História The Magic of Heaven - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sejam todos bem vindos a minha mais nova história!
Eu espero que todos vocês gostem dela, assim como eu amo muito ela!
Boa Leitura a todos!

Capítulo 1 - Prólogo - Fim e inicio de uma amizade


Um mundo diferente do que conhecemos existe, uma local onde se é separado por Reinos e não Países, onde milhares de historias foram inventadas e vivenciadas, dessa vez não será diferente, uma historia de uma garotinha e de um menino. Eles são completamente diferentes não apenas por suas personalidades, mas também por suas magias, ela nasceu Herdeira da Magia dos Céus, ele estudou para aprender todas as Magias de todos os Reinos existentes. Mas enfim, vamos começar a contar o início dessa historia contada há muitos anos e séculos atrás.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨******¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Ano de 1740, o Reino de Heaven estava comemorando o nascimento da futura Rainha, uma festa havia sido elaborada pela Rainha e todos os Reinos foram convidados para essa tão majestosa comemoração, mas a espreita um rapaz de cabelos castanhos e olhos verdes como belas esmeraldas olhava o que acontecia no salão. Raiva era o que ele sentia pela família real, eles haviam tirado seu irmão e o mandaram para o local mais sombrio que se podia imaginar, então ele decidiu que se vingaria deles, começando pela filha a Futura Rainha, eles sentiriam sua dor e se arrependeriam amargamente por terem feito o sofrer. E seu filho seria a peça chave para isso acontecer o treinaria que nem um soldado, para acabar com a família real. Mas ele não imaginaria que seu filho se apaixonaria por seu maior inimigo.

O tempo foi se passando e a pequena Rainha cresceu e se tornou uma bela garotinha, ela se tornou sozinha naquele enorme castelo no qual foi criada, mas não se sentia sozinha, pois conheceu uma pessoa a qual se tornou seu melhor amigo, mesmo que ele não admitisse ela sabia que ele se importava com ela e o que sentia.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨********¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Inicio da primavera, a estação em que as flores desabrocham e deixam o jardim do Reino Heaven mais belos e coloridos, sentada na grama em volta de milhares de folhas estava uma bela garotinha de medianos cabelos loiros e belos olhos achocolatados, ela pegava flores para fazer um belo buque de flores. Passos foram ouvidos em sua direção, ela virou o rosto e um belo sorriso surgiu em seus lábios ao ver um garotinho de cabelos pretos como a noite e olhos verdes como esmeraldas, ela se levantou e bateu em seu vestido para tirar a grama que estava grudada, ela foi em direção do garotinho que como sempre se encontrava sério.

-Lipe!- A garotinha exclamou. - Você veio.

-Oi, Liana.

-Eu já te falei que pode me chamar de Lia.

-E eu já te disse que não me importo.

-Mal educado como sempre.

-Alegre como sempre.

-Prefiro ser alegre e sorridente ao ser séria demais.

-O que estava fazendo, Liana?

-Um buque. Quer me ajudar?

-Não. Eu não ligo pra esse tipo de coisa.

-Você não liga pra nada. Não sei por que eu ainda te chamo pra vir aqui.

-Você se sente sozinha.

-Eu não me sinto sozinha. Não mais.

Eles não falaram mais nada, o silêncio reinou entre os dois. Liana viu um balanço e foi saltitando até ele e se sentou no mesmo, Philippe soltou um suspiro esse aproximou da pequena loira e começou a balança-la, a mesma sorriu com o gesto do amigo. Eles ficaram assim por um tempo até que Philippe resolveu quebrar o silêncio.

-Tenho uma noticia pra te dar, Liana.

-E qual seria?

-Irei sair do Reino.

Liana se virou para ele e o olhou espantada.

-Por quê?

-Vou viajar pelo Reino Winter. Irei aprender a magia deles.

-Não entendo porque você vai aprender magia de gelo e neve.

-Também vou viajar para outros Reinos e virar um grande guerreiro.

-Então vamos nos separar?

-Mesmo se não fossemos, não podemos ser amigos. Você sabe que nossos pais não se suportam.

- Você quis dizer, que o seu pai não suporta os meus.

- Tenho certeza que é o contrário.

- Não é não!

- Não importa. Eu já estou indo. Até algum dia Liana.

Philippe se afastou dela e começou a andar, Liana se levantou do balanço e começou o ver se afastar, ela se sentiu triste não queria que ele fosse embora o seu único amigo, abaixou a cabeça e começou a andar em direção do Castelo, onde uma jovem de cabelos castanhos e belos olhos pretos a esperava. A jovem logo percebeu que a pequena princesa estava triste.

-O que aconteceu pequena?

-Nada.

-Não minta. Eu te conheço o suficiente pra saber que não está nada bem.

-Não é nada demais, Margarida. Eu vou para o meu quarto.

-Está bem.

A Liana subiu para o seu quarto e deitou na cama e ficou fitando o teto, ela não sabia o que fazer aquele sentimento era o que ela menos gostava. Mas ela não precisava se preocupar com aquilo, pois esse logo iria sumir. E a historia da Maga dos Céus logo iria se iniciar.


Notas Finais


Me desculpem por qualquer erro!
Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...