História The Love is a Surprise : Begin - Imagine Jungkook - Capítulo 6


Escrita por: e Jeon_HoMizuS2

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Cute, Fluffy, Imagine Jungkook, Jeon Jungkook, Jungkook, Romance, Saga, Shoujo
Visualizações 75
Palavras 2.043
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Literatura Feminina, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeee baby's ❤ Chegueeei. Eeeita que hoje promete, será?! 👀👀 Espero poder recompensar os dias que passaram esperando ^^.

Tenham uma boa leitura, e me perdoem pelos errinhos. Pq infelizmente sempre escapa um :')



Obs: fotinha do JK loiro. Pq ainda, não caiu a ficha, de ver ele loirelindo assim. Postando várias sequinhas/selfs, maravilindaaas no Twitter.
❤🙆🙆😍

Capítulo 6 - Memories : So close...


Fanfic / Fanfiction The Love is a Surprise : Begin - Imagine Jungkook - Capítulo 6 - Memories : So close...

Que poder é esse que ela tem sobre mim, para me deixar assim?!!
 

 

                ....***...***...***...
 
 

 

Enquanto, a mais baixa trabalhava fazendo minha maquiagem, conversávamos sobre ela, sobre sua universidade. Estava muito feliz com essa oportunidade de conhecê-la melhor. Ela realmente ama o que faz. Ela até me disse que queria abrir um estúdio no futuro. Entretanto, não sozinha. Com suas amigas – que agora já sabia os nomes, q pelas característica que ela dizia, já consigo distinguir. Uma delas é sua prima Milena, que ela chama carinhosamente de Milly, essa trabalha na área da saúde. A morena de longos cabelos cacheados chama-se Rebeca, que ela chamava apenas por Beka, que também é nova aqui, como estagiária dos estilista. A mais baixinha de olhos verdes é a Raquel, que tem o apelido de Tetty, ela atua na parte da dança.
Ela, Beka e Milly são 99 lines. E, a Raquel é a mais velha entre elas, ela é um 97 line – assim, como eu.
Então, temos a diferença de dois anos de idade... Interessante.

— Então, você é a... ? – perguntei a ela, fingindo não saber seu nome. Na esperança que ela se apresentasse.

— (S/N), meu nome é (S/N), e estou feliz em poder trabalhar aqui. – me respondeu se curvando tão formal que parecia até uma coreana. Que fofa, parece que ela é uma amante da nossa cultura. — E você? – Disse ela, me fazendo levar em um susto. Quase fiquei cego, por ela escorregar o lápis que ela passava na parte superior do meu olho, ao eu arregala os olhos surpreso e quase saltar da cadeira. Se não fosse, por um pulinho de susto, que ela deu junto, pela minha reação inesperada. Se não, seria adeus visão... — Que? Você não me reconhece?

— Bem... Essa é a primeira vez que trocamos palavras... – Disse ela sem graça, batendo os dedos uns nos outros, como se fosse óbvio.

— Sério que você não sabe quem sou eu? – Perguntei levando da cadeira, ainda incrédulo. — Pela forma que vi você falando, achei que nós conhecia... – Disse olhando para ela fixamente, pensando que caso ela olhasse bem para meu rosto, saberia quem eu sou.

— Mas, eu conheço... – Ela disse me deixando confuso. Me fazendo pender a cabeça para o lado, piscando várias vezes, tentando entender a situação. — Só que como acabamos de nos conhecer, queria que podessemos nos apresentar como duas pessoas normais. Afinal a partir de agora seremos colegas de trabalho. – Concluiu ela, com um pequeno sorriso gentil. Apertando as mãos apreensiva.

— Ah! Agora tudo faz sentido! – Desfiz minha cara de confusão, abrindo a boca em um pequeno "o", entendendo sua intensão. — Que burro eu fui. Desculpe, não estou acostumado a ter que me apresentar como um desconhecido. Geralmente, quando vou dizer meu nome as pessoas já sabem. – Disse rindo sem graça coçando a nuca.

— Prazer em conhecê-la (S/N). Sou Jeon Jungkook, mas conhecido apenas por Jungkook, membro do BTS. – Disse estendendo minha mão sorrindo gentilmente. Ela pegou sorrindo da mesma forma.(Ah~ que mão macia e delicada... Por fora eu tô bem... Mas, por dentro eu estou, para puxá-la ao meu encontro e abraçá-la fortemente... Que? Afs, eu tenho que parar de pensar essas coisas. Meu Deus! )

— Okay, de onde você é? – Sentei novamente na cadeira, para que ela terminasse seu trabalho, e assim podessemos conversar mais, de forma tranquila novamente.

— Sou brasileira. Estou morando aqui na Coreia à 2 anos com as meninas. Nos mudamos à alguns meses para Seul. – Respondeu (S/N), voltando a me maquiar.

— Vocês todas são... Quer dizer, todas vocês são brasileiras? – Perguntei um pouco curioso, por acreditar que elas fosse de outros lugares.

— Sim, todas somos brasileiras. Nos conhecemos desde a adolescência... – Explicava ela, bem consentrada no que fazia, me respondendo baixo. — Pronto, Terminei! – Avisou a mais nova, sorrindo satisfeita, com um pincel – que eu não sabia bem para que servia – em mãos.

— Nossa esta perfeito! – A voz da Sra. Stellar, nossa maqueadora chefe, soou na sala enquanto entrava, batendo palminhas feliz. — Algo simples e natural. – Sra. Stella elogiava o trabalho dela, enquanto avaliava detalhadamente meu rosto. — Ficou perfeito querida! – Disse agora olhando para a garota ao seu lado. Com os olhos brilhando (S/N) se curvava sorrindo, agradecendo feliz.

— Ela fez um ótimo trabalho! – Afimei, me levantando da cadeira. — Quando se faz algo que ama sempre sai perfeito. Ela é incrível... – Soltei a princípio inocente, a olhando bobo  pelo espressão calorosa – nitidamente feliz –, que ela esboçava para nossa maqueadora chefe . Quando disse as últimas palavras um pouco baixo, a vi olhando para mim, e abaixar sua cabeça rapidamente, vendo suas bochechas ganharem uma tonalidade rosada. Me fazendo rir em seguida pela sua ação fofa.

— Jeon Jungkook! Não acredito! Você está flertando a estagiária nova? - Disse a mais velha, me fazendo encará-la, surpreso pelas suas palavras. A princípio, ela me olhava com um olhar de repreensão, logo ganhado lugar a um sorrisinho de canto.

— C-cla-Claro que não! O que você está dizendo Senhora Stella?!! – Disse claramente envergonhado, com o rosto queimando. — Eu apenas estava elogiando o trabalho dela. – conclui apontando para garota ao seu lado.

— E essa cara de bobo aí?! Você acha que me engana? Eu conheço você desde que entrou nessa empresa. Era um bebê tão fofo, e agora fica flertando com as estagiárias. Ah! Jeon! Você era tão tímido, o que aconteceu? – Disse a mais velha se aproximando apertando minhas bochechas, me fazendo ficar sem reação com suas palavras. Tentando pensar em algo, para desfazer aquele mal-entendido constrangedor.
Será que estava tão na cara assim, o quanto a aquela garota mexia comigo??!! Aigoo! eu já fui mais esperto!

— Por favor, ajumma!! Não diga essas coisas, está constrangendo a moça. Eu realmente, não tive essa intenção. Por favor não veja as coisas dessa forma. – Disse me desvencilhando do aperto que esmagava minhas bochechas, tentando amenizar a situação, que me fazida querer sair correndo daquela sala, de  tanta vergonha. Afs!! A primeira vez que consigo falar com ela de verdade, isso me acontece. Diga universo! Isso é um jogo comigo?!! Porque não é possível.

Enquanto eu morria de vergonha, pela situação que a mais velha criou. A garota mais nova, ali entre nós dois, apena alternava o olhar entre nós dois, tentando entender a situação, claramente confusa.

— Sei... Bem. Eu apenas vim ver se a senhorita (S/S) [N/T = seu sobrenome], estava com algum problema, por notar sua demora dentro da sala, mas parece que alguém apareceu para fazer-lhe compania. – A mais velha ali, cruzou os braços semicerrando os olhos acompanhado de um sorriso de deboche intensional. Parecendo satisfeita com seus comentários anteriores, e agora pensando em algo.

Sra. Stella era uma pessoa maravilhosa, mas ela parecia aquelas tias shippadoras. Que em épocas festivas, aparecem perguntando "e as namoradinhas? ".
Seguiu para saída da sala, parando em seguida no batente da porta. Me fazendo congelar no lugar, me trazendo questionamentos, se ela soltaria mais alguma de suas piadinhas. Afinal, esqueci de mencionar. Eu sinceramente tinha desconfianças da Sra. Stella ser  a mãe do Jin-hyung, ou algo do tipo. Porque não era possível tal semelhança.

— Não esqueça de deixar tudo organizadinho antes de sair, okay?! – Sra. Stella disse simples para garota ao meu lado, que afirmava com a cabeça freneticamente. Saindo por fim, fechando a porta. Me fazendo suspirar aliviado por ela ter saído.

Todavia... Congelei novamente no lugar, lembrando-me que ela fechou a porta... Ou seja, dentro da sala estávamos apenas eu e (S/N).... Só eu e ela. Naquela sala grande, com algumas cadeiras em frente à grandes espelhos brilhantes. E, atrás de nós, grandes armários ao lado das janelas. Porém, naquele momento parecia tão pequena... Lado a lado estávamos nós, olhando para porta branca que se mesclava com a parede da mesma cor, sendo perceptível apenas pela sua moldura de madeira escura. Eu não sabia o que fazer, depois daquele deslize... Não sabia onde enfiar minha cara. Aquele clima tenso me sufocava, e eu me recusava a olhar em sua direção.

— Me-me desculpe... Eu? Bem! não era minha intençãoflertarcomvocê! Na verdade, Eu só estava elogiando-ooseutrabalho, sabe?! – Tentei começar normalmente, apenas tentando esclarecer um mal-entendido.  Mas, quando vi, já falava tudo de uma vez só, me engasgando no meio, de tal nervossimo que me consumia, só de pensar que ela podesse ter uma má ideia sobre mim. Me desculpando freneticamente pelas palavras da Sra. Stellar, sem nem entender o que eu mesmo dizia. Tomei fôlego, em seguida tentando dizer, um pouco mais calmo. — Não ligue pra ela! ela sempre faz isso... Gosta de causar momentos embaraçoso para as pessoas. – Disse por fim olhando para baixo, apertado os olhos, de tão constrangido, praguejando mentalmente.

— Ah... okay... – Respondeu a garota ao meu lado, tentando entender o que eu dizia, olhando em seguida para baixo também, soltando o ar de seus pulmões, ainda envergonhada. Nos fazendo ficar em silêncio, olhando  para lugares aleatórios. — Bem... Eu preciso ir. – Disse se virando para guardar os produtos que ela tinha usado em meu rosto.

— Você já vai? – Perguntei indo em sua direção, para ajudá-la.

— Sim, hoje era apenas para nos apresentarmos e fazer alguns treinamentos. Quando você chegou, nós já havíamos terminado. Eu fui a última, pois me ofereci para arrumar a sala. – Disse (S/N) terminando de guardar a maleta de maquiagem que ela tinha usado, no armário, dedicado especialmente para equipe de produção estética.

Ah que merda! Gastei tanto tempo observando e gravando os hyungs, que quando cheguei aqui já havia acabado... Se eu soubesse que ela estaria aqui...

— Oh, então me deixe levá-la até a saída. –  Corri até ela, que já passava pela porta depois de se curvar e dar um breve "tchau".

 

                         ........
 

 

Ela passou nas salas –  em que eu acredito que suas amigas estivessem fazendo seus treinamentos –  vendo as mesmas vazias. Acho que demoramos um pouco conversando enquanto ela fazia minha maquiagem. Não queria atrapalha-lá...
Ouvi um barulho, vindo de sua bolsa, vendo a mesma retirando seu celular, olhando em seguida uma mensagem que ela havia recebido. Quando me aproximei, me esticando sobre seus ombros, tentando olhar sem ser pego o que ela havia recebido. Apenas, pude ler um "aproveita a oportunidade amiga!" , no finalzinho da mensagem. Quando  (S/N) pareceu perceber minha a proximação, escondendo o celular envergonhada. Com o rosto mais vermelho que o normal, parecendo ter sido pega jogando pedrinhas no telhado do vizinho.

— E-eram minhas amigas... Elas já foram na frente... Disseram que precisavam passar em um lugar na volta para casa.

— Ah! Sim. Entendo. – Disse tentando esconder minha animação. Afinal, eu poderia aproveitar essa oportunidade. Quem sabe, até poderia deixá-la em casa.

— E-eu vou indo, foi um prezar conhecê-lo. – Falou (S/N), se curvando novamente, seguindo apressada para grande porta de vidro.

Olhei para fora vendo que caia uma grande tempestade. Ao perceber que ela iria se molhar, puxei-a de volta antes que a porta fechasse e ela ficasse presa do lado de fora.
A forma com a qual puxei-a, foi forte o suficiente para fazê-la voltar de encontro ao meu corpo. Fazendo com que ela se choca-se contra meu peito. Ela ficou estática, com a cabeça baixa encostada em meu peito, do jeito que se chocou na aquele local, ela ficou, sem se mover. Enquanto eu, olhava para fora... ainda sem acreditar na situação em que nos encontravamos.
Ela estava tão próxima... Tão próxima, que podia sentir o cheiro do seu Shampoo. Fui enblinado por aquele cheiro, que invadia minhas narinas sem permissão, seguindo em direção aquele cheiro hipnotizador. Sem perceber, já estava com minha cabeça inclinada, com meu rosto em seus cabelos. Inalando o doce perfume que seus cabelos cedosos transmitiam.
Ela pareceu perceber o que eu fazia, logo olhando para cima assustada. Eu não consegui mover meu rosto, estando tão próximo do seu... Olhando profundamente em seus olhos. Ah... aquele lindos olhos negro. Quando meus olhos iria abandonar os seus, para mirar em seus lábios. Ela deu passos para trás, se afastando, logo pegando o guarda-chuva atrás de mim, em um porta-guarda-chuvas da empresa. Seguiu correndo para grande porta de vidro, que abriu automaticamente para a mesma que carria em direção a rua.
Eu apenas a via sumir entre a neblina escura da noite, que beijava o céu, daquela típica noite fria de outorno.
 

 




 

 

 

 

Me desculpe (S/N). Eu realmente não queria assusta-lá... Mas, sou completamente refém dos seus encantos...


Notas Finais


Eita eita!! 👀 O QUE FOI ISSOOO!!
Concordo Sra. Stella, esse moço está muito ousado. 😂😂 Essas amigas da (S/N) e seus belos concelhos, largando a moça sozinha, tadinha kkkk. Será que elas viram eles na sala de maquiagem, será?!! 👀👀

Kissus amore😘 por hj é sooó, até mais 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...