História O Coração dos Mentirosos - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 22
Palavras 748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Fantasia, Ficção, Harem, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


"Me criticam por ser diferente, mas rio deles por serem todos iguais, e loucos como eu vivem pouco, mas vivem como querem pois não me importa se não houver o amanhã, me deram a vida e não a eternidade.."

Capítulo 1 - Episode I


Fanfic / Fanfiction O Coração dos Mentirosos - Capítulo 1 - Episode I

Minha historia e bem antiga! tudo começou em uma merda de um hospital psiquiátrico que não servia para porra nenhuma quando eu tinha 10 anos!eu fui para lá injustiçadamente por algo que eu NÃO fiz, mas, pelo menos me fez estar aqui agora!

*15 anos antes*

Meus pensamentos invadem minha mente...não sei o que sentir...não sei o que falar...e como sempre, me vejo sentada a um lugar onde eu não deveria estar...fecho os meus olhos lentamente, eu só conseguia ouvir o som do ar condicionado da sala...minha mente apaga me fazendo voltar a sala de estar de minha casa...minha mãe estava chorando sentada no chão enfrente a lareira...Meu estava sentado tentando consola-la 

-Katary- NÃO! NÃO! ELE NÃO SE FOI! ELE ESTÁ AQUI EU CONSIGO SENTI-LO

-Saimon- Katary ele está morto

-Katary- NÃO! ELE....Ele....ele morreu...

Ela deita no chão e começa a chorar novamente como nunca tinha antes

"ouço algo...acorde! tem alguém vindo!"

Abro os olhos e ouço alguém abrindo a porta lentamente

-Dra.Kinder- Eu sei que você me ouviu...

Ela se aproxima de sua mesa devagar enquanto fazia estralos nos chão com seu salto

-Dra.Kinder- Eu sei que "ela" te avisou

-Dra.Kinder- Afinal ela é...Você

 fecho os olhos e flashbacks instantâneos começam a aparecer em minha mente, eram coisas sem nexo, eu não sabia o que eram e nem sabia se fato era eu quem estava presente neles, por causa disso minha cabeça começa a doer muito aponto de eu nem conseguir me mexer

"FAÇA ISSO PARAR"

"tabom"

A dor para e abro os olhos novamente... Kinder estava sentada em minha frente

-Dra.Kinder- Ela te machucou?

-Felicity- Sim...

-Dra.Kinder- E porque ela parou de te machucar?

-Felicity- Porque eu pedi para ela parar...

A expressão de Kinder muda completamente, estava com uma expressão de felicidade

-Dra.Kinder- Otimo!!!

-Dra.Kinder- Se conseguiu manter contato então pergunte qual o nome dela!

-Felicity- Eu não posso

-Dra.Kinder- Olha Felicity...Eu quero te ajudar a provar sua inocência e mostrar pra eles que você não o matou...Então....Por favor....Tente

Fecho os olhos e fico diante de um lugar realmente perturbador e agoniante....Vejo uma silhueta feminina em minha frente

"Q-Qual o seu nome?"

"porque a pergunta?"

"Curiosidade..."

A silhueta teletransporta sem mesmo eu piscar... de uma forma feminina surge dois olhinhos brancos em meio de um tipo de sombra com ruídos 

"meu nome é selene...selene strider"

Fico parada olhando para "aquilo"...E de repente... Surge uma enorme boca que de lá enorme sorriso branco que não se mexia conforme ia falando...

"aff, estávamos indo tão bem! você fazendo o que eu mando ... mas então você  RESOLVEU MENTIR!

A silhueta coloca sua mão sobre o meu coração criando uma dor infernal! parecia que meu coração estava sendo apertado cada vez mais!

"conte o meu nome para alguém daqui...que eu faço com que essa dor só pare quando os seus orgãos diminuirem tanto que você nunca mais irá senti-los"

Ela solta o meu coração

"irei lhe dar um castigo"

Ela coloca a mão em minha cabeça e me faz acordar,mas... Quando eu vejo para os lados me deparo com cenas horriveis de assasinato um mais cruel do que o outro, não adiantava para onde eu olhava eu so via corpos no chão e muto sangue, eu começei a olhar para baixo e gritar

-Felicity- FAÇA ISSO PARAR! FAÇA ISSO PARAR!

Ouço vozes em minha cabeça falando "você não está sozinha", "eu irei lhe controlar", "você não será mai a mesa"

-Dra.Kinder- Guardas! Levem-a para a sala!

 

Volto ao normal e me deparo que eu estava novamente naquela maldita sala que o as paredes eram fofas e o chão era fofo também! corro para a porta e começo a bater nela freneticamente!

-Felicity-  NÃO POR FAVOR! EU POSSO FALAR QUEM ELA É! EU POSSO MOSTRAR QUE NÃO FUI EU! EU POSSO FAZER QUALQUER COISA SO....só....só não desiste de mim....

Desisto de bater e me encosto na porta chorando litros...

*Narrador on*

-Dra.Kinder- Sr e Sra Stander... Sua filha Felicity acabou desencadiando uma paronoia por causa da morte de seu irmão e por ela ter sido o causador.... Ela vai ter que ficar internada aqui...

-Katery- Mas por quantos anos??

-Dra.Kinder- Aproximadamente...15 anos...

*15 anos depois*

*8:30 p.m Prefeitura de Nova York*

-Funcionaria- boa noite

-Felicity- Boa noite! eu gostaria de mudar o meu nome e sobrenome

-Funcionaria- Informações e identificação

Passo tudo para a moça corretamente e em seus devidos lugares

-Funcionaria- Está tudo correto senhorita! qual seria o seu novo nome a partir de agora?

-Felicity- Selene...Selene Strider

 

 


Notas Finais


Só uma historieta para alegrar sua madurgada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...