1. Spirit Fanfics >
  2. The Legend of the Signs >
  3. A Inesperável Surpresa da Novata!

História The Legend of the Signs - Capítulo 5


Escrita por: MademoiselleWatts

Capítulo 5 - A Inesperável Surpresa da Novata!



Seus olhos  com o som do alarme tocando às 7:00H. Sinceramente, a garota detesta acordar para ir á escola, principalmente nesse horário.

Levanta da cama e caminha para o andar debaixo, encontrando os pais na mesa da sala de jantar.

Mãe: Bom dia filha.

Pai: Bom dia. - ambos sorriam para ela.

 A mesma retribuí um sorriso fraco.

???: Bom dia.... 

Mãe: Estamos orgulhosos de você.  

 Pai: Você se tornou uma das estudantes na melhor escola da cidade,  College of Scholars. 

???: Obrigada. - ela fala um pouco desanimada.

Mãe: Bem, vamos logo ao que interessa, fizemos uma breve lista para que você cumpra quando estiver no colégio. - ela entrega para a menina um papel com um monte de coisas para serem feitas.

A garota suspira.

???: Okay.


Depois do café da manhã em família, a garota pega o ônibus escolar, provavelmente ela sentou no banco dos fundos ao lado da janela, onde não tinha nenhuma companhia ao seu lado, ela observe as paisagens que foram se passando, mas logo o ônibus freia no maior cuidado possível para não machucar os passageiros. E embarca um garoto de penteado coreano, igual daqueles idols com franjas caídas sobre suas testas. 

Ele passa no corredor procurando algum acento decente, até que ele sentou-se ao lado da garota, o que deixou-a nervosa, porque ela nunca teve a oportunidade ou alguém teve a oportunidade de sentar-se ao seu lado. 

Ela olha para o rosto do jovem que tem uma bela aparência delicada, incrivelmente foi que ele tem a mesma aparência do idol Jeon Jung-kook, isso fez a menina ruborizar levemente.

Jeon eun: Ufa! Quase perdi o ônibus. - ele murmura para si mesmo, mas logo percebe que esteve acompanhado por uma garota. - Oh, olá.

Ela não responde, o que fez a mesma continuar olhando para frente fingindo estar normal.

Jeon eun: Hããã.... - ele cutuca o ombro na garota, e ela o olha.

???: Oi.

Jeon eun: Desculpa em perguntar, mas você é novata?

Ela assenti ainda de cabeça reta.

Jeon eun: Bom, nesse caso, me chamo Jeon eun. - ele estende a mão para a mesma que continua imóvel, mas percebe que a mão do rapaz está esticado para ela. 

Ela suapira ainda nervosa mas continua fingindo.

Letícia: Me chamo Letícia. - ela aperta sua mão.

Jeon eun: Letícia, bonito nome. Gostaria que eu lhe apresente á escola?

Letícia: Neh, pode ser.

Jeon eun: Está bem.


Chegando, Jeon já começa á falar sobre as regras do colégio e das pessoas más que são praticamente os mimados, logo partiu para os locais que tanto gosta de ficar como a biblioteca e seu canto do conforto que fica escondido atrás de uma parede, mas é claro que ele não tinha falado á ela sobre o seu canto do conforto; pois ele prefere mais ficar sozinho do que ser atormentado por pessoas barulhentas em um lugar totalmente pequeno.

Ele entra na biblioteca e despede da Letícia que foi para sua sala. Ela entra e logo se apresenta quando a professora permite.

Letícia: Oi me chamo Letícia tenho dezesseis anos e estou muito feliz de estar aqui com vocês, espero que um dia possamos ser amigos. 

Professora: Muito bem Letícia, pode se sentar atrás de Félix. - ela aponta para um garoto sentado na quarta carteira da terceira fileira.

Ela assento e foi se sentar. 

Professora: Muito bem alunos, vamos começar com a Algébrica ela é muito importante para suas vidas e tomara que possam aprende-la nesse começo do ano. 



Blá, blá, blá,..... só matemática....e depois de cinquenta minutos de aula😢.... bate o sinal, ALELUIA!!!


Todos foram para o pátio, e Letícia não prefere se envolver com as pessoas, além disso ela prefere ficar sozinha atrás da escola sentada em um banco enquanto olhava o grande gramado. 

Jeon eun: 음식을 즐기십시오! - o garoto aparece erguendo um misto quente para Letícia que nega. - Ah, vai, por favor. Eu gastei meu dinheiro comprando dois mistos quentes para nós dois.

Letícia: Não deveria ter gastado comigo.

Jeon eun: Bem, de qualquer forma já era, agora pegue. 

Lê (seu apelido) pega o lanche e começa a saborear. 

Letícia: Hmmmmm, isso é bom! 

Jeon eun: Nunca comeu um misto quente?

Letícia: Sim, só que esse é melhor ainda.

Jeon eun: Que bom que gostou, muitos falam que os lanches da Helena são os melhores do colégio. 

Letícia: Ainda bem que o povo pensa assim. - ela fala dando mais uma mordida no misto quente.

Jeon sorrio olhando para baixo e logo dando a primeira mordida no seu. 




Diana: Mano! Cadê ele?

Félix: Calma ele deve estar chegando.

Diana: Mas a gente prometeu de pichar no horário do intervalo. 

Madison: E nós vamos, apenas seja paciente. 

Diana suspirou cansada de ficar só esperando Jeon aparecer.

Jeon eun: Uh, preciso ir! - ele lembra que tinha prometido com sua equipe de pichar alguns locais no seus horários do intervalo.

Letícia: Onde planeja em ir?

Jeon eun: Hããã....eu vou ir lá e já volto! Tchau!!! - ele corre apressado.

Letícia estranha o seu estado, e prefere o seguir. Ela se esconda atrás da parede do colégio e avista um grupo usando roupas pretas, como se fossem ladrões ou espiões ou algo assim...

O grupo foi direto para as escadas que desciam levando ao metrô. Letícia sai do esconderijo e foi atrás dos mesmos, ainda discreta ouça o grupo falando enquanto riam com algo que estivessem se divertindo. Seu rosto não aparece muito atrás da parede que está escondida, mas dava para ver o grupo......pichando a parede do metrô fantasma. As luzes eram amarelas, o que dificultou a garota de ver os seus rostos, pois a cor de suas roupas eram visíveis. O grupo usa bastante sprays para deixar suas artes ainda mais notáveis.

Letícia: Mas o quê?.... - ela sussurra.

Félix: Ou! Está ficando daóra!

Madison: Usa mais um pouco desse.

Fridge: Beleza.

Madison: Contorna mais esse espaço.

Félix: Calma.

Filiph: Ou, Diana você ainda tem o spray azul?

Diana: Taí ó. - ela joga a lata para Filiph que pega na hora. 

Filiph: Valeu, agora isso aqui vai ficar magnífico!

Félix: Falou e disse!

Letícia: EI!

O grupo se assusta, Félix, Filiph e Madison ficaram de mãos ao alto ainda segurando seus sprays. 

Letícia: O que pensam que estão fazendo?

Félix: Quem é ela? - ele sussurra para o grupo.

Filiph: Sei não.

Félix: Aí meus Deus! Pegou a gente no flagra. - ele fala ainda com as mãos ao alto.

Letícia: Jeon! Você é um pichador? 

Félix: Hã?

Filiph: Peraí ela conhece um de nós?

Madison: Jeon você conhece ela?

Jeon apensa fica calada olhando para Letícia que tinha a expressão séria e ao mesmo tempo pasma quando olhou para o seu novo amigo ser de um grupo totalmente conhecido por serem os maiores causadores de pichação da cidade de Brooklyn.

Letícia: Me responda!

Ela fala fazendo Jeon se assusta com seu grito.

Diana: O garota vê se toca, ele não é teu para ficar gritando com ele não, vê se dá um tempo falou.

Letícia: Eu vou entregá-los para a polícia.

Félix: Eita peúga.

Filiph: Agora deu ruim.

Madison: Ou bora fugir da polícia de novo?

Todos menos Diana, Letícia e Jeon eun: BORA!!!

Diana encara Jeon e logo Letícia.

Jeon eun: Letícia eu posso explicar.

Letícia: Não! Eu não vou andar com um pichador!!!

Jeon eun: Está me achando nojento? - ele olha indignado para a garota que não responde nada. - Não acredito, depois de tudo.

Letícia: Por que você faz isso?

Jeon eun: Eu adoro pichar, tem algum problema com isso?

Letícia: Sim você e seus amigos vão para a cadeia, e não quero ver você preso Jeon.

Jeon eun suspira encarando o lado. Logo um trem se aproxima. O grupo veja os faróis do transporte ferroviário nas trilhas ao lado esquerdo. E quando o trem passa aos seus lados, os mesmos ficam surpresos ao verem uma figura de uma mulher com máscara chinesa no rosto através das janelas do trem com alta velocidade. 











 










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...