1. Spirit Fanfics >
  2. The Madness Of The Heart (Yaoi) >
  3. Chapter 19 - Evidences

História The Madness Of The Heart (Yaoi) - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem pela demora no novo capítulo, estava tendo alguns problemas pessoais, mas agora voltei ! Boa leitura.

Capítulo 19 - Chapter 19 - Evidences


22:00h

Nathan não sabia o que deveria fazer, para entregar Chris precisaria de alguma prova, e talvez sua única chance agora fosse Max, então sentou no banco velho de madeira e aguardou.

-Você voltou então deve ter descoberto algo- O loiro se aproximou e se sentou ao lado dele.

-Foi o Chris, ele matou Helena- Nathan cruzou os braços.

-Tem certeza ? Não pode ter sido outra pessoa ?- Max perguntou sério.

-Não, ele mesmo confessou, então você realmente é inocente.

-Eu...sinto muito, sei o quanto gosta dele.

-Se eu soubesse que estava me relacionando com um assassino as coisas teriam sido diferentes, pode ter certeza- Nathan ficou em pé- E agora, o que faremos ?

-Precisamos ter alguma prova, ou que ele confesse de novo- Max disse pensativo- Acha que consegue fazer isso ?

-Posso tentar.

12:00h

Nathan estava no refeitório pensando em como iria conseguir falar com Chris quando Chloe se aproximou e se sentou ao lado dele.

-Você está bem ?

-Estou- Nathan disse sério sem tocar na sua comida.

-Você precisa comer, ainda mais agora.

-Estou sem fome- Nathan afastou o prato.

-Quando foi a última vez, que comeu algo ?- Chloe cruzou os braços.

-Ontem a tarde eu acho, não lembro, mas também não importa, assim mantenho uma alimentação saudável pelo menos.

-Saudável é comer cosias que fazem bem, e não ficar sem comer- Chloe disse séria- Eu sei que é difícil, foi pra eu aceitar também, mas precisamos seguir em frente agora.

-É fácil falar- Nathan respirou fundo- Eu realmente achei que fosse ter uma vida ao lado de Chris, que finalmente havia encontrado a pessoa certa pra mim.

-Está tudo bem por aqui ?- Nicolas se aproximou e beijou a bochecha de Chloe antes de se sentar na cadeira da frente.

-Como acha que está ?- Ela o olhou.

-Ah...eu, sinto muito Nathan.

-Está tudo bem, vou ter que superar mesmo uma hora ou outra- Deu de ombros nem mesmo se importante com o beijo, não queria mais saber de Nicolas ou qualquer outro garoto.

-Vamos fazer o seguinte, ir tomar um sorvete e depois te ajudamos com tudo isso, o que acha ?- Nicolas sugeriu.

-Eu só quero ficar sozinho- Nathan disse.

-De jeito nenhum, vamos lá- Chloe se levantou e puxou o braço dele.

Enquanto andavam Dayse se aproximou deles.

-Posso saber onde vão ?

-Matar aula- Chloe sorriu para ela.

-E precisam arrastar o Nathan ?- Dayse olhou para o garoto que andava de má vontade.

-Ele ainda está pensando no Chris.

-Então precisamos arrastar mesmo- Dayse segurou o outro braço de Nathan para o arrastar para fora do refeitório.

-Venham comigo- Nicolas disse andando na frente- Sei a forma mais fácil de sair da escola.

Eles andaram até a quadra aberta da escola, dificilmente estavam alí, já que na maioria das vezes o local era deixado para os campeonatos.

Nicolas desceu alguns lances de escadas que deu para um muro, porém no canto havia um buraco protegido apenas por uma grade.

Ele a puxou e soltou sem problemas.

-Economizaram para arrumar, mas usaram o dinheiro pra outra coisa- Ele sorriu e passou pelo buraco saindo direto na calçada.

Chloe e Dayse foram depois seguidas por Nathan, que depois de muita insistência acabou cedendo.

Andaram em silêncio até a praça principal da cidade, poderiam tomar o sorvete e sentar em algum lugar para conversar.

Pediram seus sabores favoritos e foram para um dos bancos que ficava de baixo de uma árvore.

Nathan olhou para o céu azul, haviam poucas nuvens e o calor estava realmente ótimo para um sorvete, mas ele não sentia a mínima vontade de estar alí.

-Então...- Chloe puxou o assunto depois de um tempo- Vai ter a viagem antes do baile, vocês vão ?

-Com certeza, eu preciso me divertir um pouco- Dayse se espreguiçou- Chega dessa chatisse diária.

-Eu vou e vamos aproveitar bastante- Nicolas disse e piscou para Chloe.

Nathan estava com os pensamentos muito longe dali para ter escutado a pergunta.

-E você Nate ?

-Eu o que ?- O garoto a olhou.

-A viagem, antes do baile, você vai ?

-Não- Nathan deu de ombros- E nem ao baile, só quero mesmo me formar.

-Vai sim, se eu for você também vai, inclusive as cartas das universidades vão chegar logo- Chloe disse- Lembrou de se inscrever ?

-Sim, eu mandei algumas redações.

-Certo- Chloe ficou em silêncio por alguns segundos, percebeu o olhar vazio de Nathan e sabia que precisava fazer alguma coisa- Vem, vamos dar uma volta.

Ela se levantou e segurou a mão do garoto se afastando.

-Onde vamos ?- Nathan andou atrás dela.

-Dar uma volta só- Ela deu de ombros e andou de vagar indo ao lado dele- Olha Nate, eu nem posso imaginar o que está sentindo agora, muito menos tudo o que passou pra finalmente se aceitar e ser você mesmo, mas...precisa seguir em frente.

-Não é tão simples- Ele disse baixo- Você tem o Nicolas agora, e mesmo que tenha passado por problemas finalmente encontrou alguém bom, mas eu só tinha o Chris e o Max...e perdi os dois.

-E assim como eu, você vai encontrar alguém também, ele pode demorar pra chegar, mas o cara certo está por aí, só esperando o momento certo para te conhecer e te fazer feliz- Chloe sorriu para ele terminando seu sorvete.

-Não sei se ainda acredito nisso- Nathan terminou o sorvete também e colocou as mãos nos bolsos depois.

-E vai desistir, você é inteligente, uma boa pessoa e o meu melhor amigo, não precisa de ninguém pra te fazer feliz, pode muito bem fazer isso sozinho por enquanto, e quando chegar a hora vai ficar tudo bem.

-Então eu devo apenas seguir em frente ?- Ele parou de andar.

-Isso mesmo- Chloe parou também- Esquece isso, você tem apenas dezessete anos, tem a vida inteira pela frente, fora que no ano que vem, quando chegarmos na faculdade aposto que terão muitos gatinhos pra você escolher.

-Eu posso tentar- Nathan respirou fundo- É tão difícil.

-Não disse que era fácil- Ela parou de frente para ele- Agora eu quero ver deu sorriso, faz tanto tempo que não vejo.

Nathan ficou alguns segundos em silêncio e finalmente sorriu a olhando nos olhos.

-Isso mesmo, você é o amigo mais lindo do mundo- Chloe sorriu também e o abraçou.

-Nathan...- Ele ouviu uma voz no mesmo momento, e ao separar o abraço seu coração bateu mais forte e sua respiração falhou, Chris estava parado o encarando.

-O que está fazendo aqui ?- Chloe disse séria.

-Eu quero falar com ele, não com você- Chris disse sério.

-Não vai...- Ela começou a falar mas foi interrompida por Nathan.

-Pode deixar, eu vou falar com ele.

-Nate...- Chloe o olhou no mesmo momento.

-Está tudo bem, eu encontro vocês daqui a pouco- Nathan engoliu em seco indo para perto de Chris.

Chloe assentiu e se afastou voltando para junto de Nicolas e Dayse.

-O que você quer ?- Nathan olhou o ruivo.

-Quero saber o que houve com você, depois daquela noite você simplesmente desapareceu- Chris disse- O que aconteceu ?

-Como tem coragem de vir atrás de mim e ainda perguntar o que houve ?

-Eu não entendi.

-Não entendeu ?- Nathan perguntou irritado- Você matou uma pessoa !

-Ei fala baixo- O ruivo olhou ao redor- Eu fiz isso pelo Max, e agora ele me deixou, então estamos bem, Helena está morta e ele levou a culpa, a vida pode seguir agora.

-Não pode seguir, nada pode seguir depois disso Chris- Nathan disse sério- Você confessou um crime e acha que podemos ficar juntos ?

-E por que não ? Podemos ter a vida que quer, ficar juntos, ter uma família, uma vida ! Só eu e você.

-Você é doente- Nathan se afastou um pouco- Acabou tudo entre nós, me esqueça e siga a sua vida, eu não quero mais olhar pra você.

-Nate...- Chris engoliu em seco e se afastou também- Achei que me amava.

-Realmente amava, mas não posso fazer isso, siga a sua vida- Nathan acenou para ele e começou a andar para perto dos outros.

-Está tudo bem ?- Chloe perguntou olhando para o amigo.

Nicolas olhou irritado para Chris antes do ruivo sair da praça.

-Tudo certo- Nathan tirou o celular do bolso e parou a gravação de voz.

-Você...gravou tudo !- Chloe disse.

-Inclusive toda a nossa conversa, mas vou apagar, desde que tudo aconteceu, toda vez que saio de casa eu deixo gravando, e agora temos provas.

-Então finalmente temos a confissão, Nate, está na hora de ir falar com a investigadora Suzan.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...