História The luck of life. - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas
Tags Cameron Dallas, Magcon, Romance
Visualizações 29
Palavras 2.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OOOOiiie amores da minha vidaaaaa!!!!! Demorei? Sim,Vcs querem me matar? Siim Maaas eu trouxe um novo caitulo que está MUITO FODA
Vcs Vão ficar impactadas kkkkkkkkkkk

Quero muito agradecer a todos os favoritos e comentarios,eu amo vcs,e amo ler seus comentarios,me faz bem,vcs me fazem bem! Valeu por tudo gente,vcsss são incriveis para um ******** KKKKKKKKKKK

Boa leituras meus amores!!!

Capítulo 10 - Capítulo 10


Fanfic / Fanfiction The luck of life. - Capítulo 10 - Capítulo 10

É possível gostar ainda mais de alguém? Eu estou encantada com minha noite e a de Derek,ele conversou coisas abertas comigo,e sempre me incluindo no seu futuro,isso me deixou feliz e encantada,Derek é um ótimo namorado,sempre tentando me ver sorrir ou se preocupando comigo,nunca me deram esse tipo de atenção antes,os caras só queriam apenas se aproveitar de mim,sorte que nunca dei esse gostinho.

 

Os únicos que se preocupavam de verdade comigo foi minha família e meus amigos. Geralmente alguns garotos que tentei namorar,mas eu não sentia nada por eles então nunca deu certo qualquer tentativa de uma relação saudável. Antes de vir para os Estados unidos eu queria voltar ao meu país natal para recomeçar e construir meu futuro,um futuro que sempre sonhei,eu cursando o que eu gosto,um marido esplêndido e filhos arteiros e brincalhões,a típica família feliz,sempre me imaginei amando uma pessoa além de eu mesma,sempre me imaginei super responsável e protetora com meus filhos, os tendo como minha prioridade.

 

E finalmente esse futuro parece estar cada vez mais perto,isso me alivia,alivia o meu medo de ficar sozinha,de não ser amada,de não ter alguém que me inclua em seu futuro ou que me queira como sua esposa. Sei que não vou me decepcionar com o Derek, já que ele parece ser sincero em suas palavras e ações.

 

Me sinto mais feliz e mais leve,é isso que a paixão faz com as pessoas? Eu não consigo distinguir meus sentimentos,mas espero que eles sejam verdadeiros.

 

Saio de meus pensamentos com a Juliana rindo de algo que o Kevin falou,ela parecia um ganso engasgado,ri com sua risada super escandalosa,assim como Kevin que já estava vermelho de tanto rir da Juh.

 

- A risada da Juh consegue ser a pior risada do mundo! - Falou tentando parar de rir e eu concordei.

 

- Seus cú! Minha risada é linda - Falou batendo cabelo,levantamos e começamos a caminhar. - Você tem uma sorte da porra. - Falou e eu a olhei sem entender.

 

- O que ela quer dizer,é que você é sortuda por não ter que ir trabalhar. - Kevin explicou e dessa vez foi eu que bati cabelo me gabando,fazendo eles rirem.

 

- Mas a greve logo acaba,e vai ter muito trabalho quando voltarmos pra clínica. - Disse suspirando,só de imaginar a quantidade de trabalho que vai haver naquela clínica, papéis,fichas e documentos para colocar em dia,exames para ser feito,meu Deus tô cansada só de imaginar!

 

(...)

 

Assim que a porta do elevador se abre dou de cara com um Cameron muito arrumado e perfumado,com certeza meus olhos brilharam com o tanto de beleza que vi.

 

- Boa tarde Lou! - Desejou me abraçando desajeitado e entrando correndo no elevador. - Me desculpe,estou atrasado. - Disse me mandando um sorriso antes das portas do elevador se fecharem.

 

Não consegui pronunciar uma palavra se quer. Continuei ali parada,o que eu vi foi de tirar o fôlego,ele estava todo social,eu nunca vi ele assim e foi um choque,ele é muito lindo,e está ainda mais lindo com o cabelo penteado para trás,lhe deu um ar másculo,que meu Deus…

 

Okay Louise,foco!

 

Andei em direção ao meu apartamento,e procurei as chaves em minha bolsa,mas quase derrubei a bolsa com o susto que levei do meu celular tocando “One dance”. Ainda assustada atendi assim que vi que era Derek.

 

- Filha da mãe,que SUSTO!!! - Falei gritando na palavra “susto” fazendo ele rir do outro lado da ligação. Peguei minha chave e abri a porta enquanto equilibrava o celular com o ombro.

 

- Me desculpe querida, não foi por querer,mas está assustada assim porque? - Perguntou e eu congelei no lugar, não posso falar a verdade, já que eu estava atônita por conta do Cam. Entrei no apartamento e fechei a porta trancando ela.

 

- An...é que eu estava pensando no que fazer de almoço e acabei me assustando com o celular tocando - Me expliquei torcendo para que ele acredite nessa pequena mentira. Joguei minha bolsa no sofá e fui pra cozinha.

 

- Não precisa pensar nisso amor,eu estou indo aí para almoçarmos juntos,por isso te liguei - Falou e deu uma risada graciosa,me fazendo suspirar,ele é maravilhoso.  

 

- Okay,vou me arrumar rapidinho amor e te encontro na portaria. - Falei e ele concordou. - Tchau neném! - Disse fazendo uma voz fina de propósito e desliguei. Bebi um copo de água torcendo para que eu voltasse ao normal,mas a imagem do Cameron com roupa social e cabelos perfeitamente alinhados para trás me vem a cabeça,suspirei com a lembrança e fechei os olhos e me permiti viajar.

 

(...)

 

Como foi sua manhã querida? - Saí dos meus pensamentos que infelizmente envolve Cameron,com o Derek me fazendo a pergunta. Assustada olho para ele e tento sorrir,ele franze o cenho e me olha não entendendo minha reação.

 

- Foi ótima e a sua? - Perguntei dando um sorriso e cortando o peito de frango grelhado.

 

- A minha foi um pouco cansativa,tive muito trabalho hoje na empresa. - Fez cara de desconfiado mas continuou a comer. - Falando em empresa hoje eu vou ficar até a noite mais ou menos lá. - Disse suspirando.

 

- Imagino o quão é cansativo amor - Dei um sorrisinho e ele limpou a boca e me olhou pensativo.

 

- No que tanto pensa? - Perguntou e eu quase me engasguei com a comida,tomei um gole de água,e levantei o olhar vendo ele me olhar sem desviar.

 

- Hoje tive aula de anatomia,e tive que abrir um cadáver. - Falei e suspirei por estar mentindo de novo pra ele. - Me deixou um pouco mau só isso - Concluí tentando passar confiança em minhas palavras para ele não desconfiar. Ele assentiu e mudou de assunto, começamos a conversar sobre coisas aleatórias.

 

(...)

 

Limpar a casa nunca foi tão cansativo como hoje,assim que cheguei do meu almoço eu fui fazer uma limpeza pesada no apartamento,limpei do chão ao teto,foi bem cansativo,mas o resultado valeu a pena.

 

Terminei de colocar uma roupa esportiva e saí do apartamento para ir correr um pouco,no elevador eu estava impaciente,alguma coisa estava me incomodando e eu não sei o que era.

 

Eu geralmente não gosto de praticar esportes ou fazer atividades físicas,eu não sei o que deu em mim para vir correr,nessas horas eu estaria estudando,lendo ou assistindo.

 

Depois de eu pensar praticamente o dia inteiro no Cameron eu concluí que eu só pensei nele,porque ele conseguiu ficar mais bonito que o comum. Acabei sendo surpreendida e por isso penso nele,mas não é como se sentisse algo por ele.

 

Eu gosto bastante do Derek e quero ter um futuro do seu lado. Na verdade eu não sei se quero isso,ou se é só medo de ficar sozinha,mas apesar de tudo,eu sei que eu gosto dele pra valer,e um futuro ao seu lado seria ótimo.

 

Cameron e o Derek são pessoas diferentes,com jeitos e maneiras de agir totalmente diferentes. Cameron é brincalhão,adora afeto e carinho, não é atoa que ama abraçar as pessoas,ele é sorridente com as pessoas mais íntimas,sempre ri de piadas sem graça,e é debochado e irônico. O Derek é mais reservado,é mais na dele,e a maioria das vezes sério, não é muito de rir,e sempre é correto nas palavras.

 

Eu não sei por qual motivo estou comparando eles,mas eu só falei o que venho observando.

 

Saio de meus pensamentos quando vejo que estou perto do bairro do Derek,o que eu achei inacreditável, já que eu moro longe,eu não acredito que corri e caminhei até aqui e nem percebi.

 

Continuei a caminhar e quando vi estava em frente de sua casa,tudo parecia normal,se não fosse estranho o fato de parecer ter alguém na casa,geralmente o Derek estaria na empresa em uma hora dessas, já que ele me disse que ia ficar até mais tarde hoje.

 

Ainda confusa caminhei até sua casa,por algum motivo meu coração estava acelerado,toquei a campainha engolindo em seco.

 

- Louise? - Parecia nervoso em me ver,percebi que seu cabelo estava todo desajeitado. - O que faz aqui? - Perguntou impaciente e por algum motivo bloqueou a passagem na porta,franzi o cenho e percebi que ele estava escondendo algo.

 

- O que você está escondendo? - perguntei desconfiada o vi engolir em seco e dar um sorriso sem graça.

 

- Nada né Louise,onde você tirou que eu esconderia algo de você? - Falou mas eu me revoltei,entrando bruscamente e olhando ao redor do hall de entrada e a sala.

 

- Derek o que está me escondendo? - Perguntei novamente olhando toda a parte de baixo e realmente não havia nada.

 

- Chega Louise! - Falou em um tom firme mais eu não me importei e subi as escadas. - Louise você está maluca? - Perguntou nervoso e eu parei o encarando com as sobrancelhas arqueadas. - E a confiança? Onde ela fica? - Falou chegando perto fazendo cara de magoado e eu no mesmo momento me arrependi por ter dado uma de louca,eu realmente achei que ele estava me escondendo algo, já que eu estou com ele a tempo suficiente para conhecer suas expressões faciais.

 

- Meu Deus me desculpa! - Falei realmente envergonhada. - Eu não sei o que deu na minha cabeça,eu… - Suspirei não completando a frase e passei a mão no cabelo nervosa e envergonhada, até que eu ouvi um barulho que vinha de seu quarto,o olhei desconfiada e vi que ele ficou branco,corri na direção do quarto no mesmo tempo em que ele disse que era o vento,assim que abri a porta,vi uma cena horrível que me destruiu por dentro. Uma loira deitada só de calcinha em sua cama,assim que a loira me viu arregalou os olhos e levantou tentando se cobrir,eu já sentia o meu sangue fervilhar.

 

- Louise não é o que você está pensando - Disse e eu continuei estática vendo a loira se trocar.

 

- SEU FILHO DA PUTA! - Gritei assim que consegui pronunciar algo,corri até a loira e a peguei pelos cabelos a fazendo soltar um gritinho fino. - Sua desgraçada,quer se meter com os homens dos outros é? - Falei e sorri cínica puxando seu cabelo com mais força.

 

- Louise solta ela - Derek veio desesperado tentando soltar minha mão do cabelo dela,mais isso foi impossível já que eu apertei mais. - Louise,solta ela pelo amor de Deus - Novamente tentou e dessa vez ele conseguiu,ele me segurou o que deu tempo suficiente para a loira oxigenada pegar o resto de suas roupas e sair do quarto na velocidade do the flash.

 

- Seu desgraçado,me solta que eu vou bater em você também! - Falei perdendo a boa,comecei a me debater violentamente tentando me soltar.

 

- Louise por favor me escute,por favor - Pediu e eu parei de me debater,o olhando debochada.

 

- O que vai me falar? Que por acidente uma garota apareceu seminua na sua cama? A me poupe,se poupe nos poupe - Falei a última frase em português,vendo ele franzir o cenho em confusão.

 

- Louise ela que apareceu em casa,eu tentei manda-la embora,mas ela não quis de jeito nenhum. - Nessa hora eu já espumava de raiva,ele ainda tem a cara de pau de me falar o que falou. Minha concepção de bom moço dele foi destruída assim como o meu coração.

 

- Assume seus erros,seja homem e me conte pelo menos a verdade e não fica inventando desculpas - Falei séria me debatendo até ele me soltar. Fique de frente a ele,vendo que o cara que conseguiu conquistar meu coração, destruiu ele completamente em segundos.

 

- Você nunca me deu sexo,eu sou homem,eu tenho minhas necessidades,mas você sempre ficava com essa graça de que virgindade é algo importante! - Disse frustrado,me fazendo o olhar com nojo e com raiva.

 

- Agora a culpa é minha? HEIM SEU DESGRAÇADO? VOCÊ É UM FERRADO DE UM FILHA DA PUTA! - Gritei e peguei a primeiro coisa que vi pela frente que era um vaso de porcelana e taquei em sua direção,vendo ele abaixar assustado.

 

- Você enlouqueceu? - Falou assustado mas eu nem liguei e continuei jogando as coisas em sua direção enquanto descia as escadas e ele vinha em minha direção pra tentar me parar.

 

- SEU IDIOTA,FILHO DA PUTA,VAI TRANSAR COM AQUELA PUTA E ME ESQUECE. - Gritava,e ele me segurou,o que fez ficar com mais raiva ainda,virei um tapa em sua cara,deu um estalo e ardeu minha mão,imagina a cara dele. Ficamos em silêncio por um tempo,ele estava com uma mão cobrindo o lado esquerdo do rosto e eu o olhando com nojo e desgosto, nossas respirações aceleradas e emoções a flor da pele,dei a última olhada para ele com lágrimas nos olhos e saí dali o mais rápido possível.

 

A dor que eu estava sentindo era grande mas a decepção era maior,ele destruiu o meu coração e teve coragem de me falar tudo que falou.

 

Tudo que eu sentia e planejava foram por água abaixo

 


Notas Finais


Continuem se interagindo comigo aqui nos comentários,isso é muito importante para mim,por que aí eu não vou me sentir solitária kkkkk

Minhas redes sociais,para conversarem comigo.

Twitter: https://twitter.com/Lari_LoveShawn?lang=pt-br

Instagram: https://www.instagram.com/larissa__corradini/

Obrigada meus amores! E não se esqueçam que eu tenham uma nova fanfic criminal super foda! Entrem para verem e lerem ela!

https://www.spiritfanfiction.com/historia/dark-lifes-13573602

Bjos meus amores!!! Até a proxima!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...