1. Spirit Fanfics >
  2. The Liberty School >
  3. Se me atacar, eu vou atacar

História The Liberty School - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Oii gente, eu sou a segunda escritora, esse capítulo foi escrito por mim com a ajuda da outra escritora também, espero que vocês gostem do capítulo, um beijo 💋.

🇧🇷💕🇩🇪💕🇰🇷💕🇸🇳💕🇮🇳💕🇲🇽💕🇯🇵💕🇫🇮❤🇷🇺

Capítulo 20 - Se me atacar, eu vou atacar


Fanfic / Fanfiction The Liberty School - Capítulo 20 - Se me atacar, eu vou atacar

Any

   Depois que saímos do Pop’s , Noah me trouxe de volta para casa. Hoje foi um dia em que eu deixei tudo de lado e tentei apenas me divertir e focar em conhecer um amigo, vamos dizer que eu consegui isso mas, não posso negar que aquela ligação do josh me deixou curiosa, a face do loiro não era uma das melhores, ele estava frustrado.
   Fiquei pensando no que noah me disse enquanto conversávamos sobre ele e as meninas , fiquei bem surpresa em saber que ele e a Sabina já namoraram no passado e esse negócio todo com o Bailey , a Shivani parece ser uma pessoa tão meiga e delicada.         Eu nem cheguei na escola direito e já estou vendo que muitas confusões estão por vir...

  Josh

   Eu não aguento mais ficar dentro dessa casa , eu me sinto sufocado aqui dentro , meus pais nem se esforçam para ter um mínimo de convivência comigo , ficam longe de casa durante muito tempo e quando voltam querem ter alguma autoridade sobre mim ?  A falsidade deles me dá nojo , eles vivem de aparência , quando estão perto das pessoas, são o casal perfeito , a modelo impecável e o empresário bem sucedido , mas ninguém sabe o que realmente acontece atrás das câmeras, de todas as brigas de quando eles estão juntos .       Eu tento não demonstrar isso para ninguém na escola ,apenas noah sabe sobre tudo que eu passo. Não quero parecer ser fraco .

  Sina

   Acordo como se fosse mais um dia qualquer , mais um dia onde eu tenho que fingir o que não sou , onde as pessoas te julgam se você demonstrar fraqueza , e as vezes é só isso que eu quero, demonstrar que eu não aguento tudo isso sozinha e que eu preciso de ajuda .
   Minha mãe como sempre já tinha saído para trabalhar e cá estou eu, nessa casa enorme sozinha apenas com Anna, a empregada da casa.

  Sabina

   Eu via apenas chamas na minha frente , o avião em pedaços , a fumaça tampava quase toda minha visão, só conseguia ouvir a voz dos meus pais pedindo ajuda, continuei ali parada sem fazer nada , sem poder ajudar eles, vendo cada vez mais o avião se desfazer e afundar na água...
    Acordo ofegante e assustada com o que tinha acabado de acontecer , era apenas mais um dos meus pesadelos com a morte dos meus pais , isso acontecia frequentemente mas depois de um tempo parou quando vim morar em Miami. Respiro fundo e olho ao redor do meu quarto, parando meu olhar em minha mesa de cabeceira. Quando olho para o despertador vejo que estou muito atrasada para aula então faço minha rotina diária de sempre e vou para escola .

  Sina

   Todos os dias quando entro dentro dessa escola recebo mil olhares sobre mim , muitas pessoas fazendo comentários do tipo: “essa menina se acha” ou “ela nem é tudo isso” , mas apenas passo pelos corredores fingindo que não ligo e vou ao encontro com minhas amigas , Joalin e Sofya.

  Any

— Oi meninas - Sabina diz empolgada cumprimentando todas nós na sala de aula .
— Finalmente a princesa chegou, o despertador não tocou foi ? - Shivani brinca.
— Aconteceu algo, mas deixa isso para lá, não quero tristeza no dia de hoje - a morena coloca um sorriso forçado no rosto, ela parecia estar incomodada com alguma coisa.
— Alguma coisa especial hoje senhorita Sabina ?- falo em um tom engraçado fazendo as meninas rirem.
— Nada demais minha querida Any. -ela me responde rindo - Quero apenas passar um dia alegre com minhas amigas - Sabina completa.
   As aulas estavam tão entediantes que estava contando os segundos para o intervalo e quando ouvi o sinal tocando levantei logo da cadeira e fui para o refeitório com as meninas .

   Quando já estávamos sentadas na mesa, percebo Sabina e Diarra olhando para um ponto fixo com uma expressão no rosto nada boa , sigo o olhar delas e percebo que estavam olhando para mesa do grupo de Sina , fiquei observando e vejo Sabina se levantar da mesa e ir em direção a elas .

Narradoras

    Sabina se levanta da mesa indo em direção às loiras, fazendo com que as meninas vão atrás dela também:

— Perdeu alguma coisa na nossa mesa meu bem ? - Sabina diz para Sina a olhando com deboche .

— Em primeiro lugar não me chame de meu bem e segundo estava procurando o caráter de vocês mas tenho certeza que não tem.

— Quem você pensa que é para falar assim com a gente ? - Diarra entra na briga também .

— Sina não perde seu tempo com esse tipinho de gente - Sofya fala para amiga .

— Fica quieta cabelo de água de privada - uma das meninas fala para Sofya .

— Abaixa seu tom vaca destrambelhada - Joalin rebate.

— Isso não vai ficar barato, não mesmo - a mexicana parte para cima de Sina e as duas começam a se baterem , nesse momento já era notável a rodinha que se formava em volta das garotas . Enquanto Sabina estava com suas mãos no cabelo de Sina, a alemã esmurrava os seios da mexicana enquanto gritava. Já Shivani e Hina tentavam separar as duas, a japonesa puxava a cintura de Sabina para trás enquanto a indiana levantava as pernas da mexicana. Já Diarra estava em uma briga feroz de comida com Sofya. A senegalense jogou na direção da russa um bolo de carne e Sofya jogava as mini cenouras que haviam em sua mão.
   Any estava perdida no meio das garotas, não sabia o que fazer, Sabina era sua amiga mas a brasileira não sabia o motivo da briga:

— Vê se abre o olho para falar comigo sua japa - Joalin fala para Heyoon que já estava perdendo a paciência.
Heyoon pega uma caixinha de suco que estava perto dela e apenas joga na cabeça de Joalin, que se revolta mais ainda:

— Para sua informação eu sou coreana e não japa - Heyoon fala sendo a mais plena de todas ali.

— EU NÃO ACREDITO NO QUE VOCÊ FEZ - a finlandesa grita

— QUER QUE EU FAÇA DE NOVO PARA VOCÊ TER CERTEZA ?— A menina rebate .
  
   Antes que qualquer uma delas pudesse falar mais alguma coisa, uma voz feminina bem conhecida ecoa pelo refeitório fazendo todos ficarem em silêncio .

— VOCÊS TODAS PARA A SALA DA DIRETORA IMEDIATAMENTE! — era a secretária da diretora, Suzy, apenas uma palavra dela já fazia os alunos estremecerem . Sua voz suava como um trovão em meio a uma tempestade.


Notas Finais


O que será que vai acontecer com as nossas meninas ? Sera que elas vão se resolver ou vão brigar mais ainda ? Fiquem aí pensando porque logo sai mais um capítulo. Bjss💋.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...