História The love between killers - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, T.O.P, Taeyang, V
Tags Imagine Bts, Imagine Suga, Imagine Yoongi
Visualizações 100
Palavras 1.642
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oiiii bolinhos, eu queira ter postado antes, mais essa semana foi pior que tiro do bts, mais vamos ao cap de hj né
BOA LEITURA BOLINHOS

Capítulo 6 - Provocações


Fanfic / Fanfiction The love between killers - Capítulo 6 - Provocações

Seu olhar transmitia ódio, e eu buscava desesperadamente alguma desculpa plausível, mais na pressa acabei falando a mais esfarrapada de todas.


- H-ham que m-marca?- ele riu com sarcasmo e pegou meu pescoço.


- Então você não sabe?- apertou sua mão no local e eu levei minhas mãos até as dele na tentativa de fazê-lo me soltar- pois eu vou te mostrar- me arrastou brutamente sem que ninguém visse, até um banheiro pequeno porém bem limpo e organizado- QUE MERDA É ESSA AQUI?- puxou meus cabelos com força exibindo a grande marca roxa na pele de meu pescoço, não falei nada e ele aumentou o aperto no meu cabelo.- Pois bem, se não vai me responder, e nem se importa de sair por aí com o corpo todo marcado como uma vadia que é, acho que não tem problema eu deixar as minhas marcas também não é?- me virou com brutalidade e me jogou na parede, tirou minha blusa e deu chupões fortes por todo meu colo e seios, por incrível que pareça, eu estava amando aqueles toques brutos, sou uma perfeita sádica, ele marcou minha coxa com sua mão, me suspendeu e fez com que eu cruzasse minhas pernas em sua cintura, arrebentou meu sutiãn, e colocou meu seio direito e sua boca e deixou a marca de seus dedos no outro, soltei um gemido alto quando ele fez a simulação de uma estocada forte e bruta como todos os seus toques em mim, mais quando fui toca-lo ele parou tudo o que fazia e se afastou de surpresa, se não fosse meus ótimos reflexos certamente teria caído- Espero que agora entenda que só eu te toco da forma certa pra você enlouquecer- sussurrou no meu ouvido, quando ele ia se afastar segurei seu pulso e ele me olhou sorrindo- tenho que ir agora querida, Jung deve estar louco pra ir embora- então ele saiu me deixando alí com cara de tacho, eu não acredito que ele fez isso comigo, me agride depois me exita e vai embora sem terminar o que começou, esse desgraçado me paga, vesti minha blusa e joguei o sutiãn rasgado na lixeira que tinha lá.


Sai do banheiro como se nada houvesse acontecido, apesar das diversas marcas denunciarem o que tinha se passado lá dentro, olhei para onde Alice estava, ela conversava animada com um casal, parecia o mesmo do elevador, vi a mulher pegar a mão dela e a levar até a saida, rapidamente corri até lá puxando a mulher pelos cabelos e ela gritou, o homem se virou pra mim e tirou minhas mãos do cabelo dela, Alice correu até mim e me puxou pela barra do short.


- Sua louca por que puxou meu cabelo?- ela massageava o local enquanto eu pegava minha pequena no colo.


- Pra onde iria levar minha filha?


- Ela disse que viu seu carro e eu iria leva-la até lá.


- E verdade mamãe, a senhola não apareceu, eu fiquei pleocupada, pensei que tinha me esquecido- ela tinha um biquino nos pequenos lábios e uma voz manhosinha- mais aí a omma do Jung chegou e eu perguntei se ela podia me levar pa casa- alisei os cabelos loirinhos e cacheados, me amaldiçoando mentalmente por ter caido nas investidas de Park Jimin, isso só me troxe problemas, e muitos.



- Desculpa meu amor, a mamãe ficou muito ocupada e acabou se atrasando, mais eu nunca me esqueceria de você meu anjo- ela abraçou meu pescoço e eu senti um pequeno desconforto- me desculpe, eu tenho um medo enorme de perder minha menina, na hora eu fiquei apavorada, desculpe.


- Tudo bem, se fosse com meu filho acho que eu faria pior- ela riu e pegou o menino que não falou nenhuma palavra sequer- o que acha de um jantar lá em casa amanhã, nossos filhos são amigos, deveriamos ser também, sabe para o bem deles.


- Claro- nos despedimos e ao sair Yoongi tentou falar comigo, apenas ignorei e segui pra casa com Alice.


                     (...)


Ao ver as marcas no corpo dela, perdi completamente a razão, que burrice você fez Yoongi, mais ela mereceu, e eu não vou pedir desculpas, aposto que ela gostou e queria que eu continuasse, depois que ela me ignorou eu segui para a instituição, preciso extravazar minha raiva de algum modo, assim que cheguei, tirei minha blusa e fui pra sala de luta, comecei os exercícios e senti ser observado, virei para a porta e vi Lisa encostada nela com o lábio entre os dentes, caminhou ate mim, passou direto com a bunda rebolando e foi para a área de frente onde eu estava, fez alguns movimentos e logo já estava suada e provocante, fui até ela e me lembrei de (S/N), a raiva voltou ao meu corpo e puxei Lisa pelos cabelos e colei meu corpo ao seu.



- Eu quero agora- falei em seu ouvido e ela se virou me dando um beijo desesperado.



                      (...)


O que houve com você Min Yoongi, olhe a vergonha que passou por causa daquela desgraçada, broxou na frente da mais gostosa da instituição, mais o que eu posso fazer se depois que beijei aqueles lindos lábios eu só quero ela, só quero o beijo dela, o corpo dela, aish eu preciso dela.


Me virei para o outro lado e tentei dormir, amanhã mesmo terei o que quero, e depois ela some da minha vida como todas as vagabundas que já passaram pela minha cama.



Acordei bem disposto e animado, levantei e fui ao banheiro, tomei um banho rápido e fui correr, passei por vários quarteirões e cheguei até a escola de Jung, foi quando vi a melhor visão da minha vida, ela tinha acabado de deixar a pequena Alice na escolinha, e estava se alongando pra correr, ela abaixou tocando seus pés e empinando bastante a bunda, e ótimo, na minha direção, senti minha bermuda ficar mais apertada que o normal na região pélvica e olhei pra baixo, uma ereção logo cedo, muito bom pra você Min Yoongi, mais já que foi ela que fez isso, ela irá resolver, corri até lá e dei um tapa forte em sua bunda, ela virou asustada já com a mão levantada para me dar um tapa, porém eu segurei antes e a puxei pra mim a prendendo em meus braços.


- Como você faz isso eim?- passei o nariz por sua pele e senti seus pelos arrepiarem.


- I-isso o que?- ela tentava se soltar e negar meus toques.


- Me deixa louco sem nem mesmo fazer nada- a puxei para um beijo necessitado, essa garota é a minha perdição, ela tentou me empurrar no inicio mais logo cedeu, seu corpo relaxou e ela começou a retribuir, estava tudo tão bom até que senti uma impacto forte e uma ardência em minha bochecha esquerda, logo me separei dela e percebi que ela havia me dado um tapa.- Voce é louca.


- Você acha que é assim, me bate, faz aquilo comigo e pode vir me beijar como se nada tivesse acontecido, me esqueça Min Yoongi, eu não quero nunca mais olhar nessa sua cara de idiota, nunca mais se aproxime de mim ou da minha filha- ela saiu correndo e eu fiquei ali, pensando em tudo que ouvi, eu fui realmente um idiota.


Voltei pra casa e fui me arrumar para o trabalho, serei fotografo de uma agência de modelos que aqueles demônios me arrumaram, disseram que meu inimigo está trabalhando lá, e que eu devo matá-lo o mais rápido possível. Fui até meu carro e adentrei o mesmo, dirigi ate a agência e ajustei meu material, entrei no prédio e fui para o meu andar, comprimentei todos e fui até o studio, os modelos eram todos da mesma forma e estilo, conferi as lentes, o cenário e os modelos chegaram junto com a (S/N), vai ser interessante trabalhar com ela.


                      (...)


Hoje começa meu trabalho novo, me arrumei e dirigi até lá e disseram que o fotografo já estava esperando no studio, fui até a sala de espera e arrumei todos os modelos, entreguei as roupas a eles, e os guiei até a sala, ao chegar lá os posicionei, me sentei esperando o fotografo e era quem, exatamente ele, acho que está na hora de começar o jogo, fui até ele e observei as fotos que ele ajustava na lente, fiquei com minha boca bem próxima da sua e ele me olhou e logo depois para ela, dei um sorriso e me afastei, ele voltou a olhar os rapazes e voltou a tirar as fotos tranquilamente, aproveitei e já fui ao computador escolhendo as fotos para a campanha, senti uma respiração próxima ao meu ouvido e arrepiei.


- As fotos estão boas?- ele me provocou, ok você quer brincar, vamos brincar, me virei pra ele e sussurrei rente aos seus lábios.


- Estão ótimas- puxei seu lábio inferior e me levantei de surpresa indo até um dos modelos.


- Você pode me ajudar com uma coisa?- ele me olhava mordendo os lábios e sorrindo malicioso, pude sentir o olhar de Yoongi arder sobre nós.


- O que deseja?- ele se aproximou do meu rosto e sussurrou perto da minha boca.


- Você- me puxou para um beijo, confesso que sorri quando Yoongi veio até nós e me puxou dando um soco no rapaz que apenas gritou com ele e foi embora, enquanto eu ria disfarçadamente, senti uma vibração no bolso da minha calsa e verifiquei a mensagem.


"Espero que não se importe mesmo com a vida de ninguém, porque a dela aqui esta próxima do fim- tinha uma foto de Alice desacordada em cima de uma cama com várias facas ao seu redor- você vai fazer o que eu mandar e ela sai sem nenhum ferimento, venha até o colégio da menina e saberá o que fazer"


Notas Finais


então gente peço perdão se ta muito pequeno ou chato, e q o tempo aqui ta escasso, espero q tenham gostado, nao me abandonem pliiss amo vcs.
ATÉ OUTRO DIA BOLINHOS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...