História The Máfia Business - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Hentai, Máfia, Naruto, Sasusaku
Visualizações 283
Palavras 1.187
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Capítulo 8: Dia na piscina.


Fanfic / Fanfiction The Máfia Business - Capítulo 8 - Capítulo 8: Dia na piscina.

Sakura levantou apenas quando Inojin bateu na porta, gritando euforicamente, talvez eles tivessem passado da conta? Afinal eles tinham que cuidar do jovenzinho loiro, mas foi mais forte que os dois. Ela acertou novamente o biquíni em seu corpo, sentindo o líquido pegajoso em suas pernas, ela esperou que Sasuke vestisse sua calça.
Ela apertou as coxas uma na outra para evitar que Inojin visse a região do encharcada.
Sakura passou a mão sobre os fios rebeldes do cabelo, suspirou pesadamente antes de abrir a porta. Inojin atravessou a porta invadindo o quarto dos dois, Sakura riu vendo o menino diminuir o ritmo quando se aproximou do Sasuke.
Pelo tamanho, e pela cara de mal ele era de fato assuatador, mas Sakura sabia que aquilo era comum dele. Sasuke era inofensivo de certo modo.
— vocês demoraram demais, achei que tinham me esquecido!
Inojin comentou choroso, mas Sakura sabia que aquilo era apenas fingimento de sua parte. Ele havia herdado da sua mãe essa característica manipuladora. Sakura cerrou os olhos enquanto olhava de maneira nada "amigável", o menino sorriu de maneira travessa, ele deu de ombros, enquanto rodava pelo quarto.
— o que vocês estava fazendo? 
Sakura sentiu a vergonha lhe consumir, definitivamente não tinha uma desculpa pensada para ele. Sasuke observou a Sakura abrir a boca algumas vezes, mas nada saía. Ele sabia ele estava em pânico por dentro, e por mais cômico que fosse, intervirinha por ela.
— estávamos conversando, Assunto de adulto.
Sasuke falou dando uma breve olhada para a mulher a sua frente, Sakura concordou, não explicar nada era melhor do que explicar uma mentira.
— por que vocês não vão para a piscina na frente? 
Sakura perguntou sentindo ainda o úmido entre suas pernas, lavaria todo o sêmen que estava em si em rápido banho e trocaria o biquíni.
— certo, vamos Inojin. 
Sasuke o chamou indo em direção a porta, porém, ele deu meia volta e foi em direção ao closet, pegou apenas uma bermuda azul-escuro, e certificou que o paletó que escondia o anel estava bem guardado.
— eu vou me trocar no banheiro la embaixo.
Sasuke saiu junto de Inojin. Sakura foi para o banheiro, tirou as pequenas peças de roupas que cobria seu corpo. O dia havia começado estranho demais, mas agora estava melhorando.
Quando acordou e Sasuke não estava ao seu lado, se sentiu abandonada, ele poderia está ao seu lado, mas preferiu sair. Claro que sabia que estava sendo dramática, esse era o trabalho dele, lidar com esse tipo de coisa?. Mas não queria que ele se machuca-se.
Por isso enquanto Sasuke estava fora, ligou para Tsunade pedindo um favor, treina-la para ser uma mercenária. 
Assassina essa palavra ecoou inúmeras em sua mente, ate pouco tempo atrás ela era uma médica e salvar vidas era tudo para si. 
Fechou o chuveiro, pegou a toalha grossa e felpuda se enrolando nela. 
Quando desceu para a piscina novamente, usava um biquíni azul claro. Não foi surpresa ao chegar perto piscina e vê tanto Sasuke como Inojin brincando com uma bola. Ela os admirou em silêncio, sentiu-se entristecer, Sasuke merecia um filho que ela não podia dá.
Sorriu tristonha quando Inojin notou sua presença, Ino tinha sorte que ela não teve, sua família apoiou de todas as maneiras. Mas a sua família foi o que causou sequelas nela que jamais seriam reparadas.
O desejo de ser mãe estava vivido em si, era o que seu coração almejava de verdade.
Quem sabe um dia não adotaria uma criancinha? Ainda poderia ser uma mãe assim.
Ela caminhou para mais perto deles, um jogava a bola pro outro, Sakura se sentou sobre a espreguiçadeira.
— senhorita Haruno, Ino Yamanaka está ai.
Karui falou olhando para a mulher sobre a cadeira, ela sorriu minimamente.
— traga ela aqui, por favor Karui.
Karui foi em direção a mansão. Sakura observou o jardim que se extendia do outro lado da piscina, as flores se misturavam de maneira colorida, os tons deixavam o local com ar divertido.
Mas Sakura teve a sua visão tapada por alguém, o cabelo loiro bagunçado, denunciou Naruto.
Ele não estava sozinho, Shikamaru e mais alguém o seguia, um rapaz de cabelos brancos com as pontas azuis.
Naruto parou Em frente de Sakura, fez uma leve reverência, os outros o imitaram. Sakura não gostava daquilo, mas entendia que era assim o respeito deles.
— Naruto, como vai?
Sakura perguntou enquanto se deitava na espreguiçadeira, ela ainda estava furiosa por ter envolvido Sasuke em seus problemas com Hinata. 
Isso era uma atitude infantil de Naruto, ele devia assumir suas decisões, qualquer que fosse.
— o que houve, Naruto?
Sakura se deitou sobre longa cadeira escura, ela fechou os olhos sentindo o sol queimar sua pele, mesmo que fraco ainda poderia deixá-la vermelha por isso, não demoraria.
— precisamos falar com Sasuke.
Sakura abriu um dos olhos apenas para confirma o que Naruto havia falado. Ela virou a cabeça conferindo se Sasuke ainda estava ali, não havia entendido o porque de sua exitação, porém, lembro do possível motivo para tal coisa, um Sasuke irritado. Ela riu não crendo no que via, três marmanjos com medo do Sasuke. 
Sakura sibilou o nome de Sasuke, ele virou apenas o mínimo, vendo Naruto, Shikamaru e Suigetsu perto de Sakura.
Ele não deixou de notar os olhos azuis escuros de Suigetsu analisar a mulher de madeixas rosas deitada sobre espreguiçadeira.
Ele não gostou nem um pouco de como ele a olhava. Por isso foi extinto ele levantar da onde estava, os passos rápidos ele chegou a borda da piscina.
Quando Sasuke se aproximou com aquele olhar assassino tanto Naruto quando Shikamaru se afastaram. Suas mãos suspensas no ar logo encontraram o pescoço de Suigetsu. 
— por que estava olhando para minha Sakura? 
Os olhos dele alteraram entre o homem de cabelos negros é a mulher de madeixas rosas.
Sakura se sentou para o observa a cena que seguia.
— ela ta quase se esfregando na gente com essa roupa! Se e que dá pra chamar isso de roupa.
Sakura trincou o maxilar enquanto ouvia aquela besteira. Pode vê Sasuke apertar ainda mais o pescoço dele por entre os dedos.
— Não importa a roupa que ela esta usando! Ela pode esta nua que você não tem o direito de olha-la! 
Desrespeita a líder da família era punível com a morte, e era isso que Sasuke iria fazer! 
Sasuke apertou ainda mais o pescoço franzino do rapaz, mas Naruto interferiu se aproximando.
— Sasuke, ele sabe onde está o Shino! Precisamos dele vivo.
Naruto tentou interferir novamente, o que deixou Sasuke ainda mais irritado, iria mata-ló e não se importava com nada mais que isso.
— Sasuke, amor, precisamos desse merda vivo. 
Sakura falou tocando o ombro do homem de cabelos negros. Inojin ainda estava ali, não podia vê uma cena tão brutal como essa.
— é o Inojin ainda está na piscina, por favor.
Sasuke soltou o pescoço de Suigetsu, ele caiu sobre os joelhos, respirando profundamente.
— Sakura, o que está acontecendo?
A voz de Ino ecoou alta pelo Jardim, isso mostrava que ela havia presenciado o ato de violência gratuito.


Notas Finais


Ta curtinho desculpa! Mas sábado tem novo capítulo!
Obrigada por lerem! Ainda vou responder os comentários anteriores amores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...