1. Spirit Fanfics >
  2. The Máfia - Kim junmyeon ( imagine exo - suho ) >
  3. 24

História The Máfia - Kim junmyeon ( imagine exo - suho ) - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


⚠️ Primeiramente, eu queria pedir para vocês enviarem mensagens para o Jongdae ( twitter, youtube, instagram ), ele está recebendo hate das ratazanas coreanas que até um tempo atrás se diziam fãs. Sabemos muito bem que isso não é postura de fã, e nós que o amamos e o apoiamos temos que fazer algo para ajudá-lo.
Façam isso pelo nosso Chen Chen, imaginem o quanto ele está feliz, façam isso por ele ⚠️

Boa leitura Ninis ❤️

Capítulo 24 - 24


Fanfic / Fanfiction The Máfia - Kim junmyeon ( imagine exo - suho ) - Capítulo 24 - 24

– Lee Donghae ? – Suho se levantou com raiva e passou as mãos na cabeça com nervosismo, sua respiração estava pesada e eu podia sentir o sentimento de ódio em seu corpo – por que não me falou antes s/n? Por que não citou o nome dele para mim? 

– Ele era hóspede do hotel, como eu poderia suspeitar dele ? – o olhei, ainda estava com lágrimas nos olhos – Suho, eu não sabia, como eu poderia saber? 

Ele me olhou mais calmo, e começou a andar para a porta, ele ia me deixar sozinha, por isso andei rápido para alcança-lo.

– Suho, por favor não – agarrei em sua blusa e ele se virou para mim, o abracei e ele envolveu suas mãos em mim – Por favor, não me deixa só, eu não quero ficar só.

Suho passou suas mãos em meu cabelo enquanto meu rosto estava encostado em seu peitoral.

– O que foi que ele disse ? – a voz dele estava mais calma.

– Ele disse que ia me matar – falei e comecei a chorar – ele disse que na próxima vez que me visse ele ia me matar e eu vi a arma, não me deixa sozinha, por favor.

– Ele não vai te matar – ele passou a mão nos meus cabelos – não vou deixar ninguém chegar perto de você, entendeu ? 

– promete ?

– prometo.

– agora pode me soltar ?

– eu não quero – ouvi ele rindo.

– Eu tenho que falar com os meninos – ele já estava com a voz mais calma – você quer comer alguma coisa ? Deve estar com fome.

Balancei a cabeça dizendo sim, e ele soltou um risinho.

– você quer ver os meninos ?

Neguei com a cabeça.

– então fica atrás de mim.

Eu sei, por que você não quer vê-los s/n ? Bom, por que eu estou com vergonha, raiva de mim mesma por não ter escutado meus vizinhos, e eu coloquei todos eles em risco, imagina se todo o bando do Donghae viesse com ele ?! Se eles tivessem entrado na casa dos meus vizinhos e matado todos ?! Eu não posso me perdoar por isso.

Descemos a escadas, eu estava abraçando a cintura do Suho e escondendo o rosto, Junmyeon fez um sinal para os meninos não falarem nada e ele me levou até a cozinha, me pegou pega cintura e me pôs na mesa.

Ele foi até a geladeira e eu fiquei mexendo nas minhas unhas, eu pareço um bebê, Aish...

– Toma – ele me deu um copo de leite e uns biscoitos doces – isso vai manter você bem, eu tenho que ir conversar com os meninos.

O olhei.

– Eu volto logo, você quer ficar aonde ?

– eu vou ficar aqui.

– eu voltou logo.

Assenti e ele saiu.

SUHO 

Por mais que nesse momento eu só quisesse pegar minha arma e meu carro e ir atrás do filho da puta que fez isso com a s/n, eu não podia me arriscar dessa maneira. Provavelmente, ele esteja por perto, apenas esperando alguma ação nossa, por isso, eu tenho que manter a calma, não só a minha, mas a da s/n e dos meus membros.

Chamei os meninos para irem na sala do subsolo, todos eles estavam curiosos com o que aconteceu com a s/n, claro que mais tarde, quando ela estiver bem, eu vou perguntar mais coisas sobre o que o Donghae falou com ela.

– Bom pessoal, primeiro de tudo, Minseok quero que compre alguma casa bem longe daqui e quase deserta, e boa para construir salas no subsolo, temos que nos mudar o quanto antes já que agora sabem onde estamos.

– Foram os SJ ?

– Foram, mais precisamente Lee Donghae.

– Eu odeio esse cara – Luhan falou

– O que ele fez com ela ? – Jongin perguntou e eu o olhei e suspirei.

– Ele estuprou ela ? – Yifan falou entredentes.

– Não, mas ela disse que ele tentou – o local se tornou tenso, acho que todos estavam com o mesmo pensamento que eu, se vingar.

– bom, o que fizemos agora ? – baekhyun perguntou

– então, eu quero dar alguns avisos para vocês, antes de tudo.

Todos concordaram.

– Eu não quero que culpem a s/n por terem descoberto onde estamos, lembrem-se que ela é uma vítima, a partir do momento que ela não sabia quem era o Donghae.

– onde ela o conheceu ? – Kris perguntou

– No hotel, ele se passou por hóspede, então ela não podia ter suspeitado.

– É verdade – kyungsoo falou – agora o que vamos fazer ?

– primeiro – comecei a falar – vamos proteger a s/n de tudo e todos, vamos nos mudar e vamos tentar continuar a vida.

– e a faculdade ? Ela vai faltar ? – Luhan perguntou

– Kyuhyun está la, eu posso conversar com ele depois.

– Entendido.

Todos se levantaram.

– peguem leve com ela, ela ainda está com vergonha de não ter seguido nossos conselhos, vamos deixar essa parte para lá.

S/N 

Eu ainda estava no mesmo lugar que suho me colocou, mas eu já tinha acabado de comer, de certa forma eu já estava tranquila, mas não queria voltar para casa nem nada do tipo, então quando ele voltar, vou pedir para ir comigo até minha casa e pegar minhas coisas.

Depois de alguns minutos, eles voltaram e se sentaram no sofá, suho veio até mim.

– está melhor ? – ele me olhou nos olhos.

– estou, agora eu quero ir para casa...

– você não vai voltar para sua casa.

– por que não ?

– ele já sabe onde você está, não podemos mais ficar aqui.

– isso quer dizer que... Eu tenho que viver escondida ?

– Não, só vamos nos mudar, mas depois você pode ir para a faculdade normalmente, só que vai ter que largar o emprego...

– Aigo suho...

– sua segurança.

Assenti.

– vem buscar minhas coisas lá em casa ? – perguntei

– tudo bem.

Sai da mesa e fomos caminhando.

– vou buscar as coisas da s/n, volto logo.

Suho e eu fomos até minha casa, primeiro ele entrou e fez uma vistoria lá dentro, e depois fomos para meu quarto, peguei minhas malas, bolsas e mochilas, coloquei praticamente tudo, roupas, livros, notebook, cadernos, objetos pessoais e higiênicos e esses tipos de coisa, depois voltamos para a casa deles.

– Bom, a s/n vai ficar por uns dias aqui – suho falou com os meninos e eu sorri de lado, eles retribuíram o sorriso – eu vou levar ela para descansar e depois eu volto.

– Boa noite meninos – falei

– Boa noite – eles responderam.

Suho e eu subimos as escadas e eu levei minhas coisas para o mesmo quarto que acordei algumas horas atrás.

– você vai ter que ficar no meu quarto por esses dias – ele falou ajeitando as coisas – você pode ir tomar um banho – ele foi até a janela e trancou ela, fechou as cortinas e se virou para mim – depois eu venho te ver.

– Tudo bem – falei e sorri.

Ele saiu e eu suspirei, peguei minha toalha e fui tomar um banho, vesti algo bem soltinho e confortável e me deitei na cama, olhando para o teto.

SUHO

– Bom, vamos fazer o seguinte – falei descendo as escadas – vamos trancar todas as portas e janelas, vamos dividir a noite, cada um fica de vigia por uma hora, depois o outro vem, por isso vão descansar, eu vou ficar aqui primeiro.

– sim chefe – eles responderam e subiram para o quarto, fiquei lá até Kris vir e ficar no meu lugar.

S/N 

Quando suho entrou no quarto eu me sentei na cama e o olhei.

– Não conseguiu dormir ?

– Não...

– eu vou tomar um banho, e depois venho, tudo bem ?

– tudo.

Suho entrou no banheiro e ouvi o barulho do chuveiro, ele começou a cantar no banho e eu sorri de lado, me deitei e me aconcheguei na cama, fechei os olhos e cai no sono ouvindo sua voz.


Notas Finais


Meu perfil : @Ohyixingmin


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...