História The Madness Of Life - Shawn Mendes - Capítulo 40


Escrita por:

Postado
Categorias Britt Robertson, Camila Cabello, Matt Damon, Shawn Mendes
Personagens Camila Cabello, Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Camilizer, Fanfic, Mendes Army, Shawmila, Shawn Mendes
Visualizações 68
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA NOITE CAMBADA
só estou publicando hoje pk É HOJEEEEEEE
20 ANINHOS, HEIN. TA VELHO
FELIZ ANIVERSÁRIO ADIANTADO AO MELHOR ÍDOLO DO MUNDOOOOOOOOOOOOOOOOOO
SHAWN, ESSE CARA INCRÍVEL. GENTIL, ATENCIOSO E CARINHOSO COM OS FÃS, HUMILDADE, CARISMÁTICO, ETC... 💘💘💘💘💘💘💘💘💘💘💘💘💘💘 HAPPY BIRTHDAY, SHAWN
eu já nem tenho mais palavras para expressar o quanto estou feliz pela data de hoje...

Capítulo 40 - Capítulo 40


Senti minhas pernas falharem e minhas vistas escurecerem. As batidas do meu coração passaram a ficar descompensadas e minha respiração ofegante. Involuntáriamente levei minhas mãos a minha barriga.

— Amor? O que foi? Você está bem? Estáor? — pergunta Shawn com uma expressão preocupada.

— O... papel... — lhe entrego o bilhete.

Shawn leu o papel calmamente e atenciosamente. E após ler, me olhou confuso.

— Quem foi o filho da puta que escreveu esta merda aqui? — balança o papel em sua mão, extremamente irritado.

— O que está acontecendo, Shawn? Por que estão me atormentando tanto? Quem está fazendo isso e por que está fazendo isso? — choro como uma criança.

— Fique calma, meu amor — Shawn me envolve em seus braços. — Eu vou descobrir quem é o desgraçado que está por trás disso.

                                  [...]

— A partir de semana que vem, à Srta irá começar a receber suas aulas particulares — me avisa o diretor. — Se bem que nem de faculdade você precisa mais.

— Como assim? — sorri confusa.

— Os professores estão me dizendo que você está indo cada vez melhor nas aulas, e que já sabe praticamente tudo que tem de saber! — ele sorri orgulhoso.

— Ah, que isso... — sinto minhas bochechas ruborizarem.

— Preciso ir — ele constata à hora em ser relógio de pulso. — Até mais, Aurora.

— Até! — respondo, juntando meu material.

Entrei em meu carro, dei partida e segui caminho até minha casa. Meus pés estavam inchados e meu estômago clamava por alguma coisa de comer.

As ameaças que eu vinha recebendo e aquele bilhete deixado na porta da minha casa, me causavam uma grandiosa angústia. Desejava com todas as minhas forças saber quem estava por trás de tudo aquilo.

Adentrei o condomínio, guardei meu carro na garagem e entrei em minha casa. As luzes estavam todas apagadas, o que significava que Dulce já havia ido embora e Shawn ainda não havia chegado da empresa.

Ao acender à luz, pude notar que a mesa da cozinha estava repleta de guloseimas. Ao meio, um bolo médio com cobertura de pasta americana azul claro e decoração de florzinhas brancas, e ao redor haviam bandejas de brigadeiro e beijinho.

Rapidamente, senti meus olhos marejarem e minhas pernas ficarem trêmulas.

Hoje é dia vinte e cinco... Meu aniversário! 

Não havia mais recebido uma festa de aniversário desde quando completei quinze anos. Festa cuja meu pai teve o prazer de estregar.

— FELIZ ANIVERSÁRIO! — dei um sobressalto ao ver Shawn, Louisa, Dulce, Karen e Aaliyah saírem de trás da mesa. Me impressionei por não ter visto todos eles escondidos ali.

— Meu Deus... — levei minha mão à boca, sentindo lágrimas de felicidade tomarem conta do meu rosto.

— Parabéns, minha menina... — Dulce e todos os outros me abraçaram, exceto Shawn.

— Isso que vocês fizeram comigo é uma grande atrocidade... — murmurei com a voz embargada, vendo-os gargalharem.

— Nós fizemos isso porque te amamos! — Aaliyah sorriu com alegria.

Olhei para Shawn, que tinha no rosto um sorriso singelo, mostrando todos seus dentes brancos e perfeitamente alinhados. Sem muitas delongas, corri em sua direção e praticamente me joguei em seus braços. Shawn me pegou no colo e começou a distribuir beijos molhados em minhas bochechas.

— Feliz... aniversário... à mulher... mais bela... desse... mundo... — disse, enquanto enchia minhas bochechas de beijos. — Parabéns, minha pequena mulher. Não prometo que conseguirei, mas pelo menos tentarei ser o melhor namorado e pai do mundo! Espero que todos os seus sonhos se realizem, e que você continue sendo esta mulher que não se abala por qualquer coisa e que carrega um sorriso no rosto independente das dificuldades que está enfrentando!

— Te amo... — sussurro entre soluços, beijando seus lábios macios com amor.

— Então, gente... — Aaliyah pigarrea. — Que tal se vocês parassem com esse romantismo e partirem logo para a parte em que nós comemos o bolo? — propôs, fazendo todos presente gargalharem.

Segurei à espátula que Karen me entregou, e pressionei a mesma contra o bolo, cortando um pedaço saliente. Ao cortar o primeiro pedaço imediatamente uma grande quantidade de chocolate começou a escorrer de dentro do bolo. Deduzi pela massa do bolo que quem havia feito o mesmo foi dona Judith, avó de Louisa.

Coloquei o pedaço em um pequeno prato, e olhei para todos ao meu redor. Todos me observavam com olhares curiosos, como se quisessem ler à minha mente para saber para quem eu iria dar o primeiro pedaço.

— Não fique chateado comigo, Shawn, pois eu te amo, mas... — sorri, fazendo suspense. — Mas o primeiro pedaço vai para àquela que foi como uma mãe para mim! Dulce — antes de entregar o prato para à mulher à minha frente, lhe dou um abraço carregado de agradecimentos. — Obrigada por ter me suportado e cuidado de mim durante todo esse tempo.

— Ah, que isso, minha menina... — limpo suas lágrimas com meu polegar. — Não precisa agradece. Se eu fiz tudo que fiz, foi porque te amo!

— Também te amo... — sorri entre lágrimas. — Agora sim o segundo pedaço é para ti, Shawn.

                                   [...]

— Amor... eu estou com desejo... — faço beicinho.

— Desejo do quê? De comer maracujá com amendoin igual anteontem? — Shawn franzi o cenho.

— Não... — subo em cima de seu corpo com dificuldade por causa de minha barriga, colocando minha mão dentro de sua cueca. — De fazer a coisa mais prazerosa que existe... lembra-se?

— Parece que a pequena festa de aniversário que a gente lhe fez, te deixou bem animada, hein... — ele mordisca minha orelha.

— Muito... — aperto seu membro, fazendo-o soltar um gemido rouco.

— Tenho que tomar cuidado para não machucar nossos bebês... — ele me vira com cuidado, ficando por cima de meu corpo.

— A Dra. Thompson disse que depois que eu ganhar nossos bebês, vou ter que ficar alguns dias em repouso absoluto. Então acho melhor aproveitarmos agora... — solto um gemido baixinho, ao sentir uma de suas mãos apertar meu seio esquerdo.

— Como quiser, anjo. 


Notas Finais


https://open.spotify.com/user/21xjidw6zs66vighnezl23s7a/playlist/7CAy98lLoDPxgqqXgDpPLL?si=hS5jimHBRnG1g94oqvvA8g
estão vendo este link? Pois estão. É o link da trilha sonora de The Madness of Life, no spotify
sei que a fic já está acabando, mas eu achei legal criar. Espero que você dêem uma olhandinha, pk foi feito com muitoooo amor! S2
kisses, meus amores e comentem o que estão achando <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...