História The lovely story of SaiDa - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Dahyun, Sana
Tags Chaeyoung, Dahyun, Dahyun And Sana, Drama, Jeonyeon, Jihyo, Lgbt, Mina, Momo, Nayeon, Romance, saida, Sana, Twice, Tzuyu, Yaoi, Yuri
Visualizações 92
Palavras 1.956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hii friends, voltei ^^

O último capítulo não ficou como eu esperava e por esse motivo deixei com o final sem muito sentido, mas vim continuar.

Espero que gostem, boa leitura meus anjos e me desculpem qualquer erro <3

Capítulo 2 - Page Two


Fanfic / Fanfiction The lovely story of SaiDa - Capítulo 2 - Page Two

... ela é legalzinha até  - rimos - 

Dahyun: Verdade, ter irmãos realmente é um saco as vezes... o ChimChim pode até ser chato comigo as vezes, mas ele é tão amoroso e gentil comigo, é o melhor irmão que alguém poderia ter - sorrio só de pensar no Jimin -

Mina: Quê?? Você tem um irmão? Ele estuda no colégio também? - a japonesa fala em um tom tão desesperado que eu nem soube como reagir, mas logo voltou a seu estado normal e prosseguiu - Desculpas Dahyun, acho que me empolguei de mais.. - Mina solta aquele sorriso maravilhoso dela - Ah, por sinal.. achei tão amorzinho esse seu jeito de falar do tal Chim não sei o que.

Dahyun: Tudo bem Mina... Sim ele também é do colégio, seu nome é Park Jimin! 

Mina: Ah, ele deve ser aquele garoto loiro todo brincalhão que entrou hoje ... Dahyun, mas porque ele é Park... e a Chae disse que você é Kim? 

Dahyun: Longa história Mina - não consegui evitar minha risada - que legal, minha mais nova amiga estuda com meu irmão, tomara que façam amizade  - sorrio para Mina e ele retribui -

Mina: Tomara mesmo! - disse toda animada - 

Saímos da sorveteria percebemos que as meninas já estavam preparadas para ir embora, eu e Mina fomos até elas. Percebi que Momo estava muito chateada, Chae também, mas deixei isso de lado, perguntaria depois.

Mina: Acho que deu merda, depois eu falo com a Momo, pode falar com a Chae? - concordo com o plano da japonesa que havia sussurrado para mim - 

Por fim, estávamos nós seis na escola.


Momo P.O.V

Chegando no colégio logo corro em direção ao elevador, eu nem se quer esperei por Mina, queria chegar o quanto antes na sala de aula, não queria olhar para ninguém naquele momento. Entrei em minha sala e fui até minha carteira, abaixe minha cabeça colocando-a sobre meus braços, fiquei daquele jeito até alguém começar a mexer em meu ombro direito.

Desconhecido: Ei menina, se levante por favor, olhe para mim.... Tá tudo bem? Levante por favor - ele diz com um tom preocupado - 

Levanto minha cabeça em que estava sob meus braços e o encaro, fiquei surpresa, nunca tinha visto aquele rosto pelo colégio, ele era tão fofo, seu rosto, aliás, ele em si é todo angelical, será que fiquei louca ecomecei a alucinar esse tipo de coisa? Perguntei a mim mesma sem obter qualquer resposta. Fiquei em transe por alguns segundos, minutos talvez.. até ouvir sua voz novamente.

Desconhecido: Terra chamando, Oiii eu tô aqui, será que poderia me ouvir? - ele diz de uma forma brincalhona, o que me fez rir por perceber o quão distraída fiquei - 

Momo: O-Oi - gagueira com uma voz baixa, mas ele pode me ouvir -

Desconhecido: Meu anjo, por que está tão triste é cabisbaixa? - de certa forma aquilo me trouxe uma sensação tão boa, senti um contorno inexplicável -

Momo: Não é nada de mais - abaixe minha cabeça novamente -

Desconhecido: Momo, se quiser pode falar pra mim o que aconteceu, mesmo eu não sendo um amigo íntimo ou próximo de você.. - coloca sua mão em meu queixo erguendo minha cabeça - não fique triste, você é uma garota bonita de mais pra ficar aí chorando. 

Eu só conseguia ouvi - lo naquele momento, eu não sabia como reagir a aquela situação, ele estava sendo totalmente adorável comigo, ele nem se quer sabe quem sou... mas espera aí, como esse garoto sabe meu nome?

Momo: Me desculpe, hoje estou me destruindo facilmente... uma pergunta? - ele me encara esperando pela tal pergunta - como sabe meu nome? - o encaro também, os olhos dele são extremamente fofos -

Desconhecido: Ah, isso? É que tá escrito aí no seu caderno -  ele aponta para o caderno onde havia escrito 모모 (MOMO, em coreano), e começamos a rir - Aish, esqueci de falar meu nome, sou Park Jimin... e, só aceitarei seu pedido de desculpas se você me contar o que te fez ficar assim - ele propõe mas, o ignoro mudando o rumo da conversa - 

Momo: É... por quê não tem ninguém na sala ainda? 

Jimin: Puts.. esqueci, falaram que o professor que iria dar essas aulas foi embora por problemas pessoas, eu vim até aqui já que sou novo e não me informei tanto ainda... 

Momo: Hmm.. entendi, então já que você já me passou o recado vou voltar a ficar de cabeça baixa aqui, pode ir Jimin, obrigado.

Jimin: Nananinanão, vou ficar aqui com você... Momo, pode me chamar de ChimChim ou Jimminie a partir de agora... Momo - segurou meu braço direito - vem cá! - no momento me assustei um pouco mas deixei ele me guiar até algum lugar - 

Jimin: Acho que o jardim é o lugar que mais gostei aqui, você precisava tomar um pouco de ar puro, por isso quis te trazer aqui.

Momo: Obrigada Jimminie -  tento colocar o meu melhor sorriso - 

Jimin: Não foi nada Momo, mas agora me conta o que aconteceu? Ou prefere falar sobre qualquer outra coisa? - me encara é sorri -

Momo: Já que você disse que é novo no colégio... comece por você, depois eu digo o que aconteceu, ou posso falar sobre mim apenas, que tal? 

Jimin: Como quiser Momo... mas por onde quer que eu comece?

Momo: Me fala o básico sobre você... se quiser me contar o motivo da sua mudança, estou aqui pra ouvir - minha expressão já estava totalmente melhor, parecia que nada havia acontecido - 

Jimin: Meu nome é Park Jimin com o já sabe, tenho 17 anos, acho que também sabe disso, sou novo aqui... você tambem já sabe. Bom, é isso, agora é sua vez! 

Momo: Aigoo, você não disse nada que eu já nn saiba - bufei, logo percebo ele rindo e começo a rir também dando um leve tapa em seu braço - 

Jimin: Ok então Momo... eu morava em Daegu junto com a minha mãe Kim Hyuna, e minha irmã mais nova, Kim Dahyun, nosso pai faleceu a alguns meses, não tem muito tempo até... então minha mãe resolveu vir para Seul já que ela nasceu aqui. Melhor assim senhorita Momo? - achei incrível a forma que ele falou cada palavra tão naturalmente, não parecia que sequer ele estava abalado com o ocorrido - 

Momo: Meu Deus, meus sentimentos Jimin... sua família está bem? Como está sendo viver em um lugar onde você não conhece praticamente ninguém nem nada?... espera sua irmã é Kim Dahyun a do primeiro colegial? - o enchi de perguntas, acho que pareço meio inconveniente mas ele não parecia se incomodar -

Jimin: Vai com calma aí Momo - ele ri - vou responder seu questionário. Estamos muito bem, meu pai não era lá aquelas pessoas, mas ignora isso não vamos entrar tão afundo nisso, não hoje... Bom, conheci você agora não é? - ele sorri e eu retribui, confesso que devo ter corado naquele momento - continuando... Sim, Dahyun é minha irmã mais nova, por um acaso você a conhece? 

Momo: Tudo bem Jimminie, se quiser a gente fala disso outro dia... verdade, agora me conhece, mas tenho certeza que vai conhecer as minhas primas também, Sana e Mina. E sobre a Dahyun.. conheci ela hoje, ela é um amor de pessoa assim como você, e bom..  ela e minha amiga Chaeyoung estão na mesma sala, acho que ficaram bem próximas. - falo sem muito ânimo pois não queria falar nada relacionado a Chaeyoung -

Jimin: Yah, fico feliz que ela tenha feito amizades já, principalmente com a sua amiga, assim fico mais aliviado, vai saber né? - ele ri para mim e logo volta a falar -  melhor encerrar esses assuntos por aqui, quero ir na cantina, fiquei sabendo que o bolo de chocolate de lá é maravilhoso. Vem comigo? - no mesmo instante eu concordo e sigo Jimin até a cantina - 

Foi maravilhoso o jeito que ele me tratou, aquilo mudou completamente meu dia, minha cabeça que antes estava totalmente perdida em pensamentos agora estava totalmente em paz. Comemos um delicioso bolo de chocolate até que bate o sinal, mas não eram 16:00 ainda, que estranho. Ouvimos através dos auto falantes um anúncio informando que teve uma reunião com os professores, foi tudo de última hora, e por isso, nos liberaram mais cedo, fui para casa com Nayeon e Jeongyeon, dessa vez elas não me deixaram de vela como de costume, fomos a uma sorveteria perto de nossas casas e por fim cheguei em casa. 


Dahyun P.O.V 

Cheguei em casa junto com Jimin, nossa mãe estava nos aguardando preparando um sanduíche para nós dois. Jimin foi para seu quarto e eu para o meu, coloquei umas músicas da Melanie Martinez, e comecei a copiar o conteúdo que a Chae havia me passado. Logo minha mãe bate em minha porta falando para eu descer para comer o sanduíche que ela tinha preparado para mim, desci as escadas e Jimin já estava devorando de seu alimento. 

Dahyun: Alguém não comeu hoje Park Jimminie? - ri ao ver aquela cena - 

Jimin: Na verdade... acho que como até de mais, é esse sanduíche que a mãe fez que ficou tão delicioso! - ele diz ainda devorando seu alimento - 

Mãe: Fico feliz que tenha gostado Jiminnie, aliás, me contém como foi no colégio hoje. 

Jimin: Tive Educação Física, depois aula de português... até que me toquei bastante. Depois vim pra casa almoçar, aí fui pra escola, conheci uma garota, bom tenho uma nova amizade e só isso mesmo. 

Mãe: Fico feliz em saber que conseguiu fazer amigos Jimin, assim fica mais fácil viver em um lugar que você mal conhece. Estou orgulhosa de você por estar se esforçando meu filho, tomara que continue assim, ano que vem você começa sua faculdade. Vai ser um ótimo dançarino! E você tofu? Me conta como foi seu dia.

Dahyun: Tive história nas primeiras aulas, fiz dupla com a Chaeyoung, a gente pegou amizade rápido, depois foi aula de artes, eu até me dou bem mas nn sou um Picasso. Fui lanchar na praça de alimentação perto da escola... quando voltei tive matemática e filosofia, acho que me dei bem nas matérias hoje. 

Mãe: Fico feliz por você também Dahyun, trás a Chaeyoung qualquer dia em casa pra eu conhecer ela - minha mãe sorri para mim -

Dahyun: POSSO?? - não sei porque mas fiquei muito feliz, minha mãe desde que mudamos ficou tão mais feliz e legal com a gente - 

Mãe: Pode sim Dahyun, quando quiser, a gente vai estar de portas abertas para ela. 

Jimin: Oi eu também existo. - Eu e minha mãe começamos a rir - 

Mãe: Pode trazer seus amigos também Jimin! 


Terminamos de lanchar e Jimin vai para seu quarto provavelmente dançar até que seu último músculo se cansar-se. Minha mãe lavava as louças enquanto eu secava. Logo terminei minha parte e lembrei que Chaeyoung tinha me convidado para festa dela no sábado, fui falar com a minha mãe, ela concordou numa boa, desde que eu não fizesse nem uma besteira e não chegasse tarde. Depois de terminar tudo que tinha a fazer passei uma mensagem para Chae falando que iria na festa dela, ela disse que caso a festa acabasse tarde eu poderia ficar por lá. 


Segundo dia de aula, são 08:00 da manhã, meu despertador toca e eu logo me levanto indo ao banheiro, faço minhas higiene e decido tomar um banho bem breve, coloquei uma calça jeans escura com uma camiseta de manhã longa, toda branca com uns detalhes pretos, coloquei meu all star, peguei meu material e desci as escadas. Jimin já estava comendo seu cereal, uau, hoje ele estava tão bonito, nem parece meu irmão. 


Notas Finais


Me desculpem pelo fato da Sana ainda não ter dado nenhum sinal de vida, acabei me empolgando e tive que encerrar por ai mesmo, mas no próximo podem ficar tranquilos que vai ter Minatozaki ^^

Sugestões e críticas construtivas serão sempre bem vindas :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...