História The Life I Lost - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Jared Padalecki, Jensen Ackles
Personagens Jared Padalecki, Jensen Ackles, Personagens Originais
Tags Jared Padalecki, Jensen Ackles, Novela, Romance
Visualizações 78
Palavras 1.251
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente..........Boa noite......

Capítulo 5 - Construindo memórias


Fanfic / Fanfiction The Life I Lost - Capítulo 5 - Construindo memórias

Era sábado e Jensen não  aguentava mais ficar longe de Jared, apesar de querer levar Thomas consigo sabia  que era melhor ir devagar com Jey. Tocou a campainha  dos Padalecki, suas mãos  estavam trêmulas .

-Ola  querido! Entre.        Disse Sharon.

- como vão? Eu espero não  estar incomodando !

- Que isso Jensen, você  é  de casa Disse Gerald logo atrás  da esposa. 

-Obrigado! Eu me sinto estranho..eu ...

-Você parece nervoso...        Disse Sharon

-E estou...muito mais do que quando vim pedir a mão  de Jared para vocês!       Sorriu agoniado. 

- Não é  pra menos querido! Mas isso tudo vai passar!         Disse Sharon dando um beijo na testa de Jen, o tinha como um filho.

--Pode subir querido! JEY está lá em cima você  sabe o caminho.

  


Jey  estava tão  distraído que não  viu o loiro parado na porta o observando, olhava o seu álbum  de casamento e imaginava se algum dia lembraria de seu marido, era ele ali com Jensen nas fotos mas parecia algo surreal, ver -se em seu próprio  casamento e não se lembrar, o álbum seguinte era de sua gravidez, haviam sorrisos, coisas de bebês, sua barriga enorme, queria lembrar , parecia ser feliz, queria essa felicidade de volta mas o que fazer.Jensen viu aos poucos o rosto do seu amado se encher de lágrimas e não  aguentou mais ficar longe, correu e o abraçou, deixando o outro chorar em seu braço  sem nem se dar conta de que era Jensen, o marido de quem ele não  se lembrava que estava ali enxugando os seus prantos.Jensen chorou junto.Ao final ambos se afastaram envergonhados mas sentiam seu coração  aquecido , Jey  foi quem quebrou o silêncio. 

- Sou eu nessas fotos! Mas é se eu não  lembrar nunca mais?

--Primeiro , tenho fé  que vai conseguir se lembrar, e depois não  desisto fácil, levei minha adolescência toda para te conquistar, posso levar mais alguns anos!! Mas nunca desistiria de você. 

- Eu....

- Eu amo você  Jey, amo você!     Disse o loiro olhando nos olhos verde azulados.

- Eu.. não  sei o que dizer!

- Não  precisa dizer nada Jey, nada.....      Jensei se aproximou de Jared tocando em seu rosto com as mãos, o moreno por sua vez fechou os olhos querendo sentir melhor o toque, seus sentidos se agucaram e podia sentir o seu coração  aos pulos, mesmo que não  lembrasse de Jen, seu coração parecia reconhece-lo, seu corpo aceitava o seu toque como se fosse feito para ser tocado apenas por aquelas mãos.Jensen  não  conseguiu mais se controlar diante do amor da sua vida, era muita saudade acumulada, muito amor guardado.Quando se deu conta estava em cima de Jared na cama desse , o mais novo parecia hipnotizado, Jen poderia fazer o que quizer, Jey  estava entregue, duro, aquele corpo se amassando ao seu, se encaixando, até  que de repente aquele peso gostoso que sentia em cima de si foi ficando cada vez mais leve , Jen tinha se dado conta de que Jey  ainda não  estava pronto afinal nao se lembrava dele, não  achou justo.

- Jen!    Me desculpa Eu....

- A culpa foi minha , eu me empolguei. 

- Eu gostei!    Disse Jey corado!

- Eu tandem!

- Eu....a gente fazia muito isso?

-O que transar?

- Sim...

-Todos os dias!     Disse Jen num sorriso safado.

-Ah!! 

-A eu ....Eu sou o p....

-Passivo?           Perguntou Jensen adorando a cara cotada   de Jey.  A mesma de quando fizeram amor pela primeira vez.

- É....

- Sim, sempre preferimos assim!

-Ah!

- Nao queria te deixar envergonhado?

- Bom, eu que comecei afinal de contas! Novamente os dois se aproximaram como se estivessem sincronizados , Jen queria matar a saudade do seu amor, Jey  queria que seu corpo o ajudasse a reconhecer o seu passado.Os dois se uniram num beijo carinhoso, Jen não  queria assusta-lo por isso o beijou demoradamente , quando Jey sentiu seu corpo amolecer nos braços do loiro, tomou a decisão de se entregar a Jen, parecia loucura mas se se entregará uma vez ao loiro tinha certeza que era porque esse valia a pena , era o que dizia seu coração, algo em si pedia que o deixasse decidir já que não  tinha como decidir racionalmente por mão  lembrar de sua vida.

-Vo...ce Você  me quer?        Disse o moreno  quase sem ar.

- É  o que eu mais quero ....mas eu vou esperar o seu tempo!

- Então  vem?

-O QUE? Eu.....Eu Não  posso...

-Jen, eu estou bem! Eu perdi apenas minha memória, não  minha capacidade de sentir, e é estranho mas quando te beijo, sinto que meu corpo o reconhece pelo modo que fica  quando me toca.

- Eu nem sei o que dizer!

- Não  diga nada! Só  me tome novamente pra você!

-Nossa Jey! Tem certeza?

- Toda Jen,olha essas fotos !    Esses olhares , esses sorrisos, o Thomas, eu quero lembrar disso, eu quero ter esses sorrisos, eu quero ser o motivo desses sorrisos!           

Jensen não  se conteve com a declaração de Jey .O beijou carinhosamente como o fez na primeira vez que fez amor com Jey, na época  seu amor tinha dezessete e ele vinte e Um,  tirou sua roupa lentamente , seus toques eram leves  e ele beijava todo seu corpo, fazendo com que Jared o desejasse cada vez mais.O loiro o preparou cuidadosamente, Jey  quase não  sentiu dor, se deliciando cada vez mais com os movimentos profundos que Jen fazia dentro do seu corpo.Se entregar a Jensen parecia a coisa mais certa que decidira  fazer  a vida toda, mesmo não  tendo suas memórias tinha a mais completa convicção sobre isso.Jensen sentiu cada célula do seu corpo voltar  à  vida, estava completo novamente.Nada os seperaria de novo.


*********

Chad foi recebido por  Sharon que logo percebeu o quanto O ruivo estava nervoso.

- O que foi Chad por que essa cara?

- Onde está o Jey?

- com Jensen no quarto por quê?

-Lembra que foi feita uma investigação  sobre o acidente do Jey?

- Sim querido, até  foi arquivado não  é  mesmo?

- Sim mas por algum motivo o novo delegado reabriu alguns casos e encontrou irregularidades em três deles.

- Eu não  estou intendendo...

-Um desses casos  é  o do Jey dona Sharon, parece que alguém  sabotou o carro!

-  Não  é  possível Chad! Quem faria uma coisa dessas co o meu Jey, o meu Deus!?

- Não  com o Jey, o carro era o de Jensen. Alguém queria mata-lo !

- O que você  está dizendo Chad?

- Seu carro foi sabotado Jen. 

- O pior é  que não  sabemos quem faria uma coisa dessas!    Disse Sharon já  desesperada. 

- Mark!             Disse O loiro com convicção, sabia da obsessão que Mark tinha com Jared  desde o ensino médio, até  fazia o mesmo curso de advocacia que ele, embora sempre se mostrasse solícito nunca conseguiu nem ao menos a amizade do outro que sabia de seus sentimentos e nunca lhe dera esperança. 

-  Meu Deus!     disse Chad.

-O que foi?

- Eu encontrei com ele há  uns dez dias, estava no exterior, havia voltado e quando conversamos ele perguntou como estávamos  sem o Jey  o quanto ele ficou abalado, então  acabei contando que achamos o Jey.

- Você  não  devia ter falado nada do Jey pra ele.

- Eu não  sabia, ele parecia tão  triste.

-E se ele vir atrás do Jey?

-Ele não  se atreveria....e depois é  a mim que ele quis matar, não  vai querer fazer nada contra o Jey.

Do que vocês  estão  falando?

-Jey?

- O que está  acontecendo mãe?     Jey desceu as escadas e ficou ao lado da mãe  ,queria saber do que se tratava mas Jensen acabou desconversando e mudando o rumo das conversas, não  queria preocupar o moreno sobre algo que nem tinha  certeza. 

-Jensen, eu..... Eu quero ir para a nossa casa!

Continua......




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...