História The lovely story of SaiDa - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Dahyun, Sana
Tags Chaeyoung, Dahyun, Dahyun And Sana, Drama, Jeonyeon, Jihyo, Lgbt, Mina, Momo, Nayeon, Romance, saida, Sana, Twice, Tzuyu, Yaoi, Yuri
Visualizações 80
Palavras 1.846
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii meus anjos, como estão? Espero que estejam bem.
Eu queria ter postado esse capítulo mais cedo, mas o dia foi meio agitado, dois comebacks no mesmo dia, ainda não superei esses hinos.. Qual álbum gostaram mais? I am WHO ou Sumer Magic?

Espero que gostem desse capítulo, estou tendo um bloqueio de criatividade as vezes, e por esse motivo peço a vocês sugestões de coisas que gostariam de ver nessa fanfic ^^
Boa leitura, desculpem qualquer erro.

Capítulo 4 - Weird day?


Fanfic / Fanfiction The lovely story of SaiDa - Capítulo 4 - Weird day?

Não sei mais o que fazer com a Momo.... Mas vai que ela tem razão.


Faltavam cerca de 20 minutos para o término do horário de pausa, estávamos indo para o colégio, todas animadas falando sobre o fim de semana, eu andava um pouco atrás das meninas, na verdade estava muitos passos atrás...

Chae: Sana Unnie!

Sana: Sim Chae?  - a encaro sem expressão alguma em meu rosto -

Chae: Tá assim por causa do que a Momo disse? 

Sana: Acho que não... Mas a insistência dela com isso me faz pensar bastante no assunto. Chae, qual a lógica da da minha prima? Me diz aí, eu conheci a Dahyun hoje, nos só trocamos poucas palavras, nem sei se ela é legal ou... Se bem que, se ela se da tão bem com a minha baixinha, acho que ela deve ser sim. - Chaeyoung e eu temos uma relação muito boa, ela é como uma irmã mais nova para mim. - 

Chae: Se você pensa tanto assim nisso... será que a Dubo mexeu com o coração da minha Unnie?. Dahyun realmente é bem legal, na verdade ela é muito legal mesmo, é incrível como nossa amizade ja é tão boa, a gente se conheceu ontem.... não somos as pessoas mais parecidas do mundo mas nosdamos muito bem! - Chae logo mostra um lindo sorriso -

Sana: Sei lá Chaeng... hoje a Jihyo ficou falando do lance que a Tzuyu sente por mim - respiro fundo - você mais do que ninguém sabe que eu só vejo a Tzu como uma boa amiga, não vai passar disso... deve ser por isso que minha cabeça tá explodindo de pensamentos.... fico feliz por você e pela Dahyun, mas se você me trocar eu juro que esfrego sua cara no chão ouviu Son Chaeyoung - Chae começa a rir e eu faço o mesmo -

Chae: Não sou nem louca de fazer isso Unnie, sabe que eu te amo. Em relação a Jihyo... eu acho... que ela tem uma queda na Tzuyu, deve ser por isso que ela fica te fazendo pressão... Mas fica tranquila Sana, eu vou tentar falar com a Tzuyu na aula. 

Sana: Obrigada Chae!! É... essa parte da Jihyo eu já desconfiava mesmo. 

Jeongyeon: Será que as duas podem ir mais rápido, logo da o nosso horário. - Chaeyoung e eu apressamos o passo - 


Depois de 3 longas aulas de sobre democracia, o sinal bate. Era a última aula do dia, para mim estava demorando mais que o normal, eu estava realmente cansada de estar naquele lugar, senti minha cabeça explodir mais uma vez, por sorte a última aula era Educação Física, eu não levo muito jeito com esportes, minhas amigas dizem que sou um tanto desastrada. Passei aqueles longos 50 minutos que pareciam não passar deitada em um banco vazio, onde me perdi em meus pensamentos mais uma vez, de alguma forma hoje meu dia está sendo estranho, não estou tão animada, não consigo focar em nada, tudo parece a mesma chatice, eu estava começando a ficar com a cabeça quebra então resolvi colocar uma música para me tirar daquele estado tão estressante. Peguei meu celular e ainda eram 16:18, faltavam mais de meia hora para o dia acabar, peguei meus fones de ouvido e coloquei Last Dance - Big Bang. Os minutos se passavam, as músicas corriam, meus pensamentos iam e voltavam toda hora, olho para o relógio e já são quase 16: 50, até que enfim pensei, a aula parecia não acabar nunca. Alguns minutos se passam e o sinal bate. 


Dahyun P.O.V

Ouço o sinal tocar e em seguida Chaeyoung e Tzuyu começam a guardar seus matérias, hoje iria passar na casa da Chaeyoung para terminar alguns exercícios de química, Tzuyu também iria com a gente, mas só eu iria passar a noite na casa de Chaeyoung.

Tzuyu: Vamos? 

Chaeyoung: Calma aí... esqueci de guardar o livro de biologia. 

Dahyun: Vamos direto pra sua casa ou querem tomar um sorvete antes? 

Tzuyu: Pode ser, a gente pode chamar a S... quer dizer, as meninas todas também não é? 

Dahyun: Por mim tudo bem! 

Chaeyoung: Prontinho. Ah, acho melhor mesmo, mas... eu fico com a Sana dessa vez ok? Lembrei que ela queria falar comigo sobre a festa - não sei porque mas Chaeyoung não parecia falar a verdade -

Dahyun: Então vamo?... acho que Momo vai com o Jimin, bom eu sei lá, ele disse que iria levar ela porque o seu endereço é perto de onde ele vai mais tarde. 

Chaeyoung: Esses dois estão muito amiguinhos não acha não?

Tzuyu: Vamo logo, as meninas já devem até ter ido embora sem a gente. 

Descemos as escadas correndo, Chaeyoung quase atropela Tzuyu o que acabou me fazendo rir tanto que quase tropecei em um degrau. Lá estávamos nós de frente ao portão, não havia ninguém, será que as meninas já foram? Logo vejo Nayeon é Jeongyeon descendo, Sana, Jihyo e Mina estavam logo atrás, parece que não foi só nos três que ficaram enrolando. 

Tzuyu: Gente, eu, Chae e Dahyun pensamos em ir tomar um sorvete antes de ir para casa, vocês vem? 

Jihyo: Claro!! -  diz com todo ânimo do mundo -

Nayeon: Jeongyeon e eu não temos nada para fazer, por quê não né? - Jeongyeon concorda com sua namorada - 

Chae: E vocês duas vão? 

Mina: Não vejo porque não, e você Sana?  - Mina direciona seu olhar para Sana que parecia seria -

Chae: Vamos Unnie! Pode ser legal - Chae abraça Sana que logo mostra um lindo sorriso, mas ainda sim Sana parecia seria -

Dahyun: Então vamos? 

Tzuyu: Claro!! - Tzuyu parecia ser a mais animada entre as outras - 


No caminho até a sorveteria Chaeyoung andava juntamente a Sana a qual ainda parecia seria, não sei porquê mas aquilo me incomodava, queria saber se ela sempre é assim ou se algo aconteceu, mas ignorei logo que Mina começou a falar comigo.

Mina: E então Dahyun, o que achou do colégio? 

Dahyun: Ainda não sei, parece ser um ótimo lugar... Mas também é tudo estranho ainda, sinto falta dos meus amigos - minha expressão logo muda, ficando um pouco triste - 

Mina: Ah, desculpe por fazer você tocar no assunto.... Mas olha pelo lado bom, aqui já conseguiu 8 amigas numa tacada só! 

Dahyun: Verdade. - volto a sorrir - se bem que, ainda não conversei muito com Jihyo e Sana... Mas olhando para o lado bom, eu amei conhecer a Chae... e você também Mina! - sorrio para japonesa e a mesma retribui - 

Jihyo: Vamos ter que se separar já que as mesas são pequenas, quem fica com quem? 

Caheyoung: Que tal assim, você, Tzuyu Dahyun e Nayeon em uma mesa, eu, Sana, Jeongyeon e Mina na outra? 

Todas concordam e vamos escolher nossos sorvetes, eu peguei um sorvete de creme, Nayeon chocolate, Tzuyu optou por flocos junto com Jihyo, Chaeyoung morango, Sana e Mina pegaram o de sensação e Jeongyeon escolheu napolitano. Nós nos sentamos nas mesas lá de dentro que estava muito fresco, o ambiente realmente era bom, todas tomavam de seus sorvetes, Jihyo e Tzuyu não paravam de falar, Nayeon e eu apenas ficamos degustando daquele sorvete tão delicioso, Mina e Jeongyeon falavam sobre Momo não sei porquê e Chaeyoung ainda tentava animar Sana. Por quê eu estou tão preocupada com ela? Vai ver esse é o jeito dela, deve ser por isso que Mina havia dito que não gosta dela.

Tzuyu: Dahyun, acho que não vou poder ir com vocês hoje, meu pai disse que tenho que ir já, surgiu um compromisso. 

Jihyo: Então eu vou com você Chewy! 

Mina logo se pronuncia. 

Mina: Também já vou indo, tenho que pegar uns livros que deixei com a Momo. 

Dahyun: Vai me deixar sozinha Nayeon Unnie? - faço bico -

Nayeon: Aí meu Deus, quanta fofura... eu ficaria o tempo que for mas logo fica tarde melhor todo mundo ir. Vamos Jeong? 

Jeongyeon: Claro amor, só vou me despedir das meninas. 

Todas já haviam ido embora, exceto eu, Chaeyoung e Sana, eu também queria ir embora, a situação não parecia estar muito legal com Sana, então me pronunciei.

Dahyun: Chae, se quiser eu vou na sua casa outro dia.. pode ser? 

Sana: Fica com a gente Dahyun - put* que pariu, meu coração acelerou só de ouvir aquelas poucas palavras, que merda aconteceu? Sana estava com a voz tão tristonha e por quê isso me fez ter esse sentimento estranho de repente? - 

Chae: Dubo? Tá bem? 

Dahyun: S-sim, claro que... sim - eu devo ter ficado fora de mim depois daquela sensação estranha, socorro o que eu faço? S

Sana sorri, sua feição que antes estava seria, triste talvez, ficou um pouco melhor, me senti uma tremenda boba diante daquela situação, eu só quero sair daquele lugar logo.

Sana: Bom, melhor a gente ir né? Logo fica tarde. 

Chaeyoung: Verdade... Sana, quer ficar lá em casa hoje também? 

Sana: Eu posso passar lá um pouco, mas não posso ficar para dormir, hoje vai ter um almoço em família sei lá porque, vai ser bom porque vou ver a Momo. 

Dahyun: Mas a Mina também vai não é? 

Sana: Sim, mas eu me dou melhor com a Momo... coisas de primas - ela da um sorriso forçado -

Chae: Então vai com a gente, eu peço para o meu irmão levar a gente até a casa da sua sei lá onde você vai. 

Dahyun: Então você também tem um irmão? 

Sana: Sério que você não disse pra ela Chaeng?  - Sana começa a rir, é tão bom ver ela rindo - 

Chaeyoung: De qualquer forma ela iria conhecer ele não é? 

Sana: É sim. 


Pagamos nossa conta e pegamos o caminho até a casa de Chaeyoung, era bem perto dali, não demorou muito e já estávamos em sua casa, a casa de Chaeyoung é tão moderna e bonita. Chaeyoung pega suas chaves é abre o portão, entramos, passamos pela porta e nos deparamos com a mãe de Chae preparando uns quitutes. 

Chae: Chegamos mãe! - Chae beija a bochecha de sua mãe -

Mãe da Chae: Oi Sana, tudo bem? 

Sana: Tudo sim dona Chae. 

Mãe da Chae: Sana, não me chama de dona, não vê que sou uma mulher maravilhosa e jovem? - nos quatro começamos a rir - ... Você deve ser a Dahyun que a Chae tanto fala, seja bem vinda Dahyun, sinta-se em casa!

Dahyun: Obrigado, don..Chae!!

Chayoung: Mãe, eu já tinha dito que traria a Dahyun hoje junto com a Tzuyu, mas a Tzuyu teve um imprevisto e não pode vir, chamei a Sana, depois o Oppa pode levar ela na casa dela? 

Mãe da Chae: Hmm... tudo bem filha. Acho que seu irmão pode te levar sim, ele entrou no banho agora a pouco, teve um grande dia. 

Chae: Tá bom então mãe. 


Subimos para o quarto de Chaeyoung, o quarto dela era bem grande, era muito bem decorado, cheio de cores, livros, fotos e objetos espalhados. Sana se sentou sobre a ponta da cama, eu me sentei na cadeira que havia ali, Chae foi atrás de seu irmão deixando apenas Sana e eu em seu quarto.


Notas Finais


O que será que vai acontecer? Será que rola alguma coisa? Curiosos sobre o irmão de Chae?

Espero que tenham gostado desse capítulo, eu não tava 100% animada em escrever ele, não sei se ficou muito bom mas tá aí. Até a próxima galera :3
Sugestões e críticas construtivas serão sempre bem vindas ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...