se não fosse por um sistema de ventilação pré aberto do local, ele rapidamente se esconde e o caminhão passa direto fazendo um procura rápida, assim que o caminhão passa William corre até o metrô e tenta procurar por rastros de Joel e Ellie, ele se depara com uma nuvem de esporos grande e íntegra e rapidamente saca sua máscara de proteção contra esporos, conseguindo se situar, ele acha os corpos de dois militares estrangulados por Joel e um caminho pré-aquático logo a frente dos trens, William pôde ouvir Ellie dizendo algo porém não foi capaz de intender, Joel mergulha na água e William observa Ellie esperar, William se surpreende ao ver que Ellie não usava nenhuma proteção e mesmo assim andava em meio ao esporos como se nada acontecesse, Logo logo Joel volta com um pedaço de madeira e Ellie sobe em cima, a partir daí William intende que Ellie não sabe nadar, e marca isso mentalmente, então, ao ver que Joel levou Ellie adiante, ele mergulha sorrateiramente e segue eles por meio das pernas de Joel, que se destacavam por ser como um anzol em meio a tanta água limpa por baixo da nuvem de esporos, William decide que vai segui-los até onde for preciso e acaba tomando simpatia por Joel e Ellie.


Notas Finais


Destaquem erros e me digam oque melhorar por favor, essa história ta planejada a ter mais ou menos 10 capítulos ou mais
até o próximo capítulo, e muito obrigado por ler minha história


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...