História The Life. - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 108
Palavras 893
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Thomaz galanteador desde pequeno HAHAHA
Vamos concordar que ele tá um gato né

Capítulo 2 - Two.


Fanfic / Fanfiction The Life. - Capítulo 2 - Two.

1 ano depois.

SBT - SÃO PAULO. 2013.

Quarta Feira. Era uma Quarta feira quando tudo aconteceu. Encerrava um grande trabalho pra Thomaz. Um trabalho que marcou bastante sua vida. Carrossel.

Ele e seus amigos estavam fazendo a maior fará. Era meninas dançando pra lá, meninos comendo pra cá, música super alta. Só estavam as crianças, elas queriam um tempo só delas.

Estava acontecendo tudo em um salão de festa ENORME. O único adulto que havia era o DJ, que nem ligava para o que as crianças estavam fazendo, em sua mente elas estavam apenas se divertindo dançando e comendo. Inocente ele.

Mal sabia ele que as crianças estavam fazendo era sacanagem. Nicholas e Esther já aviam perdido a conta de quantos beijos já tinham trocado; Maisa, Fernanda e Aninha rebolavam deixando Leo, Gustavo e Lucas loucos; Aysha, Matheus, Jean e Ana devoravam as comidas; Thomaz e Larissa eram os únicos que não estavam no meio da galera. O casalzinho de namorados estavam em um quartinho aos longos beijos. 

- Thomaz... - falou Larissa em um sussurro.

- Diga - disse Thomaz depositando beijos no pescoço da garota.

- Acho melhor voltamos, devem estar sentindo nossa falta... - disse gemendo um pouco.

- tudo bem. - disse Thomaz meio triste.

Ele queria passar do estagio de beijos para algo a mais com a menina. Os dois voltaram para o local aonde estavam os amigos.

- Hey, Thomaz! - chamou Lucas. - Vem cá, Bro. 

- Já vou! - disse Thomaz. - Amor, eu vou ali aonde está os meninos - deu um selinho em Larissa. 

- Ok, eu vou ali aonde estão as meninas - disse retribuindo o selinho.

- Fala. - disse Thomaz dando um "toque" nos amigos. 

- Rolou alguma coisa? - perguntou Lucas com um sorriso malicioso.

- Quê? Como assim? - perguntou Thomaz confuso.

- Você sabe muito bem do que estamos falando, Thomaz. - falou Gustavo. - Acha que não vimos que você e Larissa foram pra outro lugar.

- Ia rolar mas ela quis vim pra cá - disse Thomaz olhando pra mesma que dançava com as amigas.

- É meu chapa - disse Leo. - Ela está se fazendo de difícil. - bateu de leve em suas costas. Os outros meninos concordaram.

***

Rio de Janeiro - 2014.

- Thomaz! Thomaz! Thomaz! - chamou duas meninas eufóricas atrás do garoto.

- Ah, Oi! - disse o mesmo sorrindo.

- tira uma foto com a gente? - perguntou uma loira baixinha. 

- somos muito suas fãs! - disse a morena.

- claro. - ele ás abraçou de lado.

[...]

Em um restaurante, Thomaz olhava o mar, muito pensativo.

- Algum problema? - perguntou Bia, sua assessora.

- Não. - disse ele ainda olhando para o mar.

- Aqui estão seus pedidos - disse o garçom chegando com os dois pratos de comida.

- Obrigado. - disse Bia.

Thomaz começou a comer, devagar, ele não parava de olhar pro mar.

- Bia... 

- Sim Thomaz? - disse ela o encarando.

- Qual é o sentindo da vida? - perguntou ele meio cabisbaixo. 

- Eu, eu... Não sei - disse confusa. - Por que essa pergunta? Não é por causa da...

- Não! - ele a interrompe. - não fale o nome dela por favor... - disse sério e ao mesmo tempo triste.

- Desculpe. - ela voltou a comer.

- Sabe... éramos tão felizes, tão apaixonados, e do nada ela fala que não me ama e termina comigo... - disse deixando uma lágrima cair. - e-eu achava que íamos nós casar...

- Nem tudo é do jeito que pensamos... - disse ela tentando o confortar.

- Eu sei, mas eu sofro tanto, me apeguei demais nela, e agora estou aqui, desse jeito. - disse ele deixando mais lágrimas caírem.

- Thomaz, não chore... É normal sofrer por amor, ainda mais quando é o primeiro...

- Mas eu ainda a amo!

- Por isso mesmo. Você tem que viver, sair mais, encontrar outras pessoas, se apaixonar novamente... - ele deu um sorriso. -vai por mim, talvez esse seja o sentido da vida.

- Obrigado Bia - abraçou a mesma. - Vou fazer o que você está falando!

- Ótimo - ela sorri. - Não adianta você ficar sofrendo por alguém que não quer nada contigo. Aliás, esta está muito bem, ela viveu, te esqueceu.

- Pois é... ela já está até namorado...

- Vamos esquecer dela!

- Sim. - ele sorriu.

[...]

APARTAMENTO DOS COSTAS.

- Filhoooo! Tem um amigo seu na porta! - disse Luciana.

- Ok, obrigado mãe. - disse ele atendendo a porta.

- E aí, Thomaz! - disse Lucas junto de Gabriel. 

- Fala aí - deu um "toque" com eles.

- Vai rolar uma festa numa balada aqui perto, topa ir? - disse Gabriel.

- Claro! - sorriu Thomaz.

[...]

Assim que chegou a festa, Thomaz e os amigos foram no barzinho.

- Manda aí três energético. - disse Lucas pro barmen. 

- Acha uma boa a gente beber? - perguntou Gabriel. 

- Qual é, hoje é sábado! - disse Thomaz.

Os três pegaram a bebida e começaram a andar pela balada.

- Gente, me dêem licença, tem uma gata a minha espera! - disse Gabriel indo em direção a um loira.

- Tem uma gata de olho em ti. - disse Lucas.

Thomaz olha pra mesma que sorri.

- Vai lá. Aproveita. - disse Lucas.

- E você? - perguntou Thomaz.

- Eu me viro. Vai lá. - Lucas sorri.

Thomaz foi em direção à mesma aonde trocavam poucas palavras e mais saliva. Pra Thomaz, foi uma das melhores noites de sua vida. Embora que no outro dia não se lembrava de muita coisa.


Notas Finais


Já sofreram por amor?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...