História The Love Survive - Capítulo 4


Escrita por: e Gabyihh

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, Harry Styles, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Allyson Brooke, Apocalipse, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Lgbt, Normani Kordei, Norminah, The Walking Dead, Zumbi
Visualizações 108
Palavras 1.251
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hii Guys
Mais um capítulo para vocês
Espero que gostem, qualquer erro e só avisar
Boa leitura 🤗🤗

Capítulo 4 - She Answered My Message



Lauren´s POV

Tinha acabado de chegar em casa, eram 18:00, o horário que eu era dispensada do trabalho, mas se eu recebesse um chamado teria que ir para a ocorrência na hora, pois meu turno era até as 20:00. Tomei um banho rápido e procurei alguma coisa para comer. Estava no sofá da sala comendo uma maça e com o celular na mão, quando eu vi que tinha uma notificação e um nome piscando na tela do meu celular, Camila Cabello.

- Ela me respondeu – pensei alto com um sorriso bobo no rosto.

- Quem respondeu o que Laur? Tá ficando louca e falando sozinha? - Dinah se jogou do meu lado no sofá.

- A Camila, ela me respondeu DJ - meu sorriso agora era ainda maior.

- Então responde ela sua tapada, em vez de ficar olhando a mensagem – disse debochada saindo do sofá e indo para o seu quarto.

Então eu a respondi, e pouco tempo depois ela me respondeu de volta e começamos a conversar, ela era muito legal, a conversa fluía tão bem que nem percebemos que passamos horas conversando. Descobri que tínhamos bastante coisas em comum, ela morava em Miami e fazia faculdade de medicina, antes de se mudar para fazer a faculdade ela morava em Cuba com a sua família. Falávamos de tudo, cada mensagem era um riso novo que aparecia no meu rosto, descobri que ela também queria muito falar comigo, mas era tão tímida que não conseguiu me chamar. O chat do aplicativo não era muito bom e travava bastante, então joguei um indireta sobre isso, eu a chamei no chat, mas ela quem teria que pedir meu número, ela entendeu muito bem isso e pediu meu número na hora, comecei a rir e disse pra ela sobre o meu plano dela pedir meu celular, Dinah apareceu na porta da sala e falou que nós íamos sair, eu não queria, preferia ficar conversando com Camila, mas Dinah Jane sabia ser muito chata quando queria alguma coisa, disse que amanhã seria a nossa folga e não iriamos passar a noite trancadas em casa como duas velhas, finalmente aceitei e disse pra Camila que iria sair, mas que a chamava quando chegasse, ela concordou e paramos de conversar.

Eu fui tomar um banho, não sabia aonde nos iriamos, coloquei uma calca jeans branca com alguns rasgos na perna, um cropped preto que deixava minha barriga de fora, uma bota cano baixo preto, no rosto fiz uma maquiagem leve, mas que ressaltava meus olhos, e meu cabelo deixei solto, meio bagunçado do jeito que eu amava ele. Quando cheguei na sala Dinah já estava pronta, ela usava uma saia de couro, uma blusa de seda de onça e um sapato de salto alto preto, ela estava linda como sempre.

- DJ, se eu beber muito hoje à noite com certeza eu vou te pegar – disse com um sorriso safado.

- Acho que se eu beber muito, muito, muito, deixo isso acontecer – falou e deu um tapa na minha bunda - Vamos logo Jauregui.

Pequei minha bolsa e ligamos para o nosso taxista de confiança. Fomos para a Playhouse NightClub, aquela noite iria prometer.

Já fazia umas duas horas que estávamos na casa noturna, Dinah tinha desaparecido com um cara alto que ficou dançando com ela desde a hora que chegamos. Eu estava indo em direção ao bar, já tinha bebido bastante.

- Uma água sem gás, por favor - pedi para o garçom assim que sentei no bar, ele acenou e foi buscar.

- Água detetive... pensei que gostasse de coisas mais fortes – eu conhecia aquela voz, era Raquel a garçonete do café.

- Eu gosto, mas já bebi bastante, se eu não der uma parada agora não vou chegar em casa essa noite - disse com um sorriso safado, nessa hora ela se aproximou e praticamente sentou na minha perna, já que eu estava em um banco alto de madeira e ela em pé.

- Então não chegue na sua casa – disse sussurrando no meu ouvido e no final da frase deu uma mordidinha na minha orelha.

- Acho que gostei da sua ideia – disse e no mesmo momento minha mão esquerda estava na sua cintura.

- Então vamos dançar detetive – disse já me puxando.

- Vai na frente, já te encontro – ela concordou e saiu na frente rebolando em direção a pista de dança.

- Sua água senhorita – o garçom disse me estendendo uma garrafinha.

- Obrigada – peguei a garrafa e tomei-a inteira na hora – Me dá um whisky por favor – ele acenou e voltou com a minha dose, agradeci, tomei tudo em um gole só e fui em direção da minha presa.

Dançamos mais uma hora aproximadamente, em todos os movimentos Raquel me levava a loucura, não me leve a mal, mais já fazia um bom tempo que não ficava com uma pessoa, e aquela garota estava me deixando louca.

- Vamos para minha casa Lauren - ela sussurrou no meu ouvido enquanto rebolava na minha frente, apenas acenei com a cabeça e ela saiu me puxando para fora da boate, chamamos o táxi e ela deu seu endereço.

Chegamos ao apartamento dela e eu paguei a corrida do taxi. Quando entramos no elevador eu não aguentei mais, a puxei pela cintura e a beijei, ela na hora levou as mãos aos meus cabelos, o elevador apitou mostrando que já tínhamos chegado no andar, saímos do elevado e ela foi me guiando pelo corredor até chegar em seu apartamento, ela abriu a porta e me deu um sorriso muito safado e me agarrou, uma coisa eu tenho certeza dessa noite, ela vai ser bem interessante.

Acordei com um peso em cima de mim, olhei para baixo e vi os cabelos castanhos bagunçados se alguém em cima do meu peito.

- Camila? – falei assustada, como Camila estava aqui se ela mora em Miami – Aonde eu estou?

- Bom-dia detetive – com aquela frase tudo veio a minha cabeça – Quem é Camila? – ela perguntou me olhando de um jeito nada bom.

- É uma amiga Raquel – disse sentando na cama e procurando as minhas roupas

- Não parece que é só uma amiga. Me chamou de Camila quase a noite toda, ainda bem que não sou ciumenta - disse sorrindo e me abraçou por traz.

- Mas e só uma amiga - disse ficando de pé, pegando minhas roupas no chão e me trocando – Raquel você viu minha bolsa? Preciso do meu celular.

- Provavelmente está na sala – respondeu deitando na cama outra vez.

Fui para sala e achei minha bolsa, eram 11:30, isso explicava a minha fome, tinha duas ligações de Dinah e uma mensagem mandando eu ligar para ela, voltei para o quarto e Raquel estava de calcinha e uma regata de um pijama.

- Raquel eu tenho que ir, me desculpe – disse e ela se aproximou.

- Relaxa detetive, eu sei que isso não vai acontecer outra vez, mas só para você ficar sabendo... você e ótima em tudo o que faz – disse e me deu um selinho – Vamos, eu te levo até a porta.

Chegamos na porta e ela me deu outro selinho e um sorriso, retribui o sorriso e sai do prédio, paguei um taxi e fui para minha casa, chegando lá tomei um banho, liguei para Dinah e ela disse que também não tinha dormido em casa, então entrei nas mensagens e vi a foto e uma mensagem da garota que não saiu da minha cabeça a noite passada.


Notas Finais


Por favor favoritem se tiverem gostado e comentem o que estão achando da Fic isso é muito importante para nós
Obrigada por lerem 🤗🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...